Pular para o conteúdo principal

Mais da metade dos idosos sem vínculo empregatício perdeu renda na Pandemia

Durante a epidemia do Novo Coronavírus, 36% dos idosos brasileiros que ainda trabalham ficaram sem rendimentos ou tiveram grande diminuição na renda. E entre aqueles que não possuem vínculo empregatício, esse número sobe para 55%. Estas são algumas conclusões da ConVid - Pesquisa de Comportamentos, coordenada pela Fiocruz, que tem buscado investigar como a Covid-19 tem afetado a vida dos brasileiros.

Mais de 45 mil pessoas participaram da pesquisa, no período de 24 de abril a 24 de maio, respondendo a um questionário online. Os primeiros resultados da análise já foram divulgados, e apontam para questões como o aumento de problemas relacionados à saúde mental da população. Os dados obtidos por essa primeira etapa foram analisados pelo Grupo de Informação em Saúde e Envelhecimento (Gise) da Fiocruz, que agora apresentam alguns pontos importantes relativos às pessoas com 60 anos ou mais. Os idosos representam 20% daqueles que responderam o questionário.

Os cientistas indicam, por exemplo, como é alto o percentual de idosos que tinham trabalhos remunerados antes da epidemia: 52,3%. “Assim, não seria correto afirmar que os idosos representam uma população dependente. O último censo já havia apontado que os rendimentos de pessoas com mais de 60 anos são essenciais para cerca da metade da renda dos domicílios brasileiros”, alerta Dalia Romero, coordenadora do Gise e integrante da equipe da pesquisa ConVid.

Em geral, a seguridade social diminui com a idade: 42% dos idosos trabalham sem vínculo empregatício. Entre as mulheres a desvantagem é maior: 49%, ou seja, uma a cada duas idosas que trabalha não tem vínculo formal. Entre os homens, o percentual é de 37%.

“Os idosos não apenas sofrem maior risco ante a Covid-19 em si, como também pelo enfraquecimento da seguridade social na fase de vida em que mais precisariam de proteção. O impacto negativo da epidemia na renda domiciliar afetará ainda a alta proporção de domicílios que dependem da força de trabalho dos idosos”, explica a pesquisadora.

Muitos em atividades essenciais - Dalia defende que, além de fortalecer os mecanismos de proteção econômica dos idosos, é fundamental reforçar o isolamento social para toda a população, e não apenas para grupos considerados de risco. “É necessário que haja políticas sociais, o governo não pode perder de vista a importância de aliar a manutenção do isolamento à garantia de suporte econômico, já que muitos idosos sustentam suas famílias. Eles não podem ser obrigados a ir para a rua, isso é mandá-los para a morte, especialmente em cidades como o Rio de Janeiro, que tem sérias deficiências na atenção básica e de assistência social”, alerta.

O percentual de idosos que exerce alguma atividade considerada essencial (assistência à saúde, segurança, transporte, serviço bancário etc) é de 34%, dentre o total dos que trabalham durante a epidemia. Entre as mulheres, esse percentual é de 37%.

Em relação à intensidade da restrição do contato com as pessoas, os pesquisadores verificaram que, entre os idosos, aqueles que exercem atividades essenciais fizeram menos isolamento que os demais: 42% apenas reduziram um pouco o contato social.

Resultados da ConVid mostram também que, a cada 10 domicílios, quatro têm pelo menos um morador idoso. Dezoito por cento deles moram sozinhos. “Assim, o isolamento social de todos e a rede de assistência social e de atenção básica é fundamental para garantir a saúde de toda a população. Cuidar do idoso é cuidar de todos, é cuidar do país”, destaca Dalia.

Cuidadores também são vulneráveis - No Brasil, cuidadores de idosos também estão em situação de muita vulnerabilidade ante a epidemia. Os dados da pesquisa mostraram que em 56% dos domicílios em que havia um idoso assistido por um cuidador, o profissional continuou trabalhando durante a pandemia. Esse percentual é 76% nos domicílios de maior renda per capita. “Na maioria das vezes são mulheres pobres as responsáveis por esse cuidado, sem direitos formais. E depois do trabalho elas voltam para casa, em territórios cujas condições aumentam a vulnerabilidade”, reforça a pesquisadora da Fiocruz, lembrando que cuidadores de idosos são enquadrados na categoria de empregados domésticos, não sendo reconhecidos como categoria ocupacional.

A pesquisadora aponta que cerca de 500 mil domicílios brasileiros (8%) têm idosos com restrição das atividades cotidianas, ou seja, que precisam de ajuda. E, em 28% desses casos, essa ajuda é dada por um cuidador. Um quadro que aproxima duas fatias da população com grande vulnerabilidade no contexto da pandemia: idosos que muitas vezes vivem sozinhos e necessitam de cuidados, e mulheres pobres que precisam sair de casa e se expor para garantir o sustento da família.

“O SUS é universal, é preciso que a população rica e a classe média lute também para que a atenção básica e a saúde da família chegue a todos. Mulheres pobres, muitas delas negras, precisam preservar a vida e ficar em casa. Para isso, precisam de assistência social eficiente”, completa Dalia Romero.

Os resultados do estudo estão dentro de uma amostra de 45.161 indivíduos que participaram da ConVid no período de 24 de abril a 24 de maio de 2020. A investigação é coordenada pelo Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict/Fiocruz), em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais e a Universidade Estadual de Campinas. A amostra da ConVid foi calibrada por meio dos dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios (Pnad, 2019) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para obter a mesma distribuição por Unidade da Federação, sexo, faixa etária, raça/cor e grau de escolaridade da população brasileira. A pesquisa segue em andamento.



Comentários

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Reitora da Unifametro reforça a importância do Ensino Online e Presencial

 Com o anúncio da liberação de aulas presenciais em faculdades e universidades cearenses ainda no mês de junho, a importância do Ensino ganhou destaque, uma vez que as aulas virtuais foram presentes por mais de um ano. Para a reitora do Centro Universitário Fametro (UniFametro), professora Denise Ferreira Maciel (foto), o convívio social, mesmo com as restrições ainda necessárias, é importante, pois esse contato facilita o aprendizado.  - Estamos muito felizes com esse retorno autorizado e prontos, com toda segurança, para receber nossos alunos e professores”, destacou.  Para ela, somente a Educação pode transformar um País. - Com a pandemia, muitos adiaram a entrada no Ensino Superior e outros abandonaram seus estudos devido às dificuldades financeiras. Logo, para a retomada da Economia, é necessário mão-de-obra qualificada, e esse hiato na educação pode comprometer tal desenvolvimento a longo prazo”, pontuou Denise Maciel. Durante a interrupção das aulas presenciais, as faculdades se

Xand Avião demite DJ Ivis

 O cantor Xand Avião se posiciona e informa que DJ Ivis (Iverson de Souza Araújo) está fora da sua empresa (produtora Vybbe) e está dando apoio a Pamella Holanda e a filha de seis meses do casal. DJ Ivis bateu seguidas vezes na ex-mulher a arquiteta Pamella Holanda, de 27 anos. Vídeos que circularam na Internet mostram a violência, que foi denunciada na Delegacia de Eusébio neste domingo (11).  O DJ se defende, afirmando, que apenas revidou  ' as agressões de Pamella'. Prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) - A violência contra a mulher é inadmissível e se torna ainda mais cruel e repugnante na presença de filhos. Minha solidariedade à Pamella Holanda e a todas as mulheres que lamentavelmente sofrem com a violência doméstica. A Prefeitura de Fortaleza atua para garantir o apoio necessário às vítimas em casos assim. O Centro de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência Francisca Clotilde oferece acolhimento, acompanha e encaminha para serviços da Rede de Atend

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

SMS e MPCE investigam suposta 'furada de fila' de Thyane e porque Wesley Safadão escolheu vacina anti coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS) instaurou processo administrativo para averiguar a aplicação da vacina janssen contra a covid-19 na digital influencer Thyane Dantas, de 30 anos, nesta quarta-feira (8 de julho), no North Shopping Jóquei. Ela não constava na lista de agendados. O Ministério Público do Ceará (MPCE) também investiga os casos. Segundo o promotor de justiça, Eneas Romero, o MPCE vai ouvir as partes: - Como agora temos esse critério cronológico, que é a idade, fica mais fácil apontar essas questões, se foi realmente 'xepa', se foi fura fila. É um dever do Ministério Público investigar tudo isso. Mesmo que não se saiba exatamente o que aconteceu, existem meios para checar isso, como o cartão da vacina, quem fez a aplicação, quais os dados foram registrados no recebimento dessa dose", destaca Eneas Romero. A SMS investiga também porque o o esposo de Thyane, o cantor Wesley Safadão, de 32 anos, mudou de local de vacinação para receber a dose única

