Pular para o conteúdo principal

Unifor abre Exposições 'O Céu como Limite' e 'Macedônia'



Duas semanas depois do lançamento da mostra “100 Anos da Semana de Arte Moderna em Acervos do Ceará”, a Fundação Edson Queiroz recebe duas novas exposições a partir desta quinta-feira (7 de abril), nas galerias do térreo do Espaço Cultural Unifor: “O Céu como Limite” e “Macedônia”. A visitação é gratuita e as mostras de artistas cearenses ficam em cartaz por quatro meses.

Mario Sanders expõe desenhos, bordados, objetos e pinturas na primeira individual que realiza desde 2017. A mostra, que reúne trabalhos de coleções públicas e privadas, tem curadoria de Izabel Gurgel. Já Daniel Chastinet e Wilson Neto trazem telas em técnica mista e cadernos de viagem inspirados pela residência artística na República da Macedônia do Norte. O curador é Aldonso Palácio.

Os bordados de Sanders - “O céu não tem limite. E na minha visão, nada se acaba, tudo se transforma e em outras dimensões ganha uma nova vida”, explica Mario Sanders, que já participou de exposições coletivas realizadas pela Fundação Edson Queiroz. O artista nascido em Aquiraz, cidade litorânea a cerca de 40 km de Fortaleza, apresenta em “O Céu Como Limite”, pela primeira vez, uma significativa produção de bordados. É a linguagem artística de uso mais recente por parte de Sanders, que começou a bordar há cerca de sete anos.

Mario Sanders surgiu na cena artística de Fortaleza nos anos 1980, participando do grupo Fratura Exposta, o coletivo de seis jovens artistas. Ainda no início da carreira, foi premiado no Salão de Abril. Também marcou presença em outras edições da Unifor Plástica e construiu uma trajetória no jornalismo como ilustrador de cadernos e suplementos de cultura. Artista gráfico, faz livros e atua na publicidade.

A curadora Izabel Gurgel diz: “Mario Sanders vem de uma casa de mulheres e homens às voltas com as manualidades: fazer renda de bilros, bordar, fazer rede de pesca, trabalhar com madeira na feitura de objetos úteis, cotidianos, como bancos para sentar, comer, conversar, olhar o tempo, alçar o corpo para pegar algo que não está ao alcance. Práticas e ofícios que abrem caminhos para ele nas artes”.

A origem familiar influencia a criação do artista que volta ao Espaço Cultural Unifor. “Da tradição das rendeiras de Aquiraz, que conta tanto sobre nosso povo e nosso artesanato, também vem a gênese dessa mostra realizada pela Fundação Edson Queiroz. Afinal, as linhas da vida do artista plástico Mario Sanders estão intrinsecamente costuradas à arte. Vem de outras gerações o tac-tac dos bilros que teceram a vida familiar. Das mãos da mãe e da avó, ele herdou cores e inspiração para desenhar novos caminhos”, disse a presidente da Fundação, Lenise Queiroz Rocha, sobre a nova exposição.

O vice-reitor de Extensão e Comunidade Universitária da Universidade de Fortaleza, professor Randal Pompeu, ressalta a relevância do artista que está à frente de nova exposição individual. "Mario Sanders é um artista com trajetória consolidada no cenário cultural cearense, mas que continua a reinventar-se, explorando novas linguagens, suportes e temáticas. É também um artista cuja história já está marcada na Fundação Edson Queiroz, por ter sido premiado em duas edições de Unifor Plástica (1986 e 2007), em uma delas com uma viagem à Bienal de Veneza".

Viagem à Macedônia-O mergulho em outra cultura trouxe à tona novos horizontes criativos para Daniel Chastinet e Wilson Neto. A residência artística na República da Macedônia do Norte, em 2019, foi a gênese da exposição “Macedônia”, dos artistas cearenses. As obras contam sobre expandir olhares e viajar no cotidiano, tudo em dupla. Por meio das pinturas e dos relatos de viagem, eles reduzem a distância geográfica e cultural entre o Ceará e o país do sudeste europeu, localizado a cerca de oito mil quilômetros de Fortaleza, cidade natal de ambos.

