Pular para o conteúdo principal

Passarelli avalia oportunidades com Novo Marco do Saneamento

O novo Marco do Saneamento Básico, sancionado pela Presidência da República nesta quarta-feira (15), trará muitas oportunidades de negócios para empresas como a Passarelli, a partir da regulamentação da nova legislação.

Companhia com 88 anos de atuação em Engenharia e Construção, 55 deles no setor de Saneamento, a Passarelli já registrou uma movimentação no mercado em torno de oportunidades que serão geradas pelo novo marco, e que vão da contratação dos serviços de engenharia e consultoria até parcerias para investimento nas concessões.


"Já estamos participando de diversas conversas e desenhando parcerias com potenciais investidores e operadores interessados em ingressar ou ampliar a presença no mercado de saneamento, diante das inúmeras possibilidades que o novo marco traz", afirma o presidente da Passarelli, Paulo Bittar (foto).

Atualmente, a Passarelli opera como epecista em projetos de instalação e operação de estações de tratamento de água e esgoto, interceptores e coletores de grande porte. Somos pioneiros na utilização dos equipamentos Shield no Brasil, para escavação em rocha e solo pelo Método não Destrutivo. 

Além disso, tem no portfólio projetos de construção de grandes adutoras de água bruta e tratada, manutenção corretiva e preventiva de água e esgoto - atendendo, atualmente, cerca de 1,8 milhões de habitantes -, bem como serviços de otimização de recursos e recuperação de perdas. 

"Essa expertise nos coloca como um parceiro estratégico importante para as concessionárias", destaca Bittar.

"Em relação ao Marco do Saneamento, temos um conjunto de aspectos favoráveis, como um processo transparente; a perspectiva de uma boa regulamentação do marco (que ficará a cargo da Agência Nacional de Águas-ANA), e a disponibilidade de financiamento pelo BNDES", observa Bittar. Ele acrescenta, ainda, que o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está estruturando uma carteira de projetos no setor de saneamento básico para cinco estados e um município, no valor de R$ 45 bilhões.

"A regulação constitui uma condição fundamental para o sucesso do novo marco regulatório do saneamento, e as agências subnacionais terão papel importante nesse processo, pois serão responsáveis pelo cumprimento e operacionalização das diretrizes que virão da ANA", enfatiza Bittar.

A previsão do Governo é que, para a universalização do saneamento básico no Brasil, os investimentos nesta área alcancem R$ 700 bilhões, até 2033. A meta prevê o abastecimento com água potável para 99% da população, e a coleta e o tratamento de esgoto para 90% dos brasileiros - atualmente são 35 milhões de pessoas sem acesso à água potável e 104 milhões não possuem coleta de esgoto, o que posiciona o Brasil em um distante 112º lugar no ranking mundial de saneamento.

Passarelli no setor de Saneamento - A Passarelli, uma das mais tradicionais empresas no setor de engenharia e infraestrutura do País, foi responsável, desde a década de 1960, por inúmeras obras de saneamento, atuando como Epecista em projetos de Norte a Sul do País.

Dentre as principais obras na área de saneamento que a Passarelli atua no momento, destaque para o Programa Novo Pinheiros (SP), no qual participa do processo de despoluição em duas frentes - uma no córrego Pedreira/Olaria e outra no córrego Pirajuçara, com a implantação de coletores e ligações de esgoto à rede de tratamento, e o Programa de Saneamento Ambiental dos Municípios do entorno da Baía de Guanabara (RJ), com a implantação do Coletor Tronco Faria-Timbó, após a entrega do Coletor Tronco Cidade Nova - contribuindo para a despoluição de tal Baía. Também em São Paulo, atua no contrato Global Outsourcing, que cuida da manutenção corretiva, preventiva e crescimento vegetativo de água e esgoto em 14 municípios da RMSP e da região Bragantina, atendendo aproximadamente 1,8 milhões de habitantes. 

Além disso, a empresa está iniciando as obras do Lote 4 e acaba de entregar as obras do lote 1 do Cinturão das Águas, considerado um dos principais projetos do Nordeste brasileiro, que permite as águas do Rio São Francisco, chegarem até a população cearense, tanto para a irrigação como para o consumo; está executando as obras da Adutora do Agreste em Pernambuco, e de uma moderna Estação de Tratamento de Esgoto para a BRK em Araguaína, no Tocantins.

Sobre a Passarelli - Há 88 anos, a Passarelli é uma das maiores empresas do Brasil em soluções inteligentes e completas de Engenharia e Construção, sempre pautada em seus valores e na busca incessante por inovação. A empresa oferece serviços em três áreas de negócios: imobiliária, edificações e infraestrutura.

A Passarelli desenvolve atualmente importantes obras como a ampliação do Fortaleza Airport (CE), a construção do Complexo Trimais Places (shopping, torre comercial e supermercado), em São Paulo, e a obra de tratamento de esgoto para a BRK em Araguaína, no Tocantins. Possui em seu portfólio empreendimentos industriais e logísticos, como o centro de R&D da Stihl (RS) e o Centro de Distribuição da Tetra Pak (SP).

Na área imobiliária, já entregou mais de 40 condomínios residenciais, com um total de 7 mil apartamentos, além das unidades comerciais. Com uma equipe de profissionais especializados dedicados, atualmente atua nas obras de edifícios como Vila Paulicéia e Good Life e, nos próximos meses, iniciará edifícios na Cidade Jardim e Jardim Guançã. 

Em infraestrutura, realizou relevantes obras de saneamento em todo o País, incluindo adutoras, estações de tratamento de água e esgoto, como a ETE Barueri (SP) e o Sistema Gênesis em São Paulo (SP). A Passarelli também oferece produtos e serviços por meio de outras duas empresas: HBSP, locadora de equipamentos e Shields, e a IouTility, focada no segmento de Internet das Coisas (IoTs), com recursos de alta tecnologia para o mercado B2B. Na área social, mantém, há dez anos, o Instituto Sylvio Passarelli, atuando em prol de crianças e jovens por meio do tripé da autonomia, conhecimento e dignidade.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Passarelli.

Leia também:


Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Morre jornalista JL Rosa

Morreu, aos 35 anos, nesta segunda-feira (8/7/2024), em Fortaleza, o jornalista João Lucas Arruda Rosa. O Velório do corpo de JL Rosa será a partir das 13 horas desta terça-feira (9/7), na Funerária Paz Eterna (Avenida Barão de Studart, 2780-Dionísio Torres-Fortaleza-Ceará). O Sepultamento será às 16h30 desta terça-feira (9), no Cemitério São João Batista (Rua Padre Mororó-Centro-Fortaleza-Ceará). JL Rosa nasceu em 28 de dezembro de 1988. Deixa órfã a filha Amanda, de 10 anos. Com 18 anos de Fotojornalismo, JL Rosa participou de projetos em veículos de Comunicação e venceu dois prêmios nacionais da área. No período de 2019 a 2021, JL Rosa integrou a equipe de Fotografia do Grupo O Povo de Comunicação, no cargo de editor-adjunto.  Dentre os registros favoritos de JL Rosa estavam os de Esportes, como Futebol e Kitesurf.  JL Rosa colecionava imagens de atividades ao ar livre e paisagens de Fortaleza.  JL Rosa trabalhou nos jornais O Povo, Diário do Nordeste e na Câmara Municipal de Fortal

Atlântico e Naturágua arrecadam 25 mil litros de água para vítimas das enchentes no RS

Em uma demonstração de solidariedade e compromisso social, o Instituto Atlântico, em parceria com a Naturágua, enviou doações para auxiliar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.  A indústria de água mineral cearense doou 1.250 garrafões de 20 litros de água, o que totaliza 25 mil litros, para levar água potável às pessoas que estão passando por esse momento de vulnerabilidade. O Atlântico custeou o transporte das doações. Uma carreta da RMTLog Transporte e Logística partiu em 5 de junho e chegou à capital gaúcha na última quinta-feira (13). O material foi entregue na Paróquia Santa Catarina, em Porto Alegre, que atua como ponto de coleta e distribuição de doações, além de servir como abrigo para pessoas necessitadas. O Instituto Atlântico também mobilizou sua sede, localizada no Shopping Salinas, em Fortaleza, como ponto de coleta, para que colaboradores e membros da comunidade contribuíssem com doações. Durante a campanha, foram arrecadados itens como roupas, calçados, água,

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Postagens mais visitadas deste blog

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Morre jornalista JL Rosa

Morreu, aos 35 anos, nesta segunda-feira (8/7/2024), em Fortaleza, o jornalista João Lucas Arruda Rosa. O Velório do corpo de JL Rosa será a partir das 13 horas desta terça-feira (9/7), na Funerária Paz Eterna (Avenida Barão de Studart, 2780-Dionísio Torres-Fortaleza-Ceará). O Sepultamento será às 16h30 desta terça-feira (9), no Cemitério São João Batista (Rua Padre Mororó-Centro-Fortaleza-Ceará). JL Rosa nasceu em 28 de dezembro de 1988. Deixa órfã a filha Amanda, de 10 anos. Com 18 anos de Fotojornalismo, JL Rosa participou de projetos em veículos de Comunicação e venceu dois prêmios nacionais da área. No período de 2019 a 2021, JL Rosa integrou a equipe de Fotografia do Grupo O Povo de Comunicação, no cargo de editor-adjunto.  Dentre os registros favoritos de JL Rosa estavam os de Esportes, como Futebol e Kitesurf.  JL Rosa colecionava imagens de atividades ao ar livre e paisagens de Fortaleza.  JL Rosa trabalhou nos jornais O Povo, Diário do Nordeste e na Câmara Municipal de Fortal

Atlântico e Naturágua arrecadam 25 mil litros de água para vítimas das enchentes no RS

Em uma demonstração de solidariedade e compromisso social, o Instituto Atlântico, em parceria com a Naturágua, enviou doações para auxiliar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.  A indústria de água mineral cearense doou 1.250 garrafões de 20 litros de água, o que totaliza 25 mil litros, para levar água potável às pessoas que estão passando por esse momento de vulnerabilidade. O Atlântico custeou o transporte das doações. Uma carreta da RMTLog Transporte e Logística partiu em 5 de junho e chegou à capital gaúcha na última quinta-feira (13). O material foi entregue na Paróquia Santa Catarina, em Porto Alegre, que atua como ponto de coleta e distribuição de doações, além de servir como abrigo para pessoas necessitadas. O Instituto Atlântico também mobilizou sua sede, localizada no Shopping Salinas, em Fortaleza, como ponto de coleta, para que colaboradores e membros da comunidade contribuíssem com doações. Durante a campanha, foram arrecadados itens como roupas, calçados, água,

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).