Pular para o conteúdo principal

Fiec Summit 2022 debate Hidrogênio Verde


A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) recebe até esta quinta-feira (4 de agosto de 2022), no Auditório Waldyr Diogo, da Casa da Indústria Fernando Cirino (Avenida Barão de Studart, 1980-Aldeota) a visita de autoridades, empresários e especialistas técnicos de mais de 20 países para o Fiec Summit 2022 - Hidrogênio Verde.

São debatidos em dois dias de Evento (quarta-feira-3 e quinta-feira-4 de agosto) os temas da:
  • Sustentabilidade.
  • Transição Energética de uma matriz poluente para uma estrutura 100% renovável.
Diante de uma plateia de 600 pessoas, num total de mais de 2 mil inscritos para o Evento Híbrido, participaram da Mesa de Abertura do Fiec Summit 2022: 
  • Presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante.
  • Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite.
  • Governadora do Ceará, Izolda Cela.
  • Prefeito de Fortaleza, José Sarto.
  • Reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), professor Cândido Albuquerque.
  • Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP S.A), Danilo Serpa.

- A Federação das Indústrias do Estado do Ceará e a Confederação Nacional da Indústria, desde cedo, têm protagonizado ações efetivas em favor da produção do Hidrogênio Verde no Brasil e no mundo. São inúmeras as contribuições que temos dado, tanto na disseminação de conhecimento sobre essa nova fronteira energética, quanto no apoio logístico e estratégico às iniciativas públicas e privadas voltadas para a atração de novos investimentos na área. Aqui no Ceará, desenvolvemos um modelo de parceria que envolve simultaneamente a Federação das Indústrias, o Governo do Estado, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, e a Universidade Federal, com foco na concretização de um Hub de Hidrogênio Verde em nosso Estado. Esse modelo tem servido de exemplo para todo o país”, informa o presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante (foto).

O Nordeste e, em especial, o Ceará, têm grande potencial de produção de Energia Elétrica, a partir de fontes renováveis como, por exemplo, Energia Solar e Eólica. 

Joaquim Leite - Segundo o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, as condições climáticas da região têm propiciado a viabilização de Políticas Públicas voltadas para o aquecimento do Setor Energético. 

- Nós estamos criando uma Plataforma de Gestão de Áreas Offshore para Geração de Energia. Isso significa mais agilidade nesse Processo. Nós, hoje, já temos no Ibama 66 Projetos, vários deles, aqui no Ceará. Nós temos um potencial solicitado no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para Geração de Eólica offshore de 169 GW. Só para que tenhamos ideia do que esse número representa, o Brasil produz de todas as fontes 180. É uma oportunidade gigantesca. E os Estudos do Banco Mundial e do próprio Ministério do Meio Ambiente falam em 700 GW. São 50 Usinas de Itaipu no Mar, e o Nordeste será grande produtor de Energia Limpa para o mundo”, salienta Joaquim Leite.

Carlos Prado - Foi um sucesso que ultrapassou a nossa melhor expectativa. O tema ainda é novo no Brasil, o hidrogênio, mas o trabalho que a Fiec vem fazendo desde quando surgiu essa possibilidade, acabou trazendo um destaque para o Ceará e atraindo a atenção de todo mundo ligado a esse tema. O mais importante é que acabou mostrando a todo mundo que o Ceará realmente tem um grande potencial, as condições naturais do Estado foram os grandes atrativos para que todos esses investidores voltassem os olhos para o Ceará e tomassem a decisão de começar a analisar investimentos e, já começando a se comprometer de alguma forma com esses investimentos, assinando os memorandos com o Governo, e partindo para uma concretização de seus planos. Para o Ceará é uma grande oportunidade de uma mudança total, quando eu digo mudança total, é um estado que hoje é pobre e amanhã será rico, em um amanhã não muito distante”, ressalta o 1º vice-presidente da Fiec, Carlos Prado.

Izolda Cela - No ambiente de perspectivas econômicas, a governadora do Ceará, Izolda Cela, disse que tem pretensão, a meio e longo prazo, de transformar o Estado na Casa do Hidrogênio Verde no Brasil. 

- Essa Agenda de Transição energética é essencial e um compromisso moral frente às gerações futuras que têm o direito e a necessidade de habitar nesse planeta e, se possível, em condições melhores e com mais igualdades” fala, sob aplausos. E complementa, Izolda Cela: 

- Nós temos perspectivas de Geração de Emprego e de Aquecimento Econômico".



A abertura do Fiec Summit 2022 foi marcada pela convergência das ideias entre as autoridades e, um ponto destacado entre todos foi o desafio de, a partir de agora, o Estado iniciar a transformação da matriz energética atualmente poluente para a de status considerada ideal, por ser renovável. 

Cândido Albuquerque - Nesse sentido, o reitor da UFC, professor Cândido Albuquerque, disse que o papel dos trabalhos acadêmicos vai ser imprescindível. 

- O Ceará tem pesquisadores à altura. O Hidrogênio Verde não é novidade para nenhuma das nossas universidades. Produzir em escala também não é algo que esteja fora do nosso alcance. É lógico, não é uma tarefa fácil. Mas por ser difícil é que nós cearenses vamos fazer. As nossas universidades estão absolutamente equipadas, qualificadas para construir essa nova tecnologia. São os nossos pesquisadores ao lado dos nossos industriais que farão essa transformação. Nós transformaremos, sim, o Ceará na maior referência mundial na substituição da matriz energética”, frisa Cândido Albuquerque.

José Sarto - O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), reforça que todo esse trabalho inicia com ações voltadas à sustentabilidade e elencou os projetos da Prefeitura ligados ao tema:

- Fortaleza já tem uma escola de tempo integral totalmente feita e abastecida por energia solar. Nós temos uma das maiores Redes Cicloviárias transformando a malha viária de Fortaleza em quase 420 quilômetros em Ciclofaixas e ciclovias. Nós acabamos de implantar cinco mil mudas para arborizar a cidade”, argumenta José Sarto.

Troféu Fiec Summit 2022 Hidrogênio Verde - A cerimônia foi marcada pela entrega do Troféu Fiec Summit 2022 Hidrogênio Verde para a consultora internacional da Fiec, Mônica Saraiva Panik.


Formada em Comunicação Social pela Fundação Armando Álvares Penteado e com Business MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas, Monica dedicou 18 anos de atuação à indústria automotiva do Brasil e 11 anos em empresas líderes mundiais das tecnologias de hidrogênio e célula a combustível na Alemanha.

Emocionada, agradeceu à homenagem: 

- Eu gostaria de compartilhar esse prêmio ao meu filho e, em seguida, a todo grupo de trabalho: o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante; o Vice-Presidente da Fiec, Carlos Prado; o Consultor de energia da Fiec, Jurandir Picanço; o Coordenador de Energia da Fiec e Presidente da Câmara Setorial de Energias, Joaquim Rolim; o Secretário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho do Estado do Ceará (Sedet), Maia Júnior; o Consultor de Negócios da Sedet, Constantino Frates; a secretária executiva da Indústria da Sedet, Roseane Medeiros; o Presidente do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Ceará (UFC), Fernando Nunes; a diretora executiva e Comercial do Complexo do Pecém, Duna Uribe e tantos outros que estiveram com a gente e também dedico ao povo do Ceará”, diz sob aplausos. Mônica Saraiva.

Monica Saraiva deixa a solenidade na crença que o Hidrogênio Verde será um marco para a economia do Estado. 

- Vocês podem acreditar e até anotar: O Ceará e a região Nordeste do Brasil vão ser uma das regiões mais ricas do mundo”, destaca  sob aplausos. E Mônica Saraiva continua: 

- Isso porque o Hidrogênio Verde tem a capacidade de gerar empregos, inovação e capacitação profissional. Eu acredito que o Hidrogênio Verde seja uma bandeira que ajuda a resolver problemas endêmicos de regiões como a pobreza e a desigualdade social”, conclui Mônica Saraiva Panik.

Com informações e fotos da Assessoria de Comunicação da Fiec.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B