Pular para o conteúdo principal

MRV&CO e Omo Lavanderia firmam Parceria


Após uma experiência de sucesso com a implantação de Lavanderias Compartilhadas de Omo Lavanderia nos Empreendimentos da Luggo-Proptech voltada à locação e gestão de apartamentos da MRV&CO, o Grupo do Setor Imobiliário anuncia nova Parceria.

É com a divisão de Negócios de Omo Lavanderia Compartilhada para prestação de serviços em seus Condomínios, ampliando a possibilidade de oferecer este tipo de suporte a cerca de 40 mil famílias todos os anos - número aproximado de Unidades entregues anualmente pela MRV e pela Sensia, em todo o Brasil.

O objetivo da parceria é oferecer aos moradores dos empreendimentos das marcas do Grupo MRV&CO as comodidades de um espaço compartilhado completo para cuidar das roupas e assim atender às necessidades dos moradores por meio dos recursos, tecnologia e comodidade que Omo Lavanderia Compartilhada dispõe, trazendo flexibilidade às famílias, que poderão optar por ter mais espaço em seus apartamentos e dispor de uma estrutura completa da lavanderia do prédio, com máquinas profissionais de lavar e secar, mais sustentáveis e econômicas.

Para se ter uma ideia, segundo Omo Lavanderia, a economia no consumo de água e energia pode chegar a 65% em 75 minutos de processo completo (lavagem e secagem), na comparação com a utilização de uma máquina residencial. Além disso, há ainda a economia financeira que pode chegar a 40% em gastos em produtos, já que os equipamentos de Omo Lavanderia Compartilhada contam com o melhor do portfólio de produtos profissionais da Unilever, tudo com dosagem automática.

Outra vantagem é que os moradores não precisarão mais se preocupar em comprar a própria máquina de lavar e secar - e arcar com custos de manutenção e garantia. 

- Segundo nossas pesquisas, nos próximos 10 anos, as pessoas irão delegar cada vez mais o cuidado com as roupas ou procurar maneiras mais práticas e rápidas para resolver essa questão. Todo o hub de serviços de Omo surgiu exatamente da missão da marca de estar sempre à frente, buscando maneiras de facilitar a vida das pessoas”, destaca o diretor de Omo Lavanderia, Teo Figueiredo.

A inclusão das lavanderias nos produtos MRV&CO ocorre de forma gradativa e estratégica, à medida que novos condomínios das marcas MRV e Sensia são lançados. Os empreendimentos selecionados de acordo com o perfil do consumidor, já nascem projetados com espaços dedicados à lavanderia. O primeiro Residencial a ser entregue fica em Ribeirão Preto (SP) e tem previsão de lançamento em agosto deste ano.

- Acreditamos que esse modelo de parceria expande a experiência da jornada do cliente, traz diferenciais e faz com que nossos produtos correspondam cada vez mais às necessidades de quem os adquire. É muito importante oferecer soluções às variadas demandas de nossos clientes”, comenta Leonardo Martins, Gestor de Produtos da MRV&CO.

Ele destaca que o modelo de negócio tem recebido grande aceitação do Mercado.

- Trata-se de um investimento relativamente baixo, seja para a construtora, seja para o condomínio, e que traz um benefício muito grande para os moradores. Estamos muito contentes com esta parceria e com a possibilidade de atendermos este número grandioso de clientes MRV&CO”, complementa o executivo.

- Oferecer cada vez mais serviços agregados aos produtos, é uma tendência que tem tido muito sucesso em diversos segmentos, por agregar valor e comodidade ao dia-a-dia dos consumidores” ressalta Juliana Furiati, Gestora Executiva de Produto MRV&CO.

Sobre Omo Lavanderia - Omo Lavanderia é um ecossistema de serviços completos para atender todas as necessidades de cuidados com as roupas. Com a qualidade e a expertise da marca, que está presente no Mercado Brasileiro desde 1957, a rede oferece quatro modelos de negócios: 
  1. Omo Lavanderia Especializada.
  2. Omo Lavanderia Express.
  3. Omo Lavanderia Self-Service.
  4. Omo Lavanderia Compartilhada. 
Para mais informações, acesse: www.omolavanderia.com.br.

Sobre MRV&CO - A MRV&CO é uma Plataforma de Soluções Habitacionais composta por seis empresas que têm como objetivo oferecer as melhores opções de moradia que se adaptem ao momento de vida e necessidades de seus clientes:
  • Seja pela aquisição de apartamentos prontos ou na planta, por meio da MRV ou da Sensia.
  • Seja pela compra de terrenos em loteamentos completamente urbanizados pela Urba.
  • Seja alugando imóveis especialmente pensados, com inúmeros serviços oferecidos pela startup Luggo - totalmente online e sem burocracia.
  • Seja suprindo as necessidades de personalização dos nossos clientes, pelo Mundo da Casa, a MRV&CO atua em diferentes nichos do Mercado Imobiliário, trazendo propostas distintas e complementares para o Mercado Nacional. 
Além disso, a Plataforma Habitacional se completa com a empresa Resia, voltada para o Mercado de Moradia Norte-americano, fazendo o intercâmbio de tecnologias e consolidando o grupo internacionalmente.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p

Orgulho Lésbico

 

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Morre Rolando Boldrin

Informa o G1: O ator, cantor, compositor e apresentador da TV Cultura Rolando Boldrin morreu nesta quarta-feira aos 86 anos, em São Paulo. A causa da morte não foi informada. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein havia 2 meses. O velório será realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Com mais de 60 anos de carreira na TV, Rolando Boldrin apresentou o programa musical "Sr. Brasil" por 17 anos. "Ele tirou o Brasil da Gaveta' e fez coro com os artistas mais representativos de todas as regiões do país. Em seu programa, o cenário privilegiava os artesãos brasileiros e era circundado por imagens dos artistas que fizeram a nossa história, escrita, falada e cantada, e que já viajaram, muitos deles 'fora do combinado', conforme costumava dizer Rolando", diz nota da TV Cultura. Boldrin também fez carreira na teledramaturgia. Como ator, Rolando atuou em mais de 30 novelas, como “O Direito de Nascer”; “As Pupilas do Senhor Reitor”; “Os D

Postagens mais visitadas deste blog

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p

Orgulho Lésbico

 

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Morre Rolando Boldrin

Informa o G1: O ator, cantor, compositor e apresentador da TV Cultura Rolando Boldrin morreu nesta quarta-feira aos 86 anos, em São Paulo. A causa da morte não foi informada. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein havia 2 meses. O velório será realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Com mais de 60 anos de carreira na TV, Rolando Boldrin apresentou o programa musical "Sr. Brasil" por 17 anos. "Ele tirou o Brasil da Gaveta' e fez coro com os artistas mais representativos de todas as regiões do país. Em seu programa, o cenário privilegiava os artesãos brasileiros e era circundado por imagens dos artistas que fizeram a nossa história, escrita, falada e cantada, e que já viajaram, muitos deles 'fora do combinado', conforme costumava dizer Rolando", diz nota da TV Cultura. Boldrin também fez carreira na teledramaturgia. Como ator, Rolando atuou em mais de 30 novelas, como “O Direito de Nascer”; “As Pupilas do Senhor Reitor”; “Os D