Pular para o conteúdo principal

Polícia Militar do Ceará comemora 185 anos de fundação

Uma das instituições mais longevas do nosso Estado está comemorando uma grande marca: 185 anos de fundação da Polícia Militar do Ceará (PMCE). A instituição que leva o lema “raça de fortes, povo de bravos” carrega consigo o principal dever desde sua fundação, a missão de preservar sempre a ordem pública e o bem-estar social, assim como assegurar a segurança de todos.



Atualmente, a Polícia Militar do Ceará tem como comandante geral o coronel Alexandre Ávila de Vasconcelos e subcomandante o coronel Manuel Ozair Santos Junior. Juntos, eles comandam mais de 20 mil policiais militares, divididos em 26 Batalhões de Polícia Militar (BPM), entre Capital, Região Metropolitana e Interior do Estado. Os militares trabalham diuturnamente com a intenção de assegurar a paz e a segurança para a população cearense.


Inovação na forma de comemorar - As festividades de aniversário da PMCE, que sempre foram marcadas por grandes solenidades, muitas homenagens e diversas comemorações por todo o Estado, sofreram alterações este ano. Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a PMCE inovou na forma de comemorar seu aniversário. A PMCE, por meio das redes sociais, realizou diversas transmissões ao vivo com os mais variados assuntos relacionados à data. A programação ocorreu entre os dias 18 e 24 de maio.


O comandante geral da PMCE, coronel Alexandre, foi uma das atrações durante as lives. O coronel comentou sobre as diversas ações realizadas pela PMCE durante o período de pandemia, entre elas blitze de conscientização e fiscalização tendo como base o decreto estadual, assim como outras ações relacionadas à segurança pública do estado.

Durante a programação virtual, também foram apresentados projetos sociais desenvolvidos por policiais militares pertencentes ao efetivo da Assessoria de Comunicação da PMCE. Entre os projetos apresentados, estavam o “PM Prevenção e Arte” e também a “Turminha da PM”, voltado para o público infantil, onde foram apresentados teatros de fantoches, oficinas de brinquedos e muita música para criançada. Usando sempre uma linguagem leve e bem humorada, o projeto tem como objetivo dar dicas sobre o combate à violência e ao uso de drogas, a preservação do meio ambiente, além de sempre respeitar os mais velhos.

Outra atração das festividades online foi a presença da Banda de Música da PMCE Major Xavier Torres, que fez uma apresentação no pátio do Quartel do Comando Geral (QCG), tocando diversos clássicos da música nacional e internacional. Vale salientar que a Banda de Música da PMCE é a mais antiga do Estado, a primeira Banda de Música a executar oficialmente o Hino do Estado do Ceará em 1903, dentre outros.

Além de Música, a Polícia Militar do Ceará levou a tenente-coronel Sandra Helena Albuquerque e o cabo Thiago Sena, que fazem parte da Coordenadoria de Saúde, Assistência Social e Religiosa (CSASR) da PMCE, para realizar uma palestra com o tema: “A PMCE no Enfrentamento da Covid-19: os cuidados e o gerenciamento da ansiedade e perdas”. O objetivo foi informar e dar dicas de como enfrentar esse período de pandemia em que vivemos, onde a principal indicação é ficar resguardado em casa.

A assessora de comunicação, tenente-coronel Fátima de Paula, comentou um pouco sobre as comemorações virtuais. “Estamos passando por um período de pandemia, com isso, não podemos fazer aglomeração, temos que evitar ao máximo a proliferação desse vírus. A Polícia Militar teve que se reinventar, criando uma programação totalmente virtual, afinal, esta importante data jamais poderia passar em branco”, comentou a oficial.

Para encerrar a semana de comemorações virtuais, a PMCE levou os policiais militares pertencentes ao Comando de Policiamento de Choque (CPChoque), que trabalham com os cães policiais – Companhia de Policiamento com Cães (CPCães) –, para mostrarem como devem ser os cuidados com os animais neste período de pandemia. Fechando a semana, ainda teve uma apresentação do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio).

Raça de fortes, povo de bravos - Em 24 de maio de 1835, o presidente (governador), da Província do Ceará, padre, senador vitalício e orador sacro, José Martiniano de Alencar, preocupado com a segurança e o bem-estar dos habitantes da Província do Ceará, assinou a Resolução Provincial nº 13, criando a Força Pública do Ceará, embrião da atual Polícia Militar do Ceará.

A partir de quatro de janeiro de 1947 passou então à denominação que tem até os dias atuais a partir da entrada em vigor da Constituição de 1946. A Polícia Militar do Ceará (PMCE) tem por missão constitucional o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública. Seu primeiro comandante foi o tenente do Exército Brasileiro, Tomaz Lourenço da Silva Castro, que comandou de 1835 a 1839.

A Polícia Militar do Ceará é uma Instituição que se confunde com a história o Ceará. Não é à toa que falar desta Corporação é fazer um passeio pelos seus anos de existência e reencontrar personagens e fatos que marcaram nossa história, como a Guerra do Paraguai, a Sedição de Juazeiro, Revolução de 1930 no Ceará, combate ao Cangaço, Caldeirão e Revolução de 1932.


Com um passado de bases sólidas, a Polícia Militar do Ceará tem na sintonia com o presente e com o futuro um de seus grandes méritos. Ao longo de sua existência, a Polícia Militar cearense trocou 14 vezes de nome, mas nunca de ideal, qual seja: a preservação da ordem, tranquilidade das famílias e segurança dos cidadãos.

O policiamento ostensivo é a sua atividade fim, sabendo que a Instituição está presente em todo o Estado com suas diversas unidades e subunidades operacionais distribuídas de forma estratégica. Os mais de 20 mil homens e mulheres do efetivo estão distribuídos por todos os 184 municípios cearenses para servir e proteger ao cidadão.

A Polícia Militar não poderia deixar de agradecer a todos os seus policiais militares, pela força, honra e dedicação diária com que desempenham suas atividades ao longo desses 185 anos. Gratidão aos policiais militares que já foram para a reserva e aqueles que já partiram.

Com informações e fotos da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará.

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …