Pular para o conteúdo principal

Futricas Internacionais


A Agência da Organização das Nações Unidas-ONU para Refugiados (ACNUR), o jornal Folha de São Paulo e o Memorial da América Latina promovem nos próximos dias atividades de cultura e informação sobre a realidade de pessoas forçadas a abandonar seus lares e que buscaram proteção internacional no Brasil.

Nesta quinta-feira (10 de junho), a partir das 12h00, será aberta a exposição “Quem conta essa história: jornalistas refugiados ou refugiados jornalistas?”, que retrata a trajetória de quatro jornalistas que buscaram proteção internacional no Brasil. 

Já na próxima semana, na terça-feira (15 de junho), às 18 horas, será realizado uma oficina com profissionais do ACNUR, Folha de São Paulo e Memorial da América Latina, contando com a participação de uma refugiada, sobre a cobertura da temática dos refugiados no Brasil, trazendo dados, informações e projetos sobre o tema. As inscrições para profissionais de comunicação, jornalistas e estudantes estão abertas em https://forms.gle/6wiSkAFMmCaHdhTN9

- As atividades do ACNUR com a Folha de S. Paulo e com o Memorial da América Latina em torno do Dia Mundial do Refugiado reforça a importância de assumirmos nossas responsabilidades coletivas pela integração de quem busca proteção internacional e tem muito a contribuir para o desenvolvimento dos países, das empresas e das comunidades que os acolhem. Por meio destas iniciativas de cultura e formação, o ACNUR possibilita que a informação de qualidade seja um instrumento efetivo de sensibilização e compreensão da causa das pessoas refugiadas”, afirma Jose Egas, representante do ACNUR no Brasil.

Sobre a exposição “Quem conta essa história: jornalistas refugiados ou refugiados jornalistas?” - Composta por fotos, textos e recursos audiovisuais produzidos pelo ACNUR e pela Folha de S. Paulo, a exposição relata os motivos do deslocamento forçado, a trajetória e o processo de integração de quatro jornalistas. Carlos, Claudine, Kamil e Victorios, que tiveram que deixar, respectivamente, a Venezuela, República Democrática do Congo, Turquia e Síria, em busca de proteção internacional no Brasil. Em suas novas residências, eles buscam reconstruir suas vidas com dignidade, sem deixar para trás os profissionais que são.

A exposição aborda a vida e trajetória de cada um dos jornalistas retratados, considerando o contexto que cada um foi forçado a abandonar, trazendo uma análise das violações de direitos humanos em cada país e os caminhos percorridos pelos profissionais do jornalismo, evidenciando a perseguição sofrida. Compõem a exposição textos descritivos contendo as narrativas de cada refugiado, ilustrados por fotografias e infográficos, além de vídeos com depoimentos em primeira pessoa, trazendo, assim, um olhar mais íntimo sobre a causa dos refugiados.

Sobre a oficina para jornalistas, comunicadores e estudantes - Com a proposta de apresentar referências conceituais sobre o tema do deslocamento forçado e discutir modelos e formatos de comunicação sobre o papel dos refugiados na sociedade brasileira, ACNUR, Folha de S. Paulo e Memorial da América Latina apresentarão dados, referências e informações sobre o papel da iniciativa privada na integração de pessoas refugiadas no Brasil, tendo como foco jornalistas e comunicadores que atuam no setor privado.

Na oficina, o ACNUR irá trazer algumas referências para a construção responsável de conteúdos humanitários e apresentará um cronograma de cases de empregabilidade de pessoas refugiadas, assim como apresentará o Guia de Cobertura Jornalística Humanitária do ACNUR, uma publicação que orienta comunicadores em relação a produção responsável de matérias sobre o tema do deslocamento forçado.

Programação
  • Exposição Quem conta essa história: jornalistas refugiados ou refugiados jornalistas?
  • De 10 de junho a 31 de agosto
  • De segunda a sábado, das 12 às 16 horas
  • Espaço Gabo – Praça da Sombra
  • Grátis
  • Oficina de cobertura jornalística sobre refugiados
  • Terça (15 de junho), às 18 horas
  • Encontro virtual pela plataforma Zoom
  • Inscrições: https://forms.gle/6wiSkAFMmCaHdhTN9
  • Grátis
  • Mais informações sobre a exposição estão disponíveis em www.acnur.org/portugues/jornalistasrefugiados

Comentários

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Familiares de Iraguassu Teixeira pedem doação para instituições de caridade no lugar de coroas de flores

Morreu no início da noite desta segunda-feira (22) aos 80 anos, o ex-vereador José Iraguassu Teixeira. Este estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Unimed Fortaleza com complicações da Covid-19. A família do Doutor Iraguassu informa que o velório acontece no Complexo Funerário Ethernus (Rua Padre Valdevino) com missa de corpo presente às dez da manhã e cremação às 11 da manhã desta terça-feira (23). O velório, missa e cremação são restritos aos familiares. A família solicita que ao invés de enviar coroas de flores façam um doação do valor a uma instituição de caridade de Fortaleza. Iraguassu Teixeira Filho - Hoje encerra-se a jornada do meu pai na terra. Façam uma oração por ele. Com profundo pesar informamos a partida do médico e ex-vereador de Fortaleza Doutor Iraguassú Teixeira, aos 80 anos, na noite desta segunda-feira (22), vítima de complicações causadas pela Covid-19. Iraguassu Teixeira estava internado na UTI do Hospital Regional

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Morre radialista Will Nogueira

Morreu vítima de covid-19, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista cearense Will Nogueira ( Francisco de Assis Nogueira Bastos), aos 60 anos . Will Nogueira estava internado, no Hospital São Carlos-Fortaleza, intubado há dez dias e nesta segunda-feira não resistiu as complicações da covid-19. O velório e sepultamento são restritos a familiares, na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim Metropolitano (4º Anel Viário no Coaçu-Eusébio) Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Will Nogueira (foto) iniciou no Rádio na década de 1980 pela Rádio Iracema AM 1.300, no Programação Geração 80.  Trabalhou durante 36 anos no Sistema Verdes Mares SVM), dirigindo a Rádio FM 93. Também fez carreira na TV, atuando como apresentador dos programas Terral, na TV Ceará (ex-TV Educativa), e Sábado Alegre, na TV Diário.  Ultimamente depois da aposentadoria da FM 93, em 2015, era consultor em programação de Rádio e TV.   Por muitas vezes troquei ideias sobre Rádio

Ceará caminha para 20 mil mortes pelo coronavírus

O Painel IntegraSus informa no Boletim da Covid-19 das 11h49 desta terça-feira (25 de maio) no Ceará: Testes realizados - 2.125.276 Casos notificados - 2.027.137 Casos descartados - 1.147.929 Casos confirmados - 778.444 Casos recuperados - 538.568 Casos doentes ativos - 219.922 Casos suspeitos - 100.764 Casos fatais confirmados - 19.954 Casos fatais suspeitos - 725 Mortes nas últimas 24 horas - quatro Taxa de letalidade - 2,58% Fortaleza  - Confira o Boletim Epidemiológico de Fortaleza: Testes realizados - 731.977 Casos notificados - 670.946 Casos descartados - 398.507 Casos confirmados - 230.148 Casos recuperados - 112.613 Casos doentes ativos - 109.062 Casos suspeitos - 42.291 Casos fatais confirmados - 8.473 Casos fatais suspeitos - 399 Mortes nas últimas 24 horas - zero Taxa de letalidade - 3,6%.

Decreto amplia horário de funcionamento do Comércio da Grande Fortaleza e Zona Norte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e o secretário de Saúde, Doutor Cabeto anunciaram na noite desta sexta-feira (14 de maio) o novo Decreto de Combate à Covid 19 no Estado a valer a partir da próxima segunda-feira (17 de maio) para Grande Fortaleza e Zona Norte do Estado: Amplia o funcionamento do comércio de rua de 10 às 19 horas, de domingo a sábado; lojas de shoppings de 12 às 21 horas; alimentação fora de casa de 10 às 21 horas com 50% da capacidade. Academias funcionamento até 21 horas. Liberadas escolinhas a areninhas. Liberadas atividade práticas de Ensino Superior presencial, alem de cursos de línguas e de informática. Toque de Recolher de 22 horas às cinco da madrugada. Para o Sertão Central, Cariri e Vale Jaguaribano continuam as restrições do decreto que se vence no domingo (16 de maio).

Postagens mais visitadas deste blog

Familiares de Iraguassu Teixeira pedem doação para instituições de caridade no lugar de coroas de flores

Morreu no início da noite desta segunda-feira (22) aos 80 anos, o ex-vereador José Iraguassu Teixeira. Este estava internado há 15 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional Unimed Fortaleza com complicações da Covid-19. A família do Doutor Iraguassu informa que o velório acontece no Complexo Funerário Ethernus (Rua Padre Valdevino) com missa de corpo presente às dez da manhã e cremação às 11 da manhã desta terça-feira (23). O velório, missa e cremação são restritos aos familiares. A família solicita que ao invés de enviar coroas de flores façam um doação do valor a uma instituição de caridade de Fortaleza. Iraguassu Teixeira Filho - Hoje encerra-se a jornada do meu pai na terra. Façam uma oração por ele. Com profundo pesar informamos a partida do médico e ex-vereador de Fortaleza Doutor Iraguassú Teixeira, aos 80 anos, na noite desta segunda-feira (22), vítima de complicações causadas pela Covid-19. Iraguassu Teixeira estava internado na UTI do Hospital Regional

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Morre radialista Will Nogueira

Morreu vítima de covid-19, na manhã desta segunda-feira (5), o radialista cearense Will Nogueira ( Francisco de Assis Nogueira Bastos), aos 60 anos . Will Nogueira estava internado, no Hospital São Carlos-Fortaleza, intubado há dez dias e nesta segunda-feira não resistiu as complicações da covid-19. O velório e sepultamento são restritos a familiares, na tarde desta segunda-feira no Cemitério Jardim Metropolitano (4º Anel Viário no Coaçu-Eusébio) Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Will Nogueira (foto) iniciou no Rádio na década de 1980 pela Rádio Iracema AM 1.300, no Programação Geração 80.  Trabalhou durante 36 anos no Sistema Verdes Mares SVM), dirigindo a Rádio FM 93. Também fez carreira na TV, atuando como apresentador dos programas Terral, na TV Ceará (ex-TV Educativa), e Sábado Alegre, na TV Diário.  Ultimamente depois da aposentadoria da FM 93, em 2015, era consultor em programação de Rádio e TV.   Por muitas vezes troquei ideias sobre Rádio

Ceará caminha para 20 mil mortes pelo coronavírus

O Painel IntegraSus informa no Boletim da Covid-19 das 11h49 desta terça-feira (25 de maio) no Ceará: Testes realizados - 2.125.276 Casos notificados - 2.027.137 Casos descartados - 1.147.929 Casos confirmados - 778.444 Casos recuperados - 538.568 Casos doentes ativos - 219.922 Casos suspeitos - 100.764 Casos fatais confirmados - 19.954 Casos fatais suspeitos - 725 Mortes nas últimas 24 horas - quatro Taxa de letalidade - 2,58% Fortaleza  - Confira o Boletim Epidemiológico de Fortaleza: Testes realizados - 731.977 Casos notificados - 670.946 Casos descartados - 398.507 Casos confirmados - 230.148 Casos recuperados - 112.613 Casos doentes ativos - 109.062 Casos suspeitos - 42.291 Casos fatais confirmados - 8.473 Casos fatais suspeitos - 399 Mortes nas últimas 24 horas - zero Taxa de letalidade - 3,6%.

Decreto amplia horário de funcionamento do Comércio da Grande Fortaleza e Zona Norte

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) e o secretário de Saúde, Doutor Cabeto anunciaram na noite desta sexta-feira (14 de maio) o novo Decreto de Combate à Covid 19 no Estado a valer a partir da próxima segunda-feira (17 de maio) para Grande Fortaleza e Zona Norte do Estado: Amplia o funcionamento do comércio de rua de 10 às 19 horas, de domingo a sábado; lojas de shoppings de 12 às 21 horas; alimentação fora de casa de 10 às 21 horas com 50% da capacidade. Academias funcionamento até 21 horas. Liberadas escolinhas a areninhas. Liberadas atividade práticas de Ensino Superior presencial, alem de cursos de línguas e de informática. Toque de Recolher de 22 horas às cinco da madrugada. Para o Sertão Central, Cariri e Vale Jaguaribano continuam as restrições do decreto que se vence no domingo (16 de maio).