Pular para o conteúdo principal

Patrulhamento da PMCE com bicicleta é destaque

Ela tem se popularizado cada vez mais como um transporte favorável ao Meio Ambiente, que traz consigo benefícios socioeconômicos, além de ser sinônimo de saúde aos seus usuários. Depois de mais de 200 anos desde que o lançamento de seu primeiro modelo, a bicicleta ganhou uma data própria instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2018.

Em alusão a esse dia, comemorado nesta quarta-feira (3), a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) apresenta o trabalho realizado pelo ciclopatrulhamento da Polícia Militar do Ceará (PMCE), que as utiliza como fiel companheira do dia a dia.
Entre uma pedalada e outra, a utilização de bicicletas por agentes de segurança é considerada uma das mais antigas modalidades de policiamento no mundo. Com suas vantagens que auxiliam o trabalho da segurança pública, como agilidade, melhor locomoção, baixo custo e discrição, as bicicletas se consolidaram como fortes aliadas ao trabalho humano no combate ao crime.

“É uma das modalidades de policiamento ostensivo que é amplamente utilizada em todo o mundo. Em especial em grandes centros urbanos, onde a mobilidade é comprometida em razão de grandes congestionamentos. Além do baixo custo, o ciclopatrulhamento possui alta efetividade, com uma presença ostensiva eficiente e com maior amplitude em comparação ao policiamento a pé”, explica o comandante geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), coronel Alexandre Ávila.

O oficial cita ainda o histórico da ciclopatrulha no Estado e quais as especificidades de cada território onde se aplica esse tipo de ostensividade. “No Ceará, o ciclopatrulhamento foi empregado na década de 1990 até os anos de 2000. Chegou a ser desativado e foi retomado nos últimos quatro anos, com foco em regiões turísticas e corredores comerciais, combatendo roubos a pessoas e contra estabelecimentos comerciais”, disse.
A importância durante a pandemia - A atuação da PMCE com esse tipo de policiamento se destaca especialmente em duas regiões da Capital: na área turística e no Centro de Fortaleza. Em ambos os territórios, o trabalho do ciclopatrulhamento tem sido fundamental durante esse período de isolamento social, em razão de serem duas regiões propícias às ocorrências de comércios que permaneciam abertos mesmo após o decreto e também pela presença de pessoas em aglomerações.

No Centro, por exemplo, o trabalho de combate ao crime somou-se às fiscalizações e orientações à população sobre a importância de respeitar o decreto governamental. Mesmo durante essa fase de transição, que integra o plano de flexibilização de algumas atividades econômicas no Estado, as equipes adaptaram suas ações para o momento, como explica o subcomandante da 1ª Companhia do 5° Batalhão da Polícia Militar, 1° tenente da PMCE Matheus Orbañanos.

“O ciclopatrulhamento facilita a aproximação da população e possui grande produtividade no Centro de Fortaleza. Durante esse período de pandemia, nós realizamos rondas também durante toda a madrugada, com o fito de evitar principalmente arrombamentos a estabelecimentos comerciais. Nesse momento de transição antes da retomada gradual da economia, todas as equipes seguem com as fiscalizações para que as normas do decreto estadual de combate ao novo coronavírus sejam respeitadas”, disse. O Centro hoje conta com um efetivo de 36 policiais militares nessa modalidade.

Atuações semelhantes foram adotadas pelo ciclopatrulhamento do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) da Polícia Militar, com abrangência em locais como Avenidas Beira Mar, o corredor de lojas da Monsenhor Tabosa, e as praias do Futuro e de Iracema. Com um efetivo total de 58 policiais militares, um dos maiores desafios durante esse período foi a conscientização da população que insistia em frequentar os locais para atividades de lazer e também para o comércio, como o Mercado dos Peixes. Logo nas primeiras horas da manhã, as equipes se concentravam nos locais para evitar o desrespeito ao decreto governamental de isolamento.

Quando se trata dos cenários anteriores à pandemia, quando as regiões turísticas eram lotadas de fortalezenses e turistas, a fala do coordenador do ciclopatrulhamento do BPTur, 1° sargento PMCE Webster Martins, retrata como a presença policial em modalidades diversas impacta na sensação de segurança nas pessoas que ali frequentam.

