Pular para o conteúdo principal

Futricas Cearenses

Mais do que trazer respostas: apresentar perguntas. Por meio de suas possibilidades e ramificações artísticas, Cadeh Juaçaba ressalta em sua trajetória a vontade de questionar e provocar reflexões em assuntos que ou o interessam por sentidos positivos ou por negativos. "Eu não fujo muito de polêmica, não", aponta. Neste sábado, 10, mais pensamentos seus - imergindo no aspecto da "polarização" - ecoarão tanto em sua nova exposição "Panóplia Paradoxo" quanto no projeto "Nosso Papel É Arte". O artista visual cearense é mais um integrante da iniciativa que transforma quinzenalmente, aos sábados, capas do O POVO em obras de arte.

Foto: Igor Barbosa/DivulgaçãoArtista visual cearense Cadeh Juaçaba participa da iniciativa "Nosso Papel É Arte"

Natural de Fortaleza e também formado em Publicidade e Propaganda, Cadeh é artista "desde que se entende por gente" e avalia que sempre recebeu estímulos de sua família para seguir nessa trajetória. O ambiente em que cresceu, aliás, foi bem favorável para essa situação, pois nasceu de famílias diretamente ligadas à arte.

Ele chegou a frequentar, por exemplo, o ateliê de sua tia-avó paterna, a pintora e escultora Heloysa Juaçaba. Com o tempo, aprimorou ainda mais sua arte, com trabalhos com esculturas e também pinturas. Desenhos também fazem parte de sua vida - ele até já ganhou, quando tinha 8 anos, um concurso de desenho do O POVO.

A sua trajetória também é marcada pela realização de exposições, entre elas a mostra internacional "Eles não sabem as armas que têm", feita em Lisboa em 2019. Ele passou a explorar símbolos nacionais com o objetivo de debater sobre as relações de identificação e pertencimento, suprimindo evidências gráficas de brasões e bandeiras para estimular a abstração do público. Uma prévia, assim, de sua nova exposição.

Os "sintomas da polarização" são vistos na ilha de "Panóplia #1", que estampa a capa do O POVO e que se constitui em um "recorte" de um cenário recorrente nos dias atuais no Brasil. As bandeiras feitas de latão e que aparentam ser de pano flamulam para lados opostos; assim, a escultura carrega - "e explica" - os "sentimentos de polaridade" e de "ideias opostas".

As ramificações dos trabalhos desenvolvidos por Cadeh Juaçaba atingem atualmente também uma pesquisa sobre memória e identidade a partir de diferentes linguagens, como escultura, fotografia e pintura. O interesse pelo tema da memória remete novamente à influência de sua família, mas agora com seu pai: o artista comenta que seu progenitor tem "uma atração por um passado que nem viveu", colecionando objetos antigos e imergindo no sentimento da nostalgia.

Esses gostos por memórias de tempos não vividos acabaram sendo compartilhados com Cadeh, que passou a abordar principalmente a "construção imagética". Como referências, ele lembra do aspecto religioso e de seu interesse por "/imagens sacras", mesmo que isso não apareça de forma tão clara em seus trabalhos.

Quanto a artistas que servem de inspiração para Cadeh, existem muitos que se apresentam como referências, mas ele destaca o dinamarquês de ascendência vietnamita Danh Vo - "que trabalha a matéria de uma maneira sublime" - e o gosto pelos trabalhos do artista multimídia brasileiro Cildo Meireles e do artista estadunidense Robert Rauschenberg, que se destacou no pop art e no movimento expressionista abstrato. Além disso, ressalta a grande influência do cantor Caetano Veloso para sua composição como artista.

Para Cadeh, trabalhar com esculturas remete também a uma possibilidade também vista na fotografia: a de "congelar um momento". Na "respiração presa de um momento" em "Panóplia #1", o ar que não se solta é o dos sentimentos de paixão atrelados a bandeiras em diferentes segmentos.

"A bandeira é muito próxima da paixão do brasileiro. Ela está em times de futebol, em escolas de samba… A bandeira faz parte desse gesto veemente e apaixonado do brasileiro, mas eu acho que temos que colocar nossas paixões pessoais de lado e, em um processo de autocrítica, observar o que queremos para o nosso país", avalia o artista visual.

Nesse sentido surge a exposição "Panóplia Paradoxo". "Ela fala sobre esse sintoma atual e fala sobre um sequestro do símbolo da pátria", relata Cadeh. Em referência a construções arquitetônicas que apresentam bandeiras enfileiradas, a mostra aborda questões ligadas à "composição de bandeiras, mastros e lanças", reunindo características paradoxais e ambíguas associadas a esses elementos.

O destaque da obra de arte de Cadeh Juaçaba na capa do O POVO deste sábado coincide com a abertura de sua exposição. Acostumado a trabalhar com as nuances das memórias de "tempos que não viveu", o artista levará consigo os marcos deste fim de semana em suas lembranças, em recordações, desta vez, vindas de suas próprias experiências.

(Foto: Acervo Pessoal)Obra "Pane", de Cadeh Juaçaba

(Foto: Acervo Pessoal)A escultura "Panóplia #1" estampa a sobrecapa do O POVO no projeto "Nosso Papel É Arte"; obra carrega "sentimentos de polaridade" e de "ideias opostas".
(Foto: Acervo Pessoal)Trabalho "Veemente", do artista visual Cadeh Juaçaba

(Foto: Acervo Pessoal)Intitulada "Auto-retrato com pendão", escultura abre exposição "Panóplia Paradoxo"
(Foto: Acervo Pessoal)"Séquito", do artista Cadeh Juaçaba

O artista visual ressalta que a proposta do projeto "Nosso Papel É Arte" é bastante positiva e traz um espaço importante para a arte: "Eu acho muito positivo esse espaço do jornal para a arte. Neste momento em que as pessoas estão distantes da subjetividade, do fazer artístico e da produção contemporânea, é um gesto muito importante e nobre um veículo da potência do Jornal O POVO estampar sua capa com uma obra de arte".

Exposição "Panóplia Paradoxo", de Cadeh Juaçaba

Quando: a partir deste sábado, 10, até 11 de agosto, das 10 às 16 horas
Onde: Galeria Leonardo Leal (Rua Visconde de Mauá, 1515 - Aldeota)

Conheça a mostra “Nosso Papel É Arte”, disponibilizada no O POVO+. As obras de Cadeh Juaçaba, Raisa Christina, Renata Felinto, Alan Uchôa e Hélio Rôla estão presentes no espaço virtual.

Comentários

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Caucaia informatiza agendamento para emissão de Identidade

A Prefeitura de Caucaia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), promove a partir desta quarta-feira (11) agendamentos informatizados para emissão de RG. Eles são feitos de forma presencial, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sede. Para agendar, os interessados devem comparecer ao posto de identificação da unidade portando documentação original e cópia. Os agendamentos ocorrem de segunda a sexta-feira, de 10 às 11 horas. A emissão do documento também acontece no Cras Sede. Estão isentos de pagamento da taxa para emissão de segunda via do RG: quem está recebendo seguro desemprego, quem tem RG com até nove dígitos e quem dispõe de declaração de inscrição no Cadastro Único. Além disso, menores de 16 anos devem comparecer acompanhados do responsável (pais, avós, tios de primeiro grau ou irmãos maiores de 18 anos munidos de RG original e cópia para cada menor). Ao longo deste ano, segundo a secretária-adjunta da SDS, Telma Diógenes, foram

Morre Nanthyer Gomes

 O deputado estadual Tin Gomes (PDT) informa em Nota de Pesar a morte do servidor público estadual Nanthyer Gomes, nesta sexta-feira (8 de outubro): - Infelizmente fui surpreendido com a triste notícia da morte do amigo Nanthyer Gomes.  - O Nanthyer era uma pessoa de um coração do bem, que sempre se dedicou para sua família, esteve comigo em jornadas importantes, no trabalho sempre foi uma pessoa responsável e que sempre demonstrou empenho.   - Nesse momento de dor, peço a Deus que conforte o coração de todos os familiares, em especial a sua esposa Roberta Freiras, seus filhos Matheus e Nanthyely, e sua mãe, a dona Stelinha.  - Descansa em paz, amigo.  - Que Deus e Nossa Senhora, a qual você era devoto, te receba".

Morre radialista Tadeu Alves

  Morreu, no início da noite desta terça-feira (19 de outubro), o radialista Tadeu Alves. Tadeu estava internado há quatro dias, no Hospital Waldemar Alcântara, em Fortaleza, para tratamento de Saúde e não resistiu, mesmo sendo entubado. O velório será nesta quarta-feira (20), pela manhã, na Funerária Santa Terezinha, em Maranguape, seguido de sepultamento no Cemitério Municipal. Tadeu Alves militou, como narrador, na Crônica Desportiva de Fortaleza (Ceará Rádio Clube), Maranguape e Maracanaú (Rádio Pitaguary e FM 87.9).  Tadeu Alves integrou a Banda Marcial de  Maranguape:  

Pamella Holanda teme por sua segurança

 A estudante de Arquitetura e Urbanismo, Pamella Holanda tem por sua segurança.  Pamella Holanda se manifestou, neste sábado (23 de outubro), sobre a liberdade dada ao seu ex-marido Iverson de Souza Araújo (DJ Ivis), na noite de sexta-feira (22), após a sétima tentativa de Habeas Corpus. DJ Ivis passou  três meses e oito dias preso na Casa de Custódia Irmã Imelda Lima Pontes, em Camará-Aquiraz. - Obviamente não me sinto segura nem plenamente satisfeita com os fatos atuais, mas eu preciso honrar com meus compromissos profissionais e continuar com minhas obrigações pessoais, tomando todas as medidas possíveis por segurança, não só física mas emocional", postou Pamella Holanda, no Instagram. Defesa - A Defesa de Pamella Holanda lançou Nota Oficial: - Nós, advogados da Pamella Holanda, confiamos na atuação da Justiça e na dos profissionais que a executam. A lei do nosso país, de toda forma, está sendo aplicada e que os fatos atuais em relação à Ação Penal, a respeito da violência domé

Postagens mais visitadas deste blog

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Caucaia informatiza agendamento para emissão de Identidade

A Prefeitura de Caucaia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), promove a partir desta quarta-feira (11) agendamentos informatizados para emissão de RG. Eles são feitos de forma presencial, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sede. Para agendar, os interessados devem comparecer ao posto de identificação da unidade portando documentação original e cópia. Os agendamentos ocorrem de segunda a sexta-feira, de 10 às 11 horas. A emissão do documento também acontece no Cras Sede. Estão isentos de pagamento da taxa para emissão de segunda via do RG: quem está recebendo seguro desemprego, quem tem RG com até nove dígitos e quem dispõe de declaração de inscrição no Cadastro Único. Além disso, menores de 16 anos devem comparecer acompanhados do responsável (pais, avós, tios de primeiro grau ou irmãos maiores de 18 anos munidos de RG original e cópia para cada menor). Ao longo deste ano, segundo a secretária-adjunta da SDS, Telma Diógenes, foram

Morre Nanthyer Gomes

 O deputado estadual Tin Gomes (PDT) informa em Nota de Pesar a morte do servidor público estadual Nanthyer Gomes, nesta sexta-feira (8 de outubro): - Infelizmente fui surpreendido com a triste notícia da morte do amigo Nanthyer Gomes.  - O Nanthyer era uma pessoa de um coração do bem, que sempre se dedicou para sua família, esteve comigo em jornadas importantes, no trabalho sempre foi uma pessoa responsável e que sempre demonstrou empenho.   - Nesse momento de dor, peço a Deus que conforte o coração de todos os familiares, em especial a sua esposa Roberta Freiras, seus filhos Matheus e Nanthyely, e sua mãe, a dona Stelinha.  - Descansa em paz, amigo.  - Que Deus e Nossa Senhora, a qual você era devoto, te receba".

Morre radialista Tadeu Alves

  Morreu, no início da noite desta terça-feira (19 de outubro), o radialista Tadeu Alves. Tadeu estava internado há quatro dias, no Hospital Waldemar Alcântara, em Fortaleza, para tratamento de Saúde e não resistiu, mesmo sendo entubado. O velório será nesta quarta-feira (20), pela manhã, na Funerária Santa Terezinha, em Maranguape, seguido de sepultamento no Cemitério Municipal. Tadeu Alves militou, como narrador, na Crônica Desportiva de Fortaleza (Ceará Rádio Clube), Maranguape e Maracanaú (Rádio Pitaguary e FM 87.9).  Tadeu Alves integrou a Banda Marcial de  Maranguape:  

Pamella Holanda teme por sua segurança

 A estudante de Arquitetura e Urbanismo, Pamella Holanda tem por sua segurança.  Pamella Holanda se manifestou, neste sábado (23 de outubro), sobre a liberdade dada ao seu ex-marido Iverson de Souza Araújo (DJ Ivis), na noite de sexta-feira (22), após a sétima tentativa de Habeas Corpus. DJ Ivis passou  três meses e oito dias preso na Casa de Custódia Irmã Imelda Lima Pontes, em Camará-Aquiraz. - Obviamente não me sinto segura nem plenamente satisfeita com os fatos atuais, mas eu preciso honrar com meus compromissos profissionais e continuar com minhas obrigações pessoais, tomando todas as medidas possíveis por segurança, não só física mas emocional", postou Pamella Holanda, no Instagram. Defesa - A Defesa de Pamella Holanda lançou Nota Oficial: - Nós, advogados da Pamella Holanda, confiamos na atuação da Justiça e na dos profissionais que a executam. A lei do nosso país, de toda forma, está sendo aplicada e que os fatos atuais em relação à Ação Penal, a respeito da violência domé