Postagens mais visitadas deste blog

Ednardo está internado com uma infecção bacteriana

Soube, na manhã desta segunda-feira (31), que o cantor Ednardo (foto) está internado, numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Unimed Fortaleza. Ednardo tenta se curar de uma infecção bacteriana. O cantor de 75 anos está internado há uma semana. Filha de Ednardo, atriz e cantora J úlia Limaverde - " Nosso amado pai e querido artista Ednardo está agora no hospital se recuperando de complicações com uma infecção. Ele não está com Covid nem corre risco de vida. De todas as formas agradecemos de coração o envio de todas as energias positivas para sua pronta recuperação". Deputado estadual Renato Roseno (Psol) - " Recebemos a informação pelas redes sociais de que o poeta Ednardo está internado na UTI de um hospital em Fortaleza. Estamos na torcida por sua pronta recuperação. Ednardo é um Patrimônio Vivo da nossa Música". Vereador Evaldo Lima (PCdoB) - " Ednardo resiste como as suas mais lindas canções sobre as coisas do Ceará.

Reitora da Unifametro reforça a importância do Ensino Online e Presencial

 Com o anúncio da liberação de aulas presenciais em faculdades e universidades cearenses ainda no mês de junho, a importância do Ensino ganhou destaque, uma vez que as aulas virtuais foram presentes por mais de um ano. Para a reitora do Centro Universitário Fametro (UniFametro), professora Denise Ferreira Maciel (foto), o convívio social, mesmo com as restrições ainda necessárias, é importante, pois esse contato facilita o aprendizado.  - Estamos muito felizes com esse retorno autorizado e prontos, com toda segurança, para receber nossos alunos e professores”, destacou.  Para ela, somente a Educação pode transformar um País. - Com a pandemia, muitos adiaram a entrada no Ensino Superior e outros abandonaram seus estudos devido às dificuldades financeiras. Logo, para a retomada da Economia, é necessário mão-de-obra qualificada, e esse hiato na educação pode comprometer tal desenvolvimento a longo prazo”, pontuou Denise Maciel. Durante a interrupção das aulas presenciais, as faculdades se

Xand Avião demite DJ Ivis

 O cantor Xand Avião se posiciona e informa que DJ Ivis (Iverson de Souza Araújo) está fora da sua empresa (produtora Vybbe) e está dando apoio a Pamella Holanda e a filha de seis meses do casal. DJ Ivis bateu seguidas vezes na ex-mulher a arquiteta Pamella Holanda, de 27 anos. Vídeos que circularam na Internet mostram a violência, que foi denunciada na Delegacia de Eusébio neste domingo (11).  O DJ se defende, afirmando, que apenas revidou  ' as agressões de Pamella'. Prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) - A violência contra a mulher é inadmissível e se torna ainda mais cruel e repugnante na presença de filhos. Minha solidariedade à Pamella Holanda e a todas as mulheres que lamentavelmente sofrem com a violência doméstica. A Prefeitura de Fortaleza atua para garantir o apoio necessário às vítimas em casos assim. O Centro de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência Francisca Clotilde oferece acolhimento, acompanha e encaminha para serviços da Rede de Atend

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

SMS e MPCE investigam suposta 'furada de fila' de Thyane e porque Wesley Safadão escolheu vacina anti coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS) instaurou processo administrativo para averiguar a aplicação da vacina janssen contra a covid-19 na digital influencer Thyane Dantas, de 30 anos, nesta quarta-feira (8 de julho), no North Shopping Jóquei. Ela não constava na lista de agendados. O Ministério Público do Ceará (MPCE) também investiga os casos. Segundo o promotor de justiça, Eneas Romero, o MPCE vai ouvir as partes: - Como agora temos esse critério cronológico, que é a idade, fica mais fácil apontar essas questões, se foi realmente 'xepa', se foi fura fila. É um dever do Ministério Público investigar tudo isso. Mesmo que não se saiba exatamente o que aconteceu, existem meios para checar isso, como o cartão da vacina, quem fez a aplicação, quais os dados foram registrados no recebimento dessa dose", destaca Eneas Romero. A SMS investiga também porque o o esposo de Thyane, o cantor Wesley Safadão, de 32 anos, mudou de local de vacinação para receber a dose única