Pular para o conteúdo principal

Piauí termina Censo 2022 ainda em novembro

Passados 100 dias da coleta domiciliar do Censo Demográfico 2022, os Estados do Nordeste seguem com os maiores percentuais de apuração:
  • Piauí (99,6).
  • Sergipe (86,7%).
  • Rio Grande do Norte (85,9%).
  • Alagoas (84,2%).
  • Maranhão (81,2%).
  • Paraíba (80,8%).
  • Pernambuco (80,6%).
  • Bahia (74,1%).
  • Ceará (72,5%).
Nessas faixas também se destacam o Amazonas (80,8%), no Norte, e Santa Catarina (72,0%), no Sul. 

Todos acima da média nacional, que é hoje de 69,0%, mesmo alcance de Minas Gerais e Tocantins. 

Os demais estão abaixo dessa média. Nesse ritmo, não havendo imprevisto, será nordestino o primeiro Estado a concluir em novembro a Operação Censitária, que começou em 1º de agosto e deve se estender a meados de dezembro de 2022.

"Em alguns municípios, os trabalhos de coleta estão sendo feitos com apoio ou reforço de mensalistas do Censo e por servidores efetivos. Incentivos como a elevação das taxas ou faixas de remuneração e bônus por produtividade ajudaram a estimular e aumentar a produção nesta reta final", destaca Raniere Leite, coordenador operacional no Piauí, um dos estados líderes na coleta.

Superintendente do Piauí, Leonardo Passos, lista algumas ações positivas: "O engajamento de todos os servidores, o monitoramento contínuo das equipes e a intensa divulgação da operação. Merece destaque a ação administrativa para contato telefônico com todos os recenseadores convocados, garantindo um maior percentual de comparecimento às turmas de treinamento".

Em Sergipe, a coordenadora operacional, Hellie Mansur, enfatizou esforços semelhantes. "Houve incentivo aos recenseadores para trabalhar nos finais de semana, com bônus por questionário preenchido, assim como remanejamento de equipes nos municípios que estavam terminando para outros que estavam com maior atraso”.

O estado também trabalhou de forma antecipada o contato com os condomínios, onde são maiores as dificuldades do Censo. “Meses antes do início da coleta, realizamos eventos e parcerias com o Secovi-SE, visando o contato prévio com síndicos. O que nos ajudou muito. Os moradores já sabiam da nossa visita, facilitaram a recepção dos recenseadores e isso deu mais segurança a todos”, explica a superintendente do IBGE em Sergipe, Adriane Sacramento“.

Em Sergipe houve incentivo aos recenseadores para trabalhar nos finais de semana, com bônus por questionário preenchido

Também superintendente, em Alagoas, Alcides Tenório Júnior reforça o espírito coletivo: "Nosso resultado se deve ao empenho e ao profissionalismo da nossa equipe. Mantivemos um bom fluxo complementar de treinamento e contratação de recenseadores. Definimos a estratégia de dedicar mais tempo dos supervisores no acompanhamento inicial dos recenseadores, no início da coleta. Com isso, foi possível garantir melhor preparação e desenvoltura desses colegas. E, finalmente, importante citar a nossa capacidade de disseminação junto à imprensa local, com inserções constantes".

"Aqui no Rio Grande do Norte o resultado também é fruto de um conjunto articulado de ações: coordenação administrativa e técnica para garantir os recursos, as pessoas, as informações e as decisões no tempo e no lugar certo; força de trabalho de campo contratada em um contingente razoável para a cobertura; e colaboração da população, que aderiu aos apelos do IBGE para exercer o ato de cidadania, que é responder ao Censo. Também estamos realocando a força de trabalho dos locais concluídos para as áreas onde há dificuldades para a cobertura por falta de pessoal", explica Damião Ernane de Souza, superintendente do IBGE potiguar.

"Há que se comemorar porque se trata de vitórias, conquistas, superações inimagináveis para os cidadãos comuns", afirma Eduardo Rios Neto, presidente do IBGE. "Como em todos os Censos, os recenseadores trabalham lidando com externalidades que em muitos casos vão além de rotinas, além da normalidade de outras atividades profissionais", observa. "Sim, porque, para retratar um país de tamanha diversidade como o Brasil, entrevistando ricos, pobres e remediados, os recenseadores precisam recorrer a barcos, voadeiras, carros, carroças, motocicletas, bicicletas - de avião a lombo de animais", lembra Rios Neto.

O diretor de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, também comemora. "Além de cenas e imagens nacionais inesquecíveis, como a coleta de dados em aldeias indígenas, comunidades quilombolas e zonas rurais, sertanejas, pantaneiras ou ribeirinhas, o Censo 2022 vem produzindo situações e momentos de muito orgulho e muita emoção". De fato, nesse aspecto, a lista é imensa.

No Piauí, o recenseador Paulo Eugênio Moreira Santos salvou um bebê recém-nascido de um engasgo. “Acredito que Deus coloca a gente em determinado lugar. Eu já estava indo embora, no caminho de casa, quando decidi retornar por essa última casa”, declarou o servidor. Ele encontrou desesperadas a mãe da criança e uma vizinha que gritavam por socorro.

Leia aqui!

Ainda no Piauí, um pai deixou o trabalho para acompanhar o filho cadeirante no primeiro emprego como supervisor no Censo 2022: "Meu pai é minhas duas pernas", disse Francisco de Assis Moura, 28 anos, sobre o apoio do agricultor Juvenal Mendes. No início da operação, em apenas uma semana de trabalho, eles percorreram mais de 50 quarteirões nos bairros e no centro de Picos.

Leia aqui!

Também no estado, o recenseador Carlos Daniel Rodrigues da Costa Leal, está utilizando de um drone para localizar mais facilmente moradores do interior da cidade de Canto do Buriti, distante a 408 km de Teresina.

Leia aqui!

LAÇOS, AFETOS E QUESTÕES DE FAMÍLIA SÃO MARCAS FORTES NO CENSO

No Ceará, recenseadora grávida de sete meses já tem quase 800 questionários preenchidos - Shiley de Souza, 24 anos, trabalha no município de Itapipoca, interior do estado, onde se destaca numa equipe de 70 agentes. Ela está no sétimo mês de gestação de seu primeiro filho, e desde o quarto mês tem atuado no Censo 2022. “Eu estava precisando trabalhar, aí vi a oportunidade e me inscrevi. Depois que eu fiz a prova, foi que descobri que estava grávida. Aí eu não desisti não, continuei”, conta a recenseadora, que já tem quase 800 questionários realizados. Levando o pequeno Fred Arthur na barriga, Shirley percorre as ruas da cidade, de preferência de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Porém, sempre que necessário, ela também vai à noite, em busca daquelas pessoas que estavam ausentes de seus domicílios durante o dia.

Em Rondônia, uma tribo indígena homenageou uma recenseadora dando o nome dela ao bebê-Sandy Cáseres Borges, 23 anos, estava em coleta na comunidade do Rio Negro Ocaia, em Guajará-Mirim - distante da capital dez horas de navegação em voadeira. Lá uma família da etnia Oro Nao decidiu que Sandy seria também o nome da recém-nascida. “Foi emocionante. Gostaram tanto de mim que não queriam que eu voltasse para a cidade”, diz Sandy, com merecido orgulho.

No Amazonas, mãe e filha trabalham juntas como recenseadoras-Geoconda Mendonça, 45 anos, e a filha, Geovana Mendonça, 19, colaboram uma com a outra. Ambas se destacam na coleta do Censo. Só Geoconda tem mais de 1.500 questionários aplicados. “Uma das nossas estratégias para terminar rápido o setor censitário é não perder tempo com as ausências", ensina. "Se as pessoas não estão em casa, a gente segue para a próxima casa. Daí, quando chega no final, depois que já conseguiu todos os que estavam em casa, é só focar nas ausências. A gente vem final de semana, de manhã cedo, fica até a noite, tudo para concluir o setor o mais rápido possível”, relata Geovana.

No Amapá, mãe e filho também são recenseadores - Karine Lopes do Santos, 37, e Emanuel dos Santos Marques, 17, estudam juntos. Os dois estão concluindo o ensino médio e decidiram testar os conhecimentos no processo seletivo do IBGE destinado ao Censo 2022. O setor censitário de Karine e Emanuel tem muitas palafitas, que eles acessam usando voadeiras e pontes.

Leia aqui!

Em Pernambuco, as gêmeas Yasmin e Ysabelle Cavalcanti dos Anjos, 18 anos, são parceiras na vida e no Censo-As irmãs se destacam como recenseadoras em Ribeirão. Para elas, o IBGE lhes ofereceu uma oportunidade de conquistar juntas o primeiro emprego. Após concluir o ensino médio, Yasmin e Ysabelle se inscreveram no processo seletivo para trabalhar na Zona da Mata Sul do estado, onde vivem. As duas foram aprovadas e começaram a trabalhar como recenseadoras em 1º de agosto, data inicial da coleta.

Leia aqui!




Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B