Pular para o conteúdo principal

Cidades Saudáveis lança plataforma para apoiar na resposta a Covid-19

A Parceria por Cidades Saudáveis (PHC, na sigla em inglês) lançou uma nova plataforma on-line para prefeitos, autoridades municipais e profissionais de saúde pública para apoiar seus esforços no enfrentamento à crise do novo coronavírus. O Centro de Resposta a COVID-19 da Parceria por Cidades Saudáveis inclui as mais recentes ferramentas e recursos técnicos voltados para os desafios urbanos, desde a manutenção dos serviços da cidade até orientações legais sobre a implementação de medidas críticas de Saúde Pública para as cidades em todas as fases da Pandemia.



A plataforma online foi desenvolvida pela organização global de saúde Vital Strategies, com o apoio da Bloomberg Philanthropies e da Organização Mundial da Saúde (OMS). A resposta da PHC à Covid-19 faz parte da Iniciativa de Resposta Global ao Coronavírus da Bloomberg Philanthropies, em colaboração com os principais especialistas globais em prevenção de epidemias.

A Covid-19 tem potencial para rápida disseminação em centros urbanos e muitos dos que correm risco de complicações mais graves são aqueles com condições pré-existentes, incluindo doenças crônicas não-transmissíveis (DCNTs), como doenças cardíacas, diabetes, doenças pulmonares crônicas e câncer. Reafirmando seu compromisso com as cidades durante essa crise em evolução, a Parceria por Cidades Saudáveis mudou e ampliou seu escopo de trabalho - de foco na prevenção de DCNTs e lesões para assistência imediata na resposta urbana a Covid-19.

“A crise do coronavírus está colocando novos desafios urgentes para prefeitos e agências de saúde nas cidades em todo o mundo. Por meio da Parceria por Cidades Saudáveis, estamos trabalhando para garantir que eles tenham o apoio de que precisam", disse Michael R. Bloomberg, fundador da Bloomberg LP e da Bloomberg Philanthropies e prefeito por três mandatos da cidade de Nova Iorque. "Hoje, estamos lançando um centro de recursos on-line para fornecer aos líderes da cidade importantes ferramentas e recursos técnicos para enfrentar a crise e compartilhar estratégias que funcionam. As ações que tomamos agora, informadas pelas melhores orientações científicas, podem ajudar a conter essa pandemia e salvar muitas vidas”.

O Centro de Resposta a Covid-19 da Parceria por Cidades Saudáveis vai atualizar continuamente as cidades com orientação e informações científicas atualizadas por meio de webinars, materiais técnicos e outros ativos. Um componente de intercâmbio de recursos do Centro de Respostas permite um foco particular na aprendizagem entre as cidades, para facilitar a colaboração e a ampliação de boas práticas. As cidades também receberão recursos importantes de líderes confiáveis, como a OMS, os Centros dos Estados Unidos para Controle e Prevenção de Doenças, USAID, Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e Vital Strategies.

O Centro de Resposta está organizado em quatro áreas de assistência técnica: vigilância e epidemiologia; comunicação; medidas sociais de saúde pública; e orientação jurídica e política.

No Brasil, a PHC apoia desde 2017 as cidades de Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) no combate às DCNTs e neste momento também oferece ferramentas para fortalecer o combate à COVID-19. "Esta ferramenta é mais um impulso pra promover a integração nesta rede internacional de cidades no enfrentamento a Covid-19. Estamos confiantes de que a colaboração entre a comunidade global, com base em evidências científicas e em resultados concretos, é fundamental pra superarmos esse desafio o mais rápido possível", afirma o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio.

"O acesso à orientação técnica baseada em ciência será fundamental para a resposta local a COVID-19", disse José Luis Castro, Presidente e CEO da Vital Strategies. “Com base na forte rede global da Parceria para Cidades Saudáveis, a plataforma de compartilhamento lançada hoje representa um caminho claro a seguir para ajudar as cidades a tomarem medidas imediatas”.

As cidades têm uma longa história de enfrentamento de emergências de saúde pública. Elas também foram as mais atingidas. Desde a pandemia de gripe de 1918 até o surto de Ebola na África Ocidental em 2014, as cidades estão frequentemente na linha de frente de uma resposta nacional à saúde. O conhecimento e as estruturas geradas por essas experiências podem ser úteis à medida que lidam com essa crise sem precedentes, bem como um recurso para outras cidades do mundo.

"No centro da Parceria por Cidades Saudáveis está o objetivo de reduzir as taxas de mortes evitáveis em todo o mundo", disse Kelly Henning, que lidera o programa de saúde pública da Bloomberg Philanthropies. "A assistência técnica disponibilizada às cidades através do Centro de Resposta Covid-19 da Parceria, um componente essencial da assistência global da Bloomberg Philanthropies, desempenhará um papel importante na resposta urbana ao Covid-19".

A Parceria para Cidades Saudáveis, apoiada pela Bloomberg Philanthropies em colaboração com a Organização Mundial de Saúde e a Vital Strategies, é uma rede de 70 cidades comprometidas em salvar vidas, prevenindo doenças crônicas não-transmissíveis - doenças cardíacas, diabetes, doenças pulmonares crônicas e câncer - e lesões.

As relações estabelecidas nesta rede desde 2017 se mostraram mais valiosas do que nunca, à medida que os líderes urbanos buscam seus colegas nas cidades em todo o mundo em busca de lições aprendidas no combate à pandemia de Covid-19.

Sobre a Bloomberg Philanthropies - A Bloomberg Philanthropies investe em mais de 570 cidades e em mais de 160 países ao redor do mundo para garantir uma vida melhor e mais longa para o maior número de pessoas. A organização se concentra em cinco áreas principais para a criação de mudanças duradouras: Artes, Educação, Meio Ambiente, Inovação Governamental e Saúde Pública.

A Bloomberg Philanthropies abrange todas as doações do Michael R. Bloomberg, incluindo sua fundação e filantropia pessoal, bem como a Bloomberg Associates, uma consultoria pro-bono que trabalha em cidades ao redor do mundo. Em 2019, a Bloomberg Philanthropies doou US$ 3,3 bilhões. Para mais informações, visite bloomberg.org ou siga-nos no Facebook, Instagram, YouTube e Twitter.

Sobre a Vital Strategies - A Vital Strategies é uma organização global de saúde que acredita que todas as pessoas devem ser protegidas por um forte sistema de saúde pública. Trabalhamos com governos e a sociedade civil em mais de 70 países para desenvolver e implementar estratégias baseadas em evidências que abordam seus problemas de saúde pública mais prementes. Nosso objetivo é ver os governos adotarem intervenções promissoras em escala o mais rapidamente possível. Para saber mais, visite www.vitalstrategies.org ou Twitter @VitalStrat.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …