Pular para o conteúdo principal

Médicos Sem Fronteiras alertam que Covid não pode retroceder combate ao HIV

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV e Aids (Unaids) divulgou nesta segunda-feira (seis) o Relatório Global de  Atualização de Aids para 2020. O documento mostra que o mundo não vai conseguir cumprir metas críticas para 2020, incluindo a redução de 50% das mortes relacionadas ao HIV entre 2015 e o final de 2020. Este objetivo, entre outros, foi acordado por todos os Estados Membros da Organização das Nações Unidas (ONU) na Declaração Política de 2016 sobre HIV e Aids.


De acordo com o Unaids, 690 mil pessoas morreram de causas relacionadas ao HIV em 2019. Ainda que o número seja o mais baixo desde 1993, ainda é alto demais e significa que o mundo não está no caminho certo para cumprir a meta de 2020. 

A cobertura do tratamento também é muito baixa. Até o final de 2019, 67% das pessoas (25,4 milhões) que precisam de tratamento com Antirretrovirais (ARVs) tinham acesso aos medicamentos. Isso deixa uma lacuna de 12,6 milhões de pessoas vivendo com HIV que ainda precisam de tratamento e não têm acesso a ele.

A organização internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) ressalta a importância de programas e políticas públicas para reduzir o número de infecções por HIV e comorbidades relacionadas ao retrovírus, especialmente em meio à Pandemia de Covid-19. Assim, MSF se juntou ao Unaids para instar os países a implementarem práticas para reduzir o impacto da Covid-19 nos serviços de tratamento do HIV, incluindo maneiras de fornecer às pessoas com o retrovírus condições de continuar o tratamento por vários meses, reduzindo assim o número de deslocamentos necessários às unidades de saúde.

“Apesar das promessas, o mundo falhará no compromisso de reduzir as mortes por HIV até o final de 2020. O custo de não cumprir esses compromissos está evidenciado nestas 820 mil mortes adicionais desnecessárias, de acordo com o Unaids”, lamentou o médico Eric Goemaere, Coordenador da Unidade de HIV/TB e líder do projeto de Covid-19 de MSF na África do Sul. “O que esses números nos dizem é que as mortes relacionadas ao HIV não estão diminuindo rápido o suficiente, mesmo antes da Covid-19. ”
Segundo o médico, a Covid-19 ameaça causar interrupções nos tratamentos de pacientes com HIV. “Agora, tememos que, com qualquer interrupção nos atendimentos de pacientes de HIV devido à pandemia, mais vidas sejam perdidas. Não podemos nos dar ao luxo de voltar atrás na epidemia de HIV/Aids à luz da pandemia de Covid-19”, ressaltou.

O relatório mostra evidências crescentes vindas da África Subsaariana de que pessoas vivendo com HIV e pessoas com tuberculose correm maior risco de serem infectadas e de morrer pelo novo coronavírus. O Unaids também alertou para as implicações das interrupções nos serviços de assistência a pessoas com HIV como consequência da Covid-19.

“Estamos muito atrasados em enfrentar adequadamente o número inaceitável de mortes de pessoas vivendo com HIV”, explicou Goemaere. “Devemos fazer todo o possível para redobrar nossos esforços, continuar a ampliar o tratamento contra o HIV e manter os ganhos e as vidas salvas com tanto esforço. Não podemos nos arriscar a retroceder, pois o progresso até o momento é precioso demais para não ser preservado.”

Sobre Médicos Sem Fronteiras - Médicos Sem Fronteiras é uma organização humanitária internacional que leva cuidados de saúde a pessoas afetadas por conflitos armados, desastres naturais, epidemias, desnutrição ou sem nenhum acesso à assistência médica. Oferece ajuda exclusivamente com base na necessidade das populações atendidas, sem discriminação de raça, religião ou convicção política e de forma independente de poderes políticos e econômicos. Também é missão da MSF chamar a atenção para as dificuldades enfrentadas pelas pessoas atendidas em seus projetos. Para saber mais visite o site de MSF-Brasil.

Comentários

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Familiares de Iraguassu Teixeira pedem doação para instituições de caridade no lugar de coroas de flores

Morreu no início da noite desta segunda-feira (22) aos 80 anos, o ex-vereador José Iraguassu Teixeira. Este estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Unimed Fortaleza com complicações da Covid-19. A família do Doutor Iraguassu informa que o velório acontece no Complexo Funerário Ethernus (Rua Padre Valdevino) com missa de corpo presente às dez da manhã e cremação às 11 da manhã desta terça-feira (23). O velório, missa e cremação são restritos aos familiares. A família solicita que ao invés de enviar coroas de flores façam um doação do valor a uma instituição de caridade de Fortaleza. Iraguassu Teixeira Filho - Hoje encerra-se a jornada do meu pai na terra. Façam uma oração por ele. Com profundo pesar informamos a partida do médico e ex-vereador de Fortaleza Doutor Iraguassú Teixeira, aos 80 anos, na noite desta segunda-feira (22), vítima de complicações causadas pela Covid-19. Iraguassu Teixeira estava internado na UTI do Hospital Regional

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Morre radialista Will Nogueira

Morreu vítima de covid-19, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista cearense Will Nogueira ( Francisco de Assis Nogueira Bastos), aos 60 anos . Will Nogueira estava internado, no Hospital São Carlos-Fortaleza, intubado há dez dias e nesta segunda-feira não resistiu as complicações da covid-19. O velório e sepultamento são restritos a familiares, na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim Metropolitano (4º Anel Viário no Coaçu-Eusébio) Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Will Nogueira (foto) iniciou no Rádio na década de 1980 pela Rádio Iracema AM 1.300, no Programação Geração 80.  Trabalhou durante 36 anos no Sistema Verdes Mares SVM), dirigindo a Rádio FM 93. Também fez carreira na TV, atuando como apresentador dos programas Terral, na TV Ceará (ex-TV Educativa), e Sábado Alegre, na TV Diário.  Ultimamente depois da aposentadoria da FM 93, em 2015, era consultor em programação de Rádio e TV.   Por muitas vezes troquei ideias sobre Rádio

Ceará caminha para 20 mil mortes pelo coronavírus

O Painel IntegraSus informa no Boletim da Covid-19 das 11h49 desta terça-feira (25 de maio) no Ceará: Testes realizados - 2.125.276 Casos notificados - 2.027.137 Casos descartados - 1.147.929 Casos confirmados - 778.444 Casos recuperados - 538.568 Casos doentes ativos - 219.922 Casos suspeitos - 100.764 Casos fatais confirmados - 19.954 Casos fatais suspeitos - 725 Mortes nas últimas 24 horas - quatro Taxa de letalidade - 2,58% Fortaleza  - Confira o Boletim Epidemiológico de Fortaleza: Testes realizados - 731.977 Casos notificados - 670.946 Casos descartados - 398.507 Casos confirmados - 230.148 Casos recuperados - 112.613 Casos doentes ativos - 109.062 Casos suspeitos - 42.291 Casos fatais confirmados - 8.473 Casos fatais suspeitos - 399 Mortes nas últimas 24 horas - zero Taxa de letalidade - 3,6%.

Decreto amplia horário de funcionamento do Comércio da Grande Fortaleza e Zona Norte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e o secretário de Saúde, Doutor Cabeto anunciaram na noite desta sexta-feira (14 de maio) o novo Decreto de Combate à Covid 19 no Estado a valer a partir da próxima segunda-feira (17 de maio) para Grande Fortaleza e Zona Norte do Estado: Amplia o funcionamento do comércio de rua de 10 às 19 horas, de domingo a sábado; lojas de shoppings de 12 às 21 horas; alimentação fora de casa de 10 às 21 horas com 50% da capacidade. Academias funcionamento até 21 horas. Liberadas escolinhas a areninhas. Liberadas atividade práticas de Ensino Superior presencial, alem de cursos de línguas e de informática. Toque de Recolher de 22 horas às cinco da madrugada. Para o Sertão Central, Cariri e Vale Jaguaribano continuam as restrições do decreto que se vence no domingo (16 de maio).

Postagens mais visitadas deste blog

Familiares de Iraguassu Teixeira pedem doação para instituições de caridade no lugar de coroas de flores

Morreu no início da noite desta segunda-feira (22) aos 80 anos, o ex-vereador José Iraguassu Teixeira. Este estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Unimed Fortaleza com complicações da Covid-19. A família do Doutor Iraguassu informa que o velório acontece no Complexo Funerário Ethernus (Rua Padre Valdevino) com missa de corpo presente às dez da manhã e cremação às 11 da manhã desta terça-feira (23). O velório, missa e cremação são restritos aos familiares. A família solicita que ao invés de enviar coroas de flores façam um doação do valor a uma instituição de caridade de Fortaleza. Iraguassu Teixeira Filho - Hoje encerra-se a jornada do meu pai na terra. Façam uma oração por ele. Com profundo pesar informamos a partida do médico e ex-vereador de Fortaleza Doutor Iraguassú Teixeira, aos 80 anos, na noite desta segunda-feira (22), vítima de complicações causadas pela Covid-19. Iraguassu Teixeira estava internado na UTI do Hospital Regional

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Morre radialista Will Nogueira

Morreu vítima de covid-19, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista cearense Will Nogueira ( Francisco de Assis Nogueira Bastos), aos 60 anos . Will Nogueira estava internado, no Hospital São Carlos-Fortaleza, intubado há dez dias e nesta segunda-feira não resistiu as complicações da covid-19. O velório e sepultamento são restritos a familiares, na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim Metropolitano (4º Anel Viário no Coaçu-Eusébio) Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Will Nogueira (foto) iniciou no Rádio na década de 1980 pela Rádio Iracema AM 1.300, no Programação Geração 80.  Trabalhou durante 36 anos no Sistema Verdes Mares SVM), dirigindo a Rádio FM 93. Também fez carreira na TV, atuando como apresentador dos programas Terral, na TV Ceará (ex-TV Educativa), e Sábado Alegre, na TV Diário.  Ultimamente depois da aposentadoria da FM 93, em 2015, era consultor em programação de Rádio e TV.   Por muitas vezes troquei ideias sobre Rádio

Ceará caminha para 20 mil mortes pelo coronavírus

O Painel IntegraSus informa no Boletim da Covid-19 das 11h49 desta terça-feira (25 de maio) no Ceará: Testes realizados - 2.125.276 Casos notificados - 2.027.137 Casos descartados - 1.147.929 Casos confirmados - 778.444 Casos recuperados - 538.568 Casos doentes ativos - 219.922 Casos suspeitos - 100.764 Casos fatais confirmados - 19.954 Casos fatais suspeitos - 725 Mortes nas últimas 24 horas - quatro Taxa de letalidade - 2,58% Fortaleza  - Confira o Boletim Epidemiológico de Fortaleza: Testes realizados - 731.977 Casos notificados - 670.946 Casos descartados - 398.507 Casos confirmados - 230.148 Casos recuperados - 112.613 Casos doentes ativos - 109.062 Casos suspeitos - 42.291 Casos fatais confirmados - 8.473 Casos fatais suspeitos - 399 Mortes nas últimas 24 horas - zero Taxa de letalidade - 3,6%.

Decreto amplia horário de funcionamento do Comércio da Grande Fortaleza e Zona Norte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e o secretário de Saúde, Doutor Cabeto anunciaram na noite desta sexta-feira (14 de maio) o novo Decreto de Combate à Covid 19 no Estado a valer a partir da próxima segunda-feira (17 de maio) para Grande Fortaleza e Zona Norte do Estado: Amplia o funcionamento do comércio de rua de 10 às 19 horas, de domingo a sábado; lojas de shoppings de 12 às 21 horas; alimentação fora de casa de 10 às 21 horas com 50% da capacidade. Academias funcionamento até 21 horas. Liberadas escolinhas a areninhas. Liberadas atividade práticas de Ensino Superior presencial, alem de cursos de línguas e de informática. Toque de Recolher de 22 horas às cinco da madrugada. Para o Sertão Central, Cariri e Vale Jaguaribano continuam as restrições do decreto que se vence no domingo (16 de maio).