Pular para o conteúdo principal

Projeto Djopoi abre inscrições nesta segunda

Um novo conceito na Educação Coletiva de Música surge por meio das vivências formativas nos ateliês de luteria e práticas coletivas de orquestra de cordas com o lançamento do Projeto Djopoi, mais uma iniciativa da Tapera das Artes, que pretende impactar diretamente os participantes trabalhando o processo transformador que a arte provoca nas pessoas.


Expressão em língua tupi que significa “oferenda”, o Djopoi oferecerá formação profissional gratuita em luteria (construção de instrumentos) e em práticas de instrumentos de cordas com a formação de uma orquestra, contando para isso com a participação de uma equipe de professores instrumentistas de referência internacional.

A primeira etapa do projeto Djopoi começa nesta segunda-feira, dia 8 de junho, com a abertura das inscrições para os interessados em participar da formação. As inscrições seguem até 25 de junho e o regulamento e ficha de inscrição estão disponíveis no endereço: www.taperadasartes.org.br/djopoi.

O resultado do processo seletivo dos estudantes será anunciado em primeiro de julho, com matrículas sendo feitas até 10 de julho. As aulas têm previsão de início em agosto, com data ainda a confirmar.

Na área de luteria, estão abertas: 14 vagas para aprendizes em desempenho da luteria tradicional no aprendizado de construção de violino-viola-violoncelo-contrabaixo; sete vagas para aprendizes em desempenho da arqueteria tradicional no aprendizado de construção de arcos de violino-viola-violoncelo-contrabaixo; 10 vagas para aprendizes em desempenho da luteria experimental no aprendizado de construção de instrumentos a partir de material orgânico, plástico, latas, madeira, e objetos recicláveis.

Já para as práticas coletivas com orquestra de cordas serão abertas 21 vagas para aprendizes selecionados do Estado do Ceará para residência artística a ser realizada no município de Aquiraz, onde fica a sede da Tapera das Artes, e 28 vagas para aprendizes do Estado de São Paulo para residência artística a ser realizada no município de Vinhedo (SP).

O Ministério da Cidadania e a Fresenius Kabi apresentam o projeto DJOPOI, que tem realização da Tapera das Artes, parceria institucional da Enartes – Música Meta Educação & Marketing Cultural, patrocínio da Fresenius Kabi, Dakota, Usibras, FAN e Acal. O projeto é viabilizado pela Secretaria Especial da Cultura através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei 8.313), por meio do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac).

Quem promove, os professores e como será o DJOPOI

A junção dos ateliês de luteria e práticas coletivas se dará por meio de uma pesquisa norteadora proporcionando ações pedagógicas, para uma reflexão sobre cultura geral e acesso de novas técnicas de linguagem das especificidades de cada ateliê.

Comandando isso tudo está a Tapera das Artes, entidade com 37 anos de existência, dos quais 24 deles contribuindo para a educação integral de crianças, adolescentes e jovens na formação cultural que impacta Aquiraz, onde está localizado, e diversas outras cidades cearenses, garantindo o intercâmbio desses alunos com outras escolas, universidades e institutos, bem como com artistas, educadores e mestres de reconhecimento nacional e internacional, abrindo diálogos culturais, a fim de vivenciar e experienciar trocas artístico-pedagógicas e musicais.

Há cerca de seis anos, a Tapera das Artes implantou um Programa de Cultura sob o tema norteador “O regionalismo cultural na cultura cearense”, com objetivo de organizar o processo formativo cultural do público infanto-juvenil, despertando o afeto e atenção para o encantamento dos sentidos por meio da Música.

Deste embrião foi gerado o projeto DJOPOI, que contará com a orientação dos mestres da luteria e artistas que já desenvolvem ações para a Tapera, participantes dos grupos de câmara Cordas Ensemble-Tapera das Artes (Nadilson Gama, Rondinelly Bezerra) e do Quinteto Cordas-Arte do Som (Martin Tuksa, Alessandro Borgomanero, Emerson De Biaggi, Raïff Dantas Barreto, Miguel Dombrowski), assim como a interação com os compositores, para o entendimento do processo criativo de cada compositor.

Os estudos no projeto DJOPOI têm um tema de pesquisa norteadora sob a orientação de três professores. Um coordenador geral da orientação de pesquisa, Prof. Dr. Emerson De Biaggi, uma orientadora de pesquisa em Aquiraz, a professora doutora Liu Man Ying; e um orientador de pesquisa em Vinhedo (SP), o professor doutor Rodrigo Passos Felicíssimo.

Os mestres da luteria, práticas coletivas e de pesquisa do DJOPOI são artistas-músicos, que desenvolveram ao longo de seus estudos uma linguagem que os representam na cena artística brasileira. Saulo Dantas-Barreto, para orientar a luteria tradicional: violino – viola – violoncelo – contrabaixo; Fernando Sardo, para orientar a luteria experimental; e Carlos José Brasil, para orientar a arqueteria tradicional na construção de arcos de violino – viola – violoncelo – contrabaixo;

O maestro Ênio Antunes, coordenador cultural do projeto, deverá orientar o processo dos estudos com orquestra de cordas agregando uma equipe de músicos que vão corroborar em todo o processo preparatório das obras musicais; Cordas Ensemble-Tapera das Artes & QuintetoCordas-Arte do Som, para orientar os estudos de instrumento dos aprendizes, para o foco de desempenho, música de câmara e ensaio de naipes e prática de conjunto.

“DJOPOI tem o seu significado muito específico por ser uma expressão em Tupy. Para nós, oferenda. É uma satisfação poder compartilhar com mestres várias linguagens da cultura brasileira para revelar a arte por meio da música sendo ela a orquestra de cordas e o instrumento concertante de cordas. Tendo para essa revelação mestres que irão orientar o desenvolvimento e o despertar de um jovem na construção de instrumentos musicais inventados com matérias primas e recicladas e os arcos da família do violino-viola-violoncelo-contrabaixo. Todos nós estaremos engajados na Tapera das Artes e na Enartes para desenvolver um ambiente fértil e rico da cultura brasileira em nome da oferenda das nossas vertentes culturais”, salienta Ênio Antunes, coordenador cultural do projeto.

Para Ritelza Cabral, coordenadora geral do projeto DJOPOI, é mais um desafio que se inicia neste momento, abrindo caminhos para capacitação profissionalizante de 80 jovens artistas, no momento em que o país sofre com falta de emprego decorrente do desequilíbrio econômico. “Caminhos de Luz no horizonte fértil para os que entendem que a arte dignifica, ressignifica, e eleva a humanidade”, diz a coordenadora, reforçando a importante história da associação Tapera das Artes que é referência no Estado do Ceará, promovendo educação inclusiva através da arte e tendo a música como fio condutor para levar alegria a um público de 500 crianças e adolescentes, com direção artística e pedagógica do Maestro Ênio Antunes.

As oito obras musicais - Nesta primeira etapa do projeto DJOPOI, que vai de julho a dezembro de 2020, quatro compositores foram convidados a colaborar com seus talentos e suas obras. Cada um deles escreverá duas obras, uma música para orquestra de cordas e outra para solista e orquestra de cordas.

Todas as obras serão estudadas até dezembro de 2020. Nesse período, será promovida uma série de encontros dos alunos com os autores on-line, master classes com os professores e artistas convidados, workshops e diálogo cultural, ensaios abertos e estudos de análise técnica e musical das obras, para o processo de assimilação artística com foco na maturação e desempenho do grupo. O desdobramento do processo será apresentar o objeto cultural: música, instrumentos e arcos construídos no DJOPOI.

Compositores convidados:

Edmundo Villani-Côrtes - Mineiro de Juiz de Fora dedicou uma música para orquestra de cordas que leva o título do Projeto – Djopoi. Outra música, o Concerto nr. 2 para violoncelo e orquestra de cordas, dedicado ao violoncelista Raïff Dantas Barreto;

Dimitri Cervo - Gaúcho de Porto Alegre dedicou As Quatro Estações Brasileiras para violino e orquestra de cordas, cujo solo será interpretado pelo austríaco radicado no Brasil, Martin Tuksa. Uma outra música para orquestra de cordas está sendo composta.

Fernando Morais – Paulistano radicado na Capital Federal, compôs Oferenda Musical Brasileira para orquestra de cordas e Música Armorial, para viola e orquestra de cordas.

As duas dedicadas à Ênio Antunes e o Projeto DJOPOI.

Beetholven Cunha – Pernambucano de Goiana radicado no Piauí, está compondo duas obras, uma para orquestra de cordas e outra para contrabaixo e orquestra de cordas.

Maestro Ênio Antunes - Coordenador Cultural.
Ritelza Cabral - Coordenadora Geral.
Realização - Tapera das Artes.
Parceria Institucional - ENARTES-Música Meta Educação & Marketing Cultural.

Inscrições para a primeira etapa do projeto DJOPOI
De oito a 25 de junho – através do site https://www.taperadasartes.org.br/djopoi
Quantidade de vagas:
Oficina de luteria tradicional: 21 vagas
Oficina de luteria experimental: 10 vagas
Práticas de Orquestra de Cordas em Aquiraz (CE): 21 vagas
Práticas de Orquestra de Cordas em Vinhedo (SP): 28 vagas
Total: 80 vagas
Tapera das Artes
http://www.taperadasartes.org.br/
Facebook: Tapera das Artes
Instagram: @taperadasartes_

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
- Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

“Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…

Morre radialista Rinaldo Róger

Informa o Monólitos Post a morte do radialista Rinaldo Róger (foto), de Quixadá. O corpo dele foi encontrado na manhã desta quarta-feira (17) em seu apartamento.


Rinaldo Róger apresentava um programa esportivo na Rádio FM Cultura de Quixadá, de seis às sete da noite.

Era servidor da Prefeitura Municipal de Quixadá e foi candidato a vereador nas Eleições 2016.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lamenta a morte de Rinaldo Róger:

- Nosso colega da Apcdec. Que Deus o receba de braços abertos. Nosso respeito ao companheiro".

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
- Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

“Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…

Morre radialista Rinaldo Róger

Informa o Monólitos Post a morte do radialista Rinaldo Róger (foto), de Quixadá. O corpo dele foi encontrado na manhã desta quarta-feira (17) em seu apartamento.


Rinaldo Róger apresentava um programa esportivo na Rádio FM Cultura de Quixadá, de seis às sete da noite.

Era servidor da Prefeitura Municipal de Quixadá e foi candidato a vereador nas Eleições 2016.

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia lamenta a morte de Rinaldo Róger:

- Nosso colega da Apcdec. Que Deus o receba de braços abertos. Nosso respeito ao companheiro".