- As obras aqui apresentadas não pretendem uma ficção linear, muito menos descrever um país. A intenção de Daniel Chastinet e Wilson Neto não foi guiada por registros cronológicos nem por anotações e imagens sistematizadas. Os viajantes transcenderam à própria viagem e abraçaram a liberdade no campo da pintura ao preferir construir uma poética da memória, um álbum carregado de conjecturas e de imagens-gatilho”, ressalta o curador da mostra, Aldonso Palácio.

O cotidiano vivenciado na cidade macedônia de Bitola transforma-se em sensações, ideias e cores. “Duas portas, entradas para dois mundos distintos. Ou saídas que se encontram no mesmo local. Foi assim nosso processo de criação – saindo de uma porta e encontrando um espaço de câmbio criativo”, explicam os artistas em relação a uma das obras expostas, que traz o simbolismo do acesso da passagem a outro local.

- Os artistas deixaram-se mergulhar em outra cultura e imiscuir-se em outro lugar. O que nasce dessa imersão são obras que mesclam a vivacidade e a liberdade de criar”, diz sobre a mostra a presidente da Fundação Edson Queiroz, Lenise Queiroz Rocha. As 23 obras em técnica mista são um passeio pelas cores capturadas ao longo da viagem. Para a presidente da FEQ, Daniel Chastinet e Wilson Neto “são os nossos guias para a experiência de olhar o que nos convoca a parar, observar e alimentar a criatividade”.

O vice-reitor de Extensão e Comunidade Universitária da Unifor, Randal Pompeu, relembra a importância das vivências dos artistas que estão em cartaz na nova mostra. "Após residência artística na Macedônia e exposição em Brasília, Daniel Chastinet e Wilson Neto integram o já consolidado circuito de mostras de artistas cearenses do Espaço Cultural Unifor, antes de seguirem sua itinerância em Sófia, na Bulgária. Trata-se, portanto, de exposição carregada de experimentações, referências multiculturais e aprendizados mútuos, valores igualmente cultivados pela Fundação Edson Queiroz em sua atuação cultural", diz o vice-reitor.

Fundação Edson Queiroz-A Fundação Edson Queiroz se orgulha por promover há décadas o desenvolvimento social, educacional e cultural do Estado e da região Nordeste. Criada em 26 de março de 1971, a Fundação foi uma das formas encontradas pelo industrial Edson Queiroz de retribuir, em forma de responsabilidade social, tudo o que a sua terra já lhe concedera. O maior entre os projetos sociais encampados pela Fundação Edson Queiroz se materializou na Universidade de Fortaleza (Unifor).

Inaugurado em 1988, o Espaço Cultural Unifor é um dos mais importantes instrumentos de disseminação da arte no Brasil. Por meio do acesso gratuito às exposições, promove renovação e democratização do conhecimento das identidades artísticas, históricas e culturais do país. O espaço já abrigou mostras exclusivas, nacionais e internacionais, como Rembrandt, Candido Portinari, Miró, Beatriz Milhazes, Antonio Bandeira, Vik Muniz e Burle Marx.

Serviço
O Espaço Cultural Unifor fica no Prédio da Reitoria da Universidade de Fortaleza. Av. Washington Soares, 1321, Bairro Edson Queiroz, Fortaleza-CE. Todos os protocolos de segurança vigentes são seguidos.
Exposições “O Céu Como Limite” e “Macedônia”
Abertura: quinta (7 de abril de 2022), às 19 horas.
Visitação: de terça a sexta-feira, das 9 às 19 horas – sábados e domingos, das 10 às 18 horas.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Morre aos 51 anos empresário Rogério Bill

Morreu na manhã desta segunda-feira (20 de junho de 2022), em Fortaleza, aos 51 anos, o empresário dono da Banda Forró Real, Rogério Bill. O Velório acontece, na casa da família, em Caucaia. O Sepultamento será às 9 horas da manhã, desta terça-feira (21), no Cemitério Caranguejo, no Garrote-Caucaia. A família de Rogério Bill informou que o empresário estava fazendo um tratamento de Saúde (doença no Fígado), em um Hospital de Fortaleza, mas não resistiu. Rogério Bill deixa órfão dois filhos. - Hoje estou perdendo outro pedacinho do meu coração, do meu mundo, da minha História que sempre teve você comigo meu irmão. Quantas saudades vou sentir de ti, que o céu te receba assim com essa alegria, com essa vontade de viver, com essa bondade que você sempre teve nosso pai estar com você nesse momento, tenho certeza. Obrigada por ter me dado essa oportunidade de viver do seu lado, te amo. Te amo, meu querido irmão. Fica com Deus", publicou a irmã Nildinha, em suas Redes Sociais. Rogério Bi

