Pular para o conteúdo principal

PIB cai 9,7% no Segundo Trimestre 2020

O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 9,7% no segundo trimestre de 2020 (comparado ao primeiro trimestre de 2020), na série com ajuste sazonal. Em relação a igual período de 2019, o PIB caiu 11,4%. Ambas as taxas foram as quedas mais intensas da série, iniciada em 1996. No acumulado dos quatro trimestres terminados em junho, houve queda de 2,2% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.




Em valores correntes, o PIB do no segundo trimestre de 2020 totalizou R$ 1,653 trilhão, sendo R$ 1,478 trilhão em Valor Adicionado (VA) a preços básicos e R$ 175,4 bilhões em Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.

A taxa de investimento no segundo trimestre de 2020 foi de 15,0% do PIB, ficando abaixo da observada no mesmo período de 2019 (15,3%).

No 1º semestre de 2020, o PIB caiu 5,9% em relação a igual período de 2019. Nesta comparação, houve desempenho positivo para a Agropecuária (1,6%) e quedas na Indústria (-6,5%) e nos Serviços (-5,9%). O material de apoio das Contas Nacionais Trimestrais está à direita.


Período de comparaçãoIndicadores
PIBAGROPINDUSSERVFBCFCONS. FAMCONS. GOV
Trimestre / trimestre imediatamente anterior (com ajuste sazonal)-9,7%0,4%-12,3%-9,7%-15,4%-12,5%-8,8%
Trimestre / mesmo trimestre do ano anterior (sem ajuste sazonal)-11,4%1,2%-12,7%-11,2%-15,2%-13,5%-8,6%
Acumulado em quatro trimestres / mesmo período do ano anterior (sem ajuste sazonal)-2,2%1,5%-2,5%-2,2%-2,1%-2,5%-2,4%
Valores correntes no 2º trimestre (R$)1,7 trilhão125,4 bilhões287,5 bilhões1,1 trilhão247,5 bilhões1,0 trilhão370,2 bilhões
Taxa de investimento (FBCF/PIB) no 2° trimestre de 2020 = 15,0%
Taxa de Poupança (POUP/PIB) no 2º trimestre de 2020 = 15,5%

PIB cai 9,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior - Sob efeitos da pandemia do COVID-19 e do isolamento social, o PIB caiu 9,7% no segundo trimestre de 2020, em relação ao primeiro trimestre de 2020, na série com ajuste sazonal. Essa foi a queda mais intensa da série histórica, iniciada em 1996. Entre os segmentos, a maior queda foi na Indústria (-12,3%), seguida por Serviços (-9,7%). A Agropecuária apresentou variação positiva de 0,4%.

Entre as atividades industriais, destacam-se as quedas nas Indústrias de Transformação (-17,5%), na Construção (-5,7%), na atividade de Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos (-4,4%) e nas Indústrias Extrativas (-1,1%).

Nos Serviços, os resultados negativos foram: Outras atividades de serviços (-19,8%), Transporte, armazenagem e correio (-19,3%), Comércio (-13,0%), Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (-7,6%), Informação e comunicação (-3,0%). Por outro lado, houve resultado positivo nas Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (0,8%) e nas Atividades imobiliárias (0,5%). Pela ótica da despesa, a Formação Bruta de Capital Fixo (-15,4%), a Despesa de Consumo das Famílias (-12,5%) e a Despesa de Consumo do Governo (-8,8%) caíram em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Já as Exportações de Bens e Serviços cresceram 1,8%, enquanto as Importações de Bens e Serviços recuaram 13,2% em relação ao primeiro trimestre de 2020.

