Pular para o conteúdo principal

PIB cresce 1,1% em 2019 e fecha o ano em R$ 7,3 trilhões

Em 2019, o PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 1,1% frente a 2018, após altas de 1,3% em 2018 e 2017, e de retrações de 3,5% em 2015 e 3,3% em 2016. Houve altas na Agropecuária (1,3%), na Indústria (0,5%) e Serviços (1,3%). O PIB totalizou R$ 7,3 trilhões em 2019.


O PIB per capita variou 0,3% em termos reais, alcançando R$ 34.533 em 2019. A taxa de investimento em 2019 foi de 15,4% do PIB, acima do observado em 2018 (15,2%). Já a taxa de poupança foi de 12,2% (ante 12,4% em 2018).

Frente ao 3º trimestre, na série com ajuste sazonal, o PIB teve alta de 0,5% no 4º trimestre de 2019. A Indústria e os Serviços apresentaram variação positiva de 0,2% e 0,6%, respectivamente, enquanto a Agropecuária recuou (-0,4%).

PIB tem alta de 1,1% em 2019 - Em 2019, o PIB teve crescimento de 1,1% em relação ao ano anterior. O crescimento do PIB resultou da expansão de 1,1% do Valor Adicionado a preços básicos e da alta de 1,5% no volume dos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios. O resultado do Valor Adicionado neste tipo de comparação refletiu o desempenho das três atividades que o compõem: Agropecuária (1,3%), Indústria (0,5%) e Serviços (1,3%).

Em decorrência deste crescimento, o PIB per capita alcançou R$ 34.533, (em valores correntes) em 2019, um avanço (em termos reais) de 0,3% em relação a 2018.

A variação em volume do Valor Adicionado da Agropecuária no ano de 2019 (1,3%) decorreu do desempenho positivo tanto da agricultura quanto da pecuária, com destaque para o milho (23,6%), algodão (39,8%), laranja (5,6%) e feijão (2,2%).

Na Indústria (0,5%), o destaque positivo foi o desempenho da atividade Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos, que cresceu 1,9% em relação a 2018. Já o destaque negativo foi das Indústrias Extrativas, que sofreram queda de 1,1%.

A Construção cresceu 1,6% no ano, sendo seu primeiro resultado positivo após cinco anos consecutivos de queda. As Indústrias de Transformação, por sua vez, apresentaram estabilidade (0,1%). O resultado foi influenciado, principalmente, pelo crescimento, em volume, do Valor Adicionado da fabricação de produtos de metal, de produtos alimentícios, de bebidas e produtos derivados do petróleo.

As atividades que compõem os Serviços e apresentaram variação positiva foram: Informação e comunicação (4,1%), Atividades imobiliárias avançou (2,3%), Comércio (1,8%), Outras atividades de serviços (1,3%), Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (1,0%) e Transporte, armazenagem e correio (0,2%). A atividade de Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (0,0%) se manteve estagnada no ano.

Entre os componentes da demanda interna, houve avanço do Consumo das Famílias (1,8%) e da FBCF (2,2%), segundo resultado positivo após uma sequência de 4 anos negativos. O Consumo do Governo teve variação negativa (-0,4%).

No setor externo, as Exportações de Bens e Serviços caíram 2,5%, enquanto as Importações de Bens e Serviços avançaram 1,1%.

PIB atinge R$ 7,3 trilhões em 2019 - No acumulado do ano, o PIB em valores correntes totalizou R$ 7,3 trilhões, dos quais R$ 6,2 trilhões se referem ao VA a preços básicos e R$ 1,0 trilhão aos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.

A taxa de investimento em 2019 foi de 15,4% do PIB, acima do observado em 2018 (15,2%). Já a taxa de poupança foi de 12,2% (ante 12,4% em 2018).

PIB cresce 0,5% em relação ao 3º tri de 2019 - O PIB cresceu 0,5% no 4º trimestre de 2019 na comparação com o trimestre imediatamente anterior (com ajuste sazonal). A Indústria e os Serviços apresentaram variação positiva de 0,2% e 0,6%, respectivamente, enquanto a Agropecuária recuou (-0,4%).

Dentre as atividades industriais, a alta foi puxada pelas Indústrias Extrativas (0,9%). As atividades de Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos (0,6%) e Indústrias de Transformação (0,3%) também apresentaram variações positivas. Já a Construção (-2,5%) se retraiu no período.

