Pular para o conteúdo principal

No Dragão

Caro (a) jornalista, 

Segue a programação cultural da próxima semana, no Centro Dragão do Mar. 

Obrigada e um ótimo fim de semana, 

Luar Maria Brandão-Assessoria de Comunicação do Dragão do Mar








// Programação cultural da semana de 20 a 25 de outubro // Dragão do Mar


FUNCIONAMENTO DO DRAGÃO DO MAR

Geral: De segunda a quinta, das 8h às 22h; e de sexta a domingo e feriados, das 8h às 23h.Bilheteria: De terça a domingo, a partir das 14h.
Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco: De terça a domingo, das 14h às 22h.
Museus e Multigaleria: terça a sexta, das 9hs às 19hs (acesso até as 18h30); sábado, domingo e feriados das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

OBS.: Às segundas-feiras, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não abre cinema, cafés, museus, Multigaleria e Bilheterias.

Acompanhe nossa programação também pelas redes sociais:
Facebook: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura
Instagram: @dragaodomar
Periscope e Twitter: @_dragaodomar




// EM BREVE
Show Brincando no Sargaço com Ava Rocha + Ná Ozetti e Passo Torto (dia 28/10)
Show Cabaré da Saudade com Os Alfazemas (dia 30/10)
Abertura da exposição AGRICULTURA DA IMAGEM, de Rodrigo Braga (dia 29/10)
Show Selvagens à Procura de Lei – Lançamento do single Tarde Livre (1º/11)





 Noite das Estrelas

O projeto NOITE DAS ESTRELAS funciona há oito anos no Planetário Rubens de Azevedo e já recebeu milhares de pessoas entre turistas e público local. Todos os meses, sempre nas noites de Quarto Crescente Lunar, o planetário disponibiliza telescópios ao público em geral para observação astronômica: Crateras da Lua, Planetas, Nebulosas, etc.

A participação é gratuita, sempre a partir das 19h. Basta chegar ao planetário e entrar na fila. Atenção: se o céu estiver nublado, não haverá observação astronômica, podendo haver também interrupção do programa, entre 19h e 21h, se as condições não estiverem favoráveis à continuação da atividade.

>> Dias 20 e 21 de outubro de 2015, às 19h, em frente ao Planetário. Gratuito.





 Nas Ruas do Dragão [Temporada de Arte Cearense] [ÚLTIMA APRESENTAÇÃO]
Espetáculo Todo Camburão tem um pouco de Navio Negreiro
Grupo Nóis de Teatro – Direção: Murillo Ramos

Associação Artística Nóis de Teatro apresenta o seu novo espetáculo, Todo Camburão Tem Um Pouco De Navio Negreiro, às quintas-feiras de outubro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, sempre às 19h. O projeto foi um dos poucos vencedores do Prêmio Arte Negra, da FUNARTE (Fundação Nacional das Artes), no Nordeste.

O novo espetáculo do Nóis de Teatro, que tem a assinatura da direção de Murillo Ramos e a dramaturgia de Altemar Di Monteiro, traz em cena uma intensa discussão dialética sobre a criminalização e perseguição da juventude negra das periferias, debatendo também a desmilitarização da polícia brasileira.

Dividido em três atos, o espetáculo conta a história de Natanael, uma espécie de anti-herói que nasce na periferia, vive inserido num sistema de opressão e violência e, aos 18 anos, resolve entrar pra polícia militar. Trazemos uma dramaturgia épica, onde o ator narrador é o grande foco, numa espécie de “tragédia afro”, com elementos alegóricos e representativos do universo do movimento negro no Brasil e no mundo, além de múltiplas referências à mitologia dos Orixás.

Para a montagem do espetáculo, o Nóis de Teatro visitou várias comunidades quilombolas do Ceará e do Maranhão, dialogando também com movimentos sociais que pautam as questões da população negra.