Morre Antônio Mourão

  Será sepultado neste sábado (30 de abril), às 16h30, no Cemitério Parque da Paz, o corpo do médico psiquiatra, poeta, antropólogo, escritor, comunicador e político Antônio Mourão Cavalcante. O velório acontece a partir das nove da manhã na Funerária Ternura, em Fortaleza. Antônio Mourão morreu nesta sexta-feira (29), aos 73 anos de idade. Ele nasceu em 11 de setembro de 1948. Chegou a ser candidato a vice-prefeito de Fortaleza em 2012 na chapa encabeçada por Elmano de Freitas (PT). Por anos foi articulista de O Povo e comentarista da Rádio AM do Povo. Deputado estadual Acrísio Sena (PT) -  Nosso abraço solidário aos familiares e amigos do professor Mourão,  que nos deixou nesta sexta (29). Médico psiquiatra, antropólogo, escritor e poeta, Antônio Mourão Cavalcante foi uma referência na reflexão crítica do cotidiano e da política. Sua palavra fará falta".

Lojas participam do Dia Livre de Impostos 2022

Desde o início de 2022, os brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos, conforme aponta o Impostômetro, ferramenta da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O montante é referente a taxas e impostos federais, estaduais e municipais pagos pelos contribuintes.  Para conscientizar a população cearense sobre o peso da carga tributária nos preços dos produtos, a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL Fortaleza Jovem) realiza, em 2 de junho, a 16ª edição do Dia Livre de Impostos (DLI), com a participação de mais de 200 lojas dos Shoppings RioMar Fortaleza (foto) e RioMar Kennedy, além de lojas de rua de toda a cidade, incluindo as do Centro de Fortaleza. No dia da Campanha, o consumidor que for a uma das lojas participantes poderá ver, na prática, o peso da carga tributária, ao comprar produtos selecionados com o valor dos tributos descontados. A ação envolve diversos segmentos, com descontos de até 70%. Por exemplo, na categoria de óculos de sol, os descontos podem chegar a 44,1

Morre Ivanildo Sax de Ouro

  Morreu neste sábado (11 de junho de 2022), em Natal-RN, aos 89 anos, Ivanildo José da Silva (Ivanildo, o Sax de Ouro).  Nascido em Amaraji-PE, em 17 de setembro de 1932, Ivanildo pernambucano de nascimento e cearense e potiguar por opção, como gostava de se dizer, deixa um Legado Musical dos mais ricos. O saxofonista Ivanildo José da Silva, o Sax de Ouro começou seus estudos aos 12 anos, na Escola de Música do Colégio Salesiano de Recife-PE. Os pais queriam que fosse advogado, mas a paixão pelo Saxofone falou mais alto. Fã incondicional de Charlie Parker, Ivanildo, o Sax de Ouro colecionou fotos antigas e quase todos os discos do ídolo Charlie Parker. Da Revista Cearense Folha do Rádio, Ivanildo Sax de Ouro recebeu os Prêmios: Melhor Músico. Melhor Solista. Melhor Instrumentista. Melhor Conjunto. Foi escolhido o Melhor Saxofonista do Nordeste e homenageado pela Força Aérea Brasileira (FAB) com a Medalha do Mérito Santos Dumont. Jornalista do Tribuna do Norte, Yuno Silva - Aos 12 anos

Postagens mais visitadas deste blog

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Morre aos 51 anos empresário Rogério Bill

