Pular para o conteúdo principal

Fátima Veras e a gestão transformadora de uma Universidade

Reitora da Universidade de Fortaleza, Fátima Veras se despede da instituição que liderou por quase 14 anos e compartilha sua trajetória e conquistas enquanto gestora na área de Educação.

A médica infectologista atua no mais alto cargo da Unifor desde 2009 (Foto: Ares Soares)

Gerir uma instituição de ensino superior (IES) não é tarefa fácil. Para desempenhar tal função é necessário dedicação integral, tino para liderança e visão estratégica do futuro, além de uma sensibilidade tanto profissional quanto humana. É com essas e muitas outras qualidades que Fátima Maria Fernandes Veras atuou como Reitora da Universidade de Fortaleza, mantida pela Fundação Edson Queiroz, desde 2009.

Na Unifor, ela assumiu diversas posições na gestão institucional: foi coordenadora do Núcleo de Atenção Médica Integrada (NAMI), de 1978 a 1993; diretora do Centro de Ciências da Saúde (CCS), de 1993 a 2008; e Vice-Reitora de Graduação, de 2008 a 2009. De fala tranquila e jeito cordial, a médica infectologista tem sua história entrelaçada com as transformações que promoveu em uma das maiores IES do Brasil.

Graduada em Medicina e mestre em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Fátima é especialista em Saúde Pública e em Tecnologia Educacional. Possui um longo histórico de atuação na área da saúde, tendo sido médica no Hospital São José de Doenças Infecciosas – referência no atendimento em infectologia no Ceará – e professora de Epidemiologia na Unifor, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

A próxima solenidade da Colação de Grau 2022.1, que acontecerá no dia 6 de janeiro, será sua última cerimônia oficial enquanto reitora. Após quase 14 anos na Reitoria, ela irá passar o “bastão” da Universidade de Fortaleza para o doutor Randal Martins Pompeu, atual vice-reitor de Extensão e Comunidade Universitária, a partir do dia 9 de janeiro

Para marcar sua despedida e celebrar seu trabalho à frente da instituição, Fátima Veras conversou com a Entrevista Nota 10 desta semana, onde compartilhou sua trajetória e conquistas na, e para a, Unifor enquanto gestora na área de Educação.

Confira na íntegra a seguir.

Entrevista Nota 10 – A senhora é médica infectologista por formação, tendo um longo histórico de estudos e atuação na área durante a carreira. Como o papel, e o interesse, de ser gestora em educação surgiu em sua vida? Foi uma meta que havia sido estabelecida por você ou uma oportunidade "agarrada" durante a jornada até aqui?

Fátima Veras – Eu entrei na área de Educação por um acaso, na realidade. Na Universidade de Fortaleza surgiu a oportunidade para uma pessoa chefiar o Núcleo de Atenção Médica Integrada, que estava iniciando. Como eu tinha feito infectologia e saúde pública, fui indicada e daí começou. Eu trabalhava coordenando o NAMI, mas, ao mesmo tempo, recebia alunos do Centro de Ciências da Saúde. E eu vi então que tinha que me dedicar também à área de educação para que eu pudesse atender melhor os alunos no Núcleo. Foi assim que tudo começou.

Entrevista Nota 10 – A Universidade de Fortaleza se transformou e cresceu em diversos aspectos de 2009 até hoje, reforçando seu compromisso com o ensino de qualidade, a pesquisa científica e a extensão universitária. O investimento na excelência acadêmica e profissional vem, cada vez mais, ganhando reconhecimento nacional e internacional por meio de rankings e pesquisas sobre ensino superior. Poderia compartilhar quais foram os principais desafios superados para, no trabalho em conjunto com sua equipe, conseguir colocar a Unifor em destaque no Brasil e no mundo?

Fátima Veras – Ao assumir a Reitoria em 2009, eu já havia passado pela coordenação do NAMI e pela Vice-Reitoria de Ensino, já havia sido diretora do CCS e professora de epidemiologia. Então já tinha um certo conhecimento da instituição. Mas o grande desafio na gestão da Unifor enquanto Reitora foi realmente deixar a Universidade mais profissionalizada na sua gestão. Porque nós tínhamos muitas ações que fazíamos, tanto na área pedagógica como na área da gestão, que nem sempre estavam bem concatenadas.

O Ensino na área de Educação Superior teve grandes transformações quando entrou para a bolsa de valores. Então, começou-se a mudar completamente o que nós tínhamos como o ensino tradicional, que era pensando apenas no aprendizado do aluno sem pensar na sustentabilidade da instituição. Nosso maior papel antes era só pensar na qualidade do ensino, e esse era o nosso grande desafio no dia a dia na sala de aula. Depois, então, acresceu-se mais um objetivo: sustentabilidade. Isso porque a coisa ficou mais acirrada, as instituições eram mais procuradas e mais disputadas. O aluno estava cada vez em menor número porque era dividido – a mesma quantidade de alunos, mas dividido com um maior número de instituições que estavam capacitadas para recebê-los.

Então tivemos que dar um novo upgrade para a Universidade, e foi exatamente na área da gestão. Hoje temos uma equipe boa, bem estruturada e que está sabendo bem para onde está caminhando – quer na área do ensino, quer na área da sustentabilidade. Então acho que a universidade tem, hoje, panos para alçar muitos voos.

Entrevista Nota 10 –
Ao longo dos quase 14 anos à frente da Reitoria da Universidade de Fortaleza, qual a maior meta da gestão educacional que você mais se orgulha de ter conquistado êxito enquanto profissional? E como representante da instituição?

Fátima Veras – Creio que um grande orgulho de todos nós, que fazemos a Universidade, é ela constar como uma instituição bastante respeitada, seja na área do ensino, da pesquisa ou da extensão. Hoje nós somos avaliados pelos rankings que estão entre os primeiros lugares e isso nos deixa muito orgulhosos porque sabemos o trabalho que existe por trás de toda essa caminhada para que chegássemos até aqui. Enfim, posso dizer que conseguimos. Temos hoje a Universidade reconhecida não só no país, mas também no exterior

E isso tudo é fruto de um trabalho de equipe muito bem organizado, muito bem estruturado sob o comando de vários diretores de Centro, coordenadores de cursos, gestores das áreas administrativa, tecnológica. Enfim, todos que fazem a Universidade têm trabalhado de uma forma muito objetiva e tentado atender aos mesmos objetivos. Isso eu acho que faz toda a diferença.

Entrevista Nota 10 – Você foi a primeira mulher a assumir o cargo de Reitora na cidade de Fortaleza e a segunda no estado do Ceará. Como foi a experiência de guiar a Universidade sob a então pioneira perspectiva do olhar feminino? Acredita que sua atuação abriu portas para que outras mulheres encontrassem oportunidades e inspiração com o seu exemplo?

Fátima Veras – Nunca achei grande feito ser a primeira mulher a ocupar um cargo assim. Até porque, na área de Educação, as mulheres ocuparem cargo [de gestão] é a coisa mais natural do mundo. Nós somos, inclusive, maioria. Não sei porque nós não ocupávamos tantos cargos na gestão porque sempre no papel de professor as mulheres se destacaram. Mas eu acho que, em relação à gestão, ainda continuo afirmando: o sexo feminino tem muito mais competências para gerir do que o masculino. A gente começa a gerir a casa desde muito cedo, então é o grande desafio.

Com informações da Unifor.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via aplicativos de mensagens

A Polícia Federal deflagrou hoje, 17/07, a Operação Swindle (fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via aplicativo de trocas de mensagens. Policiais Federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão preventiva nos Estados do Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos arts. 154-A, §3º e §5º, e

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Começa Samba Brasil 2022

Começa o XV Samba Brasil- Maior Festival de Samba e Pagode do País. O Samba Brasil é um dos eventos mais aguardados do ano por fortalezenses e turistas. O Festival, que nasceu em Fortaleza e já faz parte do Calendário Anual de Eventos do Ceará, acontece neste sábado (13) e domingo (14 de agosto de 2022) e promete atrair milhares de apaixonados pelo gênero musical, vindos dos quatro cantos do País. Passam pelo palco do evento, montado no Marina Park Hotel: Grupo Menos é Mais. Thiaguinho. Sorriso Maroto. Pixote. Ferrugem. Belo. Escandurras. Banda São 2. Projeto Movimento do Samba, que abriu o Festival com apresentação de bandas locais. No domingo (14), o público vai curtir duas horas de Cerveja liberadas no Sunset Samba Brasil ao som das bandas: Atitude 67. Molejo. São 2, a partir das 15 horas, no Marina Park Hotel. SOBRE O SAMBA BRASIL - Foi por amor a este estilo genuinamente brasileiro que quatro empresários cearenses idealizaram um projeto ousado: levar um grande festival de samba e

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via aplicativos de mensagens

A Polícia Federal deflagrou hoje, 17/07, a Operação Swindle (fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via aplicativo de trocas de mensagens. Policiais Federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão preventiva nos Estados do Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos arts. 154-A, §3º e §5º, e

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Começa Samba Brasil 2022

Começa o XV Samba Brasil- Maior Festival de Samba e Pagode do País. O Samba Brasil é um dos eventos mais aguardados do ano por fortalezenses e turistas. O Festival, que nasceu em Fortaleza e já faz parte do Calendário Anual de Eventos do Ceará, acontece neste sábado (13) e domingo (14 de agosto de 2022) e promete atrair milhares de apaixonados pelo gênero musical, vindos dos quatro cantos do País. Passam pelo palco do evento, montado no Marina Park Hotel: Grupo Menos é Mais. Thiaguinho. Sorriso Maroto. Pixote. Ferrugem. Belo. Escandurras. Banda São 2. Projeto Movimento do Samba, que abriu o Festival com apresentação de bandas locais. No domingo (14), o público vai curtir duas horas de Cerveja liberadas no Sunset Samba Brasil ao som das bandas: Atitude 67. Molejo. São 2, a partir das 15 horas, no Marina Park Hotel. SOBRE O SAMBA BRASIL - Foi por amor a este estilo genuinamente brasileiro que quatro empresários cearenses idealizaram um projeto ousado: levar um grande festival de samba e

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p