Pular para o conteúdo principal

Futricas Cearenses

Fala jornalista e escritor Nerilson Moreira:


- 'PARA MAMÍFEROS': Revista mantém a ousadia e a inovação em uma linguagem escrita e ilustrada sobre Literatura e Artes, que será lançada nesta quinta-feira (18 de novembro de 2021), às 19 horas, na Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Relembramos Drummond no poema “A morte do leiteiro”: “Há pouco leite no país, é preciso entregá-lo cedo”, pois “há muita sede no país...” Farejando o pensamento do poeta, nascido em terras de queijo farto, insistimos na trilha cremosa tentando assim atrair criativos e talentosos intelectuais para a engorda artística. Teremos a apresentação de mais uma feitura cultural quando às 19 horas desta quinta-feira (18) com mais um lançamento da revista PARA MAMÍFEROS no Auditório Martins Filho da Reitoria da Universidade Federal do Ceará-UFC (entrada pela Rua Nossa Senhora dos Remédios, 181 - Benfica). 

A revista de literatura e artes PARA MAMÍFEROS 5, foi preparada como uma apetitosa coalhada de “A” a “V”, ao gosto de cada convidado, partindo das terras surreais em forma de ilustrações da consagrada escritora cearense, Ana Miranda, aos verdes campos das traduções de Vitória Régia. E sobre os demais ingredientes culturais? Abram as porteiras e também verão uma nova geração de escritores. Não temos como citar todos os ingredientes dessa secreta receita para plena saciedade.

Nesses tempos desafiadores de pandemia, a revista impressa PARA MAMÍFEROS teve que adiar momentaneamente a tradicional noite de lançamento presencial, permitindo-se abrir-se somente agora nesta quinta-feira (18), momento de celebração com o reencontro de amigos e simpatizantes de uma boa literatura no Auditório Martins Filho da Reitoria da UFC, colocando desta forma em segundo plano as redes sociais por meio de “lives” e outras plataformas de comunicação. Também se faz hora feliz e oportuna para apresentar-lhes uma nova faceta de Ana Miranda como artista plástica através de inéditas concepções visuais.

A inovadora PARA MAMÍFEROS já circula desde 2010, não apenas no Ceará, mas com difusão universal. Mesmo se deparando com dificuldades no que diz respeito à escassez de patrocínios; sobrepõe-se na qualificação e seleção dos seus colaboradores, incrementando assim a responsabilidade dos editores ao lançar no mercado editorial novos talentos. Quem imaginava que a revista PARA MAMIFEROS, pela demora do lançamento do novo número, teria caído em uma vala e se extraviado nas cavernas do esquecimento de Platão, deparou-se com ledo engano! A revista desponta com maior fôlego em aperfeiçoada edição, resistindo a pandemia ao lançar mão de respiradores feitos com letras e pincéis.

A revista retoma a luz neste novembro de 2021, revigorada com a sonoridade de admiráveis colaboradores.

AUTORES
- Confira os autores da Mamíferos:
  • Fernando Siqueira.
  • Mailson Furtado.
  • Pedro Salgueiro.
  • Clauder Arcanjo.
  • Maria Luiza Artese.
  • Carlos Vazconcelos.
  • Arilo Assunção.
  • Juliana Marinho.
  • Ricardo Muratori.
  • Nina Rizzi.
  • Sahmaroni Rodrigues.
  • Thiago Coelho.
  • Raymundo Netto.
  • Gina Girão.
  • Leonardo Adolpho.
  • Lia Leite.
  • João Macedo.
  • Afonso Bezerra.
  • Henrique Beltrão.
  • Luiz Vilela.
  • Íris Cavalcante.
  • Marcelino Freire.
  • Nádya Gurgel.
  • Ana Caroline.
  • Magna Maricele.
  • Jesus Irajacy.
  • Virgílio Maia.
  • Muriel Rukeyser.
  • Vitória Régia.
  • Sara Síntique.
  • Mariana Basílio.
  • Dércio Braúna.
O objetivo da revista é fincar rastros de debates literários no esquálido cenário atual de cultura no país, criando novas veredas para a sobrevivência no território das artes.

Nesta trilha, a nova edição 5 da revista de literatura e artes PARA MAMIFEROS poderá ser capturada na noite desta quinta-feira (18), às 19 horas, no Auditório Martins Filho da Reitoria da UFC. A entrada é gratuita e o estacionamento é amplo e seguro internamente.

Na noite de lançamento, estarão presentes artistas, autores, escritores, professores e admiradores da literatura e das artes, formadores de opinião do Estado do Ceará, e, em especial, mamíferos como você, leitor de primeira linhagem no âmbito cultural cearense.

A PROLE -
 Editada desde 2010, inicialmente pelos escritores Glauco Sobreira, Jesus Irajacy Costa, Pedro Salgueiro, Raymundo Netto, Tércia Montenegro, Poeta de Meia Tigela e o jornalista Nerilson Moreira, hoje incorpora novos Mamíferos, como Fernando Siqueira, Carlos Vazconcelos e Vitória Régia.

Para o médico e escritor Jesus Irajacy Costa, a revista é inspiradora, nos traz o que há de melhor de literatura e artes no país, aperfeiçoando-se a cada edição, permitindo a apresentação de escritores já reconhecidos bem como de novos autores e artistas através de uma seleção responsável.

Por sua vez, o escritor Pedro Salgueiro afirma que a revista testemunha mais do que nunca que a Literatura mantém-se viva no Estado do Ceará, celeiro de grandes escritores.

Já para Carlos Vazconcelos, a revista motiva jovens alunos e acadêmicos a seguir a feliz senda rumo ao exercício constante da leitura e da boa escrita.

Fernando Siqueira, também editor, comenta que a revista deixa um grande legado de incentivo às artes e à literatura em nosso país. Sente-se orgulhoso em participar e colaborar com grande feito.

Vitória Régia acredita que vale todo o esforço para editar uma coletânea de linguagens artísticas contemporâneas, educando jovens e antigos leitores sobre qual status encontra-se a literatura nacional e quais novos paradigmas estão sendo tomado.

O responsável pela concepção gráfica e editoração da revista, artista plástico Glauco Sobreira, diz que não há nada mais gratificante do que causar perplexidade às pessoas, e a revista PARA MAMÍFEROS cumpre muito bem esse papel. “O material apresentado é uma bela moldura em que se permite folhear cada página como se fossem admiráveis telas”, conclui o artista.

A revista, segundo o jornalista Nerilson Moreira, “é um filhote que trouxe um novo modo de ver e se reviver a contemporaneidade, impulsionada e transmodificada pelas redes sociais, novas relações, regras e pela neurocomunicação, sendo a realização onírica de um grupo de farejadores de literatura e artes com a pretensão de produzir desconhecidas trilhas de comunicação a fim de refletir-se o entendimento das diversas linguagens artísticas correntes, principalmente nestes tempos da Covid-19”, afirma.

Para ele, “os aflitos e doloridos dias vividos mostrou, de forma atemporal e antecipada, que o Ceará é um celeiro de criatividade, de talentosos artistas e escritores que diuturnamente estão produzindo. E a visionária PARA MAMIFEROS retrata bem isso: uma geração arisca que vem produzindo com coragem, qualidade, ousadia e inovação, na tentativa de fazer corpo às redes sociais que se expandem e criam novas linguagens, conteúdos, plataformas, protocolos e dimensões”. 

Acrescenta Nerilson Moreira que:

- A PARA MAMIFEROS é uma revista atemporal e pós-temporal que vem ganhando fôlego nas veredas espinhosas da cultura cearense; é um relato de rendição ao bom gosto cultural. Seus textos são feitos para se rastrear todas as pegadas intelectuais; que, muitas vezes, laceram o comodismo, esgarçam o trivial”.

Explica, que a “morosidade” na conclusão da atual edição deveu-se às dificuldades de edição bem conhecidas, entre as mais importantes, o incentivo financeiro e a escassez de tempo dos editores que exercem suas respectivas obrigações profissionais. E não podemos esquecer que Pandemia da Covid-19 alargou mais ainda o intervalo da edição.

A IMPACTANTE E SURREAL ARTE VISUAL DE ANA MIRANDA -
 Nesta edição da PARA MAMIFEROS, observa-se um pouco de tudo, mas se destaca a participação especial da escritora-artista Ana Miranda, autora da imagem da capa e de todas as ilustrações da revista. O que se observa é que todas as artes se interligam. 

Tudo da Ana Miranda se conecta ao mundo, principalmente, as artes entre si, demonstrando ligação, sintonia e harmonia, apresentando uma mensagem surpreendente, que vigorosamente desabrocha entre as narrativas dos diversos textos e poemas, sem uma necessária e previsível comunicação entre elas.

Todas as imagens da Ana Miranda, observa o jornalista Nerilson Moreira, são interconectadas, como a própria escritora que em suas falas afirma que se juntam por “sentimentos, emoções, pensamentos, desejos, fantasias e sonhos”, enriquecendo e agregando assim, valores estéticos e um designer pós-moderno à revista.

Essa é a PARA MAMIFEROS, uma revista que segundo os seus editores e leitores, contém irreverências e iguarias culturais as mais diversas, para todos os gostos, buscando atender em suas tessituras às necessidades múltiplas, inclusive para quem curte novas tecnologias. Serve também tanto para substanciais reflexões, pesquisas acadêmicas ou para o simples prazer de fomentar novas discussões. 

