Pular para o conteúdo principal

Boa quadra chuvosa abre perspectiva de retomada da produção agrícola irrigada

Terminada a melhor quadra chuvosa dos últimos nove anos, as águas acumuladas nas 12 bacias hidrográficas do Ceará mudaram o cenário hídrico do Estado. Houve recuperação expressiva dos volumes acumulados em quase todas as regiões, com algumas chegando praticamente à plenitude de seus volumes. É o caso daquelas situadas mais ao Norte, próximas do litoral: Coreaú, Litoral, Metropolitanas e Ibiapaba. 


Esses volumes possibilitarão, em boa medida, a retomada da atividade econômica suspensa em grande parte durante os sucessivos anos daquela que já é considerada a maior seca da história do Ceará. Contudo, em que pese a recuperação ter acontecido em praticamente todas as bacias, ainda há gargalos a serem considerados.

Perímetros irrigados situados na Bacia do Acaraú – cujo volume após a quadra chuvosa bateu confortáveis 91% – terão condições de retomar suas atividades. 

“A Cogerh, numa ação considerada arrojada por muitos, vinha mantendo alguma irrigação viva nos perímetros Araras Norte e Baixo Acaraú”, explica João Lúcio Farias, presidente da Cogerh.

Segundo ele, com as boas recargas deste ano, será possível ampliar a área irrigada. “O fato de o Araras (Açude Paulo Sarasate) ter sangrado neste ano, nos dá garantia para atender plenamente ao setor”, garante João Lúcio. O Araras é o maior Açude da Bacia do Acaraú e quarto maior do Estado.

Decisão recente do Conselho de Recursos Hídricos do Ceará (Conerh) estabeleceu que as águas acumuladas no Açude Castanhão serão destinadas exclusivamente ao Vale do Jaguaribe, o que possibilitará, também naquela região, a retomada mais forte da agricultura irrigada. Segundo o secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, vários fatores motivaram essa decisão.

Dentre eles a boa reserva acumulada no Sistema Metropolitano, formado pelos açudes Pacajus, Pacoti, Riachão e Gavião. Esses açudes acumulam, atualmente, 85% de suas capacidades somadas, garantindo a Região Metropolitana de Fortaleza por um ano. Com esse volume garantindo a RMF, não será necessária a transferência de águas do Castanhão.

Segundo a decisão do Conerh, o Castanhão deverá operar com vazão média de 12 metros cúbicos por segundo. Essa água é dividida entre a perenização do leito do Rio Jaguaribe e o Eixão das Águas. “Com essa vazão, garantimos primeiro o abastecimento humano das cidades do Vale, e temos condição de atender bem aos irrigantes”, explica o secretário Teixeira, que também preside o Conselho de Recursos Hídricos.


Pós-Pandemia - O presidente da Cogerh também ressalta a importância estratégica da água para a recuperação da economia do Estado quando a pandemia provocada pelo novo coronavírus passar. 

“Não podemos perder de vista a relevância da geração de empregos no campo para a volta da economia aos trilhos quando tudo isso passar. Trata-se de um dos setores mais ágeis na contratação de mão-de-obra, e isso dinamiza a economia local, os pequenos negócios locais” destaca João Lúcio. “Nesse sentido, a água do Castanhão terá ainda mais importância no chamado período de pós-pandemia”, conclui.
Sistema que abastece RMF requer atenção permanente - A principal característica das chuvas no Ceará é a irregularidade. Tanto no tempo quanto no espaço físico. Isso significa que o Estado pode passar anos (como visto no passado recente) com chuvas abaixo do desejável e outros anos de abundância. Também que, mesmo nos anos de boas chuvas, as precipitações não acontecem de maneira uniforme no território. Dessa forma, mesmo em anos considerados bons, algumas regiões permanecem em seca ou situação de alerta. Neste ano, mesmo com chuvas mais bem distribuídas, ainda há regiões em dificuldades, ou em alerta.

É o caso do Sistema Integrado Jaguaribe/RMF, e as bacias do Alto Jaguaribe (34,9%) e Salgado (43,2%), Sertões de Crateús (45,7%) e Curu (31,1%). Outras duas Bacias, Banabuiú (14,7%) e Médio Jaguaribe (15,6%), encontram-se em Situação Crítica (abaixo dos 30%). “Justamente nessas duas bacias estão situados dois dos chamados reservatórios estratégicos: Banabuiú e Castanhão”, lembra o secretário Francisco Teixeira. “É claro que houve aportes, mas os nossos estoques de água estavam muito acanhados. Por isso estamos lançando essa advertência”, diz. O Sistema Integrado Jaguaribe/RM considera o Castanhão mais os açudes situados no Entorno de Fortaleza: Pacajus, Pacoti, Riachão e Gavião. Trata-se do macrossistema que garante a Região Metropolitana.


Outra região que prende a atenção das autoridades dos recursos hídricos no Estado é a do Baixo Jaguaribe. “Essa é uma região que tem apenas um açude monitorado, o Santo Antônio de Russas. Esse é um reservatório pequeno e de abrangência muito limitada”, adverte o secretário. Desde 2015/2016 cidades abaixo de Limoeiro do Norte passaram a ser atendidas por água subterrânea. Isso devido ao fato de o Castanhão não ter mais condições de perenizar o Rio Jaguaribe e abastecer aquelas populações.

“Dessa forma, cidades como Fortim, Russas, Palhano, Jaguaruana, Itaiçaba e Aracati tiveram de retomar seus antigos sistemas de abastecimento a partir de água subterrânea”, explica Teixeira. “Ou seja, o ainda baixo estoque de água do Castanhão, reflete no abastecimento dessas cidades e de comunidades rurais dessa região”. O setor produtivo nessa região também teve de se socorrer da água de poços, sobretudo na produção de camarão em cativeiro, atividade intensa naquela região.

Açudes estratégicos – A Cogerh monitora 155 reservatórios nas 12 bacias hidrográficas do Ceará. Todos têm importância seja para o abastecimento humano, seja para os chamados usos múltiplos. Por estratégicos entende-se aqueles reservatórios de abrangência regional, cuja a importância muitas vezes chega a extrapolar a bacia onde está situado. Dentre outros pode-se citar como exemplo: Banabuiú, Orós e Castanhão, ligados à Região Metropolitana de Fortaleza; e Açude Paulo Sarasate (Araras), ligado à Bacia dos Sertões de Crateús.

Com informações e fotos da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…

Postagens mais visitadas deste blog

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…