Pular para o conteúdo principal

Cargas do Coronavírus baixas nos esgotos das seis capitais

 


Com dados entre as semanas epidemiológicas 38 e 41, de 18 de setembro a 15 de outubro, o Boletim de Acompanhamento nº 20/2022 da Rede Monitoramento COVID Esgotos informa que cinco capitais acompanhadas – Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro – registraram simultaneamente baixas cargas e concentrações de SARS-CoV-2. Em Belo Horizonte a carga do Novo Coronavírus também ficou num patamar baixo, enquanto as concentrações virais foram predominantemente intermediárias nesse período.

 

No cenário de Pandemia, o monitoramento dos esgotos realizado pela Rede segue sendo uma ferramenta para o acompanhamento dos efeitos das medidas de flexibilização na circulação do Novo Coronavírus. Os dados das seis capitais acompanhadas podem ser acessados no Painel Dinâmico

 

Belo Horizonte (MG) 

 

Em Belo Horizonte a Rede Monitoramento Covid Esgotos verificou uma tendência de redução das cargas virais entre as semanas epidemiológicas 38 (de 18 a 24 de setembro) e 41 (de 9 a 15 de outubro). Nesse período de quatro semanas, as cargas virais registradas foram respectivamente de: 31,1 bilhões; 15,7 bilhões; 26,3 bilhões; e 22,6 bilhões de cópias do Novo Coronavírus por dia para cada 10 mil habitantes. Esse patamar de carga viral é considerado baixo.

 

Desde o início do monitoramento na capital mineira, em abril de 2020, a maior carga foi registrada na semana epidemiológica 21 deste ano (de 22 a 28 de maio): 707,5 bilhões de cópias do Novo Coronavírus por dia para cada 10 mil habitantes.

Evolução da carga viral no esgoto de Belo Horizonte

 

Entre as semanas epidemiológicas 38 e 41, as concentrações do Novo Coronavírus em Belo Horizonte foram baixas (de 1 a 4 mil cópias do vírus por litro das amostras) ou moderadas (de 4 mil a 25 mil cópias do vírus por litro), representadas respectivamente em amarelo e laranja nos mapas a seguir.

Distribuição espacial das concentrações do Novo Coronavírus nas ETEs monitoradas em Belo Horizonte entre as semanas epidemiológicas 38 e 41 de 2022

 

Nos três pontos especiais de monitoramento da capital mineira, entre as semanas 38 e 41, o Novo Coronavírus foi detectado no terminal rodoviário monitorado com concentrações intermediárias. Tanto no lar de idosos quanto no Aeroporto Internacional de Confins as concentrações variaram entre baixas e intermediárias, conforme a tabela a seguir.

Concentração do Novo Coronavírus no esgoto dos pontos especiais de monitoramento em Belo Horizonte

 

Brasília (DF)

 

Entre as semanas epidemiológicas 38 (de 18 a 24 de setembro) e 39 (de 25 de setembro a 1º de outubro), não foram detectadas cargas do Novo Coronavírus nos esgotos das sete estações de tratamento de esgotos (ETEs) do Distrito Federal monitoradas. Já nas semanas 40 e 41, as cargas foram respectivamente de 1,7 bilhões e 0,7 bilhão de cópias do Novo Coronavírus por dia para cada 10 mil habitantes – patamar considerado baixo.

Evolução da carga viral no esgoto do Distrito Federal 

 

Entre as semanas epidemiológicas 38 e 39, em todos os pontos de monitoramento, indicados em verde nos mapas a seguir, não foram detectadas concentrações do Novo Coronavírus. Já nas semanas 40 e 41, os pontos com concentrações baixas, em amarelo, tiveram um aumento nesse período.

Distribuição espacial das concentrações do Novo Coronavírus nas ETEs monitoradas no DF entre as semanas epidemiológicas 38 e 41 de 2022 

 

Curitiba (PR)

 

Em Curitiba, entre as semanas epidemiológicas 38 (de 18 a 24 de setembro) e 41 (de 9 a 15 de outubro), a menor carga viral foi de 4,4 bilhões de cópias do Novo Coronavírus por dia para cada 10 mil habitantes (semana 39) e a maior foi de 20,4 bilhões de cópias por dia para cada 10 mil habitantes (semana 38). Essas cargas são consideradas baixas e são equivalentes aos valores registrados nos últimos meses de 2021.