O Nóis de Teatro está localizado na periferia de Fortaleza, na Comunidade de Granja Lisboa, no Território de Paz do Grande Bom Jardim. Ao longo dos últimos 13 anos, o grupo tem construído uma ação continuada no que diz respeito à circulação de espetáculos, oferta de cursos, intercâmbios e oficinas (teatro e percussão) para a comunidade, contribuindo de forma significativa para a formação de plateia, incentivando crianças e jovens como sujeitos sensíveis, protagonistas de um novo mundo, uma comunidade mais justa e menos violenta.

>> Dia 22 de outubro, às 19h, na Praça Verde. Gratuito.
Contato: KELLY ENNE SALDANHA (85) 99739.8939/ 98549.9344




 Dub no Dragão #3
Parceria: Dub Foundation Sound System

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura apresenta, nesta sexta-feira (23), a terceira edição do Dub no Dragão, às 19h, na Praça Verde. Além do coletivo de DJs do Dub Foundation Sound System, assume ainda o comando dos vinis o convidado especial Daniel Juca, do Bangarang Sound System, do Rio de Janeiro (RJ).

Na última edição do Dub no Dragão, no dia 18 de setembro, foram mais de 7 mil pessoas circulando e curtindo o som na Praça Verde. Este projeto mensal valoriza os sound systems (ou sistema de som) como grandes difusores da música independente, principalmente do gênero reggae. O Dub no Dragão é realizado sempre na penúltima sexta-feira do mês, das 19h a 0h, na Praça Verde, e é gratuito.

Sobre o Bangarang Sound System

Criado em 2006, o Bangarang Sound System é a única equipe de som carioca dedicada exclusivamente à velha escola de música jamaicana. Com o maior acervo de discos de vinil da cidade nesse estilo, o coletivo já se apresentou nos mais variados espaços no RJ, desde casas tradicionais como Teatro Rival e Circo Voador, assim como nas ruas do subúrbio.

Formado pelos DJs selectas Livio Santos, Daniel Juca e Leo Flores, o Sound System é baseado nas primeiras equipes de som da Jamaica (anos 1960) com caixas de som projetadas "artesanalmente" e a discotecagem 100% em vinil, realizada com apenas uma vitrola, e seus aparatos. Além do acervo de vinil da época, o coletivo possui seus próprios dubplates, que são músicas exclusivas, prensadas somente para a equipe, dividindo assim palco com importantes shows do gênero na cidade, como The Wailers, Skatalites, Aggrolites, Slackers, Dudley Sibley, entre outros. 

Daniel Juca é cartunista, co-editor da extinta revista de quadrinhos Tarja Preta, diretor do documentário Malditos Cartunistas e DJ especializado em "música velha", do swing jazz dos anos 1920 ao reggae dos anos 1970. Começou discotecando em 2005 nos intervalos dos shows da banda Canastra. 

Atualmente, integra os coletivos Bangarang Sound System e 3kilo Sounds. É DJ das festas Bangarang, Manie Dansante, Oh Play That Thing!, Ninfadelica, Avalanche e Hula-Hula a Go-Go.



Sobre a Dub Foundation Sound System

O Dub Foundation Sound System foi criado no ano de 2006, por iniciativa do Caio Dub Foundation. Caio morou em Londres, que é atualmente a Meca dos sound systems no mundo. A ele somaram-se Bandit Dubwise e Bruno Fever, que já atuavam como DJs de reggae. Em 2009, entrou no coletivo Raphael Dubroots, que cria as caixas de efeitos usadas nas apresentações. Já em 2010 somou-se ao coletivo o Victor Message, vindo de São Paulo. Todos são colecionadores de discos de reggae e atuam como seletores. 

Procurando utilizar, desde o início, o vinil em suas apresentações em pequenos bares da cidade, pouco a pouco construíram o equipamento atual, que é formado por amplificadores e caixas que chegam à potência de 10.000 Watts. Esse equipamento, feito segundo projetos ingleses e jamaicanos, busca reproduzir fielmente os detalhes do reggae, transmitindo toda a sua força. Utilizam também uma série de delays e efeitos ligados ao gênero Dub, para criar uma atmosfera psicodélica. 

A Dub Foundation Sound System já atuou com grandes nomes da cena reggae e sound system brasileira e mundial, como Errol Dunkley (JA), Aba Shanti I (UK), Dubversão (SP), DigitalDubs (RJ), Deskareggae (MG), Reggaematic (SP), High Public (SP), Quilombo Hi-Fi (SP), Africa Mãe do Leão (SP) e Stand High Patrol (FR). Tem produções gravadas com inúmeros artistas internacionais, algumas já lançadas em vinil pelo selo próprio Dub Descendants. 

>> Dia 23 de outubro de 2015, às 19h, na Praça Verde. Gratuito.
Sugestões de entrevista: Caio Sindeaux (85 99992.4166), Bruno Bravo (85 99619.2933), Victor Alves (85 99902.0941) e João Wilson Damasceno, diretor de Ação Cultural do Dragão do Mar (85 98639.0477).





 Pôr do Som – Música de Câmara no Dragão
O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura apresenta ao público uma programação para encher de boas vibrações o fim de tarde por aqui. É o projeto semanal Pôr do Som – Música de Câmara no Dragão que, todos os sábados, às 17h, traz em apresentação gratuita um grupo de instrumentistas da Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará (Osuece), na Arena Dragão do Mar.  Nesta edição, confira Jorge Cardoso e Regional.

No Pôr do Som, os grupos de câmaras (música erudita composta para um pequeno grupo de instrumentos ou vozes) oriundos da OSUECE, com formações variadas, mostrarão um repertório variado de música de concerto de câmara de vários compositores cearenses, brasileiros e de outras nacionalidades. Serão apresentados até canções imortalizadas pelo cinema e músicas que compõem as trilhas de jogos de videogame, entre outras surpresas. 
>> Todos os sábados, às 17h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.
Contato: Alfredo Barros (99651-8563 / 8818-0120 / alfredo.barros@uece.br)





 Dança Popular [Temporada de Arte Cearense]
Espetáculo Brasil Conexão
Grupo Cordapés
Embarque numa viagem cultural pelas regiões do Brasil e do mundo através de seus ritmos: Afro, Lundu, Carimbó, Parintins, Boi do Maranhão, Baião, Coco, Xaxado, Frevo e Samba.

>> Dia 24 de outubro, às 18h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.
Contato: Cordapés (8515-0152 / 9618-6422 / monica_ongcordapes@hotmail.com )





 Circula no Ponto [Temporada de Arte Cearense]
Ceará de lá pra cá!
Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão

A Terra da Luz se destaca e atrai pessoas dos quatro cantos do mundo.  O Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão, de Senador Pompeu, região Sertão Central do Estado, vem, desde 2009, através de seus projetos, popularizando a cultura e desenvolvendo trabalho artístico com a formação dos jovens. Para obter esse resultado,  é desenvolvido em cada um o necessário em todos os cidadãos: o redescobrir de sua identidade e seu valor como brasileiro e isto ninguém se apodera. Onde estiverem serão sempre reconhecidos por valorizarem a cultura popular do seu povo e sentirão orgulho de serem como são.  Com o encanto de ritmos e a riqueza das danças populares, o Grupo Parafolclórico Fulô do Sertão apresenta o espetáculo “Ceará, de lá pra cá”, valorizando a cultura e a beleza do nosso estado.

As danças que apresentadas têm influências indígena, africana e europeia. Um show mistificado, ressaltando o balanço dos jangadeiros, na batida dos cacetes no Maneiro Pau, na delicadeza das Rendeiras, no chiado do Xaxado, na pisada do Xote, na alegria da Quadrilha Junina e nas umbigadas do Coco. Afinal, o Ceará é assim: de lá pra cá e de cá pra lá.

>> Dia 24 de outubro, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.
Contato: Fundação Santa Teresinha (99997-3401 / fundacaosantaterezinha@gmail.com)





 Entre Performances [Temporada de Arte Cearense]
Heólia: Do sopro terno ao lapso da expiração
De Vanessa Viana

Heólia tem como tema a relação do ar com o corpo e suas poéticas. Um devir-coisa fecundado pelo deslocamento dessas fronteiras que delimitam o sujeito e o objeto, gerando outras subjetividades, a partir de um elemento-corpo em comum, o ar. Ele, na obra, preenche, atravessa e transforma os corpos em um só. Ar, esse que é corpo que afeta e compõe. O processo iniciou no final de 2013, em um laboratório de criação no curso de Bacharelado Dança da Universidade Federal do Ceará.

>> Dias 24 e 25 de outubro, às 19h, na Multigaleria. Gratuito. 18 anos.
Contato: Vanessa Santos (99642-5926 / vanvalas@gmail.com)




 Estreia TVCine Dragão

No sábado (24/out), estreará, às 21h, o TVCine Dragão, programa da TVC em parceria com o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Diante da progressiva eliminação das salas independentes e consequente ascensão dos cinemas de franquia; a ampliação de possibilidades do espaço do cinema junto à construção de uma grade de programação que promova reflexão e debate, são os fundamentos do TVCine. Em programas semanais, diretamente da Sala 2 do Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco, os curadores Pedro Azevedo e Salomão Santana discutem o fazer cinematográfico com especialistas e, na sequência, são exibidos os filmes em discussão. Em comemoração ao centenário de Orson Welles, a primeira temporada trará filmes do diretor que é uma das grandes referências do Cinema Mundial. Futuramente, filmes brasileiros, nordestinos e, principalmente, filmes cearenses deverão ganhar a programação.

>> Dia 24 de outubro, às 21h, na TVC. // Canal 5 (sinal aberto), canal 17 (NET e Multiplay) e canal 305 (GVT). Reprise às quartas-feiras, às 22h.




 X Bienal Internacional de Dança do Ceará

Artistas do Brasil, Argentina, Bélgica, Cabo Verde, Coréia, França, Portugal e Suíça participam desta edição, que acontece de 23 de outubro a 08 de novembro com programação em Fortaleza e oito cidades do interior. ACESSO GRATUITO.

Há 18 anos a Bienal Internacional de Dança do Ceará começava uma história longa, de intensa e contínua atividade de difusão e formação na capital e interior, com o mérito, ainda, de ter representado papel fundamental para o surgimento de cursos técnicos e de graduação superior em dança no estado.

Em 2015, a Bienal chega à 10ª edição, com programação de 23 de outubro a 08 de novembro em Fortaleza (23.10 a 02.11), Sobral (23 a 25.10), Juazeiro do Norte (27 a 30.10), Crato (28 e 29.10), São Gonçalo do Amarante - Taíba (30 e 31.10), Paracuru (31.10 e 01.11), Itapipoca (03 e 04.11), Trairí (05 e 06.11) e Uruburetama (07 e 08.11). Com o Patrocínio da Petrobras, Governo Federal e Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura, e o Co-Patrocínio da Caixa, a Bienal tem acesso gratuito a todos os espetáculos e atividades.

São mais de 70 apresentações de artistas locais, nacionais e internacionais na capital e nas oito cidades do interior, além de residências artísticas, oficinas, palestras e intervenções em espaços públicos. Em Fortaleza, a Bienal acontecerá em importantes equipamentos culturais - Theatro José de Alencar, Cineteatro São Luiz, Teatro Dragão do Mar, Sesc Senac Iracema, CUCAs Barra e Mondubim, e na Praça das Artes, na Granja Portugal, em parceria com o Centro Cultural Bom Jardim.

Nesta edição, a Bienal recebe artistas da Argentina, Bélgica, Cabo Verde, Coréia, França, Portugal e Suíça, além de atrações nacionais de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. A cena local se fará presente por meio de criadores de Fortaleza, Paracuru, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Trairí, Itapajé, Tururu e Uruburetama.

Em cena, mais de 200 bailarinos de técnicas e linguagens diversas nos palcos desta Bienal, que segue firme depois de 18 anos com os propósitos de contribuir para dinamizar a difusão da dança cênica, promover o diálogo da cena local com outros contextos, fomentar o intercâmbio de experiências artísticas, a reflexão, a circulação e a produção de conhecimento na área.