Morreu na manhã desta segunda-feira (20 de junho de 2022), em Fortaleza, aos 51 anos, o empresário dono da Banda Forró Real, Rogério Bill. O Velório acontece, na casa da família, em Caucaia. O Sepultamento será às 9 horas da manhã, desta terça-feira (21), no Cemitério Caranguejo, no Garrote-Caucaia. A família de Rogério Bill informou que o empresário estava fazendo um tratamento de Saúde (doença no Fígado), em um Hospital de Fortaleza, mas não resistiu. Rogério Bill deixa órfão dois filhos. - Hoje estou perdendo outro pedacinho do meu coração, do meu mundo, da minha História que sempre teve você comigo meu irmão. Quantas saudades vou sentir de ti, que o céu te receba assim com essa alegria, com essa vontade de viver, com essa bondade que você sempre teve nosso pai estar com você nesse momento, tenho certeza. Obrigada por ter me dado essa oportunidade de viver do seu lado, te amo. Te amo, meu querido irmão. Fica com Deus", publicou a irmã Nildinha, em suas Redes Sociais. Rogério Bi

Morre Antônio Mourão

  Será sepultado neste sábado (30 de abril), às 16h30, no Cemitério Parque da Paz, o corpo do médico psiquiatra, poeta, antropólogo, escritor, comunicador e político Antônio Mourão Cavalcante. O velório acontece a partir das nove da manhã na Funerária Ternura, em Fortaleza. Antônio Mourão morreu nesta sexta-feira (29), aos 73 anos de idade. Ele nasceu em 11 de setembro de 1948. Chegou a ser candidato a vice-prefeito de Fortaleza em 2012 na chapa encabeçada por Elmano de Freitas (PT). Por anos foi articulista de O Povo e comentarista da Rádio AM do Povo. Deputado estadual Acrísio Sena (PT) -  Nosso abraço solidário aos familiares e amigos do professor Mourão,  que nos deixou nesta sexta (29). Médico psiquiatra, antropólogo, escritor e poeta, Antônio Mourão Cavalcante foi uma referência na reflexão crítica do cotidiano e da política. Sua palavra fará falta".

Lojas participam do Dia Livre de Impostos 2022

Desde o início de 2022, os brasileiros já pagaram mais de R$ 1 trilhão em impostos, conforme aponta o Impostômetro, ferramenta da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). O montante é referente a taxas e impostos federais, estaduais e municipais pagos pelos contribuintes.  Para conscientizar a população cearense sobre o peso da carga tributária nos preços dos produtos, a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL Fortaleza Jovem) realiza, em 2 de junho, a 16ª edição do Dia Livre de Impostos (DLI), com a participação de mais de 200 lojas dos Shoppings RioMar Fortaleza (foto) e RioMar Kennedy, além de lojas de rua de toda a cidade, incluindo as do Centro de Fortaleza. No dia da Campanha, o consumidor que for a uma das lojas participantes poderá ver, na prática, o peso da carga tributária, ao comprar produtos selecionados com o valor dos tributos descontados. A ação envolve diversos segmentos, com descontos de até 70%. Por exemplo, na categoria de óculos de sol, os descontos podem chegar a 44,1

Morre Ivanildo Sax de Ouro

  Morreu neste sábado (11 de junho de 2022), em Natal-RN, aos 89 anos, Ivanildo José da Silva (Ivanildo, o Sax de Ouro).  Nascido em Amaraji-PE, em 17 de setembro de 1932, Ivanildo pernambucano de nascimento e cearense e potiguar por opção, como gostava de se dizer, deixa um Legado Musical dos mais ricos. O saxofonista Ivanildo José da Silva, o Sax de Ouro começou seus estudos aos 12 anos, na Escola de Música do Colégio Salesiano de Recife-PE. Os pais queriam que fosse advogado, mas a paixão pelo Saxofone falou mais alto. Fã incondicional de Charlie Parker, Ivanildo, o Sax de Ouro colecionou fotos antigas e quase todos os discos do ídolo Charlie Parker. Da Revista Cearense Folha do Rádio, Ivanildo Sax de Ouro recebeu os Prêmios: Melhor Músico. Melhor Solista. Melhor Instrumentista. Melhor Conjunto. Foi escolhido o Melhor Saxofonista do Nordeste e homenageado pela Força Aérea Brasileira (FAB) com a Medalha do Mérito Santos Dumont. Jornalista do Tribuna do Norte, Yuno Silva - Aos 12 anos