Nos Serviços, as atividades de Informação e comunicação (1,9%), Transporte, armazenagem e correio (1,2%), Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (0,9%), Outras atividades de serviços (0,8%), Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (0,8%), Atividades imobiliárias (0,3%) apresentam variações positivas, enquanto a atividade de Comércio (0,0%) se manteve estável.

Pela ótica da despesa, a Formação Bruta de Capital Fixo caiu 3,3%. Já a Despesa de Consumo das Famílias e a Despesa de Consumo do Governo cresceram, respectivamente, 0,5% e 0,4% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

No setor externo, as Exportações de Bens e Serviços cresceram 2,6%, enquanto as Importações de Bens e Serviços caíram 3,2% em relação ao terceiro trimestre de 2019.

Em relação ao 4º tri de 2018, PIB avança 1,7% - Frente ao 4º trimestre de 2018, o PIB teve alta de 1,7%, o décimo-segundo resultado positivo consecutivo, após 11 trimestres de queda nesta base de comparação. O Valor Adicionado a preços básicos cresceu 1,6% e os Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios subiram 1,9%.

A Agropecuária registrou variação positiva de 0,4% em relação a igual período do ano anterior.

A Indústria avançou 1,5%. O crescimento foi puxado pelas Indústrias Extrativas (3,4%) puxado pelo aumento da extração de petróleo e gás natural, já que a extração de minério de ferro continua caindo.

As Indústrias de Transformação (1,1%) foram puxadas pela alta de fabricação de produtos alimentícios, produtos derivados de petróleo e produtos de metal. A Construção cresceu 1,0% obtendo seu terceiro resultado positivo nessa base de comparação após queda por vinte trimestres consecutivos. A atividade de Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos por sua vez teve queda de 0,8% reflexo de bandeiras tarifárias em situação pior neste trimestre em relação ao mesmo do ano anterior.

Serviços subiu 1,6%, nessa comparação, com destaque para a expansão da atividade de Informação e comunicação (4,6%) e Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (3,0%). As demais também tiveram resultado positivo: Comércio (2,2%), Atividades Imobiliárias (1,5%), Outras atividades de serviços (1,5%), Transporte, armazenagem e correio (1,0%) e Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (0,4%).

Entre os componentes da demanda interna, a Despesa de Consumo das Famílias (2,1%) e a Despesa de Consumo do Governo (0,3%) tiveram expansão, enquanto a Formação Bruta de Capital Fixo teve variação negativa (-0,4%) em relação a igual período do ano anterior.

No setor externo, as Exportações de Bens e Serviços caíram 5,1%, assim como as Importações de Bens e Serviços apresentaram variação negativa de 0,2% no 4° trimestre de 2019.

Com informações e foto da Agência de Notícias IBGE

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

M. Dias Branco destina R$ 2,4 milhões para pesquisa sobre Covid-19

A M. Dias Branco, líder em massas e biscoitos no País, anuncia a doação de R$ 2,4 milhões para apoiar hemocentros, ajudar nas pesquisas em hematologia para o tratamento de pacientes de Covid-19 (Novo Coronavírus) e estimular a doação de sangue, respeitando as normas sanitárias e garantindo a segurança dos doadores. Além de recursos financeiros, a M. Dias Branco doará alimentos.

Para cada bolsa de sangue arrecadada, destinará 500 produtos de suas marcas a entidades de apoio social nos respectivos estados. A empresa também mobilizará as plataformas de mídias sociais de suas principais marcas para engajar e conscientizar seus fãs sobre a importância das doações de sangue.

“A doação de sangue é um serviço essencial para inúmeras enfermidades e, por isso, escolhemos apoiar esta causa”, explica Fábio Melo, diretor de marketing da M. Dias Branco. “Queremos colocar nossas marcas a serviço da sociedade, apoiando financeiramente os hemocentros e, também, estimulando a doação. Quem procurar um dos…

99 lança campanha sobre vantagens do MEI

Desde 2018, os motoristas autônomos que trabalham por aplicativo tiveram sua atividade regulamentada por legislação federal e passaram também a ter de contribuir com a Previdência Social. Existem algumas opções para fazer isso e uma delas é como Microempreendedor Individual (MEI).

Pensando em ajudar o motorista parceiro a fazer o cadastro de forma rápida e fácil, a 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante global DiDi Chuxing, preparou uma campanha educativa que reúne materiais online e offline que explicam as vantagens de se tornar MEI.