Principais resultados do PIB a preços de mercado do 2º Trimestre de 2019 ao 2º Trimestre de 2020 (%)
Taxas (%)2019.II2019.III2019.IV2020.I2020.II
Acumulado ao longo do ano / mesmo período do ano anterior0,81,01,1-0,3-5,9
Últimos quatro trimestres / quatro trimestres imediatamente anteriores1,11,01,10,9-2,2
Trimestre / mesmo trimestre do ano anterior1,11,21,7-0,3-11,4
Trimestre / trimestre imediatamente anterior (com ajuste sazonal)0,50,10,5-2,5-9,7
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Contas Nacionais  

Queda de 11,4% em relação ao 2º tri de 2019 é a maior da série, iniciada em 1996 - 
Comparado a igual período de 2019, o PIB caiu 11,4% no segundo trimestre de 2020, sendo essa a maior contração trimestral registrada na série histórica, iniciada em 1996, para essa base de comparação. O Valor Adicionado a preços básicos teve queda de 10,8% e os Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios recuaram em 15,6%.

Entre as atividades, a Agropecuária cresceu 1,2%, em relação a igual período de 2019, o que pode ser explicado, principalmente, pelo desempenho de alguns produtos da lavoura que possuem safra relevante no segundo trimestre e pela produtividade.

A Indústria teve queda de 12,7%, a mais intensa da série histórica, nesta de comparação. A atividade Indústrias de Transformação teve o pior resultado (-20,0%), outro recorde negativo da série histórica, influenciado, principalmente, pelo recuo na fabricação de veículos; de outros produtos de transporte; de máquinas e equipamentos; e na indústria têxtil e de artigos de vestuário. O segundo recuo mais intenso veio da Construção (-11,1%), corroborada pela redução da ocupação e da produção de seus insumos.

A atividade de Eletricidade e gás, água, esgoto, atividades de gestão de resíduos apresentou queda de 5,8%, explicada pela queda da economia como um todo. Em contrapartida, as Indústrias Extrativas apresentaram variação positiva de 6,8%, com um aumento da extração de petróleo. A extração de minérios ferrosos continua a cair, porém em taxas menores.

Já Serviços caiu 11,2% em relação ao mesmo período de 2019, a maior queda já registrada na série histórica. Os piores resultados foram em Outras atividades de serviços (-23,6%) e Transporte, armazenagem e correio (-20,8%). Houve quedas em Comércio (-14,1%), Administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social (-8,6%) e Informação e comunicação (-3,2%). Por outro lado, Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados (3,6%) e Atividades imobiliárias (1,4%) apresentaram resultados positivos.

A Despesa de Consumo das Famílias teve contração de 13,5%, índice que representa a maior queda registrada na série histórica. Este foi o segundo resultado negativo desta comparação após 11 trimestres de avanço. O índice pode ser explicado pelo isolamento social no país, proibição de funcionamento de algumas atividades especialmente de serviços prestados às famílias, além queda da massa de salarial no país no segundo trimestre de 2020.

A Formação Bruta de Capital Fixo recuou 15,2% no segundo trimestre de 2020 em relação ao mesmo período de 2019. A queda é justificada pelos resultados negativos registrados tanto na produção interna de bens de capital quanto na construção. A Despesa de Consumo do Governo teve queda de 8,6% em relação ao segundo trimestre de 2019.

No setor externo, as Exportações de Bens e Serviços cresceram 0,5%, enquanto as Importações de Bens e Serviços recuaram 14,9% no segundo trimestre de 2020.

PIB tem queda de 2,2% no acumulado em quatro trimestres - O PIB acumulado nos quatro trimestres terminados em junho de 2020 contraiu 2,2% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Esta taxa resultou do recuo de 2,1% do Valor Adicionado a preços básicos e de 3,0% nos Impostos sobre Produtos Líquidos de Subsídios. O resultado do Valor Adicionado neste tipo de comparação decorreu dos seguintes desempenhos: Agropecuária (1,5%), Indústria (-2,5%) e Serviços (-2,2%).

Taxa de Investimento foi de 15% no 2º trimestre - A taxa de investimento no segundo trimestre de 2020 foi de 15,0% do PIB, se mantendo abaixo da observada no mesmo período do ano anterior (15,3%). Já a taxa de poupança foi de 15,5% contra 13,7% no mesmo período de 2019.

Primeiro semestre tem queda de 5,9% no PIB - O PIB no 1º semestre de 2020 caiu 5,9% em relação a igual período de 2019. Nesta base de comparação, houve desempenho positivo para a Agropecuária (1,6%). Na Indústria (-6,5%) e nos Serviços (-5,9%) o desempenho foi negativo.

PIB atinge 1,7 trilhão no segundo trimestre de 2020 - O Produto Interno Bruto no segundo trimestre de 2020 totalizou R$ 1,653 trilhão, sendo R$ 1,478 trilhão em Valor Adicionado a preços básicos.

Classes de atividade no valor adicionado a preços básicos e componentes do PIB pela ótica da despesa em valores correntes (R$ milhões)
Especificação2019.II2019.III2019.IV20192020.I2020.II
Agropecuária90.07879.68259.979321.957119.691125.417
Indústria322.471351.717331.6731.300.603305.450287.544
Serviços1.128.3031.151.5971.222.9934.590.2171.113.2921.064.582
Valor Adicionado a Preços Básicos1.540.8521.582.9961.614.6456.212.7771.538.4331.477.543
Impostos  sobre produtos254.954259.703278.0951.044.149264.988175.408
PIB a Preços de Mercado1.795.8061.842.7001.892.7407.256.9261.803.4211.652.951
Despesa de Consumo das Famílias1.153.1321.188.4231.239.1274.712.3751.162.2041.002.720
Despesa de Consumo do Governo360.898354.891423.3771.471.891343.521370.173
Formação Bruta de Capital Fixo275.238299.569280.5761.114.421285.059247.452
Exportações de Bens e Serviços263.380272.964270.2051.039.367265.798324.329
Importações de Bens e Serviços (-)253.994292.990276.5731.063.445280.847264.291
Variação de Estoque-2.84819.843-43.973-17.68427.685-27.432
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Contas Nacionais.
Nota: Todos os resultados são calculados a partir das Contas Nacionais Trimestrais.      


Com informações da Agência de Notícias Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Futricas Cearenses

Fala professora, jornalista, feminista e do Podcast As Cunhãs, K amila Bossato Fernandes: - Me incomoda muito ver uma figura local da TV, conhecido por ser um assediador safado, virar meme queridinho da galera. O sujeito tá sendo premiado pelo mau-caratismo, não é um velhinho gente boa. Enfim, dose... - Dá desgosto ouvir o Debates do Povo... Justamente pela insistência de manter uma certa "neutralidade", levam uma figura como esse bolsonarista do Novo que, além de agressivo, é raso que nem um pires. Desisto de ouvir, infelizmente...

Futricas Cearenses

 Kaio Cézar (foto) deixou a Ceará Rádio Clube e estreia na próxima semana o Portal TorcidaK. - Estreia na próxima semana! Siga as redes sociais da @torcidak  e fique ligado nas novidades. - Dia de despedida. Poder comandar a Equipe de Esportes da Rádio Clube num momento desafiador - retomada do Esporte da emissora no Estado - foi, antes de tudo, motivo de grande honra para mim. - Como tudo passa, hoje comovidamente me despeço carregando grande orgulho do trabalho desenvolvido e dos amigos cultivados para me dedicar a um novo projeto, agora de forma independente. - Quero agradecer ao diretor Márcio Aurélio pela parceria. Aos colegas, pelo companheirismo. Aos patrocinadores, pela confiança. Aos ouvintes, pela audiência. A todos, pela amizade. - Vida longa à Rádio Clube. - Vida longa aos Campeões da Bola!