“Com certeza o emprego das equipes gerou uma maior aproximação e uma ótima aceitação por parte das pessoas que circulam em áreas onde o nosso ciclopatrulhamento age. Isso se deve ao fato desse tipo de patrulhamento ser dinâmico e conseguir abranger uma área bem maior de atuação. Por várias vezes fomos abordados por pessoas que parabenizaram o nosso trabalho”, disse.

A segurança de outros dois pontos em Fortaleza conta com policiais militares embarcados em bicicletas, nos bairros Messejana e Papicu.
Benefícios à saúde do policial - Pedalar traz benefícios à saúde do policial militar ao unir as práticas inerentes à função às atividades físicas. O cabo da Polícia Militar do Ceará, Allan Christiann, que também é profissional de educação física e fisiologia do exercício e nutrição esportiva, destaca os impactos positivos no corpo e na mente dos profissionais de segurança que atuam com essa modalidade de patrulhamento, em razão das atividades praticadas diariamente por eles.

“Pedalar previne a obesidade e algumas doenças metabólicas, como a hipertensão arterial, melhorando os condicionamentos cardiorrespiratórios e cardiocircular. Ajuda ainda na tonificação da musculatura de forma geral, deixando-a mais forte, e com isso, trazendo mais estabilidade aos policiais. Outro ponto positivo é a melhoria na percepção de equilíbrio, tempo e espaço, bem como a flexibilidade na atividade de policiamento. Ou seja, ele consegue chegar mais rápido aos locais das ocorrências”, explica.

Christiann explica ainda que pedalar por um período acima de 20 minutos já é suficiente para aprimoramento da oxigenação no corpo do praticante da atividade física. “Outra melhoria é também na respiração. Haja vista que o simples fato de você andar de bicicleta por um período acima de 20 minutos já caracteriza um exercício físico aeróbico, o que aumenta a capacidade do corpo de captar mais oxigênio. Além do profissional executar a sua tarefa como policial militar, ele também está cuidando da sua Saúde”, finaliza.



Leia também:



Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre radialista Evilásio Pires

Morreu nesta quarta-feira (8) aos 50 anos, o radialista Francisco Evilásio Pires Marques, da Rádio Metropolitana AM 930 e vice-presidente da Associação Social dos Profissionais de Imprensa Municipalista do Estado do Ceará (ASPIM).

Evilásio Pires tinha problemas renais o que agravou pegar o Novo Coronavírus. Foi internado por duas vezes e nesta última não resistiu. 

Evilásio Pires era identificado pelas cores do Ceará e comandava há 30 anos o Programa Radiofônico dedicado ao Alvinegro Cearense, 'A Voz do Mais Querido'.




"Amigos recebemos na emissora a triste notícia do falecimento do nosso colega  Evilásio Pires. Nossos votos de pesar e que Deus conforte a família", lamenta o radialista Alex Oliveira.

"Nosso pesar e condolências à família do amigo Evilásio Pires", escreveu o radialista Luciano Filho.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lançou uma nota de lamento:

- Nossos sentimentos. Quando o Ev…

Desembargador Jucid Peixoto do Amaral morre aos 74 anos

Morreu na tarde desta quinta-feira (9), prestes a completar 74 anos de idade, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral. A causa da morte foi devido a um câncer que o magistrado lutava há três anos.


Durante sessão do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o presidente da Corte, desembargador Washington Araújo, propôs voto de pesar, sendo acompanhado pelos representantes do Ministério Público do Ceará, da Defensoria Pública do Ceará e da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE). O Judiciário cearense também determinou luto oficial de três dias.
O desembargador Jucid Peixoto do Amaral nasceu em 16 de julho de 1946, em Fortaleza. Era filho de Cid Peixoto do Amaral e de Júlia Costa do Amaral. Ingressou na Magistratura no cargo de juiz substituto, em 21 de janeiro de 1981, assumindo a Vara Única da Comarca de Ubajara e atingiu a vitaliciedade em 21 de fevereiro de 1983, ainda na mesma unidade judiciária.

Pelo critério de antiguidade, foi promovido para a Comarca de …

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …