Pular para o conteúdo principal

Hospital Waldemar Alcântara faz 18 anos

Confira o 26 de dezembro na História de Fortaleza, segundo o Arquivo Nirez:

1881 - Pedro Leão Veloso deixa o governo, assumindo o vice Presidente Torquato Mendes Viana.

1908 - Inaugura-se o Palácio Guarani, da Associação Comercial de Fortaleza-ACF, no local do antigo Matadouro Público, que depois foi um sobrado do coronel José Eustáquio Vieira, onde morou o comendador Luís Ribeiro da Cunha, incendiado em 1902. Foi adquirido pelo Geminiano Maia (Barão de Camocim), que era Presidente da ACF e que construiu o palácio. Depois nele estiveram o Bank of London (Bank London) (sete de março de 1910), Banco dos Importadores (1925), a Boate Guarani, o Clube dos Diários, o Banco do Estado do Ceará-BEC e atualmente lá está a BCP-Telecomunicações. Fica na esquina da Rua Barão do Rio Branco nº 726 com Rua Senador Alencar.

1920 - Morre, em Fortaleza, Demétrio de Castro Menezes, fundador do Grupo Espírita Fé e Caridade na Rua Major Facundo, 80 (antigo, atual 424).

1938 - Lançadas as pedras fundamentais das vilas operárias do Otávio Bonfim e do Outeiro, para os trabalhadores da Rede de Viação Cearense-RVC.

1942 - Instala-se em Fortaleza, a Associação Cearense do Ministério Público - ACMP, associação civil sem fins lucrativos, que representa os interesses dos Promotores e Procuradores de Justiça do Estado do Ceará. Atualmente tem sede na Rua Gilberto Studart, 1700, Papicu.

1952 - Fundado o Hospital Infantil de Fortaleza, iniciativa da Sociedade Cearense de Pediatria, tendo à frente o médico pediatra Abdenago da Rocha Lima. Funcionava na Rua Olavo Bilac, vizinho à Hospedaria Getúlio Vargas, no Alagadiço.

1953 - No salão nobre do Náutico Atlético Cearense acontece a colação de grau da primeira turma da Faculdade de Medicina do Ceará, formada por Aldo Cavalcante Leite, Ana Nogueira Gondim, Hilda de Sousa Guimarães, Luís Rodrigues Santiago e Raimundo Hélio Cirino Bessa, este colocado em primeiro lugar e que foi o orador da turma. Foram os primeiros médicos formados no Ceará.

1954 - Fundado o Instituto Pio XII, por um grupo de professores, localizando-se na Rua Pereira Filgueiras, 1271, na Aldeota.

1955 - A Caixa Econômica Federal adquire o Palacete Ceará e nele instala sua sede.

1960 - Inaugurado o Edifício Clóvis Bevilacqua (Fórum Clóvis Bevilacqua), sede do Tribunal de Justiça do Estado, em quadrilátero entre a Rua. João Moreira, Rua General Bezerril e Rua Rufino de Alencar, com frente para a Avenida Alberto Nepomuceno, 272. No local estiveram, no antigo prédio da Tesouraria Provincial, uma tipografia do Governo, o Liceu do Ceará (1848), o Correio, a Biblioteca Pública, o Museu Antropológico e por fim, demolido para a construção do Fórum Clóvis Bevilacqua que já não mais lá funciona, pois foi para a Avenida Washington Soares, na Água Fria. O prédio inaugurado foi implodido em 2000. Hoje existe no local o prosseguimento da Praça Caio Prado (da Sé).

1960 - Publicada no Diário Oficial do Município 2.085, a Lei 1.671, do dia 16, que é a da Nomenclatura de 1960, do prefeito, general Manuel Cordeiro Neto. Várias praças têm o nome alterado, entre elas:

  • Largo de Nazaré (Jardim América) muda para  Praça Nazaré;
  • Praça Adolfo Silveira Lima - Praça da Saúde;
  • Praça Barão de Aquiraz (Piedade) -  Praça da Piedade;
  • Praça Benjamin Constant (Aldeota)  - Praça da Bandeira;
  • Praça Ceará Sporting Clube (Estádio) - Praça Presidente Vargas;
  • Praça Clóvis Bevilaqua (Bosque Eudoro Corrêa) Praça José Acioli;
  • Praça Conselheiro Tristão (Messejana) Praça da Conceição;
  • Praça Coronel Albano “ Praça Antônio Albano;
  • Praça Cel. José Gentil Alves de Carvalho - Praça Coronel José Gentil;
  • Praça Fernandes Vieira (do Liceu) -  Praça Gustavo Barroso;
  • Praça João de Pontes (Monte Castelo) -  Praça Coronel João Pontes;
  • Praça José Bonifácio (José Bonifácio) - Praça da Polícia Militar;
  • Praça José Júlio (Coração de Jesus) - Praça do Coração de Jesus;
  • Praça Moreira de Sousa -  Praça Dez de Abril;
  • Praça N. Senhora de Fátima (Parangaba) Praça Monsenhor Albano;
  • Praça Tenente-Coronel Alfredo Weyne Praça do Bom Jesus;
  • Inauguradas pela mesma Lei:
  • Praça Afonso Pena, no bairro da Casa Popular, depois Henrique Jorge, na Avenida Senador Fernandes Távora, entre a Rua Professor Miramar da Ponte e Rua Coronel Matos Dourado.
  • Praça Almirante Alexandrino espaço que já era denominado oficialmente desde sete de maio de 1945 Praça Riachuelo, entre a Rua Coronel Jucá, Rua General Potiguar, Rua Monsenhor Catão e Rua Vicente Linhares, no Dionísio Torres. Nunca houve praça no local. 
  • Praça Artur Bernardes, terreno no Montese, no cruzamento da Rua Almirante Rubim e Rua Elvira Pinho.
  • Praça Barão de Aquiraz, no Dionísio Torres, entre a Avenida Barão de Studart, a Rua Marcondes Pereira, Rua Joaquim Sá e Rua Adolfo Pinheiro, que é conhecida por “Praça da Coelce”, por ficar próximo à sede daquela empresa, foi inaugurada na mesma data. Existe na mesma uma placa indicando “Praça Marechal Otávio da Silva Paranhos, inaugurada em 23/03/1967”.
  • Praça Barão de Passagem, espaço existente entre a Rua Coronel Linhares, Rua Francisco Gonçalves, Rua Israel Bezerra e Avenida Estados Unidos (atual Avenida Senador Virgílio Távora), no Dionísio Torres, que já tinha o nome de Praça Humaitá. Em 1978 foi loteado por particulares o que fez surgirem várias matérias na imprensa. Hoje são blocos de apartamentos.
  • Praça Benjamin Constant, no Alto da Paz, Bairro de Fátima, entre a Rua Carlos Ribeiro, Rua Dom Sebastião Leme e Travessa Nossa Senhora das Graças, em frente ao Hospital São Cristóvão (hoje Hospital Gomes da Frota);
  • Praça Conselheiro João Alfredo, na Vila Ellery (atual Bairro Ellery), entre a Rua Pompeu Cavalcante, Rua Doutor Atualpa, Rua Raimundo Correia e Rua Professor Joaquim Antônio. Hoje está ocupada toda a quadra com casas residenciais.
  • Praça Coronel João Bastos, em Parangaba, entre a Avenida Godofredo Maciel, Rua Germano Franck, Rua Carlos Amora e Rua Luís Sá.
  • Praça da Aparecida, no Montese, entre a Avenida Gomes de Matos, a Rua Aquiles Boris e Rua Raul Cabral, onde fica a Igreja de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, é conhecida por Praça da Igreja.
  • Praça Deputado Sá Cavalcante, no Dionísio Torres, entre a Avenida Barão de Studart, a Rua Silva Paulet e Rua Assis Chateaubriand, em frente ao Posto de Saúde 2, ao lado do Instituto de Prevenção do Câncer do Estado.
  • Praça Epitácio Pessoa, entre a Rua Francisco Holanda, Rua Coronel , Rua Nunes Valente e Rua Visconde de Mauá, no Dionísio Torres. Hoje existem casas recuadas no local, com grandes jardins na frente. A praça não existe;
  • Praça Ipiranga, entre a Rua Pedro Melo, Rua Major Celestino, Rua Salgado Filho e Travessa Brito Barbosa, em Antônio Bezerra;
  • Praça Joaquim Murtinho, entre a Avenida dos Expedicionários, a Rua Japão e a Rua Irmã Bazet, no Montese;
  • Praça Manuel Vitorino, em Antônio Bezerra, entre a Rua Pedro Melo, Rua Hugo Victor, Rua Tenente Queirós e Rua Manuel Nunes. O local era conhecido por “Campo do Rio Branco”, onde se realizavam partidas de futebol. Foi construído no local o Estádio Deputado Antônio Costa Filho;
  • Praça Marquês do Herval, na Praia do Meireles, entre a Avenida Beira Mar, Rua Silva Paulet, Avenida Aquidabã (atual Avenida Historiador Raimundo Girão) e a Avenida Barão de Studart. Depois foi denominada, em 20 de março de 1963, Praça Dragão do Mar. Nunca foi construída e inexiste;
  • Praça Marechal Hermes na Casa Popular (atual Henrique Jorge), entre a Rua Professor Heribaldo Costa, Rua Professor Edgar de Arruda, Rua Professor Miramar da Ponte e Rua Professor Paulo Lopes, em frente à Igreja Matriz;
  • Praça Nilo Peçanha, no Henrique Jorge, triângulo entre a Rua Tupi e Rua Florianópolis, no Conjunto Orion. Foi invadida por casas;
  • Praça Nova Lisboa, na Barra do Ceará, entre a Avenida Francisco Sá, Avenida Coronel Carvalho e a Avenida Jornalista José Limaverde;
  • Praça Onze de Agosto quadrilátero no bairro Demócrito Rocha entre a Rua Pedro Muniz, Rua Alagoas, Rua Pernambuco e Rua Padre Antônio Vieira. Desapareceu quando foi construído na mesma o prédio da Escola do 1º Grau Senador Paulo Sarasate em 1972;
  • Praça Padre Josefino Cabral, em Antônio Bezerra, entre a Rua São Vicente, Rua Padre Perdigão, Rua Tomaz Rodrigues e Rua Professora Raimunda Adélia, em frente ao Grupo Escolar Joaquim Nogueira;
  • Praça Papa Pio IX, no bairro de Fátima, limitada pela Avenida 13 de Maio, Rua Dom Sebastião Leme e Rua Bonfim Sobrinho, sendo cortada pela Rua Monsenhor Otávio de Castro, ficando em frente à Igreja de Nossa Senhora de Fátima. Conhecida popularmente como Praça de Fátima ou Praça Nossa Senhora de Fátima;
  • Praça Presidente Linhares, no Demócrito Rocha, entre a Rua Paraná, Rua Guanabara, Rua Maranhão e Rua Ceará, sendo cortada ao meio pela Rua Piauí;
  • Praça Presidente Roosevelt, antigo campo do Dom Bosco, no Jardim América, entre a Rua Delmiro de Farias, Rua Ana Neri, Rua Carlos Câmara e Rua Waldery Uchoa. A praça já existia desde sua inauguração em maio de 1945, mas não havia lei oficializando;
  • Praça Rodrigues Alves, na Bela Vista, entre a Rua Viriato Ribeiro, Rua 21 de Abril e Rua Oscar Lopes. Recebeu em 1964 a denominação de Praça Dr. Moraes Correia e depois foi totalmente ocupada pelo prédio da Escola Integrada Economista Nilson Holanda. 
  • Praça São Luís de Gonzaga, no São João do Tauape, entre a Rua Fiscal Vieira, Rua Ana Gonçalves, Rua Floro Bartolomeu e Rua Capitão Gustavo. É conhecida como Praça das Oliveiras;
  • Praça Viriato de Medeiros, na Bela Vista, entre a Avenida Engenheiro Humberto Monte, a Rua Rubi e a Rua Francisca Clotilde;
  • Praça Washington Luís, no bairro Demócrito Rocha, entre a Rua Amazonas, Rua Rio Branco e Rua Acre, sendo cortada em duas partes pela Rua Piauí.