A ideia dos seus editores na edição 5 foi mais uma vez ousar e criar um produto literário diferenciado, buscando atingir as diversas classes de leitores cearenses, brasileiros e estrangeiros, ao despertar o novo conhecimento literário de uma geração de autores e intelectuais. Daí seus textos serem limpos e de múltiplos aspectos. Tudo parece ter um tom vanguardista nesta edição 5, a começar pela sua concepção gráfica e a editoração dos artistas Glauco Sobreira e Taliba, bem como pelas inusitadas imagens surreais da criativa Ana Miranda.

CIRCULAÇÃO EM OUTROS ESTADOS E PAÍSES - A revista não tem fins lucrativos e será simbolicamente vendida por R$ 20,00, na noite do seu lançamento nesta quinta-feira (18 de novembro de 2021) e depois em algumas bancas de revistas e livrarias. A sua finalidade é tão somente a difusão cultural. A exemplo do que aconteceu com as revistas das edições anteriores, a 5 da PARA MAMIFEROS (tiragem de mil exemplares) terá algumas unidades distribuídas gratuitamente para Faculdades de Letras do Brasil, e de países da América Latina, África e da Europa. E se essa ação acadêmica anteriormente fez sucesso, a expectativa é repetir-se.

LANÇAMENTO-A Revista PARA MAMÍFEROS 5.
  • Quinta-feira (18 de novembro de 2021), às 19 horas.
  • Auditório Martins Filho da Reitoria da Universidade Federal do Ceará-UFC (entrada pela Rua Nossa Senhora dos Remédios, 181 - Benfica). 
  • Valor unitário: R$ 20,00.
  • A revista conta com:
  • Patrocínio da Clínica de Imagem Radius.
  • Apoio e agradecimento especial à Universidade Federal do Ceará (UFC), bem como aos esforços de vários artistas, escritores e jornalistas.
  • Não perca essa oportunidade de rever algo diferente em nossa cultura.
  • Contato com a Redação da PARA MAMIFEROS (aquisição de revistas, críticas, sugestões e outros): nerilsonmoreira@gmail.com
  • Divulgação: #BlogdoLauriberto.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.
O campo abaixo é apenas para comentários particulares, e somente os editores do blog terão acesso a eles.

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Cantora Marília Mendonça é sepultada no Parque Memorial de Goiânia

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu, na tarde desta sexta-feira (5 de novembro), após a acidente com um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma Cachoeira na Serra de Caratinga (Minas Gerais). Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê. Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê Velório  - O Velório de Marília Mendonça, Abicieli Silveira Dias e Henrique Ribeiro começou, às 13 horas deste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena, na entrada de Goiânia/GO. Mais de 100 mil pessoas passou pelo Velório, que foi aberto ao público de 13h40 às 17 horas. Os corpos de Marília Mendonça, Abicieli Dias e Henrique Ribeiro foram liberados do Instituto Médico Legal (IML-Piedade de Caratinga), na madrugada deste sábado (6). Já os corpos de Geraldo Medeiros e Tarcísio Pessoa Viana foram liberados na tarde deste sábado (6). Sepultamento - O corpo de Marília Mendonça foi sepultado,

Morre padre Edilberto Reis

- É com profundo pesar que a Diocese de Quixadá informa o falecimento de padre Edilberto Cavalcante Reis (foto), sacerdote pertencente ao clero de nossa Diocese. Confiantes na fé da ressurreição alcançada para nós por Cristo Jesus, pedimos ao Senhor que o receba no lugar preparado para os justos. Aos familiares e amigos nossos mais sinceros sentimentos.", informa a Diocese de  Quixadá. Padre Edilberto Reis morreu nesta quinta-feira (25 de novembro de 2021), aos 53 anos, em Fortaleza. Padre Edilberto era: Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1994). Graduação em Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza(2014). Graduação em Filosofia pelo Instituto Teológico Pastoral do Ceará (1990). Professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Professor de História Eclesiástica no Curso de Teologia do Centr

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Morre jornalista Cristiana Lôbo

Morreu nesta quinta-feira (11 de novembro de 2021), aos 64 anos, a jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um Mieloma Múltiplo, que acabou se agravando com uma Pneumonia. Cristiana dos Santos Mendes Lôbo nasceu em Goiânia (Goiás), em 18 de agosto de 1957.  Cristiana Lôbo (foto Zé Paulo Cardeal-O Globo) começou sua carreira jornalística cobrindo Política em Goiás. Depois se transferiu para Brasília, onde em 1997 estreou na Globo News. Ficou na Globo News até agora 2021, quando se afastou para tratar do Câncer. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. No O Globo escreveu a Coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no O Globo, passou a assinar uma Coluna Política no jornal O Estado de S. Paulo. Na Globo News desde março de 1997 integrou o time de comentaristas do Jornal das Dez, analisando os fatos e bastidores do Poder Central. Manteve o quadro

Morre radialista Moacyr Dreher

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia informa a morte por Câncer, do radialista da AM do Povo-CBN, Moacyr Luiz Dreher: - É com imensa tristeza que comunico o falecimento do nosso companheiro Moacyr Luiz Dreher. Fizemos o que esteve ao nosso alcance. Descansou de uma árdua batalha". A última vez que vi o gaúcho Moacyr Dreher foi na Noite das Personalidades Esportivas, no Marina Park, em 2019. Sempre gentil na recepção da imprensa que cobria a Festa do Sérgio Ponte. Ele lutava contra um Câncer há quatro anos... Repercussão - O Blog do Lauriberto traz a repercussão da morte de Moacyr Dreher: Presidente do Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceara, Tony Pereira - DESCANSE EM PAZ! É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento ocorrido hoje (13), do comunicador MOACYR LUIZ DREER, que lutava contra um Câncer nos últimos anos e teve situação agravada por conta da Covid. Moacyr era associado do SINDRADIOCE

Postagens mais visitadas deste blog

Cantora Marília Mendonça é sepultada no Parque Memorial de Goiânia

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu, na tarde desta sexta-feira (5 de novembro), após a acidente com um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma Cachoeira na Serra de Caratinga (Minas Gerais). Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê. Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê Velório  - O Velório de Marília Mendonça, Abicieli Silveira Dias e Henrique Ribeiro começou, às 13 horas deste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena, na entrada de Goiânia/GO. Mais de 100 mil pessoas passou pelo Velório, que foi aberto ao público de 13h40 às 17 horas. Os corpos de Marília Mendonça, Abicieli Dias e Henrique Ribeiro foram liberados do Instituto Médico Legal (IML-Piedade de Caratinga), na madrugada deste sábado (6). Já os corpos de Geraldo Medeiros e Tarcísio Pessoa Viana foram liberados na tarde deste sábado (6). Sepultamento - O corpo de Marília Mendonça foi sepultado,

Morre padre Edilberto Reis

- É com profundo pesar que a Diocese de Quixadá informa o falecimento de padre Edilberto Cavalcante Reis (foto), sacerdote pertencente ao clero de nossa Diocese. Confiantes na fé da ressurreição alcançada para nós por Cristo Jesus, pedimos ao Senhor que o receba no lugar preparado para os justos. Aos familiares e amigos nossos mais sinceros sentimentos.", informa a Diocese de  Quixadá. Padre Edilberto Reis morreu nesta quinta-feira (25 de novembro de 2021), aos 53 anos, em Fortaleza. Padre Edilberto era: Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1994). Graduação em Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza(2014). Graduação em Filosofia pelo Instituto Teológico Pastoral do Ceará (1990). Professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Professor de História Eclesiástica no Curso de Teologia do Centr

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Morre jornalista Cristiana Lôbo

Morreu nesta quinta-feira (11 de novembro de 2021), aos 64 anos, a jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um Mieloma Múltiplo, que acabou se agravando com uma Pneumonia. Cristiana dos Santos Mendes Lôbo nasceu em Goiânia (Goiás), em 18 de agosto de 1957.  Cristiana Lôbo (foto Zé Paulo Cardeal-O Globo) começou sua carreira jornalística cobrindo Política em Goiás. Depois se transferiu para Brasília, onde em 1997 estreou na Globo News. Ficou na Globo News até agora 2021, quando se afastou para tratar do Câncer. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. No O Globo escreveu a Coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no O Globo, passou a assinar uma Coluna Política no jornal O Estado de S. Paulo. Na Globo News desde março de 1997 integrou o time de comentaristas do Jornal das Dez, analisando os fatos e bastidores do Poder Central. Manteve o quadro

Morre radialista Moacyr Dreher

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia informa a morte por Câncer, do radialista da AM do Povo-CBN, Moacyr Luiz Dreher: - É com imensa tristeza que comunico o falecimento do nosso companheiro Moacyr Luiz Dreher. Fizemos o que esteve ao nosso alcance. Descansou de uma árdua batalha". A última vez que vi o gaúcho Moacyr Dreher foi na Noite das Personalidades Esportivas, no Marina Park, em 2019. Sempre gentil na recepção da imprensa que cobria a Festa do Sérgio Ponte. Ele lutava contra um Câncer há quatro anos... Repercussão - O Blog do Lauriberto traz a repercussão da morte de Moacyr Dreher: Presidente do Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceara, Tony Pereira - DESCANSE EM PAZ! É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento ocorrido hoje (13), do comunicador MOACYR LUIZ DREER, que lutava contra um Câncer nos últimos anos e teve situação agravada por conta da Covid. Moacyr era associado do SINDRADIOCE