Pular para o conteúdo principal

Especialista diz estarmos perto de um 'Adeus Pandemia, bem-vindo a Endemia'

Com quase dois anos de duração, a pandemia de Covid-19 pode, finalmente, estar perto de chegar ao fim. Dados atualizados informam que o Brasil teve, na última semana, a menor média móvel de mortes diárias desde abril de 2020, registrando 186 óbitos e 15,8 mil casos da doença no último dia 3 de novembro. 

No total, foram mais de 609 mil vidas perdidas e quase 22 milhões de pessoas infectadas pela doença.


O médico geneticista David Schlesinger, CEO do Laboratório Mendelics, que atuou ativamente no sequenciamento do vírus Sars-Cov-2, acredita estarmos perto de um "Adeus Pandemia, bem-vindo a Endemia". 

Mas será o momento de relaxar quanto às medidas de prevenção? Segundo David, o ideal é que 75% da população esteja totalmente vacinada. 

Doutor David Schlesinger responde as principais dúvidas sobre o assunto, confira:
  • O que, exatamente, define um início de Pandemia?
  • Uma Pandemia é caracterizada por surtos de uma doença infecciosa em vários países do mundo ao mesmo tempo, o que indica que a doença está sendo transmitida entre populações. Por isso, pandemias costumam ser difíceis de controlar. No caso do Novo Coronavírus, a Pandemia de Covid-19 foi declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em março de 2020. Naquela data, já haviam sido reportados 118 mil casos em 114 países. Desde então, esse número subiu para mais de 246 milhões de casos em mais de 200 países.
  • Quais parâmetros podem nos dizer que a pandemia acabou? Tem alguma definição da OMS?
  • Segundo a OMS, após a fase pandêmica, quando há transmissão do vírus durante longos períodos de tempo e em diferentes regiões, passaremos para uma fase de queda de transmissão e transmissão sazonal . Ou seja, com a queda do número de casos e a baixa transmissão, o vírus passa a ser transmitido em alta escala somente em algumas épocas do ano, geralmente durante o inverno. Esse comportamento é muito comum para doenças infecciosas como a gripe (influenza). Por exemplo: costumamos ver um aumento de casos durante o inverno, quando as pessoas tendem a ficar em locais fechados e com pouca ventilação. A tendência é que a Covid-19 se torne uma infecção sazonal, endêmica, com o aumento do número de casos durante o inverno, mas com picos bem abaixo do que vimos nesses dois anos iniciais.
  • O que é uma Endemia?
  • Doenças são consideradas endêmicas quando ocorrem em regiões e/ou populações específicas. Mesmo durante a época de aumento de casos da doença, o número não é tão alarmante quanto o observado durante a fase pandêmica. A população passa a conviver constantemente com a doença, e as campanhas para redução de transmissão e número casos podem ser mais planejadas. É o caso da gripe, no inverno, e da dengue, no verão brasileiro. Vamos conviver com a Covid-19 por muito tempo ainda, e vamos precisar nos vacinar com uma certa frequência, mas tudo indica que ela não será uma ameaça tão grande nos próximos anos.
  • Existe alguma estimativa de prazo para isso acontecer no Brasil?
  • É difícil fazer essa predição. A contenção da Pandemia depende de vários fatores:
  • Vacinação: uma alta cobertura vacinal reduz o número de mortes e contém a transmissão.
  • Distanciamento social: enquanto ainda estivermos convivendo com altas taxas de transmissão, é preciso manter o distanciamento e evitar aglomerações, locais lotados e com má ventilação.
  • Uso de máscaras: a máscara é uma barreira física de proteção contra o vírus. Enquanto a pandemia estiver em curso, é importante utilizar máscaras para conter a transmissão. Inclusive, o uso de máscaras é recomendado em qualquer local onde você esteja exposto a agentes infecciosos, como no transporte público e hospitais, por exemplo, mesmo em um contexto pós Pandemia.
  • Todas essas medidas reduzem a transmissão e o número de pessoas infectadas, o que é muito importante para a prevenção do aparecimento de novas variantes que possam escapar à imunidade vacinal e gerar novos surtos. O número de novos casos diários está caindo no Brasil desde o fim de junho deste ano. Porém, ainda estamos registrando mais de 10 mil novos casos e cerca de 400 mortes por dia no país. Precisamos continuar vigilantes, mas temos esperança de que estejamos entrando em uma fase pós pandêmica, com surtos sazonais.
  • Após esse término, as pessoas poderão levar a vida como antes ou ainda precisaremos manter alguns dos cuidados adquiridos nesses últimos anos por conta da Covid?
  • Assim como fazemos com outras doenças infecciosas, como a gripe, por exemplo, é provável que precisemos manter a vacinação contra a Covid-19 com campanhas anuais. Além disso, evitar locais com má ventilação diminui a transmissão não só do Coronavírus, mas também de outras doenças infecciosas, como a Gripe (Influenza), Tuberculose e Caxumba, por exemplo. A testagem também continua sendo importante pós pandemia para que tenhamos um controle dos vírus que estão circulando na nossa população. Essa informação ajuda a identificar surtos mais precocemente e a criar campanhas de vacinação mais direcionadas.
  • Esse retorno à vida "normal" já tem acontecido com a diminuição de casos de Covid e aumento da vacinação. Porém, qual a recomendação médica para retornar à rotina? Existe alguma escala para ir seguindo aos poucos essa volta?
  • As recomendações para retornar à rotina e às atividades presenciais incluem uso de máscaras, distanciamento social, evitar locais lotados e com má ventilação. De forma geral, quanto maiores as taxas de pessoas vacinadas, menores as chances de novos surtos do Coronavírus. No Brasil, já temos mais de 55% da população do país completamente vacinada e 75% com pelo menos uma dose. O ideal é vacinar completamente pelo menos 70% da população para que tenhamos uma imunidade coletiva e podermos retornar às atividades rotineiras de forma mais segura. Alguns órgãos, como a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), já estimam que a imunidade coletiva talvez só aconteça quando tivermos mais de 90% da população completamente imunizada.
  • Mesmo com o fim da Pandemia, o vírus ainda circula. Existe algum ponto de controle total? Só a vacina ajuda a eliminar o risco? Quais critérios para saber quando devemos ficar atentos novamente e retomar o isolamento?
  • A Vacinação, aliada às medidas de proteção (uso de máscara, distanciamento social), é a melhor arma que temos para controlar e erradicar doenças infecciosas. No entanto, isso pode levar muitos anos para acontecer, principalmente quando envolve vírus como o SARS-CoV-2, que são muito transmissíveis e sofrem mutações com muita rapidez. O número de casos é o primeiro sinal de um novo surto. Por isso, precisamos continuar testando a população. É importante saber quais vírus estão sendo transmitidos na população e em quais taxas para criarmos uma vigilância epidemiológica.
  • Qual a sua opinião sobre o retorno de algumas atividades como Volta às Aulas, Carnaval, Eventos Festivos etc?
  • Aos poucos, o esperado é que as atividades cotidianas voltem a acontecer, mas isso deve ser feito de uma maneira responsável, com planejamento. É importante manter as medidas de segurança enquanto o vírus continua circulando, além de fazer o controle de casos através de testagem da população.
  • A Testagem ainda será necessária?
  • Sim. A testagem é importante para acompanharmos quais doenças infecciosas estão sendo transmitidas na nossa população e em quais taxas. Com essa informação conseguimos detectar pessoas infectadas, guiar as Campanhas de Vacinação e conter novos surtos o mais cedo possível. O monitoramento constante de dados do vírus e suas variantes na população é chamado de vigilância epidemiológica, e é fundamental para decisões efetivas de saúde pública. No Brasil temos o Departamento de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde que já acompanha os casos de doenças infecciosas como a Gripe (Influenza), o sarampo e a dengue, por exemplo. No entanto, para que os casos sejam contabilizados, precisamos testar sempre que alguém apresenta sintomas.
  • A Vacinação deve ocorrer anualmente?
  • Imagino que sim. Assim como fazemos com a gripe, provavelmente teremos que nos vacinar contra a Covid-19 anualmente, para atualizar as variantes cobertas pela Vacina.
Sobre a Mendelics - A Mendelics é o primeiro e maior laboratório brasileiro especializado no Sequenciamento de Nova Geração (NGS). Foi criada em 2012, com a missão de tornar o diagnóstico genético rápido, preciso e acessível para todos que precisam. Com a maior estrutura laboratorial de sequenciamento da América Latina, mais de 100 mil amostras genômicas analisadas, uma equipe de mais 280 colaboradores, com processos técnicos e analíticos pioneiros e com padrão de qualidade internacional, consolidou-se como referência em análises genéticas e único laboratório genômico latino americano a obter as acreditações do CAP (Colégio Americano de Patologistas - #8671464)e PALC (Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) - #32290508). 

É reconhecida internacionalmente e premiada pelo MIT pelo desenvolvimento do Abracadabra, plataforma exclusiva que usa inteligência artificial para tornar as análises genéticas mais precisas e eficientes. Desde sua fundação, segue desenvolvendo produtos inovadores na área da saúde, como o Teste da Bochechinha - capaz de identificar mais de 340 doenças da primeira infância - e o teste #PareCovid, capaz de diagnosticar a Covid-19 em larga escala e a custos acessíveis.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.
O campo abaixo é apenas para comentários particulares, e somente os editores do blog terão acesso a eles.

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Cantora Marília Mendonça é sepultada no Parque Memorial de Goiânia

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu, na tarde desta sexta-feira (5 de novembro), após a acidente com um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma Cachoeira na Serra de Caratinga (Minas Gerais). Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê. Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê Velório  - O Velório de Marília Mendonça, Abicieli Silveira Dias e Henrique Ribeiro começou, às 13 horas deste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena, na entrada de Goiânia/GO. Mais de 100 mil pessoas passou pelo Velório, que foi aberto ao público de 13h40 às 17 horas. Os corpos de Marília Mendonça, Abicieli Dias e Henrique Ribeiro foram liberados do Instituto Médico Legal (IML-Piedade de Caratinga), na madrugada deste sábado (6). Já os corpos de Geraldo Medeiros e Tarcísio Pessoa Viana foram liberados na tarde deste sábado (6). Sepultamento - O corpo de Marília Mendonça foi sepultado,

Morre padre Edilberto Reis

- É com profundo pesar que a Diocese de Quixadá informa o falecimento de padre Edilberto Cavalcante Reis (foto), sacerdote pertencente ao clero de nossa Diocese. Confiantes na fé da ressurreição alcançada para nós por Cristo Jesus, pedimos ao Senhor que o receba no lugar preparado para os justos. Aos familiares e amigos nossos mais sinceros sentimentos.", informa a Diocese de  Quixadá. Padre Edilberto Reis morreu nesta quinta-feira (25 de novembro de 2021), aos 53 anos, em Fortaleza. Padre Edilberto era: Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1994). Graduação em Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza(2014). Graduação em Filosofia pelo Instituto Teológico Pastoral do Ceará (1990). Professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Professor de História Eclesiástica no Curso de Teologia do Centr

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Morre jornalista Cristiana Lôbo

Morreu nesta quinta-feira (11 de novembro de 2021), aos 64 anos, a jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um Mieloma Múltiplo, que acabou se agravando com uma Pneumonia. Cristiana dos Santos Mendes Lôbo nasceu em Goiânia (Goiás), em 18 de agosto de 1957.  Cristiana Lôbo (foto Zé Paulo Cardeal-O Globo) começou sua carreira jornalística cobrindo Política em Goiás. Depois se transferiu para Brasília, onde em 1997 estreou na Globo News. Ficou na Globo News até agora 2021, quando se afastou para tratar do Câncer. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. No O Globo escreveu a Coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no O Globo, passou a assinar uma Coluna Política no jornal O Estado de S. Paulo. Na Globo News desde março de 1997 integrou o time de comentaristas do Jornal das Dez, analisando os fatos e bastidores do Poder Central. Manteve o quadro

Morre radialista Moacyr Dreher

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia informa a morte por Câncer, do radialista da AM do Povo-CBN, Moacyr Luiz Dreher: - É com imensa tristeza que comunico o falecimento do nosso companheiro Moacyr Luiz Dreher. Fizemos o que esteve ao nosso alcance. Descansou de uma árdua batalha". A última vez que vi o gaúcho Moacyr Dreher foi na Noite das Personalidades Esportivas, no Marina Park, em 2019. Sempre gentil na recepção da imprensa que cobria a Festa do Sérgio Ponte. Ele lutava contra um Câncer há quatro anos... Repercussão - O Blog do Lauriberto traz a repercussão da morte de Moacyr Dreher: Presidente do Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceara, Tony Pereira - DESCANSE EM PAZ! É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento ocorrido hoje (13), do comunicador MOACYR LUIZ DREER, que lutava contra um Câncer nos últimos anos e teve situação agravada por conta da Covid. Moacyr era associado do SINDRADIOCE

Postagens mais visitadas deste blog

Cantora Marília Mendonça é sepultada no Parque Memorial de Goiânia

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu, na tarde desta sexta-feira (5 de novembro), após a acidente com um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma Cachoeira na Serra de Caratinga (Minas Gerais). Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê. Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê Velório  - O Velório de Marília Mendonça, Abicieli Silveira Dias e Henrique Ribeiro começou, às 13 horas deste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena, na entrada de Goiânia/GO. Mais de 100 mil pessoas passou pelo Velório, que foi aberto ao público de 13h40 às 17 horas. Os corpos de Marília Mendonça, Abicieli Dias e Henrique Ribeiro foram liberados do Instituto Médico Legal (IML-Piedade de Caratinga), na madrugada deste sábado (6). Já os corpos de Geraldo Medeiros e Tarcísio Pessoa Viana foram liberados na tarde deste sábado (6). Sepultamento - O corpo de Marília Mendonça foi sepultado,

Morre padre Edilberto Reis

- É com profundo pesar que a Diocese de Quixadá informa o falecimento de padre Edilberto Cavalcante Reis (foto), sacerdote pertencente ao clero de nossa Diocese. Confiantes na fé da ressurreição alcançada para nós por Cristo Jesus, pedimos ao Senhor que o receba no lugar preparado para os justos. Aos familiares e amigos nossos mais sinceros sentimentos.", informa a Diocese de  Quixadá. Padre Edilberto Reis morreu nesta quinta-feira (25 de novembro de 2021), aos 53 anos, em Fortaleza. Padre Edilberto era: Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1994). Graduação em Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza(2014). Graduação em Filosofia pelo Instituto Teológico Pastoral do Ceará (1990). Professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Professor de História Eclesiástica no Curso de Teologia do Centr

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Morre jornalista Cristiana Lôbo

Morreu nesta quinta-feira (11 de novembro de 2021), aos 64 anos, a jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um Mieloma Múltiplo, que acabou se agravando com uma Pneumonia. Cristiana dos Santos Mendes Lôbo nasceu em Goiânia (Goiás), em 18 de agosto de 1957.  Cristiana Lôbo (foto Zé Paulo Cardeal-O Globo) começou sua carreira jornalística cobrindo Política em Goiás. Depois se transferiu para Brasília, onde em 1997 estreou na Globo News. Ficou na Globo News até agora 2021, quando se afastou para tratar do Câncer. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. No O Globo escreveu a Coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no O Globo, passou a assinar uma Coluna Política no jornal O Estado de S. Paulo. Na Globo News desde março de 1997 integrou o time de comentaristas do Jornal das Dez, analisando os fatos e bastidores do Poder Central. Manteve o quadro

Morre radialista Moacyr Dreher

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Alano Maia informa a morte por Câncer, do radialista da AM do Povo-CBN, Moacyr Luiz Dreher: - É com imensa tristeza que comunico o falecimento do nosso companheiro Moacyr Luiz Dreher. Fizemos o que esteve ao nosso alcance. Descansou de uma árdua batalha". A última vez que vi o gaúcho Moacyr Dreher foi na Noite das Personalidades Esportivas, no Marina Park, em 2019. Sempre gentil na recepção da imprensa que cobria a Festa do Sérgio Ponte. Ele lutava contra um Câncer há quatro anos... Repercussão - O Blog do Lauriberto traz a repercussão da morte de Moacyr Dreher: Presidente do Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceara, Tony Pereira - DESCANSE EM PAZ! É com imensa tristeza que comunicamos o falecimento ocorrido hoje (13), do comunicador MOACYR LUIZ DREER, que lutava contra um Câncer nos últimos anos e teve situação agravada por conta da Covid. Moacyr era associado do SINDRADIOCE