Pular para o conteúdo principal

Livro 'De Sobral à Índia' é lançado

Seis minutos e 51 segundos. Foi esse o tempo que durou o famoso Eclipse Solar de Sobral, em 29 de maio de 1919. O evento, que comprovou a Teoria da Relatividade do cientista Albert Einstein, é o ponto central da obra 'De Sobral à Índia', do engenheiro e escritor Fabrício Surya (foto).


Protagonizado por José, o livro aborda a trajetória desde que os pais dele se conheceram à pré-adolescência do garoto. A palavra família ganha um novo conceito quando chega a Sobral um coronel inglês, William Trent Johan, para “observar” o eclipse.

A bagagem do estrangeiro não chegou ao interior cearense somente com roupas: traz uma missão discreta e as experiências vividas na Índia, quando foi obrigado a servir em Calcutá – algo que o transformou para sempre. Ao encontrar o pequeno José, o destino também traz decisões difíceis e novos rumos para a vida do coronel William e sua esposa brasileira.

Por fim, desembarcando por último, vinha um homem branco, alto e com cabelos grisalhos. Vestia uma farda discreta, quase um terno comum. Seu bigode era proeminente, como o broche de sua patente militar presa no peito. Antes de deixar o último degrau, colocou seu chapéu. Seu nome era William Trent Johan, coronel inglês, casado com uma brasileira, Susete Barbosa, enfermeira por vocação. Ambos se conheceram em meados do passado ano de 1918, durante os trabalhos realizados no hospital brasileiro na França, por conta da 1ª Grande Guerra, quando o Brasil apoiou a tríplice entente. Sua esposa apareceu na porta de descida logo após ele pisar no solo sobralense. (De Sobral à Índia, página 199).

Além do fenômeno astrológico, a obra conta com outra característica celestial: o narrador. Quem conta a história é São Paulo, diretamente do Paraíso. Ao caminhar pelo Éden, o santo encontra Félix, um rapaz desanimado ao se deparar com o dia cinza. O prólogo e epílogo do livro registram o momento em que o santo inicia e finaliza a história ao recém-conhecido.

De Sobral à Índia reúne história, ciência e cultura em uma narrativa cativante destinada aos admiradores de um belo e emocionante romance histórico que parece não findar-se por aqui...

“– Tá... O senhor parece andar muito e talvez não me encontre mais por aqui...
Gostaria de agradecer por me contar essa história. Consegui abstrair-me de meus
problemas por alguns momentos. Infelizmente acabou...
– Ora! Quem disse ter tudo terminado aqui?” (De Sobral à Índia, página. 357)


Sinopse do livro: O que aconteceria se um menino com uma natureza insólita e doce, nascido de um romance inocente como o sono dos anjos, mas encerrado com um cego golpe do destino, estivesse num evento cósmico no qual se tornaria irmanado às estrelas e, ao mesmo tempo, encontrasse um tutor que preencheria um vazio em seu peito? Essa é a história de José. Um aventureiro e sonhador desde o ventre de sua mãe, uma doce flor do Nordeste. Juntos precisaram se desvencilhar dos espinhos e aridez de homens sem alma, que tentaram lhes tirar tudo, mas graças a pessoas únicas conseguiram suportar tais abrolhos e recomeçar uma nova vida.


Sobre o autor: Fabrício Surya (Fabrício Cavalcanti Gomes da Vinha) nasceu no Rio de Janeiro, tem raízes cearenses e portuguesas, mas cresceu em Brasília. É formado em Engenharia Florestal, pós-graduado em Ciência das Religiões e estudante de Yoga há mais de 20 anos. Encontrou-se com homens e mulheres no Brasil e no mundo em seu caminhar de “eterno aprendiz.” Começou a escrever muito cedo, mas nunca em grande quantidade. Atualmente é servidor público federal do Poder Judiciário e ensina meditação, tanto no ambiente corporativo quanto fora dele. Tem dois filhos com os quais aprende a arte do bem viver.

Redes Sociais 
Facebook - https://www.facebook.com/fabricio.surya.98
Instagram - @fabriciosurya_mindfulness
YouTube - https://bit.ly/2VzYSWO
Site: http://fabriciosurya.com.br/

Ficha técnica

Título: De Sobral à Índia
Autora: Fabrício Surya
Páginas: 360
Formato: 21x14 cm
ISBN: 978-85-62539-56-5
Link para compra: https://amzn.to/2K4D9kq 

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Morre radialista Will Nogueira

Morreu vítima de covid-19, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista cearense Will Nogueira ( Francisco de Assis Nogueira Bastos), aos 60 anos . Will Nogueira estava internado, no Hospital São Carlos-Fortaleza, intubado há dez dias e nesta segunda-feira não resistiu as complicações da covid-19. O velório e sepultamento são restritos a familiares, na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim Metropolitano (4º Anel Viário no Coaçu-Eusébio) Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Will Nogueira (foto) iniciou no Rádio na década de 1980 pela Rádio Iracema AM 1.300, no Programação Geração 80.  Trabalhou durante 36 anos no Sistema Verdes Mares SVM), dirigindo a Rádio FM 93. Também fez carreira na TV, atuando como apresentador dos programas Terral, na TV Ceará (ex-TV Educativa), e Sábado Alegre, na TV Diário.  Ultimamente depois da aposentadoria da FM 93, em 2015, era consultor em programação de Rádio e TV.   Por muitas vezes troquei ideias sobre Rádio

Decreto amplia horário de funcionamento do Comércio da Grande Fortaleza e Zona Norte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e o secretário de Saúde, Doutor Cabeto anunciaram na noite desta sexta-feira (14 de maio) o novo Decreto de Combate à Covid 19 no Estado a valer a partir da próxima segunda-feira (17 de maio) para Grande Fortaleza e Zona Norte do Estado: Amplia o funcionamento do comércio de rua de 10 às 19 horas, de domingo a sábado; lojas de shoppings de 12 às 21 horas; alimentação fora de casa de 10 às 21 horas com 50% da capacidade. Academias funcionamento até 21 horas. Liberadas escolinhas a areninhas. Liberadas atividade práticas de Ensino Superior presencial, alem de cursos de línguas e de informática. Toque de Recolher de 22 horas às cinco da madrugada. Para o Sertão Central, Cariri e Vale Jaguaribano continuam as restrições do decreto que se vence no domingo (16 de maio).

Familiares de Iraguassu Teixeira pedem doação para instituições de caridade no lugar de coroas de flores

Morreu no início da noite desta segunda-feira (22) aos 80 anos, o ex-vereador José Iraguassu Teixeira. Este estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Unimed Fortaleza com complicações da Covid-19. A família do Doutor Iraguassu informa que o velório acontece no Complexo Funerário Ethernus (Rua Padre Valdevino) com missa de corpo presente às dez da manhã e cremação às 11 da manhã desta terça-feira (23). O velório, missa e cremação são restritos aos familiares. A família solicita que ao invés de enviar coroas de flores façam um doação do valor a uma instituição de caridade de Fortaleza. Iraguassu Teixeira Filho - Hoje encerra-se a jornada do meu pai na terra. Façam uma oração por ele. Com profundo pesar informamos a partida do médico e ex-vereador de Fortaleza Doutor Iraguassú Teixeira, aos 80 anos, na noite desta segunda-feira (22), vítima de complicações causadas pela Covid-19. Iraguassu Teixeira estava internado na UTI do Hospital Regional

Morre forrozeiro Dedim Gouveia

Informa site Curuzinho de Mel: - O forrozeiro Dedim Gouveia (foto), de 61 anos, morreu por complicações da covid-19, nesta segunda-feira (19). Ele estava internado no Hospital de Messejana, em Fortaleza há oito dias.  - Última atualização da equipe do cantor Dedim Gouveia, na sexta-feira (16), apontou chances de recuperação. Ele chegou a utilizar oxigênio no tratamento e também a ser transferido para um leito semi-intensivo. - Amigos forrozeiros do artista, como Taty Girl e Nonato Lima comentaram a morte e prestaram homenagem nas Redes Sociais". José da Silva (Dedim Gouveia) nasceu, em Serra da Faísca, em Redenção, no Ceará, em primeiro de março de 1960. Era conhecido como Rei do Xote. Em mais de 40 anos de carreira gravou três LPs, 13 CDs e cinco DVs. Deixa órfãos quatro filhos. Sepultamento - Informa Amon Marques sobre o sepultamento do corpo de Dedim Gouveia: -  Hoje, por volta da meia noite, recebi uma ligação do secretário de Cultura de Fortaleza, Elpídio Nogueira, atendendo

Postagens mais visitadas deste blog

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Morre radialista Will Nogueira

Morreu vítima de covid-19, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista cearense Will Nogueira ( Francisco de Assis Nogueira Bastos), aos 60 anos . Will Nogueira estava internado, no Hospital São Carlos-Fortaleza, intubado há dez dias e nesta segunda-feira não resistiu as complicações da covid-19. O velório e sepultamento são restritos a familiares, na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim Metropolitano (4º Anel Viário no Coaçu-Eusébio) Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Will Nogueira (foto) iniciou no Rádio na década de 1980 pela Rádio Iracema AM 1.300, no Programação Geração 80.  Trabalhou durante 36 anos no Sistema Verdes Mares SVM), dirigindo a Rádio FM 93. Também fez carreira na TV, atuando como apresentador dos programas Terral, na TV Ceará (ex-TV Educativa), e Sábado Alegre, na TV Diário.  Ultimamente depois da aposentadoria da FM 93, em 2015, era consultor em programação de Rádio e TV.   Por muitas vezes troquei ideias sobre Rádio

Decreto amplia horário de funcionamento do Comércio da Grande Fortaleza e Zona Norte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e o secretário de Saúde, Doutor Cabeto anunciaram na noite desta sexta-feira (14 de maio) o novo Decreto de Combate à Covid 19 no Estado a valer a partir da próxima segunda-feira (17 de maio) para Grande Fortaleza e Zona Norte do Estado: Amplia o funcionamento do comércio de rua de 10 às 19 horas, de domingo a sábado; lojas de shoppings de 12 às 21 horas; alimentação fora de casa de 10 às 21 horas com 50% da capacidade. Academias funcionamento até 21 horas. Liberadas escolinhas a areninhas. Liberadas atividade práticas de Ensino Superior presencial, alem de cursos de línguas e de informática. Toque de Recolher de 22 horas às cinco da madrugada. Para o Sertão Central, Cariri e Vale Jaguaribano continuam as restrições do decreto que se vence no domingo (16 de maio).

Familiares de Iraguassu Teixeira pedem doação para instituições de caridade no lugar de coroas de flores

Morreu no início da noite desta segunda-feira (22) aos 80 anos, o ex-vereador José Iraguassu Teixeira. Este estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Unimed Fortaleza com complicações da Covid-19. A família do Doutor Iraguassu informa que o velório acontece no Complexo Funerário Ethernus (Rua Padre Valdevino) com missa de corpo presente às dez da manhã e cremação às 11 da manhã desta terça-feira (23). O velório, missa e cremação são restritos aos familiares. A família solicita que ao invés de enviar coroas de flores façam um doação do valor a uma instituição de caridade de Fortaleza. Iraguassu Teixeira Filho - Hoje encerra-se a jornada do meu pai na terra. Façam uma oração por ele. Com profundo pesar informamos a partida do médico e ex-vereador de Fortaleza Doutor Iraguassú Teixeira, aos 80 anos, na noite desta segunda-feira (22), vítima de complicações causadas pela Covid-19. Iraguassu Teixeira estava internado na UTI do Hospital Regional

Morre forrozeiro Dedim Gouveia

Informa site Curuzinho de Mel: - O forrozeiro Dedim Gouveia (foto), de 61 anos, morreu por complicações da covid-19, nesta segunda-feira (19). Ele estava internado no Hospital de Messejana, em Fortaleza há oito dias.  - Última atualização da equipe do cantor Dedim Gouveia, na sexta-feira (16), apontou chances de recuperação. Ele chegou a utilizar oxigênio no tratamento e também a ser transferido para um leito semi-intensivo. - Amigos forrozeiros do artista, como Taty Girl e Nonato Lima comentaram a morte e prestaram homenagem nas Redes Sociais". José da Silva (Dedim Gouveia) nasceu, em Serra da Faísca, em Redenção, no Ceará, em primeiro de março de 1960. Era conhecido como Rei do Xote. Em mais de 40 anos de carreira gravou três LPs, 13 CDs e cinco DVs. Deixa órfãos quatro filhos. Sepultamento - Informa Amon Marques sobre o sepultamento do corpo de Dedim Gouveia: -  Hoje, por volta da meia noite, recebi uma ligação do secretário de Cultura de Fortaleza, Elpídio Nogueira, atendendo