Evolução da carga viral no esgoto de Curitiba

 

Entre as semanas epidemiológicas 38 e 41, Curitiba não registrou concentrações virais em alguns pontos de monitoramento na semana 39, indicados em verde nos mapas a seguir. Nesse período de quatro semanas as concentrações detectadas nos pontos de monitoramento variaram entre baixas (entre 1 e 4 mil cópias por litro das amostras) e moderadas (de 4 mil a 25 mil cópias por litro), respectivamente indicadas em amarelo e laranja nos mapas a seguir.

Distribuição espacial das concentrações do Novo Coronavírus nas ETEs monitoradas em Curitiba entre as semanas epidemiológicas 38 e 41 de 2022 

 

Fortaleza (CE)

 

Entre as semanas epidemiológicas 38 (de 18 a 24 de setembro) e 41 (de 9 a 15 de outubro), a Rede Monitoramento Covid Esgotos não detectou a presença de cargas do Novo Coronavírus nos esgotos de Fortaleza na semana 40 (de 2 a 8 de outubro). Nesse período de quatro semanas a menor carga registrada foi de 2,6 bilhões de cópias do vírus para cada 10 mil habitantes (semana 38) e a maior foi de 4,7 bilhões (semana 39).

Evolução da carga viral no esgoto de Fortaleza 

 

Entre as semanas epidemiológicas 38 e 41, a concentração do Novo Coronavírus em Fortaleza foi baixa (de 1 a 4 mil cópias por litro das amostras) ou sequer foi detectada, o que está indicado respectivamente em amarelo e verde nos mapas a seguir.

Distribuição espacial das concentrações do Novo Coronavírus nos pontos monitorados em Fortaleza entre as semanas epidemiológicas 38 e 41 de 2022 

 

Recife (PE)

 

No Recife, entre as semanas epidemiológicas 38 (de 18 a 24 de setembro) e 41 (de 9 a 15 de outubro), a Rede Monitoramento Covid Esgotos somente registrou uma baixa carga viral, de 0,2 bilhão de cópias do Novo Coronavírus por dia para cada 10 mil habitantes, na semana 39 (de 25 de setembro a 1º de outubro). Nas demais semanas não foram registradas cargas virais no esgoto da capital pernambucana.

Evolução da carga viral no esgoto de Recife

 

Em termos de concentrações virais, o Novo Coronavírus foi detectado em concentrações baixas (de 1 a 4 mil cópias virais por litro das amostras) na semana epidemiológica 39 (de 25 de setembro a 1º de outubro), o que está indicado em amarelo nos mapas a seguir. Nas semanas 38, 40 e 41 não houve registro de concentração viral nos pontos monitorados na capital pernambucana.

Distribuição espacial das concentrações do Novo Coronavírus nas ETEs monitoradas em Recife entre as semanas epidemiológicas 38 e 41 de 2022

 

Rio de Janeiro (RJ)

 

Da semana epidemiológica 38 (de 18 a 24 de setembro) à 41 (de 9 a 15 de outubro), a Rede Monitoramento Covid Esgotos detectou a presença de carga do Novo Coronavírus somente em patamares baixos no Rio de Janeiro. Nesse período a maior carga foi de 0,6 bilhão de cópias por dia para cada 10 mil habitantes (semana 38) e a menor foi de 0,1 bilhão de cópias por dia para cada 10 mil habitantes (semana 41).

Evolução da carga viral no esgoto do Rio de Janeiro

 

Nos pontos monitorados na capital fluminense, entre as semanas 38 e 41, houve dois tipos de situação: ou o vírus não foi detectado ou teve baixas concentrações (entre 1 e 4 mil cópias por litro das amostras), o que está respectivamente destacado em verde e amarelo nos mapas a seguir.

