Pular para o conteúdo principal

Morre Frei Roberto Magalhães

Com pesar a Arquidiocese Metropolitana de Fortaleza comunica que faleceu na tarde desta segunda-feira (18). no Convento do Sagrado Coração de Jesus (Cúria Provincial), Frei Roberto Magalhães, aos 99 anos. "Descanso eterno dai-lhe Senhor!", destaca nota da Arquidiocese.



Apresentamos a seguir a biografia de Frei Roberto Magalhães feita por Frei Hermínio B. de Oliveira.

Nela podemos acompanhar a trajetória de Frei Roberto como frade capuchinho, uma vida dedicada a Deus e aos irmãos: Juari Magalhães de Sousa nasceu em dez de setembro de 1920, em Maracanaú, filho José Joaquim de Sousa e Joana Magalhães de Sousa.

No início de março de 1934, quando tinha 13 anos de idade, ingressou no Convento do Coração de Jesus, em Fortaleza, e foi imediatamente enviado para São Luís do Maranhão, sede da Missão Capuchinha, onde já havia um grupo de seminaristas. Lá, em 10 de maio de 1934, recebeu o hábito capuchinho e o nome de Frei Roberto Maria de Maracanaú. No final do mesmo ano, voltou com este grupo para Fortaleza, desta vez para o Seminário Seráfico de Messejana, inaugurado no dia 09/12/1934. Este é um fato altamente significativo, pois ele fez parte da primeira turma do nosso “Collégio Seráphico” – conforme a grafia daquela época.

Terminada essa primeira etapa, foi admitido ao Noviciado em 19 de março de 1938, em Esplanada, na Bahia. Completado o ano do Noviciado, fez sua profissão religiosa em 20 de março de 1939. Na época as então Custódias do Maranhão, (Província da Lombardia), de Pernambuco, (Província de Lucca) e da Bahia, (Província das Marcas), tinham etapas formativas em comum: o Noviciado em Esplanada e a Filosofia em Guaramiranga.

Após o Noviciado ele cursou a Filosofia em Guaramiranga, de 1939 a 1941. Em seguida cursou a Teologia, sendo os dois primeiros anos, 1942-1943, no Seminário Diocesano de São Luis do Maranhão e os dois últimos, 1944-1945, em Messejana. Vale lembrar que naquela época, estes estudos eram feitos nos próprios conventos, com professores da Ordem. Ele recebeu a partir do 2° ano de Teologia, as Ordens Menores e o Diaconato, como é previsto no Direito Canônico.

A sua ordenação sacerdotal deu-se em primeiro de outubro de 1944, na igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Fortaleza. O bispo ordenante foi Dom Frei Emiliano José Lonati, bispo da Prelazia de Grajaú. Após a ordenação que ocorreu no final do 3° ano de Teologia, Frei Roberto continuou em Messejana, cursando o 4° ano de teologia e foi nomeado Assistente do Seminário Seráfico.

Ao término da sua formação em dezembro de 1945, Frei Roberto – que sempre se distinguiu nos estudos – foi nomeado professor de Filosofia no Estudantado de Guaramiranga, em 1946. Em 1950 ele foi nomeado Diretor do referido Estudantado de Filosofia, onde ficou até 1952. Após um ano de intervalo, quando fez diversos trabalhos missionários na Custódia, ele voltou a ensinar Filosofia no Estudantado de Guaramiranga, de 1954 até 1958. Em seguida pregou missões, deu assistência a comunidades, a grupos diversos e prestou muitos outros serviços pastorais, no Ceará e no Piauí.

