Pular para o conteúdo principal

Começa operação das siamesas cearenses

O chefe da Cirurgia Plástica do HC-RP, Jayme Farina, e o neurocirurgião Hélio Machado começam a operar as siamesas (Chico Escolano/EPTV)

O Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto (SP) começou hoje a primeira das quatro operações para separação de gêmeas cearenses siamesas unidas pela cabeça. As irmãs de Patacas, distrito de Aquiraz, têm um ano e seis meses, e serão submetidas a quatro cirurgias ao longo de 2018. A primeira acontece hoje.

Chefe da equipe médica, o neurocirurgião Hélio Rubens Machado conta que elas têm boa saúde e se desenvolvem de acordo com a idade.

As gêmeas estão realizando exames há um ano. Os médicos tveram certeza da viabilidade da operação e, logo nos primeiros testes, foi possível constatar que os cérebros são separados, assim como as artérias, que levam o sangue do coração para a cabeça.

A partir daí, com apoio de uma equipe norte-americana, os crânios e os cérebros das siamesas foram reconstruídos em um molde tridimensional em acrílico, que contém detalhes de veias e artérias para todo o planejamento das cirurgias.

“O cérebro tem uma capacidade que a gente chama de neuroplasticidade, de se recuperar depois de traumas, doenças etc. Desde que a gente atue o mais precocemente possível e reabilite essas crianças, elas têm grande chance de ter um bom desenvolvimento futuro”, disse Hélio Machado.

Professor de neurorradiologia da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto (FMRP), Antônio Carlos dos Santos afirmou que as gêmeas foram submetidas a ressonância magnética e até a um cateterismo, para que o sistema vascular fosse reconstruído no molde 3D.

“O óbvio é que parte do crânio é comum, parte da pele é comum, parte do couro cabeludo é comum. Agora, o cérebro, felizmente, é bem dividido, cada um tem o seu, embora estejam muito próximos e algumas partes entrelaçadas. Mas, são individualizados”, afirmou.

Complexidade - Cerca de 30 profissionais estão envolvidos no caso, entre neurocirurgiões, neurologistas, anestesistas, cirurgiões plásticos, intensivistas, enfermeiros, entre outros. Referência nesse tipo de cirurgia, o médico James Goodrich, do Montefiore Medical Center de Nova Iorque, que já realizou 20 cirurgias desse tipo com sucesso, também integra a equipe.

A primeira operação marcada para hoje e serão feitas mais três cirurgias, com intervalo de dois meses entre elas. Em cada etapa, os médicos vão abrir uma parte diferente do crânio para separar os vasos sanguíneos que estão interligados.

“Essas veias são um entrave porque elas são capazes de passar de uma para a outra. Mas, também, os cérebros das duas estão próximos um do outro, bem rente e entremeado, e eles têm que ser separados. As três primeiras fases vão ser muito semelhantes”, explicou Machado.

Na última operação haverá a separação total das irmãs. O chefe da Divisão de Cirurgia Plástica da FMRP, Jayme Farina Junior, explicou que a última etapa será a mais complexa porque envolverá a reconstrução do crânio, uma vez que as gêmeas são unidas pelo topo da cabeça.

“Na cirurgia final, o maior desafio é fecharmos a parte superior do crânio, porque vai haver uma falha. Você imagina que, quando abre no meio, fica a parte superior aberta para as duas crianças. Por isso, tem que haver esse preparo com o planejamento tridimensional”, disse.

Farina Junior afirmou que o couro cabeludo da região occipital – em cima da nuca – será implantado na parte superior da cabeça. A área que ficará sem a pele receberá enxertos retirados de outras partes do corpo.

“A última [cirurgia] é a mais complexa, a mais demorada. Nós temos que idealizar de onde vamos tirar esses retalhos para fechamento da parte superior da cabeça. É um grande desafio, mas, ao mesmo tempo, gera um grande entusiasmo em toda a equipe”, afirmou.

Infraestrutura - O diretor do Departamento de Atenção à Saúde do Hospital das Clínicas, Antônio Pazin Filho destaca que o procedimento é estimado em US$ 2,5 milhões na rede particular nos Estados Unidos, mas será realizado no Brasil por cerca de R$ 100 mil, custeados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“É uma cirurgia que no Exterior tem um custo extremamente elevado e a gente está fazendo tudo pelo SUS, coberto pela secretaria do Estado de origem, e a contrapartida muito importante das duas instituições, tanto da faculdade, que está fomentando todo o transporte para esse pessoal que vem de fora, como todo o material que a gente vai precisar”, lembrou.

Segundo Pazin Filho, a separação das siamesas exigirá medidas extraordinárias, como a abertura do hospital em horário diferenciado, para evitar o fluxo de pacientes e de profissionais que não compõem a equipe envolvida.

“É uma experiência que está sendo muito útil para o corpo clínico aprender a lidar com desafios novos e, um dos nossos objetivos, como hospital terciário, e como hospital de ensino, é exatamente proporcionar o desenvolvimento desses novos tipos de situação”, finalizou.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…

Postagens mais visitadas deste blog

Morre músico Erickson Mendes

O vereador por Fortaleza, Professor Evaldo Lima (PCdoB) comunica a morte do músico cearense, Erickson Mendes, aos 51 anos, nesta quarta-feira (29). Erickson Mendes teve um ataque infarto fulminante em casa e não resistiu:

- Lamento profundamente o falecimento de Erickson Mendes, nome fundamental da Música Cearense. Erickson era a expressão do talento, simpatia, alegria. Espalhava amigos e canções no Cenário Cultural de Fortaleza. Belchior, Evaldo Gouveia e Erickson Mendes tocarão lindas canções no Céu!


Erickson Mendes destaca seu 'Cantinho Preferido', que era a Praia de Iracema:

Chistiane Luci Alves lembra, que nesta quarta-feira (29), às seis da noite, Erickson Mendes faria uma live em homenagem ao Belchior:
-  Hoje (29) ele estaria aí, cantando nosso Belchior. Mas partiu subitamente. Que triste, Erick Mendes. Siga na luz!", escreveu Chistiane Luci Alves.

Erickson Mendes nasceu em Quixadá, em 1969. Começou cantando em eventos religiosos e em 2012 iniciou sua carreira de músic…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Morre professor Luís Campos

"Acabo de receber a triste notícia que o doutor Luís Campos faleceu. Um grande alvinegro que nunca será esquecido, um guerreiro. Força aos familiares e amigos. As pessoas nunca partem de verdade, continuam vivas e felizes em nossas melhores memórias. Em vida doutor Luís Campos foi homenageado, nosso Centro de Treinamento em Itaitinga leva seu nome".




A informação é de gerente de Tecnologia e Inovação do Ceará, Marcos Medina. Luís Queiroz de Campos, morreu neste domingo (dois), aos 95 anos.
Luís Queiroz Campos foi meu professor no Curso de Comunicação Social-Jornalismo na década de 1980 na Universidade Federal do Ceará (UFC). Para nossa turma deu aulas de Deontologia da Comunicação. Era um professor 'Caxias', mas muito querido pela turma.
Deixa saudades não só da época de professor de Jornalismo da UFC, mas principalmente como homem público do Estado do Ceará e da Cidade de Fortaleza. Chegou a ser prefeito de Fortaleza (1962-1965). Foi diretor do Banco Nacional de Habitaç…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz

A jornalista Marlyana Lima informa a morte do jornalista Carlos Augusto Rocha Cruz (Carlão). Ele morreu no final da noite de domingo (12). Carlão estava internado há um mês com problemas renais.



Trabalhei com Carlão na Rádio Universitária FM nos anos 1980-1990. Ele era muito metódico e chegou a assessorar o então senador José Pimentel (PT). Foi padrinho da minha primeira filha, Cecília Braga.

No Departamento de Radialismo Informativo da Universitária FM, Carlão fazia produção e muito boas entrevistas.

Em sua última postagem no Facebook em nove de junho passado escreveu:

- Estou com saudades das ruas, dos bares, dos amigos, dos adversários e até das visitas das Testemunhas de Jeová".


FORTALEZA ANTIGA - "É com pesar que comunicamos o falecimento na noite de domingo (12) do criador do grupo Fortaleza Antiga, Carlos Augusto Rocha Cruz. Nosso querido Carlão partiu mas nos deixou ensinamentos inestimáveis que levaremos adiante na administração desse grupo. Carlos Augusto era jornalista…