Pular para o conteúdo principal

Ocorrências por descumprimento de decreto estadual somam 40 mil chamados

A Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) contabilizou quase de 40 mil ocorrências referentes ao descumprimento dos decretos estaduais que estabelecem medidas de combate à Pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) em todo o Estado. 


O número corresponde ao total de ocorrências atendidas, no período entre 20 de março a 20 de abril, pela Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE), na Região Metropolitana de Fortaleza e nos municípios de Sobral e Juazeiro do Norte.

As principais infrações estão relacionadas a aglomerações de pessoas e à abertura de estabelecimentos comerciais cujas atividades foram classificadas como não essenciais pelo Decreto Estadual nº 33.519. Ao todo, 39.094 ligações foram direcionadas para a Ciops nesse período, sinalizando a violação da legislação estadual, dos quais 23.174 diziam respeito a aglomerações de pessoas, enquanto 15.920 relataram o funcionamento de estabelecimentos abertos. De acordo com os dados, 45,5% das chamadas telefônicas foram feitas em sábados e domingos – 17.786 ligações nos dias 21, 22 28 e 29 de março e 4, 5, 11, 12, 18 e 19 de abril.

O secretário da SSPDS, André Costa, avalia os trabalhos feitos pela segurança pública nesses primeiros meses. “Após um mês de ações de isolamento social no intuito de garantir a saúde pública de toda população, a segurança pública não parou, já que tivemos essa atribuição extra de atuar na garantia das medidas sanitárias preventivas estabelecidas pelo Governo do Estado. O trabalho continua com ações diárias e constantes e, infelizmente, para alguns casos em que há desrespeito a essas normas, essas pessoas que descumpriram as medidas sanitárias e incorrem no crime do artigo 268 foram conduzidas a delegacias. Contra elas, foram lavrados procedimentos criminais e terão que responder perante a Justiça pelos fatos praticados. A gente espera contar com a colaboração, conscientização e empatia da população para que possamos o quanto antes ultrapassar essa etapa e retomar cada vez mais a normalidade do nosso cotidiano”, ressaltou.
Procedimentos em delegacias - Quando o cidadão é flagrado desrespeitando o decreto e, mesmo orientado pelos agentes da segurança pública, insiste na desobediência, o caso é levado para uma unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Parte dos procedimentos lavrados nas delegacias são de violação à medida sanitária preventiva, conforme artigo 268 do Código Penal Brasileiro. Há outros crimes associados às transgressões ao decreto, como é o caso do crime de colocar em perigo a vida ou saúde de outrem (artigo 132) ou mesmo o crime de desobediência (artigo 330), que é quando o cidadão não acata a ordem legal de funcionário público. Durante o primeiro mês, 125 procedimentos foram registrados em todo o Ceará, resultando na condução de 152 pessoas às delegacias do Estado.

Para o delegado da Polícia Civil do Ceará e professor de pós-graduação em Direito e Processo Penal, Márcio Gutierrez, o Estado pode e deve aplicar a lei quando necessário contra o indivíduo que descumprir a ordem do poder público. “Caso haja o descumprimento dessas decisões, o Estado pode tomar as medidas necessárias para a repressão desses crimes. O tipo penal do artigo 268, por exemplo, não exige que a pessoa esteja contaminada. Exige apenas que a pessoa descumpra aquela determinação do poder público”, avalia o professor.

“Portanto, as decisões que estão sendo tomadas em relação a isso (a condução e autuação de pessoas que descumprem os decretos) é a ponderação dos direitos: a saúde da coletividade e o direito à liberdade de locomoção. Um vai acabar tendo que se sobressair ao outro, por isso que nenhum direito fundamental é absoluto. Então, entre um e outro, é lógico que o direito à saúde da coletividade vai prevalecer”, avalia o especialista em Direito Processual e professor da Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp).

Os crimes previstos nos artigos 132, 268 e 330 do Código Penal são de ação penal pública incondicionada, ou seja, independem da manifestação da vítima para que uma investigação seja iniciada por uma autoridade policial. Como se tratam de infrações penais de menor potencial ofensivo, ou seja, cujas penas máximas não ultrapassam dois anos, a pessoa que infringe a lei é ouvido pela autoridade policial, assina um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), é liberado em seguida, mas segue respondendo ao procedimento que foi instaurado.

Legitimidade dos decretos - Por decisão unânime, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que estados e municípios também podem tomar medidas que acharem necessárias para o enfrentamento do Novo Coronavírus (Covid-19), considerando que, assim como o governo federal, os demais entes da federação também têm competência para estabelecer medidas na área da Saúde. Cabe, portanto, aos estados e municípios, como medida de combate à pandemia, definir que tipos de serviços públicos e atividades são essenciais e quais serão aquelas que terão o funcionamento suspenso temporariamente, a partir de critérios baseados na ciência e em recomendações da comunidade médica.

A Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, assinada pelo Presidente da República, dispõe de outras medidas para o enfrentamento da emergência de saúde pública provocada pelo novo coronavírus. A legislação prevê adoção de isolamento, quarentena e determinação de realização compulsória, como a realização de exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas, vacinação e outras medidas profilática e tratamentos médicos específicos. O descumprimento das medidas pode acarretar responsabilização, que pode ser civil, penal e administrativa.

Isolamento Social - Com a necessidade de dar continuidade à política de isolamento social, que vem se mostrando eficaz no enfrentamento da pandemia no Ceará, o governador Camilo Santana prorrogou o prazo para o funcionamento apenas de estabelecimentos de atividades essenciais e listou critérios para evitar a aglomeração de pessoas e consequentemente barrar a transmissão da doença. As medidas necessárias para conter o avanço do Novo Coronavírus (Covid-19) foram publicadas no Decreto Estadual nº 33.544, de 19 de abril de 2020, e as novas determinações passam a valer até cinco de maio.

O Decreto Estadual nº 33.519, de 19 de março de 2020, que originou o decreto atual, estabelece medidas de combate à pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19), a partir de critérios técnicos e científicos, no intuito de promover o isolamento social da população, como melhor alternativa para evitar o avanço da doença, protegendo a vida de todos, em especial daqueles que integram o grupo de risco.

O Governo do Estado esclarece ainda que o isolamento da população é o meio mais eficaz para conter a rápida disseminação do coronavírus, reduzindo no tempo a curva de crescimento da doença. Assim, permite-se que as unidades de saúde não entrem em colapso na capacidade de atendimento e possam atender, da melhor forma, todas aqueles que, no período de disseminação ampla da pandemia, venham a precisar de cuidados médicos.

O que diz a lei? - Artigo 268 do Código Penal Brasileiro: infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Pena de detenção de um mês a um ano, e multa.

Artigo 132 do Código Penal Brasileiro: expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente. Pena de detenção de três meses a um ano, se o fato não constitui crime mais grave.

Artigo 330 do Código Penal Brasileiro: desobedecer a ordem legal de funcionário público. Pena de detenção de 15 dias a seis meses, e multa.
Denúncias - A população pode contribuir com o cumprimento do Decreto Estadual n° 33.519, repassando informações sobre o funcionamento de estabelecimentos comerciais não essenciais à população ou sobre a aglomeração de pessoas. As ligações podem ser feitas para o 190 da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
Com informações e fotos da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…

Morre ex-prefeito de Aquiraz

Morreu neste domingo (12), de Covid 19, aos 75 anos, o ex-prefeito de Aquiraz e empresário, Antônio Fernando Freitas Guimarães (PSB).

A comunicação da morte foi feita por um filho de Guimarães:
- É com a maior dor que tenho na minha vida e da nossa família, que informo a vocês que meu pai Antônio Fernando Freitas Guimarães partiu para o plano superior, para ficar do lado do nosso Senhor Jesus Cristo, agradeço toda corrente de oração e fé que foi feita, porém Deus o todo poderoso sabe de todas as coisas, e devemos entender que os planos dele são maiores que os nossos! Um abraço a todos!".
Guimarães foi prefeito de Aquiraz de 2013-2016. Ele era baiano de Salvador e nasceu em 18 de abril de 1945.

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…

Morre ex-prefeito de Aquiraz

Morreu neste domingo (12), de Covid 19, aos 75 anos, o ex-prefeito de Aquiraz e empresário, Antônio Fernando Freitas Guimarães (PSB).

A comunicação da morte foi feita por um filho de Guimarães:
- É com a maior dor que tenho na minha vida e da nossa família, que informo a vocês que meu pai Antônio Fernando Freitas Guimarães partiu para o plano superior, para ficar do lado do nosso Senhor Jesus Cristo, agradeço toda corrente de oração e fé que foi feita, porém Deus o todo poderoso sabe de todas as coisas, e devemos entender que os planos dele são maiores que os nossos! Um abraço a todos!".
Guimarães foi prefeito de Aquiraz de 2013-2016. Ele era baiano de Salvador e nasceu em 18 de abril de 1945.