Pular para o conteúdo principal

I Fiec Summit Hidrogênio Verde premia acadêmicos

 O Concurso de Trabalhos Acadêmicos e projetos de pesquisas sobre Hidrogênio Verde contou com 20 produções selecionadas que foram expostas em banners, durante o I FIEC Summit. As quatro obras ganhadoras foram premiadas em solenidade realizada na Casa da Indústria.

O objetivo da premiação é promover a interação entre empresas do Ceará investidoras no hub de Hidrogênio Verde, com profissionais cearenses interessados em desenvolver pesquisa aplicada ao tema e entre pesquisadores, cujas empresas pretendam implantar projetos da área no Estado.

- Recebemos trabalhos acadêmicos e projetos de pesquisa de alto nível e a FIEC realizou essa premiação como forma de promover a integração entre as empresas e a Academia”, comenta o consultor de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Jurandir Picanço, 

Foram destacadas duas categorias: trabalhos acadêmicos e projetos de pesquisa que se dedicaram às áreas de:

  1. Produção.
  2. Armazenagem.
  3. Transporte.
  4. Distribuição.
  5. Certificação.
  6. Utilização do Hidrogênio Verde. 
Para a premiação foram considerados os aspectos de originalidade e relevância da publicação.

Na Categoria "Trabalho Acadêmico", o primeiro lugar ficou com o estudo "Análise da Viabilidade da Injeção de Hidrogênio nas Redes de Distribuição de Gás Canalizado da CEGÁS".

- Estamos muito felizes por levar essa conquista para a Universidade, pois, através desse projeto, nós vamos poder contribuir para toda a sociedade. E o próximo passo agora é avaliar junto à companhia como será feito a viabilidade deste projeto”, comenta o professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Enrique Vilarrasa.

Já na Categoria "Projeto de Pesquisa" o primeiro lugar ficou com "Sistema Híbrido de Produção de Hidrogênio Verde Utilizando Células de Dessalinização e Eletrólise Microbiana Acopladas à Reforma a Vapor do Glicerol com Força Solar".

Para a professora Carla Andrade, representante da equipe composta por outros quatro pesquisadores, a premiação reconhece a importância da pesquisa científica na elaboração de soluções e no avanço do desenvolvimento.

- Essa conquista representa um grande trabalho em equipe da Engenharia Mecânica, da Universidade Federal do Ceará. Uma equipe que se esforça e batalha todos os dias para desenvolver projetos pensados no melhor para o meio ambiente. Um reconhecimento muito importante para nossa categoria e que, através desta premiação, vamos poder dar continuidade a este projeto tão relevante”, ressalta a professora Carla Andrade.

FIEC Summit - A edição deste ano é dedicada à discussão sobre toda a cadeia que envolve o Hidrogênio Verde e conta com a participação de representantes de 20 países e mais de 2.000 inscritos.

Confira os premiados da primeira edição do FIEC Summit

Categoria Trabalho Acadêmico

1º LUGAR - Análise da Viabilidade da Injeção de Hidrogênio nas Redes de Distribuição de Gás Canalizado da CEGÁS - (André Valente Bueno, Antonio Eurico Belo Torres, Enrique Vilarrasa Garcia e Fernanda Leite Lobo)

Categoria Projeto de Pesquisa

1º LUGAR - Sistema Híbrido de Produção de Hidrogênio Verde Utilizando Células de Dessalinização e Eletrólise Microbiana Acopladas à Reforma a Vapor do Glicerol com Força Solar (André Valente Bueno, Carla Freitas de Andrade, Fernanda Leite Lobo, Paulo Alexandre Costa Rocha e Mona Lisa Moura de Oliveira)

2º LUGAR - Produção de Hidrogênio Verde Via Digestão Anaeróbia em Reator Automatizado (Pedro Henrique de Lima Gomes, Lucinda Oliveira Amaro e Francisco Lucas do Nascimento Lopes)

3º LUGAR - Nanocompósitos a Base de Magnésio para Armazenamento Químico de Hidrogênio (Diana Cristina Silva de Azevedo, Bianca Ferreira dos Santos e Enrique Vilarrasa Garcia).

Com informações e fotos da Assessoria de Comunicação da Fiec.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via Aplicativos de Mensagens

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (17/7), a Operação Swindle (Fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via Aplicativo de Trocas de Mensagens. Policiais Federais cumprem cinco Mandados de Busca e Apreensão e dois Mandados de Prisão Preventiva no Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal, em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos artigos 154-A, parágrafo

Juiza nega pedidos de DJ Ivis

O DJ Ivis através de nota de sua assessoria jurídica informa que 'aguarda o curso da investigação e cumpre a decisão de medida protetiva, além de permanecer à disposição da Justiça'. DJ Ivis é acusado de bater na ex-esposa a arquiteta Pamella Holanda. Nesta segunda-feira (12 de julho) a juiz Maria José Sousa Rosado de Alencar negou pedido de Ivis para que fosse removido da Internet o vídeo onde aparece ele batendo em Pamella. A juiz negou também a solicitação para que Pamella fosse proibida de comentar a agressão na imprensa, 'principalmente onde cite a filha menor'. - Ela (Pamella) comunicou a imprensa fatos mentirosos relativos à violência doméstica veiculada em sites de Internet prejudicial a minha reputação", alegava DJ Ivis. - Não verifico no conteúdo divulgado qualquer conduta que ultrapasse o direito de expressão. Em isso, ocorrendo, torna-se impossível analisar o pedido, além de quer a concessão de tal pretensão, nos moldes formulados representaria ao direi

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Beto Studart e Fernando Ximenes lançam Campanha Coisas Boas do Brasil

Empresários Beto Studart- @betostudart   e Fernando Ximenes- @fernandoximenes8   lançam pelo Instagram a Campanha 'Coisas Boas do Brasil'. - As Energias Renováveis são Coisas Boas do Brasil, sendo nosso País campeão mundial em Energias Renováveis", destaca a Campanha. Brasil gerou 70.206 megawatts médios de Energia em 2023 a partir das suas Usinas Hidrelétricas, Eólicas, Solares, Biomassa e Biogás esse volume representa 93,1% de toda a Eletricidade produzida em 2023 no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica (SIN), o maior porcentual do Mundo. Nenhum País do Mundo produz 93,1% de sua carga com Energias Renováveis. Muitos Países tentam chegar a 30%, além das Fontes Eólicas, Hidroelétricas e Solares. As Fontes Energéticas Renováveis do Agronegócio são: Biomassa. Biogás.  Em nenhum País do Mundo, existe tanta potencialidade e ambas têm muita energia e potencial para explorar. - Em pouco tempo, o Brasil terá superavit com Energias através de suas Fontes Renovaveis: B

Futricas Cearenses

Na edição 1448, de 15 a 20 de fevereiro de 2024, do Jornalistas & Cia.