Pular para o conteúdo principal

Petrobras investe em projetos de biodiversidade marinha

Há quase 40 anos  financiando pesquisas e iniciativas de proteção ao ambiente marinho, a Petrobras iniciou apoio a quatro novos projetos voltados a esse ecossistema.

Escolhidos por meio de seleção pública, no âmbito do Programa Petrobras Socioambiental, os projetos ambientais de conservação da baleia franca austral, dos budiões (peixe-papagaio), do boto-cinza e das aves migratórias do Nordeste se somam a outras 20 iniciativas com foco na conservação de diferentes espécies e ecossistemas brasileiros atualmente apoiados pela companhia.


“Nossa relação com o mar vem de muito tempo. Fomos pioneiros no país ao iniciarmos a parceria com o Projeto Tamar, há 39 anos. Hoje, com os quatro novos projetos contratados, a Petrobras passa a atuar na proteção de 52 espécies marinhas, em toda a costa brasileira”, comenta a gerente executiva de Responsabilidade Social da Petrobras, Olinta Cardoso.

A baleia franca, única a se reproduzir em águas brasileiras, é uma das novas espécies protegidas com o apoio da Petrobras, por meio do patrocínio ao projeto Franca Austral. Sediado no Centro Nacional de Conservação da Baleia Franca, em Imbituba (SC), o Franca Austral desenvolve atividades de pesquisa e conservação das baleias franca, além de promover atividades de educação e sensibilização nas comunidades costeiras.

O projeto Budiões atua na conservação de cinco espécies, educação ambiental e pesquisa sobre esses animais, considerados importantes para o equilíbrio e conservação dos recifes de corais. O Budiões realiza suas atividades em sete estados: Bahia, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Pernambuco, Alagoas, Maranhão e Rio Grande do Norte.

Já o projeto Boto-Cinza, com sede em Cananéia, no litoral sul de São Paulo, visa ao conhecimento e à conservação da espécie e do seu habitat. Além da pesquisa científica, a equipe do projeto promove atividades de educação, conscientização ambiental e valorização da cultura local.

Quarta iniciativa a reforçar a carteira de patrocínios da Petrobras, o Projeto Aves Migratórias do Nordeste realiza monitoramento e ações de conservação para proteger 21 espécies marinhas e costeiras de aves migratórias e residentes ao longo da rota Atlântica, contribuindo para o Plano de Ação Nacional para Conservação das Aves Limícolas, que são espécies que dependem de ambientes úmidos para viver e buscam alimentos nas zonas entre marés e margens de corpos aquáticos. As ações de pesquisa, conservação, cooperação local e internacional, e envolvimento das comunidades em todas as etapas do processo têm o objetivo de garantir que importantes áreas de alimentação e descanso das aves não sejam destruídas por conta da ocupação humana. As ações ocorrem em 27 municípios dos estados do Ceará e do Rio Grande do Norte.

“É uma característica comum de nossos projetos patrocinados a produção de conhecimento científico, a geração de informações técnicas para subsidiar políticas públicas e a realização de atividades educativas. Somos uma empresa que sempre apostou no conhecimento científico. Nós incentivamos a pesquisa e a atuação em rede, com parceiros da academia e outras instituições, como forma de incrementar as ações para conservação das espécies”, diz Olinta Cardoso.

Programa Petrobras Socioambiental - O investimento em projetos socioambientais é um dos dez compromissos de sustentabilidade da Petrobras e é realizado de forma estruturada por meio do Programa Petrobras Socioambiental. Em 2019, foram investidos R$ 52,5 milhões em patrocínios a iniciativas para conservação do meio-ambiente. Os projetos patrocinados visam à proteção e recuperação de quase 60 espécies da fauna ameaçadas de extinção, muitas delas integrantes da biodiversidade marinha e costeira, ambientes relevantes para a Petrobras.

Os projetos patrocinados pela Petrobras atuam também em redes, promovendo ações conjuntas e articuladas. A Rede de Projetos de Biodiversidade Marinha (Biomar), criada em 2007, por exemplo, reúne os projetos Tamar, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador, Meros do Brasil e Albatroz. A Rede Biomar atua em 13 estados e 87 municípios, pesquisando e conservando ambientes coralíneos e 24 espécies, a maior parte ameaçada de extinção, sendo 5 espécies de tartarugas marinhas, 6 espécies de albatrozes e petréis, 2 espécies de golfinhos, 10 espécies principais de corais e uma espécie de baleia, a Jubarte.

A atuação da Rede Biomar apresentou as seguintes ações e resultados inovadores:

  • Divulgação de novos conhecimentos científicos sobre oceanos e suas espécies (mais de 720 trabalhos científicos, incluindo 10 artigos conjuntos);
     
  • Recuperação da população de baleias-jubarte de cerca de 2.000 indivíduos (2001) para estimados 20.000 (2019);
     
  • Saída da baleia-jubarte e do albatroz-de-sobrancelha da lista nacional de espécies ameaçadas, em 2014;
     
  • Cerca de 40 milhões de tartarugas protegidas;
     
  • Desenvolvimento de tecnologias sociais, como  o toriline brasileiro, uma linha com fitas coloridas que funciona como um espantalho para aves, evitando a captura desses animais (Projeto Albatroz);
     
  • Pesquisas sobre as consequências das mudanças climáticas para tartarugas e organismos recifais, como o mesocosmo, um sistema experimental controlado para testar efeitos do clima e acidificação da água (Projetos Coral Vivo e Tamar);
     
  • Subsídios científicos para elaboração de políticas públicas de proteção à biodiversidade marinha;
     
  • Criação da Rede Jovem Mar, promovendo o protagonismo de mais de 120 jovens nas ações de conservação marinha;
     
  • Criação, divulgação e implementação de boas práticas de sustentabilidade na gestão de serviços turísticos à beira-mar (Projetos Baleia Jubarte, Coral Vivo e Golfinho Rotador);
     
  • Mobilização para a causa marinha e redução da pressão sobre as espécies (mais de 9 milhões de participantes em ações de sensibilização; mais de 170 mil beneficiados em ações de capacitação e apoio a grupos produtivos locais para geração de renda, inclusive por meio do uso não letal das espécies);
     
  • Participação ativa em seis Planos de Ação Nacionais para conservação de espécies;
     
  • Representação em encontros/reuniões oficiais de conservação marinha: mais de 2200 nacionais e 117 internacionais (16 países).
Todos esses resultados contribuem, prioritariamente, para o ODS 14 – Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável, dentre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).
Conheça os projetos de biodiversidade marinha patrocinados pela Petrobras acompanhando suas páginas no Facebook, Instagram e YouTube ou acessando as páginas: 
Projetos de Biodiversidade patrocinados pela Petrobras
Projeto
Início do Apoio
Site
Tamar
1982
Baleia Jubarte
1996
Golfinho Rotador
2001
Coral Vivo
2006
Albatroz
2006
Meros do Brasil
2006
Manati
2010
Ponta de Pirangi
2010
Uçá
2012
Aves Migratórias do Nordeste
2019
Budiões
2019
Franca Austral
2019
Boto Cinza
2020


    Comentários

    Entre em contato conosco

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *

    Notícias mais acessadas do mês

    Morre atleta cearense Bernadete Lins

    O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

    - Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
    Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
    Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
    Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

    Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

    O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


    Repercussão da morte de Claudinho:

    Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

    Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
    Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

    Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

    Morre o sonoplasta Diocrim

    Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


    Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
    Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
    Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

    Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

    O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

    Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

    Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
    O arrendamento do …

    Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

    O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

    Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
    - Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

    “Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

    A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

    Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…

    Postagens mais visitadas deste blog

    Morre atleta cearense Bernadete Lins

    O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

    - Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
    Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
    Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
    Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

    Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

    O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


    Repercussão da morte de Claudinho:

    Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

    Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
    Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

    Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

    Morre o sonoplasta Diocrim

    Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


    Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
    Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
    Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

    Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

    O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

    Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

    Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
    O arrendamento do …

    Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

    O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

    Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
    - Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

    “Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

    A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

    Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…