Distribuição espacial das concentrações do Novo Coronavírus nos pontos monitorados no Rio de Janeiro entre as semanas epidemiológicas 38 e 41 de 2022 

 

Sobre a Rede Monitoramento COVID Esgotos

 

A Rede Monitoramento Covid Esgotos acompanha as cargas virais e concentrações do Novo Coronavírus no esgoto de seis capitais e cidades que integram as regiões metropolitanas de: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro. Esse trabalho busca ampliar as informações para o enfrentamento da pandemia atual. 

 

Nesse sentido, os resultados gerados sobre a ocorrência do Novo Coronavírus no esgoto das cidades em questão podem auxiliar as autoridades locais de saúde na tomada de decisões relacionadas à manutenção ou flexibilização das medidas de controle para a disseminação da COVID-19. Também podem fornecer alertas precoces dos riscos de aumento de incidência do vírus de forma regionalizada.

 

Com os estudos o grupo pretende identificar tendências e alterações na ocorrência do vírus no esgoto das diferentes regiões monitoradas, o que pode ajudar a entender a dinâmica de circulação do vírus. Outra linha de atuação é o mapeamento do esgoto para identificar áreas com maior incidência da doença e usar os dados obtidos como uma ferramenta de alerta precoce para novos surtos, por exemplo.

 

Informações mais detalhadas sobre os pontos de monitoramento, incluindo a justificativa para o monitoramento de cada ponto, constam do Boletim de Apresentação da Rede. O histórico de resultados pode ser consultado nos Boletins de Acompanhamento, disponíveis no site da ANA. Acesse também o Painel Dinâmico da Rede Monitoramento COVID Esgotos, onde são disponibilizados semanalmente os resultados para todas as regiões que integram a Rede.

 

A Rede é coordenada pela ANA e INCT ETEs Sustentáveis com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e conta com os seguintes parceiros: Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Além disso, a Rede conta com a parceria de companhias de saneamento locais e secretarias estaduais de Saúde.

Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM)

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)

(61) 2109-5129 / 5495 / 98129-8288 (WhatsApp)

imprensa@ana.gov.br www.gov.br/ana

Facebook | Instagram | Twitter | YouTube | LinkedIn | TikTok

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p

Orgulho Lésbico

 

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Morre Rolando Boldrin

Informa o G1: O ator, cantor, compositor e apresentador da TV Cultura Rolando Boldrin morreu nesta quarta-feira aos 86 anos, em São Paulo. A causa da morte não foi informada. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein havia 2 meses. O velório será realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Com mais de 60 anos de carreira na TV, Rolando Boldrin apresentou o programa musical "Sr. Brasil" por 17 anos. "Ele tirou o Brasil da Gaveta' e fez coro com os artistas mais representativos de todas as regiões do país. Em seu programa, o cenário privilegiava os artesãos brasileiros e era circundado por imagens dos artistas que fizeram a nossa história, escrita, falada e cantada, e que já viajaram, muitos deles 'fora do combinado', conforme costumava dizer Rolando", diz nota da TV Cultura. Boldrin também fez carreira na teledramaturgia. Como ator, Rolando atuou em mais de 30 novelas, como “O Direito de Nascer”; “As Pupilas do Senhor Reitor”; “Os D

Postagens mais visitadas deste blog

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p

Orgulho Lésbico

 

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Morre Rolando Boldrin

Informa o G1: O ator, cantor, compositor e apresentador da TV Cultura Rolando Boldrin morreu nesta quarta-feira aos 86 anos, em São Paulo. A causa da morte não foi informada. Ele estava internado no Hospital Albert Einstein havia 2 meses. O velório será realizado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Com mais de 60 anos de carreira na TV, Rolando Boldrin apresentou o programa musical "Sr. Brasil" por 17 anos. "Ele tirou o Brasil da Gaveta' e fez coro com os artistas mais representativos de todas as regiões do país. Em seu programa, o cenário privilegiava os artesãos brasileiros e era circundado por imagens dos artistas que fizeram a nossa história, escrita, falada e cantada, e que já viajaram, muitos deles 'fora do combinado', conforme costumava dizer Rolando", diz nota da TV Cultura. Boldrin também fez carreira na teledramaturgia. Como ator, Rolando atuou em mais de 30 novelas, como “O Direito de Nascer”; “As Pupilas do Senhor Reitor”; “Os D