Pular para o conteúdo principal

Ceará quer ser fornecedor global de Hidrogênio Verde

O Governo do Ceará, em parceria com Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) e Universidade Federal do Ceará (UFC), lançou na manhã dessa sexta-feira (19), o HUB do Hidrogênio Verde. Durante o evento, o governador Camilo Santana apresentou o potencial do Estado em se tornar um fornecedor global desse tipo de combustível, contribuindo para a redução dos níveis de CO2.

A ideia é buscar reduzir a emissão de poluentes com novos investimentos e ampliar as oportunidades de negócios e geração de empregos no Ceará, para assim impulsionar a economia do Estado. O hidrogênio verde (H2V) é produzido através de fontes renováveis e é atualmente considerado o pilar da transformação energética mundial por poder ser obtido através da eletrólise da água, uma fonte livre de carbono.

“Todo o mundo caminha para a utilização de energia limpa e o Ceará está na vanguarda que vai mudar a realidade socioeconômica, pois temos todas as condições favoráveis para produzir e exportar o hidrogênio verde”, afirmou Camilo Santana.



Durante o evento virtual foram assinados três documentos: um memorando de entendimento entre secretarias de Estado, Complexo do Pecém (CIPP S/A), Fiec e UFC; um Decreto que institui um Grupo de Trabalho que reunirá representantes de todas as instituições que vão colaborar para fortalecer a cadeia do hidrogênio verde no Ceará; e um memorando de entendimento com a empresa australiana Enegix Energy, que pretende instalar uma usina para produzir H2V no Complexo do Pecém.

O presidente da Fiec, Ricardo Cavalcante, ressaltou a importância desse momento para a economia do Ceará. “Desde 2013 se vem discutindo o uso de combustíveis limpos. Vai mudar toda a base industrial. E o Ceará, com toda essa capacidade de produzir hidrogênio verde, vai se tornar um grande fornecedor mundial”.

O reitor da UFC, Cândido Albuquerque, agradeceu ao governador pela oportunidade em participar e apoiar essa transformação no Ceará. “Nosso papel é esse: apoiar pesquisas e projetos como esse, que representa a eliminação do CO2. Merece aplausos essa iniciativa inédita”.

O vice-presidente do Porto de Roderdã, René Van Der Plas, também participou por videoconferência direto da Holanda. "O Ceará já é muito forte na geração de energia eólica e solar, e temos a infraestrutura necessária para a produção de hidrogênio verde e a exportação em grande quantidade. Essa assinatura mostra o comprometimento de todos os setores do Estado para a redução da emissão de poluentes".

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Junior, também agradeceu ao governador pela visão de futuro e a todas as equipes técnicas envolvidas. “É um projeto de futuro. Hoje damos um pontapé importante para colhermos os frutos lá na frente. Um projeto que pela primeira vez une Governo, Academia e setor produtivo. Importante ressaltar que iremos mudar a realidade dos cearenses com novas oportunidades de emprego e renda com a criação desse Hub”.



Enegix Energy - A Enegix foi estabelecida com a visão de implantar e gerenciar redes de energia em escala de utilidade, alimentadas de forma renovável, por hidrogênio, considerado componente-chave usado para armazenamento e distribuição de eletricidade, transporte, aplicações de combustível e usinas de reeletrificação para impulsionar uso de energia limpa pelos principais mercados.

A empresa tem como missão facilitar a mudança das sociedades através do hidrogênio, permitindo energia renovável e estável e conectividade da infraestrutura central com serviços públicos e comunidade. Sua visão é ser o líder global em geração de energia verde, identificando e garantindo fontes de energias renováveis de grande escala e econômicas, usando tecnologias de transporte de hidrogênio eficientes e comprovadas, e fornecendo energia elétrica e combustível sem carbono para governos e projetos.

O CEO da empresa australiana Enegix Energy, Wesley Cooke, participou de forma remota, por vídeoconferência. O memorando de entendimento prevê um investimento de U$ 5,4 bilhões de dólares. "Esse é um grande projeto que irá gerar milhares de empregos em sua construção, e centenas após o início da operação, ajudando a melhorar a vida de muitos cearenses. Estamos muito felizes em fazer parte desse projeto em parceria com o Ceará".



Instituições Parceiras - Assinaram o memorando, por meio do Governo do Estado do Ceará, as Secretarias do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), da Educação (Seduc), Meio Ambiente (Sema), Fazenda (Sefaz), Infraestrutura (Seinfra), Recursos Hídricos (SRH), e Assessoria de Relações Internacionais, da Casa Civil. E também as seguintes instituições: Federação das Indústrias do Estado Ceará (Fiec), Universidade Federal do Ceará (UFC) e o Complexo do Pecém (CIPP S/A).

Um Decreto institui o Grupo de Trabalho com representantes de todas as instituições citadas para desenvolver e fomentar as atividades de produção, armazenamento, distribuição e consumo de Hidrogênio Verde no Estado do Ceará, bem como a identificação de toda a cadeia de valor, gerando novos investimentos, novas oportunidades de negócios e de empregos na região.

Rota de exportação e outras vantagens - Vale destacar o grande potencial produtor de energias renováveis do Ceará, a localização geográfica e estratégica, assim como a capacidade logística e consumidora de Hidrogênio Verde do Complexo do Pecém. A infraestrutura e as parcerias internacionais facilitarão também a exportação, contribuindo, assim, para que o Ceará desponte como o primeiro HUB de Hidrogênio Verde do Brasil e da América Latina. A exportação de H2V através do Porto do Pecém será a mais curta entre a América do Sul e a Europa e, consequentemente, a de menor custo.

“O Hidrogênio Verde produzido no Complexo do Pecém será fornecido para todo o mundo, atendendo às mais diversas empresas em seus respectivos segmentos. Esse tipo de combustível será, com certeza, a energia das próximas gerações. Além disso, será importante para as empresas instaladas no Complexo do Pecém, pois ganharão novas possibilidades com essa nova fonte de energia limpa”, enfatiza Danilo Serpa, CEO do Complexo do Pecém (CIPP S/A).

De acordo com as projeções internacionais, em 2050, o Hidrogênio representará 18% de toda a energia consumida mundialmente, reduzindo anualmente 6 Gt de emissões de CO2 e eliminando os principais poluentes do ar como o dióxido de enxofre (SO2), óxidos de nitrogênio (Nox) e materiais particulados, reduzindo também o nível de ruído nas cidades. O setor de transporte irá consumir 20 milhões a menos de barris de petróleo por dia, aumentando significativamente a segurança energética dos países, e o crescimento econômico será baseado em um Desenvolvimento Sustentável, gerando uma receita de mais de R$ 2,5 trilhões por ano e empregando mais de 30 milhões de pessoas mundialmente.
Com informações e fotos da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Morre jornalista JL Rosa

Morreu, aos 35 anos, nesta segunda-feira (8/7/2024), em Fortaleza, o jornalista João Lucas Arruda Rosa. O Velório do corpo de JL Rosa será a partir das 13 horas desta terça-feira (9/7), na Funerária Paz Eterna (Avenida Barão de Studart, 2780-Dionísio Torres-Fortaleza-Ceará). O Sepultamento será às 16h30 desta terça-feira (9), no Cemitério São João Batista (Rua Padre Mororó-Centro-Fortaleza-Ceará). JL Rosa nasceu em 28 de dezembro de 1988. Deixa órfã a filha Amanda, de 10 anos. Com 18 anos de Fotojornalismo, JL Rosa participou de projetos em veículos de Comunicação e venceu dois prêmios nacionais da área. No período de 2019 a 2021, JL Rosa integrou a equipe de Fotografia do Grupo O Povo de Comunicação, no cargo de editor-adjunto.  Dentre os registros favoritos de JL Rosa estavam os de Esportes, como Futebol e Kitesurf.  JL Rosa colecionava imagens de atividades ao ar livre e paisagens de Fortaleza.  JL Rosa trabalhou nos jornais O Povo, Diário do Nordeste e na Câmara Municipal de Fortal

Futricas Cearenses

Felicidades do #BlogdoLauriberto , neste domingo (21 de julho de 2024), para: Jornalista Flávio Assunção Filho (foto). Jornalista Carlos Eugênio Furtado. Radialista Domingos Távora (foto). Radialista Eduardo Guilherme da Silva. Radialista Louralber Pereira Monteiro. Antônio Marcos. Claudemy Carneiro. Francisco José Pessoa. Beatriz Feitosa. Ednardo Roges.

Atlântico e Naturágua arrecadam 25 mil litros de água para vítimas das enchentes no RS

Em uma demonstração de solidariedade e compromisso social, o Instituto Atlântico, em parceria com a Naturágua, enviou doações para auxiliar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.  A indústria de água mineral cearense doou 1.250 garrafões de 20 litros de água, o que totaliza 25 mil litros, para levar água potável às pessoas que estão passando por esse momento de vulnerabilidade. O Atlântico custeou o transporte das doações. Uma carreta da RMTLog Transporte e Logística partiu em 5 de junho e chegou à capital gaúcha na última quinta-feira (13). O material foi entregue na Paróquia Santa Catarina, em Porto Alegre, que atua como ponto de coleta e distribuição de doações, além de servir como abrigo para pessoas necessitadas. O Instituto Atlântico também mobilizou sua sede, localizada no Shopping Salinas, em Fortaleza, como ponto de coleta, para que colaboradores e membros da comunidade contribuíssem com doações. Durante a campanha, foram arrecadados itens como roupas, calçados, água,

Postagens mais visitadas deste blog

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Morre jornalista JL Rosa

Morreu, aos 35 anos, nesta segunda-feira (8/7/2024), em Fortaleza, o jornalista João Lucas Arruda Rosa. O Velório do corpo de JL Rosa será a partir das 13 horas desta terça-feira (9/7), na Funerária Paz Eterna (Avenida Barão de Studart, 2780-Dionísio Torres-Fortaleza-Ceará). O Sepultamento será às 16h30 desta terça-feira (9), no Cemitério São João Batista (Rua Padre Mororó-Centro-Fortaleza-Ceará). JL Rosa nasceu em 28 de dezembro de 1988. Deixa órfã a filha Amanda, de 10 anos. Com 18 anos de Fotojornalismo, JL Rosa participou de projetos em veículos de Comunicação e venceu dois prêmios nacionais da área. No período de 2019 a 2021, JL Rosa integrou a equipe de Fotografia do Grupo O Povo de Comunicação, no cargo de editor-adjunto.  Dentre os registros favoritos de JL Rosa estavam os de Esportes, como Futebol e Kitesurf.  JL Rosa colecionava imagens de atividades ao ar livre e paisagens de Fortaleza.  JL Rosa trabalhou nos jornais O Povo, Diário do Nordeste e na Câmara Municipal de Fortal

Futricas Cearenses

Felicidades do #BlogdoLauriberto , neste domingo (21 de julho de 2024), para: Jornalista Flávio Assunção Filho (foto). Jornalista Carlos Eugênio Furtado. Radialista Domingos Távora (foto). Radialista Eduardo Guilherme da Silva. Radialista Louralber Pereira Monteiro. Antônio Marcos. Claudemy Carneiro. Francisco José Pessoa. Beatriz Feitosa. Ednardo Roges.

Atlântico e Naturágua arrecadam 25 mil litros de água para vítimas das enchentes no RS

Em uma demonstração de solidariedade e compromisso social, o Instituto Atlântico, em parceria com a Naturágua, enviou doações para auxiliar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.  A indústria de água mineral cearense doou 1.250 garrafões de 20 litros de água, o que totaliza 25 mil litros, para levar água potável às pessoas que estão passando por esse momento de vulnerabilidade. O Atlântico custeou o transporte das doações. Uma carreta da RMTLog Transporte e Logística partiu em 5 de junho e chegou à capital gaúcha na última quinta-feira (13). O material foi entregue na Paróquia Santa Catarina, em Porto Alegre, que atua como ponto de coleta e distribuição de doações, além de servir como abrigo para pessoas necessitadas. O Instituto Atlântico também mobilizou sua sede, localizada no Shopping Salinas, em Fortaleza, como ponto de coleta, para que colaboradores e membros da comunidade contribuíssem com doações. Durante a campanha, foram arrecadados itens como roupas, calçados, água,