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA na ABERTURA

Na noite de abertura, dia 23, às 21 horas no Cineteatro São Luiz, a São Paulo Companhia de Dança volta à Bienal para interpretar coreografias dos dois maiores nomes da dança contemporânea, Jiri Kylian, com "Sechs Tänze" e "Indigo Rose", e William Forsythe, com "workwithinwork".

MAIS ATRAÇÕES

Também são atrações nesta Bienal: Balé Teatro Guaíra (PR), com "Romeu e Julieta" e "Cinderela"; Cie. Carolyn Carlson (EUA/França) - "Immersion" e "Tordre"; Vera Mantero (Portugal) - "Os Serrenhos do Caldeirão, exercícios em antropologia ficcional"; Raiz di Polon (Cabo Verde) - "Cidade Velha"; Djam Projects (Cabo Verde) - solo “Je suis um Quackverdiano”; Hyoseung Ye (Coréia) - “Chaosmos”, “Traces” e “N(own)ow”; VOETVOLK (Bélgica) - "It's Going to get worse and worse and worse my friend"; Cie Ioannis Mandafounis (Suíça) - "ApersonA"; KM29 (Argentina) - "Duramadre"; Rui Moreira (MG) - "Co Ês"; Cia Híbrida (RJ) - "Moto Sensível", Dudude (MG) - solo "A Projetista"; Clarice Lima (CE/SP) - "Interpretes em Crise"; Silvia Moura (CE) - “INSTALAFORMANCE II - Não Pise no Vestido” e "A Cadeirinha e Eu"; Cia Dita (CE) - "Mulata”;  Alysson Amancio Cia de Dança (CE) - "KARIMAI"; Clarissa Costa e João Paulo Lima (CE) - “KAHLOS”; Cia Balé Baião (CE), de Itapipoca, que comemora 20 anos de atividade, com "Receita de Baião e Outros Pratos" e a co-produção "Bori - alimentando sua cabeça", coreografada por Rui Moreira (MG); e Paracuru Cia de Dança, que completa 15 anos de atuação, com a co-produção "Bar baros", parceria com o coreógrafo Airton Rodrigues (PR).

PERCURSOS FORMATIVOS

Palestras, debates, oficinas e ateliês marcam os Percursos Formativos da Bienal, que inicia no dia 24, às 17h, no Foyer do Theatro José de Alencar, com a palestra "A Arte e o Estado", proferida pelo professor Humberto Cunha, Mestre e Doutor em Direito, pesquisador com estudos sobre direitos culturais, cultura, patrimônio cultural, políticas culturais e direitos fundamentais.

Bienal, Rede CUCA, Centro Cultural Bom Jardim e Vila das Artes realizam Trajetos EnCena, uma ação compartilhada a um só tempo artística e formativa que se mobiliza a partir da possibilidade de acesso de jovens e adolescentes aos saberes­ e fazeres da cena teatral, nos palcos ou bastidores. O Trajetos EmCena divide-se em duas ações distintas e interligadas: De um lado, a produção de duas obras coreográficas, criadas durante os ateliês realizados de 10 de setembro a 23 de outubro, envolvendo jovens bailarinos dos Cucas e do CCBJ, sob a coordenação de dois experientes coreógrafos convidados, Edvan Monteiro e Andreia Pires, cujo resultado será apresentado na Bienal. A criação da luz para as duas obras é resultado da outra parte desta ação, o curso de iluminação cênica, cujos participantes também atuarão como estagiários nas equipes técnicas da Bienal 2015.

A X Bienal Internacional de Dança do Ceará tem o Patrocínio da Petrobras, Governo Federal e Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura. Co-Patrocínio: Caixa. Agradecimento Especial: Coelce. Apoio institucional: Institut Français, Prefeituras de Itapipoca, Trairí, Paracuru, São Gonçalo do Amarante, Uruburetama, Crato e Sobral.

SERVIÇO

X Bienal Internacional de Dança do Ceará - De 23 de outubro a 08 de novembro com programação em Fortaleza (23.10 a 02.11), Sobral (23.10 a 02.11), Juazeiro do Norte (27 a 30.10), Crato (28 e 29.10), São Gonçalo do Amarante - Taíba (30 e 31.10), Paracuru (31.10 e 01.11), Itapipoca (03 e 04.11), Trairí (05 e 06.11) e Uruburetama (07 e 08.11). Endereços e outras informações:www.bienaldedanca.com. Tel: (85) 3497-5981 / 3268-3034 / 98733-8812.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA
DÉGAGÉ
Jornalistas Resp: Eugênia Nogueira e Sônia Lage
85-3252.5401 / 99989.5876 (Sônia)
t: @degage_imprensa  / f: degageassessoria



 Domingo no Circo [Temporada de Arte Cearense]
Espetáculo Ilusão
Com o Mágico Éflem
Proporciona uma viagem ao mundo da magia, em que o impossível pode tornar-se possível diante de seus olhos. Um espetáculo para toda a família.

>> Dia 25 de outubro, às 17h, na Praça Verde. Gratuito.
Contato: Éflem (8823-7116 / 9685-2833 / contato@magicoeflem.com.br)



 Recital e Feira Cordel com a Corda Toda
Realização: Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará
Tão característica da cultura nordestina, a literatura de cordel tem lugar no Dragão do Mar. Venha conhecer clássicos e novos escritores, em recitais e feira.

>> Dia 25 de outubro, às 17h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.
Contato: Klevisson Viana (3217-2891 | 9675-1099 | 8515-8028 / aestrofe@gmail.com)





// PROJETOS SEMANAIS DO DRAGÃO

 Fuxico no Dragão
Atrações artísticas e uma feirinha com vinte expositores de produtos criativos agitam as tardes de domingo no Dragão.
Todo domingo, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito. 

 Feira Dragão Arte
Feira de artesanato fruto da parceria com Sebrae-CE e Siara-CE.
Todas as sextas, sábados e domingos, das 17h às 22h, ao lado do Espelho D'Água. Acesso gratuito. 

 Brincando e Pintando no Dragão do Mar
Brincadeiras e atividades infantis para todas as idades orientadas por monitores.
Todos os domingos, das 16h às 19h, na Praça Verde. Acesso gratuito.

 Planeta Hip Hop
Grupos promovem exibições de dança e música hip hop.
Todos os sábados, às 19h, na Arena Dragão do Mar.







// NÚCLEO DE AÇÃO EDUCATIVA DO MCC

É composto por estagiários estudantes de graduação na área das Ciências Humanas que desenvolvem estratégias de mediação para o público, levantando reflexões específicas e interdisciplinares sobre as exposições e obras expostas, aguçando o olhar e a sensibilidade dos participantes, aprofundando sua criticidade e percepção. Além das escolas, também desenvolvemos mediações para grupos universitários, ONG’s, projetos sociais, grupos comunitários, dentre outros.


DIÁLOGO CULTURAL
Gravura: Do Tradicional ao Moderno

A artista plástica e educadora Mariana Pires debaterá o conceito da xilogravura dentro do universo da gravura e irá propor uma experiência prático-conceitual, explorando suas possibilidades poéticas na construção de imagens com base na percepção e investigação de texturas.
Data: 21/10
Horário: 16 h
Onde: Miniauditório do MCC


DIÁLOGO CULTURAL
Crianças e Museus: Possíveis Encontros

A mediação educativa com crianças nos espaços museológicos pode ser provocadora de encantamentos e descobertas. Como as crianças leem os objetos do museu? Como o museu vê as crianças? Estas são apenas algumas das reflexões que a Mestre em Educação Brasileira e Especialista em Arte-Educação Núbia Agustinha Carvalho Santos trará para pensarmos a relação entre as crianças e os museus.
Data: 23/10
Horário: 13h30 às 15h
Onde: Miniauditório do MCC


DIÁLOGO COM PROFESSORES

Buscando ampliar a relação museu-escola, o Museu da Cultura Cearense convida professores e educadores para o Encontro com Professores. Neste espaço, apresentaremos o Museu, o Núcleo de Ação Educativa, dialogaremos sobre as formas como a educação é praticada neste espaço, o papel do professor e a importância de planejar a visita educativa. Contamos com sua presença.
Data: 24/10
Horário: 9h30 às 12h
Onde: Miniauditório do MCC


CURSO ATENDIMENTO À DIVERSIDADE [inscrições encerradas]

O Projeto Acesso do Museu da Cultura Cearense (MCC), grupo que trabalha pensando a acessibilidade nos espaços do CDMAC, proporcionará a funcionários e público mais um ciclo de atividades. O curso Atendimento à Diversidade terá início com um conjunto de atividades que visam formar os participantes acerca dos conceitos de deficiência e acessibilidade, curso de Braille, utilização de recursos tecnológicos (leitores de tela em computadores e smartphones) por pessoas com deficiência visual, além de algumas noções básicas sobre a audiodescrição.

Observações
• Os horários são de 2 turmas distintas com o mesmo conteúdo programático;
• O curso Atendimento à Diversidade terá o prazo de 3 meses, portanto os dias e horários dos meses de outubro e novembro serão divulgados em breve;
• O curso será ministrado pela própria equipe do Projeto Acesso;
• Serão abertas 10 vagas por turno para o público em geral.
• São de fundamental importância o comprometimento e a participação nessas atividades, pois além de ter garantido a declaração/certificação de participante do Curso Atendimento à Diversidade, o conhecimento que se levará sobre o tema é primordial e singular nos momentos reais do cotidiano ao encontrar pessoas com deficiência em shoppings, praças, centros culturais, escolas, universidades, entre outros.

Inscrições encerradas. Mais informações: (85) 3488-8621.

Etapa 2 - Audiodescrição
Dias e horários das aulas:
Aos sábados (dias 24 e 31 de outubro) // Das 14h às 17h
Onde: Miniauditório do MCC






// VISITE NOSSAS EXPOSIÇÕES


Vaqueiros
Exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.
Exposição de longa duração.


Sobrenaturezas Sobnaturezas
Une os acervos do Museu da Cultura Cearense e do Museu de Arte Contemporânea para apresentar um recorte da arte popular cearense, marcada pela riqueza e diversidade do seu artesanato e forte expressão do imaginário social.

Traz 67 trabalhos de artistas como Racar, Antonio Bandeira, Nino, Manoel Graciano, Mestre Chico, Beto, Abraão Batista, Cícera Lira, Luiz Hermano, Mestre Alencar e Chico da Silva.
Exposição de média duração.


A Palavra e o Traço
Com curadoria da historiadora Valéria Laena, retrata vida e obra do arquiteto, urbanista e compositor cearense Fausto Nilo. Autor de mais de 400 composições interpretadas por grandes nomes da música brasileira – como Moraes Moreira, Gal Costa e Fagner –, Fausto Nilo é também o responsável, junto de Delberg Ponce de Leon, pelo projeto arquitetônico do Centro Dragão do Mar. A vernissage terá ainda apresentação musical em homenagem ao artista.
Exposição de média duração.


HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DOS MUSEUS
Terça a sexta-feira, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); e sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30).




// PLANETÁRIO

O Planetário Rubens de Azevedo é um espaço de entretenimento e formação pedagógica através de caráter transdisciplinar em Astronomia. Atualmente, o Planetário está realizando sessões de sexta a domingo, com sessões às 19h e 20h.

Sessões às sextas, aos sábados e domingos:
19h - Sessão: O ABC do Sistema Solar - sessão infanto-juvenil
20h - Sessão: Origens da Vida - sessão juvenil-adulto


Ingressos: R$ 8 e R$ 4 (meia). Não é recomendada a entrada de crianças com menos de 7 anos sem o acompanhamento do adulto responsável.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…

Postagens mais visitadas deste blog

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…