Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Fortaleza divulga Cenário da Covid-19

A Prefeitura Municipal de Fortaleza (PMF) divulga por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), um relatório técnico sobre o cenário da Covid-19 na Capital. 


Os dados foram apresentados em coletiva de imprensa virtual. Participaram do momento a secretária executiva da Saúde, Ana Estela Fernandes, o gerente da Célula de Vigilância Epidemiológica da SMS, Antônio Silva Lima Neto; o professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), José Soares; e o secretário de Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues (Doutor Cabeto).

Na ocasião, foi apresentado o boletim epidemiológico e um estudo de projeção da pandemia do Novo Coronavírus em Fortaleza e no Ceará. Segundo os especialistas, é possível fazer algumas previsões, caso o Isolamento Social Rígido não seja cumprido pela população.

Os primeiros dados eram sobre o atual cenário na Capital, que indicaram uma mudança de patamar da transmissão. “Há um aumento bastante relevante, sobretudo, identificado nas fatalidades, que de alguma forma dialoga com a propagação da doença para as mais diversas áreas da Cidade”, explicou Antônio Silva Lima Neto.

O estudo mostrou que Fortaleza vivenciou duas ondas epidêmicas, segundo ele. “A primeira onda se estende até 31 de março, onde parece que vai diminuir, mas depois há uma expansão para essa segunda onda, que coincide com a dispersão do vírus para as outras áreas, as mais vulneráveis da Capital", explanou.

De acordo com o professor José Soares, os bairros de Fortaleza se encontram em fases diferentes da epidemia

No mapa de confirmação de casos por bairros em Fortaleza, observou-se que o número maior se aplica aos locais onde a epidemia começou. “Lá, a testagem era mais ampla, mais acessível, sobretudo na área do Meireles, Aldeota, Cocó e Mucuripe, que começaram com os casos importados. Mas hoje, temos uma confirmação bem maior em áreas mais vulneráveis. Já são mais de 150 casos no Vicente Pinzon e, sobretudo, no Cristo Redentor, Barra do Ceará e também em direção à Regional 5 e parte da Regional 6. São áreas muito importantes para nós porque contêm grandes aglomerados, principalmente se pensarmos em exaustão do Sistema de Saúde”, alertou.

O mapa de calor mostra as áreas onde a transmissão está ganhando amplitude, confirmando que os casos estão aumentando nas regiões mais vulneráveis.

Projeção de óbitos - Quanto às fatalidades, os dados demonstraram um padrão mais exponencial. “Na nossa curva de óbitos, a gente percebe uma mudança de padrão impressionante nos últimos dez dias. Temos hoje uma média de 16 óbitos confirmados por dia. Mas quando a gente analisa as últimas semanas, essa média sobe para 30 óbitos por dia e a expectativa ainda é, infelizmente, de um aumento de fatalidades neste momento”, disse.

Em relação à faixa etária, o estudo mostra que Fortaleza representa o município de maior número de mortes em todas as faixas. E ainda destaca que as mortes se concentram em áreas de baixo IDH. 

“Infelizmente, estes desfechos fatais se concentram muito nos bairros de baixo IDH. Quase 90% dos óbitos, até o momento, aconteceram nestes bairros", destacou o gerente.

Na coletiva foi apresentado um estudo elaborado pelo professor José Soares, da Universidade Federal do Ceará (UFC), no qual é possível fazer previsões acerca da situação epidemiológica. “Por que essa epidemia é difícil de ser modelada matematicamente? Porque é uma contaminação invisível e silenciosa, tem alta eficiência de contágio, alto tempo de incubação e a alta mobilidade dos tempos modernos. Quando você combina estes quatro fatores, isto nos leva a uma epidemia sem precedentes”, pontuou.

Isolamento necessário - Por meio dos dados e projeções, José Soares mostrou que o primeiro decreto do Governo do Estado foi o mais eficiente. "Vemos que a curva foi achatada. Mas em seguida, vemos também que o isolamento mais rígido precisa ser aplicado, infelizmente”, afirmou.

Conforme o professor, a estimativa de parâmetros foi feita em cima do número de óbitos, já que a testagem ainda não é suficiente. "Nossa previsão é uma projeção de aproximadamente 4 mil óbitos até o dia 31 de maio. Então, o lockdown se vê necessário na Cidade”, completou.

Soares apontou possíveis soluções. “Primeiro, é preciso entender que os bairros de Fortaleza se encontram em fases diferentes da epidemia. Mas há aplicativos, por exemplo, que conseguem capturar a trajetória das pessoas. Eles são capazes de coletar dados, caso as pessoas permitam que sejam rastreadas ao longo do tempo. Assim, é possível rastrear e identificar aquelas pessoas que foram infectadas, assim como aquelas que tiveram apenas contato perigoso etc.”, concluiu.

Ações municipais - A secretaria executiva da Saúde de Fortaleza, Ana Estela Fernandes, ressaltou as medidas que a Prefeitura vem tomando e destacou a preocupação em aumentar a capacidade de acolhimento dos pacientes.

“Há mudanças consideráveis em todos os níveis de Atenção. Na Primária, com atuações mais incisivas na última semana, com os Postos fazendo atendimento e monitoramento para diagnóstico precoce, assim como os Agentes de Endemias colaborando com a identificação, orientação e sensibilização da população. Nas UPAs 
municipais estamos entregando hoje 170 novos leitos de observação, o que significa um aumento de 170% nesta porta de entrada", lembrou.

A secretária destacou, que o hospital de campanha do Estádio Presidente Vargas iniciou, nesta quinta-feira (7), as atividades do quarto bloco, que tem 17 novos leitos.

"Também estamos abrindo mais 10 leitos no IJF2, totalizando 60 leitos de terapia intensiva, e para a próxima segunda-feira está prevista a abertura de uma enfermaria com 47 leitos. Temos ainda mais 8 leitos de UTI no Hospital da Mulher com mais 19 de enfermaria. No Frotinha do Antônio Bezerra, estamos colocando mais 8 leitos de terapia intensiva e 24 de enfermaria. No total, já expandimos no Município 103 leitos de terapia intensiva, 170 de observação e 247 leitos de enfermaria", ressaltou Ana Estela.


Com informações e fotos da Coordenadoria de Comunicação da PMF.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


Repercussão da morte de Claudinho:

Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
- Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

“Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


Repercussão da morte de Claudinho:

Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
- Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

“Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…