Pular para o conteúdo principal

Camilo Santana comemora o Fundeb Permanente

"Uma grande vitória da nossa Educação. O Fundeb agora é Permanente, previsto na Constituição, e será ainda mais fortalecido. Parabenizo a todos aqueles que se engajaram nessa luta. Valeu a pena!", comemora o governador do Ceará, Camilo Santana (PT).


O Novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) foi aprovado em primeiro, segundo turno e redação final.


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a aprovação do novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) mostra a responsabilidade do Parlamento com a destinação de recursos para o setor.

Maia chegou a se emocionar durante a votação do texto em primeiro turno e afirmou que a gestão pública nas escolas faz toda a diferença.

“Tenho certeza de que hoje fazemos história, estamos fazendo o melhor para os brasileiros com muita responsabilidade. São despesas [o aumento da participação do governo federal nos recursos do fundo] que, na verdade, são investimentos nas crianças e no futuro de tantos”, afirmou. “Isso traz responsabilidade para achar o caminho para que esses recursos cheguem.”

Maia abriu mão da cadeira de presidente para deixar que o deputado Felipe Rigoni (PSB-ES) proclamasse o resultado da primeira votação. Primeiro deputado cego na história da Câmara, Rigoni afirmou que a educação fez diferença para que chegasse à posição de deputado federal e avaliou que o texto é melhor para o futuro que a reforma da Previdência.

“O Fundeb é mais importante que a Previdência porque define o futuro do nosso país. Um Fundeb mais justo e mais eficiente pode contribuir para que cada homem e cada mulher tenha uma melhor formação daqui pra frente”, disse.

Votação - O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (21), em dois turnos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/15, que torna o Fundeb permanente e aumenta a participação da União no financiamento da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (21), em dois turnos e Redação Final, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 15/2015, que torna permanente o Fundo de Desenvolvimento e Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb) e eleva a participação da União no financiamento da educação infantil e dos ensinos fundamental e médio. 

O texto-base da proposta foi aprovado em segundo turno por 492 votos a seis, além de uma abstenção. Pouco antes, no primeiro turno, o placar da votação foi de 499 votos a sete. A PEC seguirá para o Senado.

Segundo o parecer da relatora, deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), a contribuição da União para o Fundeb crescerá de forma gradativa de 2021 a 2026, de forma a substituir o modelo cuja vigência acaba em dezembro.

Nos próximos seis anos, a parcela da União deverá passar dos atuais 10% para 23% do total do Fundeb, por meio de acréscimos anuais. Assim, em 2021 começará com 12%; passando para 15% em 2022; 17% em 2023; 19% em 2024; 21% em 2025; e 23% em 2026.

Os valores colocados pelo governo federal continuarão a ser distribuídos para os entes federativos que não alcançarem o valor anual mínimo aplicado por aluno na educação. Da mesma forma, o fundo continuará recebendo o equivalente a 20% dos impostos municipais e estaduais e das transferências constitucionais de parte dos tributos federais.

Em 2019, o Fundeb distribuiu R$ 156,3 bilhões para a rede pública. Atualmente, o fundo garante dois terços dos recursos que os municípios investem em educação. Os repasses da União, que representam 10% do fundo, não entram no teto de gastos (Emenda Constitucional 95/2016).

Desigualdades regionais - Dos 13 pontos percentuais a mais que a União deverá colocar no Fundeb, 10,5 pontos deverão complementar cada rede de ensino municipal, distrital ou estadual sempre que o Valor Anual Total por Aluno (VAAT) não atingir o mínimo definido nacionalmente. A intenção é diminuir desigualdades regionais no recebimento do apoio.

Após acordo com o governo, pelo menos metade do dinheiro deverá ser destinado à educação básica ‒ se for o caso, inclusive para escolas comunitárias, confessionais ou filantrópicas. Segundo a relatora, a medida terá grande impacto, já que a educação infantil concentra a maior demanda não atendida pela rede pública no País.

Além do montante colocado por estados e municípios no Fundeb, o cálculo do VAAT deverá levar em conta os outros recursos direcionados à educação, as cotas estaduais e municipais de arrecadação do salário-educação e o complemento da União segundo os critérios atuais (valor anual por aluno).

Lei futura deverá definir vários detalhes sobre o Fundeb, inclusive o cálculo do VAAT, para o qual a PEC já define parâmetros. Outra regra determina que, no mínimo, 70% dos recursos extras poderão pagar salários dos profissionais da educação ‒ hoje, esse piso é de 60% e só beneficia professores ‒, e pelo menos 15% terão de custear investimentos nas escolas.

Ainda em relação aos professores, uma lei específica definirá o piso salarial nacional para a Educação Básica Pública. A partir da vigência da futura emenda constitucional, fica explícito que o dinheiro do Fundeb não poderá ser usado para pagar aposentadorias e pensões.

Gestão e qualidade - Os outros 2,5 pontos percentuais que a União deverá colocar a mais no Fundeb serão distribuídos às redes públicas que cumprirem requisitos de melhoria na gestão previstos em lei e atingirem indicadores de aprendizagem com redução das desigualdades, nos termos do sistema nacional de avaliação da educação básica.

Entretanto, conforme o texto aprovado, essa parte do repasse extra da União começará apenas em 2023 (no equivalente a 0,75 ponto), será ampliada ano a ano e atingirá a integralidade dos 2,5 pontos a partir de 2026.

Os entes federativos deverão usar os recursos do Fundeb exclusivamente em sua atuação prioritária definida na Constituição: os municípios cuidam da educação infantil e do ensino fundamental; e os estados, do ensino fundamental e médio. Assim, o dinheiro não poderá ser aplicado, por exemplo, em universidades.

Para cumprirem o montante mínimo de 25% dos impostos investidos anualmente em educação, também conforme a Constituição, estados e municípios poderão contar somente com 30% do total repassado pela União. Nenhum ente federativo poderá reter os repasses vinculados ao Fundeb, sob pena de crime de responsabilidade.

Em relação aos tributos de estados e municípios que compõem as fontes do Fundeb, foi aprovado destaque, apresentado por nove partidos, que alterou o parecer da deputada Professora Dorinha. Assim, continuam de fora os recursos oriundos da compensação da União pela desoneração das exportações prevista na Lei Kandir (Lei Complementar 87/1996).

Regulamentação - A lei que regulamentará o novo Fundeb deverá levar em conta as metas do plano nacional de educação; o valor anual por aluno investido em cada etapa e modalidade; a transparência e o controle social dos fundos; e o conteúdo e a periodicidade da avaliação dos indicadores de qualidade.

Esse regulamento definirá ponderações relativas ao nível socioeconômico dos estudantes e à disponibilidade de recursos vinculados à educação e o potencial de arrecadação de cada ente federativo.

Quanto ao padrão mínimo de qualidade do ensino, a referência será o custo aluno qualidade, constante no Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/2014), com o objetivo de encontrar o financiamento necessário por estudante para a melhoria da qualidade da educação no Brasil.

Dados centralizados - O substitutivo da deputada Professora Dorinha determina a centralização dos dados contábeis, orçamentários e fiscais da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. O objetivo é garantir a rastreabilidade e a comparação dos dados para divulgá-los ao público.

No caso de uma reforma tributária, o texto prevê que deve ser garantida, em cada exercício financeiro, a aplicação dos montantes mínimos em educação por estados, municípios e União equivalentes à média aritmética dos últimos três anos, independentemente da extinção ou substituição de tributos.

Uma lei deverá regulamentar a fiscalização, a avaliação e o controle das despesas com educação nas esferas estadual, distrital e municipal.

A partir da publicação da futura emenda constitucional, os estados terão dois anos para vincular parte dos repasses do ICMS para os municípios a indicadores de melhoria nos resultados de aprendizagem e de aumento da equidade.

Atualmente, os estados repassam parte do ICMS arrecadado (25%) às cidades. A PEC diminui o total repassado proporcionalmente às operações realizadas no território de cada município e aumenta o mesmo tanto no repasse que nova lei estadual deverá vincular às melhorias na educação.

Princípios - No artigo da Constituição que define os princípios do ensino, a PEC inclui a garantia do direito à educação e à aprendizagem ao longo da vida.​

Com informações da Agência Câmara de Notícias.

Leia também:

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Ibope realiza 1ª Pesquisa Eleitoral 2020 para prefeito de Fortaleza

A TV Verdes Mares registrou a  primeira Pesquisa Ibope Inteligência para a prefeito de Fortaleza nas Eleições 2020.  Os pesquisadores começam a entrevistar neste sábado (10) e vai até terça-feira (13) sobre a intenção de votos para os 11 prefeituráveis. A divulgação do Ibope-Fortaleza será na quarta-feira (14) no CE TV 2ª Edição.
O Ibope entrevista 602 eleitores maiores de 18 anos. A pesquisa está registrada com p número 05307/2020 no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). O custo da pesquisa Ibope pago pela TV Verdes Mares é de R$ 46.343,77.

O Ibope já fez pesquisas em 13 capitais: São Paulo (SP).Rio de Janeiro (RJ).Porto Alegre (RS).Curitiba (PR).Florianópolis (SC).Belo Horizonte (MG).Goiânia (GO).Palmas (TO).Belém (PA).Natal (RN).Salvador (BA).Recife (PE).João Pessoa (PB).Faltam 12 capitais: Teresina (PI).São Luís (MA).Aracaju (SE).Maceió (AL).Manaus (Amazonas).Porto Velho (Rondônia).Boa Vista (Roraima).Rio Branco (Acre).Macapá (Amapá).Cuiabá (Mato Grosso).Campo Grande (Mato G…

Vapt Vupt inicia agendamento online para emissão de RG

A partir de segunda-feira, 5, as unidades do Vapt Vupt do Estado terão disponíveis o agendamento eletrônico – pela internet – para emissão de 1ª e 2ª via do documento de identidade. O procedimento é feito pela internet e estará disponível para as unidades de Fortaleza (Antonio Bezerra e Messejana) e do interior (Sobral e Juazeiro do Norte).

Pelo endereço http://vaptvupt.sejus.ce.gov.br/agendamento, o cidadão poderá, passo a passo, agendar um horário em qualquer um dos Vapt Vupt. O acesso também é possível por meio do celular. Primeiro, ele escolhe a unidade em que quer ser atendido, em seguida indica se quer tirar a primeira ou a segunda via da carteira de identidade. No momento do agendamento, o usuário é informado sobre os documentos necessários para cada tipo de emissão.

Para Tadeu Lustosa, coordenador de Cidadania da Sejus, a modalidade de agendamento virtual trará mais celeridade ao atendimento. “A Sejus pretende, além de diminuir as filas nas unidades do Vapt Vupt, trazer tranquil…

Vapt Vupt contará com serviço de Whatsapp para atendimento à população

A partir da próxima segunda-feira, dia 3 de dezembro, as unidades do Vapt Vupt no Ceará contam com mais uma forma de atendimento ao cidadão que procura serviços como emissão de documento de identidade ou carteira de trabalho. É o Smartzap, ferramenta corporativa disponível na plataforma WhatsApp. Além de RG e CTPS, o app também informará sobre emissão de CPF e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ao adicionar o número (85) 98948-8600 na plataforma WhatsApp, as pessoas poderão pedir informações sobre documentação necessária para cada atendimento, sobre agendamento e pagamento de taxas. A ferramenta será totalmente automatizada, com respostas padrão para cada tipo de pergunta e informação.
Para Tadeu Lustosa, coordenador de Cidadania da Sejus, facilitará e tirará dúvidas sobre qualquer unidade Vapt Vupt. “É uma ferramenta de simples utilização, que facilita a vida do cidadão que precisa de informações sobre os nossos principais serviços. Inclusive por ser numa plataforma tão popular qu…

Morre radialista de Itapipoca Cleiton Cainota

Morreu, na noite deste sábado (10), em Itapipoca, o radialista Francisco Cleiton Pinho  (Cainota). Ele voltava de uma cobertura de jogo da Liga Municipal de Itapipoca, quando num acidente de carro perdeu a vida.Integrante da equipe esportiva da Rádio Uirapuru de Itapipoca, Cleiton Cainota (foto) era muito querido pelos ouvintes. O prefeito de Itapipoca, João Ribeiro Barroso (PSDB) e o vice-prefeito Edísio Pacheco (PV) lançaram uma nota de pesar:
A Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec) e o Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceará (SindiRádioCE) lamentam a morte do cronista Cleiton Cainota.
- Lamentamos informar o falecimento do radialista Francisco Cleiton Pinho, ocorrido ontem a noite, em Itapipoca. Cainota - como era carinhosamente conhecido pelos ouvintes, fãs e amigos, foi vítima de acidente automobilístico quando voltava de uma transmissão esportiva. PÊSAMES À FAMÍLIA ENLUTADA! DIRETORIA SINDRADIOCE".

Morre jornalista Vidal Santos

Morreu neste domingo (4), aos 77 anos, o secretário municipal de Imprensa e Relações Públicas-SIRP nos anos 1990 dos prefeitos Juraci Magalhães (PMDB) e Antônio Cambraia (PMDB), jornalista Vidal Santos. Vidal Santos  (foto) sofreu um infarto fulminante que o tirou a vida. Vidal foi também integrante da Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Ceará e presidente do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Ceará (CIAL). Trabalhou nos jornais Tribuna do Ceará e O Povo e nas rádios Verdes Mares AM e Assunção Cearense. Vidal Santos com a Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do CearáO Blog do Lauriberto traz a repercussão da morte de Vidal Santos:Lauriberto Braga - Conheci Vidal dos Santos em plena ação no exercício da Comunicação Municipal durante a Gestão do prefeito Juraci Magalhães. Vidal era um senhor calmo, mas aplicado na assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Fortaleza.Tina Holanda - Mais um amigo querido que se vai. Trabalhei com Vid…

Postagens mais visitadas deste blog

Ibope realiza 1ª Pesquisa Eleitoral 2020 para prefeito de Fortaleza

A TV Verdes Mares registrou a  primeira Pesquisa Ibope Inteligência para a prefeito de Fortaleza nas Eleições 2020.  Os pesquisadores começam a entrevistar neste sábado (10) e vai até terça-feira (13) sobre a intenção de votos para os 11 prefeituráveis. A divulgação do Ibope-Fortaleza será na quarta-feira (14) no CE TV 2ª Edição.
O Ibope entrevista 602 eleitores maiores de 18 anos. A pesquisa está registrada com p número 05307/2020 no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). O custo da pesquisa Ibope pago pela TV Verdes Mares é de R$ 46.343,77.

O Ibope já fez pesquisas em 13 capitais: São Paulo (SP).Rio de Janeiro (RJ).Porto Alegre (RS).Curitiba (PR).Florianópolis (SC).Belo Horizonte (MG).Goiânia (GO).Palmas (TO).Belém (PA).Natal (RN).Salvador (BA).Recife (PE).João Pessoa (PB).Faltam 12 capitais: Teresina (PI).São Luís (MA).Aracaju (SE).Maceió (AL).Manaus (Amazonas).Porto Velho (Rondônia).Boa Vista (Roraima).Rio Branco (Acre).Macapá (Amapá).Cuiabá (Mato Grosso).Campo Grande (Mato G…

Vapt Vupt inicia agendamento online para emissão de RG

A partir de segunda-feira, 5, as unidades do Vapt Vupt do Estado terão disponíveis o agendamento eletrônico – pela internet – para emissão de 1ª e 2ª via do documento de identidade. O procedimento é feito pela internet e estará disponível para as unidades de Fortaleza (Antonio Bezerra e Messejana) e do interior (Sobral e Juazeiro do Norte).

Pelo endereço http://vaptvupt.sejus.ce.gov.br/agendamento, o cidadão poderá, passo a passo, agendar um horário em qualquer um dos Vapt Vupt. O acesso também é possível por meio do celular. Primeiro, ele escolhe a unidade em que quer ser atendido, em seguida indica se quer tirar a primeira ou a segunda via da carteira de identidade. No momento do agendamento, o usuário é informado sobre os documentos necessários para cada tipo de emissão.

Para Tadeu Lustosa, coordenador de Cidadania da Sejus, a modalidade de agendamento virtual trará mais celeridade ao atendimento. “A Sejus pretende, além de diminuir as filas nas unidades do Vapt Vupt, trazer tranquil…

Vapt Vupt contará com serviço de Whatsapp para atendimento à população

A partir da próxima segunda-feira, dia 3 de dezembro, as unidades do Vapt Vupt no Ceará contam com mais uma forma de atendimento ao cidadão que procura serviços como emissão de documento de identidade ou carteira de trabalho. É o Smartzap, ferramenta corporativa disponível na plataforma WhatsApp. Além de RG e CTPS, o app também informará sobre emissão de CPF e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Ao adicionar o número (85) 98948-8600 na plataforma WhatsApp, as pessoas poderão pedir informações sobre documentação necessária para cada atendimento, sobre agendamento e pagamento de taxas. A ferramenta será totalmente automatizada, com respostas padrão para cada tipo de pergunta e informação.
Para Tadeu Lustosa, coordenador de Cidadania da Sejus, facilitará e tirará dúvidas sobre qualquer unidade Vapt Vupt. “É uma ferramenta de simples utilização, que facilita a vida do cidadão que precisa de informações sobre os nossos principais serviços. Inclusive por ser numa plataforma tão popular qu…

Morre radialista de Itapipoca Cleiton Cainota

Morreu, na noite deste sábado (10), em Itapipoca, o radialista Francisco Cleiton Pinho  (Cainota). Ele voltava de uma cobertura de jogo da Liga Municipal de Itapipoca, quando num acidente de carro perdeu a vida.Integrante da equipe esportiva da Rádio Uirapuru de Itapipoca, Cleiton Cainota (foto) era muito querido pelos ouvintes. O prefeito de Itapipoca, João Ribeiro Barroso (PSDB) e o vice-prefeito Edísio Pacheco (PV) lançaram uma nota de pesar:
A Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec) e o Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceará (SindiRádioCE) lamentam a morte do cronista Cleiton Cainota.
- Lamentamos informar o falecimento do radialista Francisco Cleiton Pinho, ocorrido ontem a noite, em Itapipoca. Cainota - como era carinhosamente conhecido pelos ouvintes, fãs e amigos, foi vítima de acidente automobilístico quando voltava de uma transmissão esportiva. PÊSAMES À FAMÍLIA ENLUTADA! DIRETORIA SINDRADIOCE".

Morre jornalista Vidal Santos

Morreu neste domingo (4), aos 77 anos, o secretário municipal de Imprensa e Relações Públicas-SIRP nos anos 1990 dos prefeitos Juraci Magalhães (PMDB) e Antônio Cambraia (PMDB), jornalista Vidal Santos. Vidal Santos  (foto) sofreu um infarto fulminante que o tirou a vida. Vidal foi também integrante da Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Ceará e presidente do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Ceará (CIAL). Trabalhou nos jornais Tribuna do Ceará e O Povo e nas rádios Verdes Mares AM e Assunção Cearense. Vidal Santos com a Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do CearáO Blog do Lauriberto traz a repercussão da morte de Vidal Santos:Lauriberto Braga - Conheci Vidal dos Santos em plena ação no exercício da Comunicação Municipal durante a Gestão do prefeito Juraci Magalhães. Vidal era um senhor calmo, mas aplicado na assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Fortaleza.Tina Holanda - Mais um amigo querido que se vai. Trabalhei com Vid…