Ao manter o pagamento em dia da contribuição, o profissional tem direito à aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, pensão por morte para seus dependentes e auxílio-maternidade, para as motoristas parceiras, além da contagem de tempo e contribuição para a aposentadoria. A ação é resultado de uma parceria com o Ministério da Economia e o Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

“Nossos esforços foram para constru…

Semana do MEI

Como comprar, como vender, como administrar o seu dinheiro e como se planejar para crescer com segurança. Esses são alguns dos temas que estarão em pauta na IX Edição da Semana do MEI- Microempreendedor Individual, que o Sebrae realiza, de 8 a 13 de maio e que esse ano terá maior ênfase em orientações em planejamento financeiro, gestão de recursos e como sair da inadimplência, em apoio à Semana Nacional de Educação Financeira, que acontece no mesmo período, realizada pelo Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF). Durante os seis dias do evento, os interessados vão poder tirar dúvidas e participar de palestras, oficinas e capacitações com ênfase, justamente, na gestão financeira do negócio. Assim, o empreendedor cearense terá acesso, também, aos serviços de orientação empresarial sobre gestão, obrigações e benefícios do MEI e também poderá se formalizar, dar baixa ou promover alterações em seu registro do MEI, além de realizar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), que d…

Morre Tarcísio Santos

Começo esta segunda-feira (16) com um aperto no coração.

Morreu no final do domingo (15) o amigo jornalista Tarcísio Santos do Carmo. Ele sofreu um ataque cardíaco fulminante em casa no bairro Otávio Bonfim.

Trabalhei com Tarcísio Santos nos jornais O Povo e Diário do Nordeste. Ele cobriu a Assembleia Legislativa. Foi integrante ainda da equipe do Alan Neto na Rádio Iracema e da Rádio Uirapuru.

Identificado pelos cores alvinegras do Ceará, Tarcísio Santos era daquelas pessoas que ninguém deixava de gostar.

Jeito simples, mas sempre bem vestido, Tarcísio Santos viveu bem seus 78 anos.

Velório acontece na Alvorada (Avenida Domingos Olímpio, 1021) com enterro às quatro da tarde no Parque da Saudade.

O Sindicato dos Radialistas e  Publicitários emitiu nota de pesar: "Faleceu, na noite deste domingo, em Fortaleza, o radialista Tarcísio Santos! Pêsames à família e amigos!"

Alano Maia - "Nossa saudade e respeito pelo amigo Tarcísio Santos. Um aliado de todas as horas. Que Deus o tenh…

Câmara homenageia 160 anos da Igreja Presbiteriana no Brasil

Atendendo a requerimento do vereador Gardel Rolim (PDT), a Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), realiza, nesta terça-feira (10), às 19h30, no Plenário Fausto Arruda, Sessão Solene em homenagem aos 160 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB).
A solenidade contará com as executivas dos Sínodos do Ceará e do Nordeste, representados pelo Secretário Executivo da Supremo Concílio da IPB, Reverendo Juarez Marcondes Filho, além de líderes evangélicos e a sociedade civil.

De formação presbítera, Gardel Rolim, possui relação histórico familiar com a Igreja Presbiteriana. “Para mim é um momento muito rico e importante, pois, além de ser uma homenagem muito justa, tem um papel simbólico e pessoal. Na verdade, é uma oportunidade de retribuição em homenagem por tudo aquilo que a Igreja Presbiteriana representa na minha vida do ponto de vista espiritual”, destaca.

História - O surgimento do presbiteranismo no Brasil resultou do pioneirismo e desprendimento do Rev. Ashbel Green Simonton (1833-186…

Postagens mais visitadas deste blog

M. Dias Branco destina R$ 2,4 milhões para pesquisa sobre Covid-19

A M. Dias Branco, líder em massas e biscoitos no País, anuncia a doação de R$ 2,4 milhões para apoiar hemocentros, ajudar nas pesquisas em hematologia para o tratamento de pacientes de Covid-19 (Novo Coronavírus) e estimular a doação de sangue, respeitando as normas sanitárias e garantindo a segurança dos doadores. Além de recursos financeiros, a M. Dias Branco doará alimentos.

Para cada bolsa de sangue arrecadada, destinará 500 produtos de suas marcas a entidades de apoio social nos respectivos estados. A empresa também mobilizará as plataformas de mídias sociais de suas principais marcas para engajar e conscientizar seus fãs sobre a importância das doações de sangue.

“A doação de sangue é um serviço essencial para inúmeras enfermidades e, por isso, escolhemos apoiar esta causa”, explica Fábio Melo, diretor de marketing da M. Dias Branco. “Queremos colocar nossas marcas a serviço da sociedade, apoiando financeiramente os hemocentros e, também, estimulando a doação. Quem procurar um dos…

99 lança campanha sobre vantagens do MEI

Desde 2018, os motoristas autônomos que trabalham por aplicativo tiveram sua atividade regulamentada por legislação federal e passaram também a ter de contribuir com a Previdência Social. Existem algumas opções para fazer isso e uma delas é como Microempreendedor Individual (MEI).

Pensando em ajudar o motorista parceiro a fazer o cadastro de forma rápida e fácil, a 99, empresa de mobilidade urbana que integra a gigante global DiDi Chuxing, preparou uma campanha educativa que reúne materiais online e offline que explicam as vantagens de se tornar MEI.

Ao manter o pagamento em dia da contribuição, o profissional tem direito à aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, pensão por morte para seus dependentes e auxílio-maternidade, para as motoristas parceiras, além da contagem de tempo e contribuição para a aposentadoria. A ação é resultado de uma parceria com o Ministério da Economia e o Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

“Nossos esforços foram para constru…

Semana do MEI

Como comprar, como vender, como administrar o seu dinheiro e como se planejar para crescer com segurança. Esses são alguns dos temas que estarão em pauta na IX Edição da Semana do MEI- Microempreendedor Individual, que o Sebrae realiza, de 8 a 13 de maio e que esse ano terá maior ênfase em orientações em planejamento financeiro, gestão de recursos e como sair da inadimplência, em apoio à Semana Nacional de Educação Financeira, que acontece no mesmo período, realizada pelo Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF). Durante os seis dias do evento, os interessados vão poder tirar dúvidas e participar de palestras, oficinas e capacitações com ênfase, justamente, na gestão financeira do negócio. Assim, o empreendedor cearense terá acesso, também, aos serviços de orientação empresarial sobre gestão, obrigações e benefícios do MEI e também poderá se formalizar, dar baixa ou promover alterações em seu registro do MEI, além de realizar a Declaração Anual do Simples Nacional (DASN), que d…

Morre Tarcísio Santos

Começo esta segunda-feira (16) com um aperto no coração.

Morreu no final do domingo (15) o amigo jornalista Tarcísio Santos do Carmo. Ele sofreu um ataque cardíaco fulminante em casa no bairro Otávio Bonfim.

Trabalhei com Tarcísio Santos nos jornais O Povo e Diário do Nordeste. Ele cobriu a Assembleia Legislativa. Foi integrante ainda da equipe do Alan Neto na Rádio Iracema e da Rádio Uirapuru.

Identificado pelos cores alvinegras do Ceará, Tarcísio Santos era daquelas pessoas que ninguém deixava de gostar.

Jeito simples, mas sempre bem vestido, Tarcísio Santos viveu bem seus 78 anos.

Velório acontece na Alvorada (Avenida Domingos Olímpio, 1021) com enterro às quatro da tarde no Parque da Saudade.

O Sindicato dos Radialistas e  Publicitários emitiu nota de pesar: "Faleceu, na noite deste domingo, em Fortaleza, o radialista Tarcísio Santos! Pêsames à família e amigos!"

Alano Maia - "Nossa saudade e respeito pelo amigo Tarcísio Santos. Um aliado de todas as horas. Que Deus o tenh…

Câmara homenageia 160 anos da Igreja Presbiteriana no Brasil

Atendendo a requerimento do vereador Gardel Rolim (PDT), a Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), realiza, nesta terça-feira (10), às 19h30, no Plenário Fausto Arruda, Sessão Solene em homenagem aos 160 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB).
A solenidade contará com as executivas dos Sínodos do Ceará e do Nordeste, representados pelo Secretário Executivo da Supremo Concílio da IPB, Reverendo Juarez Marcondes Filho, além de líderes evangélicos e a sociedade civil.

De formação presbítera, Gardel Rolim, possui relação histórico familiar com a Igreja Presbiteriana. “Para mim é um momento muito rico e importante, pois, além de ser uma homenagem muito justa, tem um papel simbólico e pessoal. Na verdade, é uma oportunidade de retribuição em homenagem por tudo aquilo que a Igreja Presbiteriana representa na minha vida do ponto de vista espiritual”, destaca.

História - O surgimento do presbiteranismo no Brasil resultou do pioneirismo e desprendimento do Rev. Ashbel Green Simonton (1833-186…