Futricas Cearenses

Informa pelo Facebook, o cinegrafista José Melo sua saída do Sistema Verdes Mares (SVM): -  Aqui se encerra mais um ciclo da minha Carreira Profissional dentro do Sistema Verdes Mares-SVM. - Foram quinze anos de trabalho, aprendizado, dedicação e empenho. - Sou imensamente grato pela oportunidade e confiança que depositaram em mim e no meu trabalho ao longo desses anos. - Gratidão à Deus por tudo que conquistei. - Ao meu filho minha inspiração de sempre, meu motivo para está sempre de pé. - Minha irmã Mara por acreditar que eu seria capaz, foi ela meu primeiro degrau. - Demais familiares pelo apoio de sempre principalmente minhas mães. - Não poderia também deixar de agradecer: - A cada um que pude ter a grata satisfação de trabalharmos juntos e conviver diariamente como uma segunda família. - Sentirei saudades do companheirismo partilhados, das conquistas em equipe, que enriqueceram minha Carreira Profissional e serviram como aprendizado. - Me despeço aqui. - Mas seguirei buscando me a

Confira o possível Secretariado de José Sarto

Apostem nestes nomes para o Secretariado do prefeito José Sarto (PDT) para o quadriênio 2021-2024: Samuel Dias - Infraestrutura. Ferruccio Feitosa - Urbanismo e Meio Ambiente. Renato Lima - Governo. João Pupo - Serviços Urbanos. Elpídio Moreira - Chefe de Gabinete. Daniel Aderaldo - Comunicação. Elpídio Nogueira - Turismo. Eudoro Santana - Planejamento. Renan Colares - Desenvolvimento Econômico. Cláudia Gomes - a definir. Iraguassu Filho - a definir. Evaldo Lima - a definir. Toinha Rocha - a definir. Esio Feitosa - a definir. Luiz Alberto Saboia - a definir. Gardel Rolim - Líder do prefeito na Câmara de Vereadores.

Política cearense perde Roberto Mesquita

Morreu na madrugada deste domingo (17), aos 65 anos, o ex-vereador ()V) e o ex-deputado estadual (PSD) Roberto Mesquita. Ele lutava contra um Câncer.  A morte de Roberto Mesquita foi confirmada pelo vereador de Fortaleza, Bruno Mesquita (Pros), sobrinho de Roberto Mesquita, a quem Bruno foi ex-assessor parlamentar na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) e na Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE) e o chamou de 'pai e herói'. Vereador e deputado estadual -  Roberto Mesquita da Silveira Júnior nasceu em Baturité-CE. Foi filiado ao Partido Social Democrata (PSD), Partido Republicano da Ordem Social (Pros) e Partido Verde (PV). Na primeira Campanha (2008), foi eleito vereador de Fortaleza com 9.223 votos pelo PV. Dois anos depois (2010) foi eleito para o primeiro mandato de deputado estadual, pelo PSD, obtendo 57.092 votos. Em 2014 foi reconduzido à ALCE com 64.005 votos. Em 2020 conseguiu eleger Bruno Mesquita (Pros) para CMFor. Luto Oficial -  O presidente da ALCE, deputado esta

Postagens mais visitadas deste blog

Futricas Cearenses

Fala professora, jornalista, feminista e do Podcast As Cunhãs, K amila Bossato Fernandes: - Me incomoda muito ver uma figura local da TV, conhecido por ser um assediador safado, virar meme queridinho da galera. O sujeito tá sendo premiado pelo mau-caratismo, não é um velhinho gente boa. Enfim, dose... - Dá desgosto ouvir o Debates do Povo... Justamente pela insistência de manter uma certa "neutralidade", levam uma figura como esse bolsonarista do Novo que, além de agressivo, é raso que nem um pires. Desisto de ouvir, infelizmente...