1974 - Em novo endereço a firma Mudanças Confiança, agora na Avenida Luciano Carneiro, 2235, bairro do Aeroporto.

1976 - Grava depoimento para o Museu Cearense da Comunicação (Arquivo Nirez), na sede, em Fortaleza, o compositor paraense Waldemar Henrique da Costa Pereira.

1977 - Sancionada pelo presidente Ernesto Geisel, a emenda constitucional instituindo o divórcio no Brasil.

1982 - Morre afogado o universitário Adelson Leite Julião Júnior, quando praticava pesca submarina.

1988 - Entra no ar a Rádio Tempo, de Jaime Azulay e Carmen Lúcia Dummar Azulay.

1995 - O Diário Oficial do Município 10.759 publica o texto da Lei 7.853, do dia 14, oriunda de proposta do vereador Durval Ferraz, que denomina de Otacílio de Azevedo uma artéria de Fortaleza. Até hoje não existe em Fortaleza a Rua Otacílio de Azevedo.

1999 - À noite ocorre um incêndio de grandes proporções causado por um curto circuito no Sukatão Amazonas, loja de confecções e miudezas na Rua General Sampaio, 1159/1212, que foi destruído completamente.

2000 - Morre em Fortaleza, aos 83 anos de idade, vítima de ataque cardíaco, o conhecido fotógrafo Francisco Afonso Albuquerque (Chico Albuquerque), pioneiro da foto publicitária no País, que é sepultado no dia seguinte no Cemitério Parque da Paz. Nascera em Fortaleza em 25 de abril de 1917.

2002 - Inaugurado o Hospital Waldemar Alcântara (HWA), na Rua Pergentino Maia, em Messejana, com 320 leitos, em 12,6 mil metros quadrados de área construída, obra iniciada na gestão do governador Tasso Jereissati e terminado no Governo de Beni Veras, consumiu seis meses de trabalho. Oferecerá atendimento secundário nas áreas de pediatria, clínica médica e cirurgia, além de contar com unidades de tratamento intensivo e de cuidados intermediários. Sua capacidade máxima deverá ser atingida em sete meses. De acordo com o titular da Secretaria de Saúde do Estado-Sesa, Anastácio Queirós, a nova unidade foi idealizada com o objetivo de minimizar o problema da superlotação dos hospitais de atendimento terciário - responsáveis pelos casos de maior complexidade, como o Instituto José Frota-IJF. A diretora do HWA, é a médica Socorro Martins.



Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B