Em 1965, Frei Roberto foi nomeado professor de Teodiceia no Estudantado em Fortaleza e, após a criação da Custódia Geral do Ceará e Piauí, em 1966, tornou-se Diretor dos Estudantes do Curso Clássico, em Parnaíba. Em 1967 ele foi nomeado professor no Curso de Filosofia da Custódia Geral, em Guaramiranga, e de 1970 a 1972, exerceu a função de Vigário Paroquial na mesma cidade. Em seguida, Frei Roberto foi transferido para Parnaíba, onde continuou seus trabalhos pastorais e missionários até 1980, quando foi a Petrópolis fazer um Curso de Franciscanismo, de um ano, que era oferecido pela CEFEPAL – Centro de Estudos Franciscanos e Pastorais para a América Latina.

No início de 1981, Frei Roberto foi nomeado Superior do Convento São Benedito, em Teresina e Vigário Paroquial. Em dezembro de 1981 ele foi eleito 2° Conselheiro da recém-criada Vice-Província do Ceará-Piauí. Colaborou ativamente na preparação para a elevação da nossa Vice-Província a Província, o que aconteceu em 1983.

Criada a Província de São Francisco das Chagas do Ceará-Piauí, em julho de 1983, Frei Roberto foi nomeado 2° Definidor, pelo padre Geral da Ordem, Frei Flávio Carraro e seu Definitório. Neste mesmo ano, ele foi designado Superior de nosso Convento de Guaramiranga, onde exerceu a função de Vice-Mestre dos Noviços e Vigário Paroquial de Guaramiranga.

Em 1986 Frei Roberto foi nomeado Superior do Santuário São Francisco das Chagas, em Juazeiro do Norte e diretor do Colégio São Francisco, nesta mesma cidade, onde ele é querido e admirado. Além da Administração da Fraternidade e do Santuário, Frei Roberto atendia solicitações de assistência pastoral em outros municípios da região do Cariri.

Quando fez 50 anos de Sacerdócio, em 1989, Frei Roberto foi à Itália com o Provincial Frei Domingos Teixeira Lima, onde participaram – como convidados – do Encontro dos Provinciais Italianos, com um Estudo sobre as Fontes Franciscanas, em Roma e em Assis. Fizeram uma visita guiada, por Frei Fidêncio Volpi, à Província da Lombardia, onde puderam rever todos os missionários vivos que trabalharam no Ceará, Piauí, Maranhão e no Pará. Visitaram o Santuário de Loreto, Nápoles e outras cidades.

Em 1992, já com mais de 70 anos de idade, Frei Roberto partiu para as “Missões Ad gentes”, na Angola, um sonho antigo. A adaptação climática e alimentar foi bem difícil. Frei Roberto teve problemas de saúde e foi aconselhado pelos médicos a retornar logo ao Brasil. Ao retornar da Angola em 1993, Frei Roberto foi para Guaramiranga. Nesta cidade ele foi agraciado em 1994, com o honroso título de Cidadão de Guaramiranga, em reconhecimento aos seus trabalhos na cidade, todas as vezes em que ele trabalhou naquela comunidade.

Com o avançar da idade, o nosso Frei Roberto Magalhães entrou naturalmente, na faixa dos frades que já não ocupam cargos de comando, e desde 2001 mora no Convento do Coração de Jesus, em Fortaleza. Segue sereno e impávido a sua trajetória do dia a dia, na regular observância de nossa Regra e no seu peculiar estilo de vida. De mente aberta, está totalmente dedicado aos trabalhos pastorais que ele ainda pode fazer: celebrar a Eucaristia, dar unção dos enfermos, atender confissões, inclusive de sacerdotes e bispos, tanto no Convento, como no Santuário do Coração de Jesus; e ainda atua como Assistente Espiritual de três Equipes de Nossa Senhora.

Mantendo-se sempre ativo, nas Romarias de Juazeiro do Norte e nas Missões de que ainda participa ativamente, ele faz muito sucesso cantando a famosa canção “Ida”, que tem como refrão: “Quem é que vai nessa barca de Jesus, quem é que vai?”.

Isso não é pouca coisa, para quem está às vésperas dos 100 anos de idade, pois, como se constata, quanto à pastoral, ele trabalha como se aposentado não fosse. Vale ressaltar que ele, até pouco tempo, participava da Caminhada com Maria, no dia de Nossa Senhora da Assunção, padroeira de Fortaleza, muitas vezes percorrendo trechos do percurso da Caminhada a pé.

Um fato digno de menção e destaque é que Frei Roberto, já com mais de 90 anos de idade, por solicitação da Arquidiocese de Fortaleza, traduziu do latim para o português, a longa Bula da Criação da Diocese de Fortaleza, um trabalho extraordinário para sua idade avançada. Depois fez o mesmo trabalho para algumas outras dioceses do Ceará.

Ele mantém-se intelectualmente ativo, tanto que há alguns anos, Frei Roberto dedica-se à árdua e ingente tarefa de traduzir, do latim para o português, alguns Sermões do Mariale de São Lourenço de Brindes, da Opera Omnia do mesmo santo, que temos em nossa Biblioteca Central.

Uma pesquisa que eu fiz junto à Conferência dos Capuchinhos do Brasil, em maio de 2019, confirmou o que nós esperávamos: Frei Roberto Magalhães é o capuchinho mais provecto do Brasil. Em plena lucidez, todo dia ele lê o jornal, resolve os passatempos, informa-se sobre a vida da Província, da Ordem e da Igreja, bem como da política do Estado do Ceará e do Brasil.

Em março de 2019 Frei Roberto Magalhães foi homenageado pelos 80 anos de Profissão Religiosa, numa Sessão Solene da Câmara de Vereadores de Maracanaú, como filho ilustre da cidade e recebeu um honroso Diploma, em justa e bem merecida homenagem.

Assim, o nosso Frei Roberto Magalhães, um modelo de vida Conventual regular, encaminha-se serena e fagueiramente para abraçar com galhardia, um século de vida, todo ele dedicado a Deus e aos irmãos.

Frei Hermínio Bezerra de Oliveira, OFMCap.

Fonte: Capuchinhos do Brasil /CCB".


Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


Repercussão da morte de Claudinho:

Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

Fortal cancela edição 2020

Energia, emoção e conexão através da música: características que fazem do Fortal um dos maiores projetos de entretenimento do país. Em 2020, após mais uma bem-sucedida edição, o Fortal vinha confirmando desde os primeiros meses do ano as atrações nacionais que agitariam o corredor da folia. Unindo a expectativa do público com a dos organizadores de fazer da festa mais uma vez um momento inesquecível, o evento foi surpreendido pelos contratempos decorrentes da pandemia que vivemos e que afetou todo o cenário artístico mundial.


Diante dessa situação, a direção do Fortal vem acompanhando todos os cenários possíveis e analisando as recomendações mundiais e locais de autoridades governamentais e sanitárias. O evento entende e tem consciência de que a demora por informações possa ter causado apreensão para o público, mas ressalta que todas as decisões foram tomadas no tempo certo e com zelo de quem pensa em cada detalhe, tendo sido considerada inclusive a possibilidade de adiamento para outr…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


Repercussão da morte de Claudinho:

Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

Fortal cancela edição 2020

Energia, emoção e conexão através da música: características que fazem do Fortal um dos maiores projetos de entretenimento do país. Em 2020, após mais uma bem-sucedida edição, o Fortal vinha confirmando desde os primeiros meses do ano as atrações nacionais que agitariam o corredor da folia. Unindo a expectativa do público com a dos organizadores de fazer da festa mais uma vez um momento inesquecível, o evento foi surpreendido pelos contratempos decorrentes da pandemia que vivemos e que afetou todo o cenário artístico mundial.


Diante dessa situação, a direção do Fortal vem acompanhando todos os cenários possíveis e analisando as recomendações mundiais e locais de autoridades governamentais e sanitárias. O evento entende e tem consciência de que a demora por informações possa ter causado apreensão para o público, mas ressalta que todas as decisões foram tomadas no tempo certo e com zelo de quem pensa em cada detalhe, tendo sido considerada inclusive a possibilidade de adiamento para outr…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …