Pular para o conteúdo principal

Tribunal entrega 668 kits de máscaras e álcool em gel para oficiais de Justiça

Já estão na sede do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará (Sindojus-CE) 668 kits de máscaras e álcool em gel adquiridos pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) para proteção dos profissionais que atuam na Capital e no Interior do Estado.


“Mesmo com Teletrabalho durante a pandemia da Covid-19, temos atuação presencial em muitos processos. Para diminuir o risco de sermos transmissores ou receptores do vírus, fizemos a solicitação desses EPIs (equipamentos de proteção individual) e o Tribunal teve uma atitude positiva em atender nosso pedido”, destaca Vagner Venâncio, presidente do Sindojus-CE.

Cada kit entregue na manhã desta segunda-feira (08/06) pelo TJCE conta com cinco máscaras e 500 ml de álcool em gel. A previsão para conclusão da distribuição do material entre os oficiais de Justiça que atuam em 139 comarcas é de uma semana.

“São 14 comarcas na Região Metropolitana de Fortaleza, contando com a Capital, e 125 comarcas em 12 coordenadorias regionais. Na solicitação que fizemos ao Tribunal, informamos que a logística de distribuição seria nossa, pois já temos um esquema definido para agilizar as entregas”, ressalta Vagner.

A solicitação do Sindojus-CE foi encaminhada inicialmente à Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP) do TJCE. O pedido passou pela Secretaria de Administração e Infraestrutura (Seadi) para processamento da compra, com autorização da Presidência. 

“Gostaria de agradecer na pessoa do presidente, desembargador Washington Araújo, e aos secretários Vládia Teixeira e Moisés Costa. Em momento algum houve negativas do nosso pedido. Essa medida de proteção é fundamental para o trabalho dos oficiais de Justiça”.


ATUAÇÃO HÍBRIDA - Com a adaptação ao Teletrabalho, os oficiais de Justiça perceberam a facilidade que a tecnologia pode agregar nas movimentações judiciais sendo realizadas online. “Quando os atendimentos presenciais voltarem a acontecer, deveremos ter uma atuação híbrida, deixando para entregar mandados de citação, intimação e notificação pessoalmente apenas quando não for possível em formato digital. Dessa forma, os EPIs ainda devem ser utilizados por bastante tempo”.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Morre advogado que matou a bailarina Renata Braga

Morreu nesta quinta-feira (9), em Brasília, de parada cardíaca, o advogado réu confesso, Wladimir Lopes de Magalhães Porto (foto), que matou a bailarina Renata Maria Braga, em plena Avenida Beira Mar, em Fortaleza, em 28 dezembro de 1993.


Ele estava solto em 2017. Condenado pela morte de Renata Braga, Wlademir Porto deve o direito dado pela Justiça Cearense que concedeu a extinção da pena de 12 anos e seis meses.

A defesa de Wladimir Porto pediu a redução da condenação, alegando que a sentença não estaria fundamentada e seria desproporcional. Ao julgar o caso, a 1ª Câmara Criminal definiu a sentença em nove anos e dois meses de prisão, em regime inicialmente fechado. A relatora explicou que fixação da sentença alcançou patamar desproporcional às peculiaridades do caso, homicídio simples, que tem pena-base de 11 anos de reclusão.

CRIME - O crime aconteceu na madrugada de 28 de dezembro de 1993, na Avenida Beira Mar, próximo ao Edifício Jaqueline.


Renata Braga e um grupo de amigos retornava…

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Morre advogado que matou a bailarina Renata Braga

Morreu nesta quinta-feira (9), em Brasília, de parada cardíaca, o advogado réu confesso, Wladimir Lopes de Magalhães Porto (foto), que matou a bailarina Renata Maria Braga, em plena Avenida Beira Mar, em Fortaleza, em 28 dezembro de 1993.


Ele estava solto em 2017. Condenado pela morte de Renata Braga, Wlademir Porto deve o direito dado pela Justiça Cearense que concedeu a extinção da pena de 12 anos e seis meses.

A defesa de Wladimir Porto pediu a redução da condenação, alegando que a sentença não estaria fundamentada e seria desproporcional. Ao julgar o caso, a 1ª Câmara Criminal definiu a sentença em nove anos e dois meses de prisão, em regime inicialmente fechado. A relatora explicou que fixação da sentença alcançou patamar desproporcional às peculiaridades do caso, homicídio simples, que tem pena-base de 11 anos de reclusão.

CRIME - O crime aconteceu na madrugada de 28 de dezembro de 1993, na Avenida Beira Mar, próximo ao Edifício Jaqueline.


Renata Braga e um grupo de amigos retornava…