Pular para o conteúdo principal

Futricas Culturais

 Entrevista Nota 10 da Universidade de Fortaleza (Unifor) trza o professor Jari Vieira e a celebração da cultura nordestina. Fotógrafo e docente da Unifor, Jari Vieira coordena o projeto Pau de Arara, onde alunos percorrem o interior do Ceará e se reaproximam da Cultura local.

Jari é professor dos cursos de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda da Unifor (Foto: Divulgação/Pau de Arara)
Jari é professor dos cursos de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda da Unifor (Foto: Divulgação/Pau de Arara)

A 17ª edição do projeto Pau de Arara aconteceu no último mês de dezembro, quando estudantes dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Universidade de Fortaleza foram a Juazeiro do Norte. No Cariri, os participantes da iniciativa visitaram a Fundação Casa Grande, em Nova Olinda (510 km de Fortaleza), e desenvolveram produtos de cunho fotográfico e documental, orientados por professores da Unifor.

Aproximar a cultura do Ceará do ambiente universitário é um dos objetivos do Pau de Arara. Concebido em 2004, o projeto nasceu de um passeio fotográfico ao Centro de Fortaleza. À frente da proposta desde a sua concepção, o professor Jari Vieira, documentarista da vida sertaneja, aponta que a viagem propõe, acima de tudo, novas experiências aos seus participantes.

O Projeto, que coroa o encerramento dos semestres letivos, conta com uma exposição dos trabalhos produzidos pelos alunos. Os produtos são apresentados na Fundação Casa Grande, onde são expostos. O docente lembra que o desejo de formular uma iniciativa ao estilo do Pau de Arara lhe apareceu quando ainda era estudante. Na época, não existia nada parecido com o projeto, lembra Jari.

Nascido em Juazeiro do Norte, Vieira revela que durante muito tempo não deu o devido valor aos aspectos artísticos e literários que povoam o Cariri. Ele afirma que o contato com elementos da cultura do Ceará na graduação foi importante para a concepção da viagem.

O portal NewsLink — espaço de prática e extensão da graduação em Jornalismo — conversou com o professor Jari sobre o projeto Pau de Arara e a sua importância no movimento de reaproximação com a cultura nordestina. O texto da Entrevista Nota 10 desta semana é de Carlos Enrique Correia, aluno do curso e integrante do laboratório.

Confira a entrevista na íntegra a seguir.

Entrevista Nota 10 – Como o Pau de Arara foi concebido?

Jari Vieira – O Pau de Arara nasceu quando eu ainda era estudante. Na universidade, aprendi técnicas como xilogravura, retrato pintado e literatura de cordel. Tinha tido contato com isso quando criança, em Juazeiro do Norte. Então, durante a graduação, percebi que um dos maiores polos produtores de cultura nordestina era o Cariri. Me veio à mente a noção de que não dei o devido valor a tudo aquilo quando lá morei. 

Ao longo da minha formação, não participei de qualquer projeto da magnitude do Pau de Arara. Falando a verdade, não existia algo do tipo. Quando me formei, realizamos uma visita técnica à Fundação Casa Grande. Lá, conheci o ambiente e entendi o propósito deles, de dar educação às crianças. Achei isso fantástico. Quando voltei a Fortaleza, juntamente com uma célula chamada Central de Fotografia, comecei a conceber, em conjunto com os professores Wilton Lima e Alessandra Bouty, um projeto em que pudesse ser desenvolvido um passeio fotográfico. 

A partir daquele momento, começou a surgir o Pau de Arara. No início, fazíamos o passeio para o Centro de Fortaleza. Na época, alugamos uma topique para cerca de dez pessoas. Passávamos a manhã de sábado visitando pontos turísticos, como Praça do Ferreira e Praça José de Alencar. Era um programa fotográfico. Começamos a fazer isso todo final de semestre, a partir de 2004. Com isso, pensamos em dar um nome ao projeto que simboliza bem a cultura do nosso estado.

Entrevista Nota 10 – Como foram as primeiras viagens para fora de Fortaleza?

Jari Vieira – Nos foi dado um ônibus para visitar uma cidade e voltar à capital no mesmo dia. Começamos a ir para lugares não muito distantes como Aracati, Redenção, Quixadá e Guaramiranga. Entre 2012 e 2014, porém, demos uma pausa no Pau de Arara. Em 2015, as coordenações de Jornalismo e Publicidade e Propaganda apresentaram o projeto à direção do Centro de Ciências da Comunicação e Gestão (CCG), que começou a nos apoiar. A partir disso, tivemos mais suporte para conseguir hospedagem e ônibus. Isso nos ajudou a passar mais dias fora.

Decidimos, então, voltar à Fundação Casa Grande, que foi onde tudo começou. Realizamos o Pau de Arara em 2015.2 com quatro dias de viagem. Foi um grande salto para o projeto. Fizemos uma exposição e um documentário para cada edição. Os trabalhos já foram exibidos no Shopping RioMar, inclusive. O que era feito pelos estudantes começou a percorrer toda a Universidade. 

Com o apoio do Centro, conseguimos romper as fronteiras do Ceará em 2016. Fomos à cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí. Um ano depois, visitamos Exu, Serra Talhada e Triunfo, todos em Pernambuco. Isso consolidou o projeto como um marco no encerramento dos semestres.

Entrevista Nota 10 – Qual o principal objetivo do projeto?

Jari Vieira – No início, era algo muito voltado ao universo da fotografia. Com o passar dos anos, percebi que o Pau de Arara é um projeto de vivências. A interação proporcionada aos estudantes e as experiências da viagem são coisas muito importantes. O nosso objetivo é tirar as pessoas da zona de conforto. O Pau de Arara proporciona aos alunos a reaproximação com a cultura nordestina, seja por meio da fotografia ou da experiência.

Entrevista Nota 10 – Que balanço você faz do Pau de Arara?

Jari Vieira – Uma aluna certa vez escreveu: “Pau de Arara: ir perto para ver longe”. Essa frase sintetiza bem o projeto. Costumo dizer aos meus alunos que não é preciso ir à França ou à Itália para ampliar a sua bagagem cultural. Pode-se fazer isso lendo um livro, no sossego de casa. Ao mesmo tempo, ir ao interior do Ceará significa estar em um ambiente onde a cultura brota do chão. O nosso estado é muito rico. Espedito Seleiro e Patativa do Assaré são alguns dos nomes que marcaram a história cearense. Os estudantes percebem que o Nordeste é rico em Cultura e História. Isso é o mais importante.

Com informações da Unifor.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.

Notícias mais acessadas do mês

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via aplicativos de mensagens

A Polícia Federal deflagrou hoje, 17/07, a Operação Swindle (fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via aplicativo de trocas de mensagens. Policiais Federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão preventiva nos Estados do Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos arts. 154-A, §3º e §5º, e

Começa Samba Brasil 2022

Começa o XV Samba Brasil- Maior Festival de Samba e Pagode do País. O Samba Brasil é um dos eventos mais aguardados do ano por fortalezenses e turistas. O Festival, que nasceu em Fortaleza e já faz parte do Calendário Anual de Eventos do Ceará, acontece neste sábado (13) e domingo (14 de agosto de 2022) e promete atrair milhares de apaixonados pelo gênero musical, vindos dos quatro cantos do País. Passam pelo palco do evento, montado no Marina Park Hotel: Grupo Menos é Mais. Thiaguinho. Sorriso Maroto. Pixote. Ferrugem. Belo. Escandurras. Banda São 2. Projeto Movimento do Samba, que abriu o Festival com apresentação de bandas locais. No domingo (14), o público vai curtir duas horas de Cerveja liberadas no Sunset Samba Brasil ao som das bandas: Atitude 67. Molejo. São 2, a partir das 15 horas, no Marina Park Hotel. SOBRE O SAMBA BRASIL - Foi por amor a este estilo genuinamente brasileiro que quatro empresários cearenses idealizaram um projeto ousado: levar um grande festival de samba e

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p

Postagens mais visitadas deste blog

Polícia Federal prende suspeitos de golpes via aplicativos de mensagens

A Polícia Federal deflagrou hoje, 17/07, a Operação Swindle (fraude, em inglês), com objetivo de desarticular grupo que realizava clonagens de números telefônicos para aplicar golpes via aplicativo de trocas de mensagens. Policiais Federais cumprem 5 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão preventiva nos Estados do Maranhão e Mato Grosso do Sul expedidos pela Justiça Federal em Brasília. O grupo abria contas bancárias falsas e utilizava contas "emprestadas” por partícipes para receber valores provenientes das fraudes aplicadas em razão do desvio dos terminais telefônicos, em que os agentes criminosos se “apossavam” das contas de WhatsApp de autoridades públicas e, fazendo-se passar por estas, solicitavam transferências bancárias das pessoas constantes de suas listas de contato. Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de de invasão de dispositivo informático, estelionato e associação criminosa, previstos nos arts. 154-A, §3º e §5º, e

Começa Samba Brasil 2022

Começa o XV Samba Brasil- Maior Festival de Samba e Pagode do País. O Samba Brasil é um dos eventos mais aguardados do ano por fortalezenses e turistas. O Festival, que nasceu em Fortaleza e já faz parte do Calendário Anual de Eventos do Ceará, acontece neste sábado (13) e domingo (14 de agosto de 2022) e promete atrair milhares de apaixonados pelo gênero musical, vindos dos quatro cantos do País. Passam pelo palco do evento, montado no Marina Park Hotel: Grupo Menos é Mais. Thiaguinho. Sorriso Maroto. Pixote. Ferrugem. Belo. Escandurras. Banda São 2. Projeto Movimento do Samba, que abriu o Festival com apresentação de bandas locais. No domingo (14), o público vai curtir duas horas de Cerveja liberadas no Sunset Samba Brasil ao som das bandas: Atitude 67. Molejo. São 2, a partir das 15 horas, no Marina Park Hotel. SOBRE O SAMBA BRASIL - Foi por amor a este estilo genuinamente brasileiro que quatro empresários cearenses idealizaram um projeto ousado: levar um grande festival de samba e

Acidente fatal

"Um acidente envolvendo quatro veículos, entre eles um ônibus que fazia o trajeto São Paulo/Ceará, deixou cinco pessoas mortas na BR-135, em Montes Claros, no norte de Minas Gerais, na noite de ontem. De acordo com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município, o ônibus teria perdido o freio na descida e atingido um caminhão bitrem, uma carreta e uma moto, em um trevo da rodovia. Entre as vítimas fatais estão um bebê de nove meses, um passageiro e o motorista reserva, que estavam no ônibus, e o condutor da carreta. Uma pessoa chegou a ser socorrida, mas morreu na Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros. A mãe do bebê está entre as vítimas feridas. No ônibus haviam 50 passageiros, e os feridos foram atendidos em hospitais da região. Segundo a PRF, o ônibus tinha autorização de viagem e lista de passageiros. ( Redação O POVO Online com informações do G1).

Ator José Dumont é preso

Informa o jornalista Cláudio Teran : POLÍCIA PRENDE ATOR JOSÉ DUMONT -Cadeia aos 72 anos. Preso em flagrante, nesta quinta-feira (15), ele é acusado de estupro de vulnerável e do grave crime de Pedofilia. Segundo informações da TV UOL, o artista é investigado por manter um relacionamento com um fã de 12 anos. 12 anos de idade! E de guardar vídeos pornôs com crianças em seu celular, fato que a polícia constatou. O FIM DE UMA CARREIRA - Paraibano de Bananeiras, Zé Dumont ganhou fama pelo talento para fazer tipos populares. Atuou em novelas importantes da Televisão, como, "Nos Tempos do Imperador". E foi do elenco da primeira versão de "Pantanal". No filme, "O Homem que Virou Suco", vive um nordestino cuja vida pobre e anônima na construção civil do Sul o torna alguém invisível, como se nem sequer existisse. GLOBO DEMITIU NA HORA -Tão logo o fato veio à público a TV Globo demitiu José Dumont do elenco da novela Todas as Flores, que passa na Globo Play. O FIM

Após 13 anos, polícia prende envolvido em assalto ao BC de Fortaleza

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje (14) Adelilno Angelim de Sousa Neto, de 36 anos, que participou de um dos maiores assaltos do Brasil: o furto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005. Na ocasião, a quadrilha levou aproximadamente R$ 164 milhões do caixa-forte – o equivalente a três toneladas e meia de notas de dinheiro. Após 13 anos, o homem que fugiu do Ceará foi preso a 17 quilômetros do Plano Piloto – área central de Brasília. Adelino foi preso em casa, no Paranoá, bairro a 17 quilômetros do centro de Brasília, onde vivia há 5 anos. O homem, que vinha sendo monitorado pela Secretaria de Segurança Pública do DF, foi levado para o Complexo Penitenciário da Papuda e aguardará audiência de custódia. Não é a primeira vez que o suspeito é preso. Ele chegou a ser detido em Fortaleza, foi solto e depois houve um novo pedido de prisão. O furto ao Banco Central de Fortaleza, ficou conhecido no país como um crime cinematográfico. Segundo as investigações, 11 pessoas p