Pular para o conteúdo principal

Confira Dicas Culturais para próxima semana

O Blog do Lauriberto apresenta Dicas Culturais para a próxima semana:

DOMINGO (19)

  • Projeto do Pôr do Sol Fortaleza, às 17 horas com Carlinhos Palhano (foto) tocando com  Hélio Rocha (violonista) e Felipe Adjafre (pianista) com apoio da Secretaria Municipal do Turismo (Setur-Fortaleza). Esta será a terceira live da edição especial “Férias de Julho”, com transmissão pelos perfis do Instagram @secretariadoturismodefortaleza e @felipeadjafre, e no canal do YouTube de Felipe Adjafre.
  • Lives do Serviço Social do Comércio (Sesc-CE):



SEGUNDA (20) 

10h15 - Live Porto Iracema - A pesquisa de Jean dos Anjos (foto) atravessa Religião, Arte e Cultura a partir de sua história, de outras pessoas e de elementos e divindades que o cercam.

Macumbeiro, fotógrafo e antropólogo, Jean estará no Instagram do Porto Iracema na próxima segunda-feira (20), a partir das 10h15, para a live 'Encruzilhadas, desejos e imagens: fazendo artes'.


Além de artista, Jean é, também, pesquisador no Laboratório de Antropologia Imagem da Universidade Federal do Ceará (LAI/UFC) e mantém o blog “Em outro hemisfério”, onde escreve sobre temas relacionados à arte, cultura e religião (acesse AQUI). Durante esta nova edição do “Entre Telas Artes Visuais”, mediada pela coordenadora do Laboratório de Artes Visuais, Aline Albuquerque, ele vai falar sobre o fazer artístico a partir das encruzilhadas, dos ventos, das matas, das águas e da terra. O debate abordará de Iemanjá à Pombagira, caminhos de desejo, festa e guerra, além de percursos entre saberes e práticas macumbeiras, exercícios de cura e implicações éticas na produção de imagens.

O “Entre Telas” integra uma série de ações virtuais promovidos pelo Porto Iracema Escola para este período de isolamento social e vem trazendo artistas e pesquisadores a fim de discutir suas formações e processos criativos sob diferentes contextos.
Sobre Jean dos Anjos

Macumbeiro, artista, fotógrafo, antropólogo, pesquisador do Laboratório de Antropologia Imagem (LAI/UFC).


Sobre a Escola - O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há seis anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.


Serviço

  • 'Nova edição do Entre Telas Artes Visuais recebe Jean dos Anjos para falar sobre fazer artístico a partir de encruzilhadas e elementos da natureza'.
  • Segunda-feira (20), a partir das 10h15.
  • Instagram do Porto Iracema das Artes.
=================

21 horas - Nóis de Teatro - Desde o início de julho, uma programação diversificada e protagonizada por artistas pretos vem sendo destacada nos canais de comunicação do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Concebido em parceria com o grupo Nóis de Teatro, responsável pela curadoria e produção do ciclo programático, o 'Siará Quilombo' continua e traz, nesta segunda-feira (20), às 21 horas, no canal do Dragão no YouTube, o '4º Alvoroço: microfone aberto online', um Sarau vVrtual aberto a artistas que tenham interesse em apresentar publicamente seus trabalhos.

O Sarau contará com a participação especial do Sarau da B1 e Sarau Okupação, dois coletivos das periferias de Fortaleza, e será apresentado pelo músico percussionista, ator e luthier Bruno Sodré (foto) e pela atriz, coreógrafa e professora de dança Doroteia Ferreira.

Em plataforma aberta indicada na live, os interessados poderão acessar a sala de transmissão ao vivo e performar suas poesias, cenas e escritos.

Conforme o diretor do Nóis de Teatro e coordenador de curadoria do Siará Quilombo, Altemar di Monteiro, a quarta edição do Alvoroço celebra um ano do projeto, realizado por ocasião do Encontro Estadual de Saraus, que aconteceu na sede do Nóis de Teatro.

Inicialmente com apresentações presenciais, com a necessidade do isolamento social, o projeto foi adaptado e acontece, pela primeira vez, no ambiente virtual. Além de festejar a rica produção cultural periférica, o sarau contribui para os atuais processos de pesquisa e debate sobre arte e cidade e suas possibilidades dramatúrgicas.

Confira os mestres de cerimônia:


  • Bruno Sodré (foto) @sodrebatuqueiro - Músico percussionista, ator e lutier, pesquisa folguedos populares, música experimental e contemporânea. Coordena o projeto Brincantes Sonoros, técnico no Nóis de Teatro e coordenação artística do Maracatu Nação Bom Jardim.
  • Doroteia Ferreira @dorohferreira - Dançarina, atriz e coreógrafa, atuante no Nóis de Teatro desde 2012. Intérprete-Criadora formada pelo Curso Técnico em Dança do Ceará. Formada em Educação Física, também é leciona dança no Centro Cultural do Grande Bom Jardim.
Sobre os convidados:


  • Okupação - Movimentação que surge em outubro de 2016 no bairro Antônio Bezerra, agregando o Sarau Okupação (foto Geová Alencar), a Biblioteca Comunitária Okupação e o Slam da Okupa.
  • Sarau da B1 - Movimento independente realizado pelas e pelos Poetas de Lugar Nenhum, na periferia de Fortaleza, especificamente no Jangurussu. Está em sua 56º edição, com muita poesia, música, teatro, capoeira, sorteio de livros e resistência nas quebradas.
Até o início de agosto, outras ações surpreenderão o público nos canais de comunicação do Dragão do Mar, onde o Nóis de Teatro atuará com ações de debate e visibilidade da comunicação e do protagonismo preto online, seja nos stories e no feed, além do site e canal do Dragão no YouTube. Mais detalhes sobre a programação do Siará Quilombo podem ser encontrados no site do Dragão do Mar (www.dragaodomar.org.br).
Siará Quilombo

Siará Quilombo é um projeto que celebra a força e a potência dos artistas pretes do Ceará a partir do que o Nóis de Teatro chama de 'aquilombamento virtual': Arte e Comunicação como estratégia de enfrentamento ao racismo. A fim de contribuir com a visibilidade dos/das artistas e coletivos pretes cearenses e ampliar o debate sobre o protagonismo preto na produção cultural brasileira, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) convidou o Nóis de Teatro para realizar o pensamento curatorial bem como para utilizar os canais de comunicação do Dragão como veículo de expressão artística e debate de pautas pertinentes ao tema.

A programação homenageia a memória de Thina Rodrigues, cofundadora e ex-presidente da Associação de Travestis do Ceará (Atrac). O Siará Quilombo conta com a coordenação de curadoria de Altemar Di Monteiro e produção de Kelly Enne Saldanha e Henrique Gonzaga, que também são apresentadores junto com Bruno Sodré e Doroteia Ferreira; Batuta assume a técnica de vídeo e a interpretação de Libras é feita por Roberto Junior Negão e Grazi Gomes.

Serviço

  • Siará Quilombo – 4º Alvoroço: microfone aberto online
  • Segunda-feira (20), às 21 horas
  • Canal do Dragão do Mar no YouTube
  • Acesso gratuito e livre | Acessível em Libras.
===================


O livro e o documentário Os Profetaspelo observar da natureza e o desejo de chover serão lançados em três lives na segunda (20), terça (21) e quarta (22) 

Os encontros virtuais terão a participação de grandes nomes da cultura cearense para conversar sobre o livro e o documentário que registram a vida de homens e mulheres do sertão cearense, conhecidos como profetas da chuva, que dominam o conhecimento popular do semiárido para prever a chegada da água por meio de observações e experiências de fenômenos naturais. 

As transmissões ocorrem sempre às 17 horas e serão feitas pelos canais do Youtube da Invento Produções Culturais e da Cagece. O evento virtual marca os 49 anos da principal empresa pública do Ceará, a Cagece.

A live do lançamento do livro 'Os Profetas – pelo observar da natureza e o desejo de chover' ocorre, na segunda-feira (20) e tem como convidados a escritora e jornalista Claudia Albuquerque (uma das autoras do livro), o escritor e Secretário de Cultura do Ceará Fabiano Piúba e o escritor e pesquisador Gilmar de Carvalho (autor do prefácio do livro), tendo como mediador o produtor cultural Osiel Gomes. 

Eles vão falar sobre diferentes assuntos tratados no livro, incluindo contextualizações e reflexões sobre os profetas da chuva, destacando a necessidade de registrar, valorizar e promover o ofício desses mestres da cultura popular cearense, no sentido de salvaguardar os modos de viver e habitar dos povos do sertão nordestino.

A partir de segunda (20), o livro eletrônico poderá ser acessado gratuitamente no site oficial do projeto, no link www.livroprofetas.com.br, e estará disponível também em audiolivro para a escuta do livro narrado com audiodescrição. Já a versão impressa será distribuída gratuitamente para bibliotecas públicas e comunitárias do Sistema Estadual de Bibliotecas do Ceará, para escolas e universidades de Quixadá. Será entregue também para os profetas da chuva de Quixadá.

Observadores da Natureza: profecias & ciência é a segunda live que será realizada na terça-feira (21) e tem como convidados o escritor e jornalista Benedito Teixeira (autor de três capítulos do livro), a pesquisadora e psicóloga Karla Martins e a meteorologista e pesquisadora da Funceme, Meiry Sakamoto. A mediadora será a editora e jornalista Dalviane Pires, também gestora de comunicação em projetos da Cagece. Esta live será um momento do encontro da tradição popular e a ciência. Serão discutidas diferentes perspectivas sobre as profecias de previsão de chuva, passeando pela cultura, psicanálise, e pela ciência. A conversa contará convidados com visões e falas bem diferentes, mas todos com um denominador comum: o respeito aos saberes dos profetas da chuva enquanto uma manifestação da cultura popular tradicional cearense.

A terceira live, na quarta-feira (22), é do lançamento do documentário Profetas da Chuva no Imaginário do Audiovisual. A jornalista e professora Bete Jaguaribe é uma das convidadas. Terá a participação também do realizador audiovisual Vitor Grilo (diretor do documentário) e do cineasta Wolney Oliveira. O mediador é o produtor cultural Osiel Gomes. O documentário, que poderá ser acessado no site oficial do projeto a partir do dia 22, é também uma forma de registrar, valorizar e promover os profetas da chuva cearenses, salvaguardando os modos de viver e habitar dos sertanejos nordestinos. É mais uma narrativa e um registro documental sobre os saberes desses mestres da cultura, perpassando por algumas questões sociais e culturais.

O projeto faz parte das comemorações dos 49 anos da Cagece (Companhia de Água e Esgoto do Ceará) e tem produção executiva da Invento Produções Culturais, em parceria com a D’Grau Produções. É uma realização da Seara Cultura e Desenvolvimento, da Secretaria Especial da Cultura e do Ministério do Turismo, com patrocínio da Cagece e do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades.

FICHA-TÉCNICA

Produção Executiva Emídio Sanderson e Osiel Gomes
Assistente de Produção Andrea Feijão
Apoio Editorial pela Cagece Dalviane Pires

Equipe Livro 'Os Profetas'

Editora Sílvia Leite
Textos Benedito Teixeira, Cláudia Albuquerque e Ethel de Paula
Projeto GráficoRafael Limaverde
Diagramação Rafael Limaverde e Marisa Marques
Revisão Socorro Franco
Transcrição de Entrevistas Helmo Fernandes
Tratamento de Imagens Elton Gomes
Ilustrações Raisa Christina
Imagens: Luiz Alves, Sheyla da Justa, Beto Skeff, Deivyson Teixeira, Dimitri Túlio, Felipe Abud, Jean dos Anjos, Marcos Studart, Rafael Limaverde, Thiago Nozzi, Arquivo Gilmar de Carvalho, Arquivo Nirez, Arquivo Imagem Brasil - Gentil Barreira e Patrícia Veloso

Equipe do Audiolivro:

Narração Bruna Leão
Audiodescrição Klístenes Braga
Gravação e ediçãoJosiel Cabeça/ Estúdio Fênix
Direção de gravação Klístenes Braga
Produção Grupo Bandeira das Artes

Equipe Mini Documentário Os Profetas

Diretor Audiovisual Vitor Grilo
Assistente de Direção Lara Albuquerque
Operador de Câmera Jean Ribeiro
Técnico de Som Direto Paulo Ribeiro

Segunda (20), às 17 horas
Live - Lançamento do Livro “Os Profetas – pelo observar da natureza e o desejo de chover”
Convidados: Claudia Albuquerque (escritora e jornalista), Fabiano Piúba (escritor e Secretário de Cultura do Ceará) e Gilmar de Carvalho (escritor e pesquisador)
Mediador: Osiel Gomes (produtor cultural)

CANAIS DE TRANSMISSÕES DAS LIVES
INVENTO PRODUÇÕES CULTURAIS
Youtube: https://www.youtube.com/inventoproducoesculturais
CAGECE
Youtube: https://www.youtube.com/user/CageceOficial
Site Oficial: www.livroprofetas.com.br
====================

TERÇA (21)

Férias no São Luiz Dendi Casa - A programação de Férias no São Luiz que ocorria nos meses de janeiro e julho no Cineteatro, todos os anos, lotava a Praça do Ferreira e as sessões de Cinema. 

A programação completamente gratuita era pensada com muito carinho para crianças, jovens e famílias. 

Neste ano, devido a Pandemia do Novo Coronavírus, não foi possível oferecer Cinema de graça na praça.

Mas é com o mesmo sentimento de proporcionar programação de qualidade e gratuita que o Cineteatro São Luiz coloca em cartaz, a partir desta terça-feira (21), o 'Férias no São Luiz Dendicasa”, com uma seleção de 14 projetos aprovados no edital DendiCasa da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Tudo produzido por artistas da terra.


A curadoria realizada pelo São Luiz é multilinguagem e traz contações de histórias, circo, cinema e oficinas. Todos os projetos que compõem o “Férias no São Luiz Dendicasa” totalizam quatro horas de duração e estarão disponível para o público maratonar no site e no canal do YouTube do Cineteatro.

Contação de Histórias - Palavras, imagens e sons nos transportam para um mundo mágico que estimula emoções, imaginação, memória e criatividade. Não por acaso, o Cineteatro selecionou sete contações de histórias, todas bem diferentes e incríveis.

“Ainda se houve sua história contar: esse menino, aqui do Ceará, contra a escravatura lutou com a bravura de um Dragão do Mar!”. Uma contação em formato de vídeo com palavras e música do livro “Dragão, Menino do Mar” é feita em 14 minutos pelo Duoal, duo artístico formado pelas musicistas, educadoras musicais e contadoras de histórias Amanda Nunes (CE) e Lenina Silva (PA).

“Tio Marcelino Conta e Canta” histórias que resgatam cantigas populares: “O Menino e a Lua”; “Desenhos e Brinquedos”; “A canoa virou”, “Pintinho Amarelinho”, “Cachorrinho” e “Sabiá”; e, por fim, “Cantando no Sofá”, que transforma o móvel em palco, papelão em janela, caixa de doce em trem e par de meias em minhocas. 

São quase 30 minutos de aventuras com Marcelino Câmara Gomes: especialista em Arte e Educação, é ator, palhaço, contador de histórias, músico, compositor, escritor e arte educador desde 1993.

“Chá Fabular” conta a história “O Bode Ioiô” do escritor Almir Mota, que vivia no centro de Fortaleza por volta de 1915. Narrada pela contadora de histórias, idealizadora do projeto “Lamparinas de Histórias” e também sommelière de chá, Júlia Barros, a contação de cinco minutos é harmonizada com um suchá de rooibos com laranja.

Por falar no escritor e contador de histórias Almir Mota, o audiolivro “O Galo Peregrino” foi escrito por ele e tem ilustrações de Eduardo Azevedo. Indicado para crianças de todas as idades, a história de seis minutos se passa no interior de Portugal, precisamente no Caminho de Santiago de Compostela, na cidade de Barcelos. Um dia, um galo que sempre observava as pessoas passarem, é convidado por um peregrino a seguir com ele até Santiago de Compostela, na Galícia. No caminho, essa dupla encontra os amigos para seguir até a cidade do santo apóstolo.

“Tobias e a fantástica aventura de um dia comum” é sobre uma criança curiosa que transforma tudo em aventuras. Entre histórias e canções, o seu dia se torna extraordinariamente comum. Tobias em sua jornada enfrenta vários medos, perdas e sentimentos, esses obstáculos lhe ajudam a aprender a encarar as aventuras do dia a dia. Essa história, que tem pouco mais de 12 minutos, é contada em formato de podcast e foi idealizado pelo Grupo Galhofo: grupo de teatro que tem como foco de pesquisa a dramaturgia infantil.

“Um Tiquim de Cada Coisa” é um espetáculo de sete minutos que busca incentivar a leitura, difundir a cultura popular nordestina e os autores cearenses. O projeto conta com os atores e contadores de histórias Vânia Rodrigues e Nádia Aguiar, com o palhaço Josifram Teixeira, o músico e pesquisador Bruno Marques e produção de vídeo de Anastácia Menina.

“Chuáá” narra em sete minutos o conto “O Camaleão Indeciso”. O amigo Camaleão deixa para trás a sua cor preferida, pois quer agradar a todos. A história é contada por Vânia de Sousa Rodrigues: atriz, contadora de histórias, palhaça e produtora cultural.
Espetáculos circenses

Tem espetáculo que tira sorrisos de qualquer um e é por isso, respeitável público, que o São Luiz separou duas programações imperdíveis.

No programa #FicaemCasa com Dona Zefinha, o Palhaço Pafim mostra em quinze minutos um pouco de sua rotina durante o isolamento social, exercitando-se, tocando instrumento, dançando e brincando com origami. O grupo Dona Zefinha possui linguagem musical e dramaturgia próprias, une música, teatro e elementos do circo e de espetáculos de rua.

Atenção que agora é hora do “Plantão de Utilidade Lúdica”. São trinta minutos de arte e saúde em tempos de quarentena com a dupla de palhaças MariAna, da Carroça de Mamulengos, no desafio de cuidar da alegria da humanidade.


Cinema Animações incríveis, feitas por artistas do Ceará, inclusive por estudantes, também fazem parte dessa mostra.

A Mostra Internética de Cinema Infantil (MICI) reúne seis obras audiovisuais infantis realizadas por estudantes cearenses, são elas: “BLAWARH navegando no deserto” (15’) de Levi Magalhães, “Cake Fighter” (3’25’’) de Kelvin Lessa e Ianna Leal, “Marlon Brando em um dia de cão” (3’) de Luca Salri, “Julia e o Monstro” (1’28’’) de Gustavo Moraes, Olavo Oliveira, Thaís Gouveia, Yanka Leandra e Nayane Vasconcelos, “Volta” (1’05’’) de Denise Cunha e “Tarefa Impossível” (1’30’) também de Denise Cunha.

O curta “Subnews” é uma produção caseira e autoral em stop motion de seis minutos, realizada como aprendizado da técnica e de mais uma forma de realizar a terapia caseira com filmes. Alex Ferreira, autor da obra, utiliza desse tipo de terapia com seu filho Gabriel, que é autista (TEA).

“Cinema com as coisas do lar” da Trupe Motim de Teatro tem um pé em cinema e outro em formação. Isso porque em seus quase 30 minutos exibe quatro curtas-metragens, sendo que em um deles os realizadores revelam o processo de criação – inteiramente dentro de casa. Esses curtas abordam temas contemporâneos, inspirados em eventos reais, misturando fantasia, ficção científica, comédia e horror, de uma forma bastante divertida e criativa.

Formação - As oficinas dessa Mostra vão da criação de bonecos a técnicas de uso do lápis de cor. Para a criação de personagens e quem sabe para uma futura exposição de desenhos?

A cearense Simone Barreto, artista visual e arte-educadora apresenta uma oficina de vinte e cinco minutos que pode ser realizada por toda a família. Se trata da produção de uma estrutura para criação de bonecos artísticos. A partir desta estrutura, Simone garante que cada um poderá realizar sua criação a partir dos materiais que dispõe.

“Lápis de colorir o céu do Ceará” é uma aula de quase trinta minutos em que Juliana Rabelo, ilustradora e professora, apresenta técnicas de uso do lápis de cor: texturas, criação de gradientes e preenchimentos uniformes. Como exercício, ela colore um pôr do sol do Ceará, fazendo uma releitura em lápis de cor a partir de uma fotografia.
Edital Cultura DendiCasa

Os projetos aqui citados tiveram o apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult), por meio do Edital Cultura DendiCasa, para o incremento da economia artística, criativa e cultural no Ceará e para garantir o acesso continuado da população cearense à arte e à Cultura no contexto de emergência e de enfrentamento da Covid-19. ⠀

Serviço
  • Férias no São Luiz Dendicasa
  • Terça (21) - Site do Cineteatro (www.cineteatrosaoluiz.com.br) e em seu no canal no YouTube (https://www.youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza).
===========

Live - Observadores da Natureza: Profecias & Ciência, às 17 horas.
Convidados: Benedito Teixeira (escritor e jornalista), Karla Martins (pesquisadora e psicóloga) e Meiry Sakamoto (meteorologista e pesquisadora da FUNCEME)
Mediadora: Dalviane Pires (editora e jornalista).

CANAIS DE TRANSMISSÕES DA LIVE INVENTO PRODUÇÕES CULTURAIS
Youtube: https://www.youtube.com/inventoproducoesculturais
CAGECE
Youtube: https://www.youtube.com/user/CageceOficial
Site Oficial: www.livroprofetas.com.br

QUARTA (22)

Live - Profetas da Chuva no Imaginário do Audiovisual, às 17 horas.
Convidados: Bete Jaguaribe (jornalista e professora), Vitor Grilo (realizador audiovisual) e Wolney Oliveira (cineasta).
Mediador: Osiel Gomes (produtor cultural).
Lançamento do documentário: Os Profetas.
CANAIS DE TRANSMISSÕES DA LIVE INVENTO PRODUÇÕES CULTURAIS
Youtube: https://www.youtube.com/inventoproducoesculturais
CAGECE
Youtube: https://www.youtube.com/user/CageceOficial
Site Oficial: www.livroprofetas.com.br


Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…

Postagens mais visitadas deste blog

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…