Pular para o conteúdo principal

Ceará tem inverno 2019 acima da média histórica

A Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) realizou nesta quarta-feira (5), na sede da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), coletiva de imprensa sobre o balanço da quadra chuvosa e o que o período representou em termos de aporte hídrico para o Ceará. Na ocasião, foram apresentados dados referentes ao consumo de água em Fortaleza e Região Metropolitana e os investimentos feitos com a Tarifa de Contingência.


A coletiva foi conduzida pelo secretário de Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira e pelo presidente da Cagece, Neuri Freitas. Também estiveram presentes na mesa o secretário do Desenvolvimento Agrário, Francisco De Assis Diniz, e a gerente de meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Meiry Sakamoto.

Eles informaram que as precipitações 2019 (fevereiro a maio) foram as melhores dos últimos sete anos. A média histórica da quadra chuvosa no Ceará é de 600,7 milímetros. Este ano choveu 676,3 milímetros entre fevereiro e maio, 12,6% acima do esperado.

Francisco Teixeira revela que a reserva atual do sistema Jaguaribe-Região Metropolitana, que abastece Fortaleza, é de 11,9%.  "Apesar desse aumento não choveu bem em todas as regiões do Ceará. Isso não garante o abastecimento de água inteiro nem para o próximo ano todo. Precisamos trabalhar bem essa reserva que nós temos", destaca Teixeira

“O período de fevereiro a maio de 2019 foi ligeiramente superior ao mesmo período de 2011 (9,7%), que foi o último semelhante ao atual. Nos últimos 10 anos, o período de fevereiro a maio mais chuvoso foi o do corrente ano. Um longo período seco, de 5 anos consecutivos, ocorreu entre 2012 e 2016.”, informa o meteorologista da Funceme, Raul Fritz.

Cidades com nível de criticidade de abastecimento - O
nze cidades cearenses estão no nível de criticidade alta na questão de abastecimento.

Monsenhor Tabosa
Quixeramobim
Caririaçu
Mombaça
Parambu
Salitre
Piquet Carneiro
Tamboril
Irauçuba
Pereiro
Pacoti.

Regiões onde mais choveu

  • Litoral: 1.016,0 milímetros
  • Coreaú: 1.242,2 milímetros
  • Metropolitana: 914,6 milímetros
Menores médias da quadra chuvosa:

  • Médio Jaguaribe: 520,6 milímetros
  • Alto Jaguaribe: 434,5 milímetros
  • Banabuiú: 467,2 milímetros
Fevereiro o mês mais chuvoso - Em relação ao desvio referente à média histórica por mês, fevereiro foi o mais chuvoso, com 45,3% acima da normal climatológica, que é de 118,6 mm, seguido de março que ficou com desvio positivo de 15,3%. O mês de abril apresentou um pequeno desvio positivo de 0,9% e, em maio, as chuvas ficaram abaixo da média, com -12,1%.

Março e abril são os meses mais chuvosos, segundo a climatologia, com média de 203,4 mm e 188,0 mm, respectivamente; enquanto em maio a média mensal é de 90,6 mm. “Esta tendência de redução das chuvas, relativa à climatologia mensal, como mostrado pelos desvios percentuais mensais ao longo da quadra chuvosa, foi indicada no prognóstico emitido em janeiro de 2019”, afirma o meteorologista Raul Fritz.

Chuvas nas macrorregiões - A análise da quadra chuvosa mostra que a região do Sertão Central e Inhamuns foi a que apresentou o maior desvio percentual negativo (-6,3%), seguida do Cariri, com desvio percentual de -4,8%, da Jaguaribana (1,5%), do Maciço de Baturité (14%), da Ibiapaba (25,6%), do Litoral de Pecém (40,9%), do Litoral de Fortaleza (44,2%) e do Litoral Norte (48,0%).

As macrorregiões Ibiapaba, Litoral de Pecém, Litoral de Fortaleza e Litoral Norte ficaram com o acumulado acima de suas normais, enquanto as macrorregiões Maciço de Baturité, Jaguaribana, Cariri e Sertão Central e Inhamuns apresentaram chuvas em torno da média. 

FUNCEME - Segundo a Funcema "o quadro pluviométrico observado ultrapassou, ligeiramente, o primeiro prognóstico, divulgado em janeiro de 2019, que apontou maior probabilidade de que a precipitação média estadual, acumulada no período de fevereiro a abril estaria na categoria em torno da média.

Esse trimestre apresentou um desvio positivo de 17%, com o acumulado médio de precipitação (596,6 mm) situado dentro da categoria acima da média, que corresponde a valores acima de 587,1 mm.

“O primeiro prognóstico indicou tendência de categoria mais provável abaixo da média histórica no centro-sul do estado e acima da média histórica na região mais próxima do litoral, o que foi aproximadamente verificado pois o Sertão Central e Inhamuns, o Cariri e a região Jaguaribana ficaram em torno da média histórica, sendo as duas primeiras regiões mencionadas aquelas que apresentaram pequenos desvios percentuais negativos. Já o segundo, divulgado em fevereiro, para os meses de março a maio, também indicou, como mais provável a categoria em torno da média para o trimestre, sendo a categoria abaixo da média a segunda mais provável”, reforça o meteorologista da Funceme.

As condições de temperatura da superfície do Oceano Atlântico tropical favoreceram a atuação mais regular da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal sistema indutor de chuvas no setor norte do Nordeste. Em maio, a ZCIT teve maior influência apenas sobre o centro-norte do estado durante o início até meados do mês.

No oceano Atlântico tropical observou-se, neste ano, temperaturas da superfície do mar mais aquecidas do que a média nas proximidades da região Nordeste e em torno da neutralidade acima da Linha do Equador, favorecendo a atuação da ZCIT. O fenômeno El Niño se manteve com intensidade fraca durante o período de fevereiro a maio, provavelmente interferindo negativamente na incidência de chuvas sobre o estado entre abril e maio".

O balanço da quadra chuvosa de 2019, bem como a situação do aporte hídrico do Ceará foram divulgados nesta quarta-feira (5), em coletiva de imprensa realizada no auditório da Companhia de Gestão e Recursos Hídricos (Cogerh). O resultado de chuvas dentro da média, apontado anteriormente pela Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), que indicava 30% de chuvas acima da média, 40% em torno da média e 30% abaixo da média, foi confirmado pela Secretaria de Recursos Hídricos (SRH). A situação dos açudes, no entanto, permanece em alerta, tendo em vista que apesar das chuvas, há ainda seis açudes secos, 18 em volume morto e outros 72 com menos de 30% de suas capacidades de armazenamento.



Segundo o secretário dos Recursos Hídricos do Estado, Francisco Teixeira, um resultado de chuvas dentro da média não significa aporte satisfatório: “Temos água suficiente em alguns municípios e na maior parte dos outros não. Contornaremos o abastecimento humano com os pequenos açudes, considerando que os grandes reservatórios, Orós, Castanhão e Banabuiú, permanecem com baixo volume. A situação atual de aporte no Ceará está em 1,1 bilhão, inferior à de 2015, quando encontrava-se em 1,7 bilhão.



Na contramão da situação geral dos açudes cearenses, que estão com o percentual de 21% de aporte, os reservatórios da Região Metropolitana, Pacoti, Pacajus, Riachão e Gavião encontram-se com 81,5 % de suas capacidades de armazenamento. De acordo com Teixeira, a situação exige cautela, considerando que esses reservatórios menores funcionam de modo satisfatório apenas em integração com os três maiores, já que eles representam 60% da reserva hídrica do Ceará.
Tarifa de Contingência

Os resultados apresentados na coletiva justificaram também a permanência da aplicação da tarifa de contingência, mecanismo estipulado pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) para reduzir o consumo na capital e Região Metropolitana. Durante o evento, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará apresentou dados referentes ao consumo de água em Fortaleza e Região Metropolitana, arrecadação e investimentos realizados com a Tarifa de Contingência.

No evento, o presidente da Cagece, Neuri Freitas, informou que apesar da economia alcançada até agora, a redução no consumo precisa ser mantida, pensando no cenário do futuro: “O ato declaratório de escassez hídrica deverá perdurar, assim como a aplicação da tarifa de contingência em Fortaleza e Região Metropolitana. Hoje, estamos começando a chegar em um resultado favorável de consumo por ligação, o mês de abril, por exemplo, registrou consumo médio de 10,16 metros cúbicos por segundo de água. É essencial manter essa média”, informa.



Ainda de acordo com o Neuri, a arrecadação da tarifa vai continuar sendo utilizada em ações de segurança hídrica e redução de perdas como recirculação da água de lavagem dos filtros da ETA Gavião, ações de combate a fraudes e vazamentos, construção de equipamentos emergenciais para distribuição de água, dentre outros.

Além da SRH e Cagece, estiveram presentes na coletiva, o presidente da presidente da Cogerh, João Lúcio Farias, o secretário do Desenvolvimento Agrário, Francisco De Assis Diniz, e a gerente de meteorologia da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Meiry Sakamot.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Saiba quem é a atriz cearense que está fazendo sucesso na Netflix

Com apenas 21 anos de idade, Mariana Costa vem fazendo sucesso na plataforma internacional de streaming, Netflix, com todo o seu charme e talento. A atriz é a caçula do elenco da série escrita por Halder Gomes, "O Cangaceiro do Futuro", e é uma artista cearense nata que ganhou as telas do cinema atuando ao lado de Edmilson Filho, protagonista da comédia. Fotos: Divulgação/Mariana Costa O diretor ressaltou que Mariana Costa “expressa na alegria do seu sorriso e na sua beleza “Pocahontas” - a dimensão do seu talento, dedicação, profissionalismo, graça e carisma. Ela tem a magia de hipnotizar a câmera sem esforço e tornar cada cena um deleite que transcende o “ver” e nos leva ao verbo apreciar”. A atriz enxerga nesse projeto a oportunidade de "levar as raízes nordestinas" em diversos espaços, inclusive na música. Desde os 7 anos de idade, Mariana se apaixonou pelos palcos artísticos ganhando ainda mais destaque ao atuar no musical "Ceará Show", onde atuava e

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Morre Paulo Soriano

O radialista e cantor Paulo Soriano (foto) morreu, na noite desta quinta-feira (23/5/2024).

Postagens mais visitadas deste blog

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Saiba quem é a atriz cearense que está fazendo sucesso na Netflix

Com apenas 21 anos de idade, Mariana Costa vem fazendo sucesso na plataforma internacional de streaming, Netflix, com todo o seu charme e talento. A atriz é a caçula do elenco da série escrita por Halder Gomes, "O Cangaceiro do Futuro", e é uma artista cearense nata que ganhou as telas do cinema atuando ao lado de Edmilson Filho, protagonista da comédia. Fotos: Divulgação/Mariana Costa O diretor ressaltou que Mariana Costa “expressa na alegria do seu sorriso e na sua beleza “Pocahontas” - a dimensão do seu talento, dedicação, profissionalismo, graça e carisma. Ela tem a magia de hipnotizar a câmera sem esforço e tornar cada cena um deleite que transcende o “ver” e nos leva ao verbo apreciar”. A atriz enxerga nesse projeto a oportunidade de "levar as raízes nordestinas" em diversos espaços, inclusive na música. Desde os 7 anos de idade, Mariana se apaixonou pelos palcos artísticos ganhando ainda mais destaque ao atuar no musical "Ceará Show", onde atuava e

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Morre Paulo Soriano

O radialista e cantor Paulo Soriano (foto) morreu, na noite desta quinta-feira (23/5/2024).