Futricas Cearenses

 Kaio Cézar (foto) deixou a Ceará Rádio Clube e estreia na próxima semana o Portal TorcidaK. - Estreia na próxima semana! Siga as redes sociais da @torcidak  e fique ligado nas novidades. - Dia de despedida. Poder comandar a Equipe de Esportes da Rádio Clube num momento desafiador - retomada do Esporte da emissora no Estado - foi, antes de tudo, motivo de grande honra para mim. - Como tudo passa, hoje comovidamente me despeço carregando grande orgulho do trabalho desenvolvido e dos amigos cultivados para me dedicar a um novo projeto, agora de forma independente. - Quero agradecer ao diretor Márcio Aurélio pela parceria. Aos colegas, pelo companheirismo. Aos patrocinadores, pela confiança. Aos ouvintes, pela audiência. A todos, pela amizade. - Vida longa à Rádio Clube. - Vida longa aos Campeões da Bola!

Futricas Cearenses

Informa pelo Facebook, o cinegrafista José Melo sua saída do Sistema Verdes Mares (SVM): -  Aqui se encerra mais um ciclo da minha Carreira Profissional dentro do Sistema Verdes Mares-SVM. - Foram quinze anos de trabalho, aprendizado, dedicação e empenho. - Sou imensamente grato pela oportunidade e confiança que depositaram em mim e no meu trabalho ao longo desses anos. - Gratidão à Deus por tudo que conquistei. - Ao meu filho minha inspiração de sempre, meu motivo para está sempre de pé. - Minha irmã Mara por acreditar que eu seria capaz, foi ela meu primeiro degrau. - Demais familiares pelo apoio de sempre principalmente minhas mães. - Não poderia também deixar de agradecer: - A cada um que pude ter a grata satisfação de trabalharmos juntos e conviver diariamente como uma segunda família. - Sentirei saudades do companheirismo partilhados, das conquistas em equipe, que enriqueceram minha Carreira Profissional e serviram como aprendizado. - Me despeço aqui. - Mas seguirei buscando me a

Confira o possível Secretariado de José Sarto

Apostem nestes nomes para o Secretariado do prefeito José Sarto (PDT) para o quadriênio 2021-2024: Samuel Dias - Infraestrutura. Ferruccio Feitosa - Urbanismo e Meio Ambiente. Renato Lima - Governo. João Pupo - Serviços Urbanos. Elpídio Moreira - Chefe de Gabinete. Daniel Aderaldo - Comunicação. Elpídio Nogueira - Turismo. Eudoro Santana - Planejamento. Renan Colares - Desenvolvimento Econômico. Cláudia Gomes - a definir. Iraguassu Filho - a definir. Evaldo Lima - a definir. Toinha Rocha - a definir. Esio Feitosa - a definir. Luiz Alberto Saboia - a definir. Gardel Rolim - Líder do prefeito na Câmara de Vereadores.

Política cearense perde Roberto Mesquita

Morreu na madrugada deste domingo (17), aos 65 anos, o ex-vereador ()V) e o ex-deputado estadual (PSD) Roberto Mesquita. Ele lutava contra um Câncer.  A morte de Roberto Mesquita foi confirmada pelo vereador de Fortaleza, Bruno Mesquita (Pros), sobrinho de Roberto Mesquita, a quem Bruno foi ex-assessor parlamentar na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) e na Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE) e o chamou de 'pai e herói'. Vereador e deputado estadual -  Roberto Mesquita da Silveira Júnior nasceu em Baturité-CE. Foi filiado ao Partido Social Democrata (PSD), Partido Republicano da Ordem Social (Pros) e Partido Verde (PV). Na primeira Campanha (2008), foi eleito vereador de Fortaleza com 9.223 votos pelo PV. Dois anos depois (2010) foi eleito para o primeiro mandato de deputado estadual, pelo PSD, obtendo 57.092 votos. Em 2014 foi reconduzido à ALCE com 64.005 votos. Em 2020 conseguiu eleger Bruno Mesquita (Pros) para CMFor. Luto Oficial -  O presidente da ALCE, deputado esta