Pular para o conteúdo principal

Morre jornalista Nirlando Beirão

O Diário de Pernambuco noticia a morte do jornalista Nirlando Beirão:


"Minha companheira de todos os dias passou a ser a palavra 'limite'. Tentar tornar os obstáculos mais elásticos é o que me resta, na ansiedade de um legado ainda sonhado", escreveu o jornalista Nirlando Beirão em "Meus Começos e Meu Fim", livro lançado em maio de 2019.

O limite se impôs, enfim, a Nirlando. Ele morreu nesta quinta-feira (30) aos 71 anos em decorrência das complicações da ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica). Estava em seu apartamento no bairro de Higienópolis, região central de São Paulo.
"Queridos, Nirlando se foi há pouco" , escreveu no Instagram a dramaturga Marta Góes, mulher do jornalista.

Em julho de 2016, àquela altura com 67 anos, ele recebeu o diagnóstico de ELA, doença que se tornou conhecida mundo afora com o caso do físico inglês Stephen Hawking.
Dessa experiência, nasceu um livro. Mas não só. Existia um outro projeto que ele acalentava havia anos: contar a história de amor dos seus avós paternos. "Meus Começos e Meu Fim" (ed. Companhia das Letras) surgiu movido por esses dois impulsos.
O livro se converteu, então, no resultado do encontro de Portugal, onde viveram seus avós, com o Brasil, das memórias com as vivências dos dias de hoje.

"'Degenerativa' é uma palavra que tira você para dançar -uma dança de medo. 'Degenerativa', a palavra me pinçou a alma quando o médico a pronunciou", escreveu.
Antes do agravamento da doença, Nirlando se dividia nos trabalhos para revista, TV e blog. Era redator-chefe da Carta Capital, revista sob a direção de Mino Carta, e comentarista político do Jornal da Record News, comandado por Heródoto Barbeiro.

Também mantinha um blog no portal R7, em que deixava clara maior proximidade com as propostas da esquerda do espectro político.

Nascido em 1948, em Belo Horizonte (MG), Nirlando se formou em ciências sociais pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Apesar do encanto pela antropologia, foi o fascínio pelo jornalismo que prevaleceu ao longo da sua carreira. Em 1967, começou a trabalhar no jornal Última Hora e jamais deixou as Redações.

Notabilizou-se, sobretudo, pelo refinamento dos textos e pelo trabalho à frente de revistas de São Paulo.

"Sou hoje a minha mão direita. De todas as roldanas, polias, gruas e alavancas subcutâneas que comandam, com competência invisível nossos movimentos, este é o único item da anatomia que não me traiu miseravelmente", escreveu em "Meus Começos e Meu Fim", uma aula de jornalismo e de literatura.

Grande admirador da norte-americana The New Yorker, ele foi editor de política de Veja e de cultura na IstoÉ, revista pela qual também foi correspondente em Nova York. Também foi editor da Playboy, redator-chefe da Senhor e diretor-adjunto da Brasileiros.
Fundou as publicações Caras, Status e Wish Report, revistas posteriormente dirigidas por ele. Também nesse livro, escreveu: "Adoro o jornalismo tido como desimportante, das franjas [...], que é de fato o que retrata nossa época".

Nos jornais, destacou-se como colunista social de O Estado de S. Paulo.

Nirlando gostava de contar um episódio vivido ao lado do senador Severo Gomes (1924-1992). Em uma visita à fazenda do senador, em São José dos Campos, onde havia muitos convidados, Severo se deu conta, de repente, da presença de Nirlando. "Você está aqui como ser humano ou como jornalista?", indagou-lhe o anfitrião.

Nirlando lançou mão dessa passagem para discorrer sobre como um jornalista deveria se comportar. "De vez em quando, a gente é jornalista; de vez em quando, a gente é ser humano. Quando unimos as duas coisas, somos éticos", afirmou ao diretor e apresentador Antônio Abujamra (1932-2015) durante o programa de entrevistas Provocações, da TV Cultura, em 2011.

Apesar do gosto pelo jornalismo, era bastante crítico em relação aos profissionais da área. De acordo com ele, dois setores da sociedade brasileira revelavam-se especialmente corporativistas, o Judiciário e a imprensa.

OUTROS LIVROS - No período em que era diretor da Caras, Nirlando escreveu "Caminho das Borboletas", livro com depoimentos da modelo Adriane Galisteu sobre seu relacionamento de dois anos com o piloto Ayrton Senna (1960-1994).

Sua versatilidade, aliás, fica evidente por meio dos livros que levam a assinatura do autor. Entre os títulos, estão "Claudio Bernardes", biografia do arquiteto carioca, "Original: a História de um Bar", a respeito da casa paulistana e de outros bares famosos, e "Corinthians - Preto no Branco", em parceria com o publicitário e amigo Washington Olivetto.

Também no programa "Provocações", Nirlando disse que gostaria "de morrer serenamente, assistindo a um jogo do Corinthians".

Não teve o desejo satisfeito porque o futebol, o Brasil, o mundo pararam durante a pandemia do novo coronavírus. Mas o jornalista, que manteve o humor refinado até nos momentos mais difíceis da doença, não gostaria de ser lembrado de modo melancólico.
Preferia que os amigos se recordassem da picardia que trouxe de Minas Gerais. Ou da auto-ironia. A certa altura do seu último livro, ao comentar as oscilações de humor durante a doença, ele se situa entre a barata tcheca e a felicidade hollywoodiana. "Tem dias que acordo Franz Kafka, tem dias que acordo Frank Capra".

O jornalista deixa a mulher, Marta Góes, a filha, a engenheira de som Júlia Beirão, e os enteados, os jornalistas Antonio e Maria Prata".

Comentários

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


Repercussão da morte de Claudinho:

Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
- Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

“Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …

Postagens mais visitadas deste blog

Morre atleta cearense Bernadete Lins

O organizador de corridas, Fernando Elpídio informa a morte neste domingo (28) aos 43 anos de idade, da atleta cearense Bernadete Lins (foto):

- Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio. QUE PERDA! :(".
Antônia Bernadete Lins da Silva era ipuense e cursava Educação Física na Universidade Vale do Acaraú (Uva), em Sobral. Disputou as mais diversas corridas no Ceará, no Brasil e no Mundo. Era a cearense da elite do Atletismo Feminino Brasileiro. Morreu na manhã deste domingo (28), em Maranguape, quando estava treinado. Ainda foi levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maranguape, mas chegou sem vida.
Confira a repercussão da morte de Bernadete Lins:
Marcos Prado - "Nota de pesar. Bernadete Lins nos deixa hoje, e o seu ultimo suspiro foi fazendo aquilo…

Morre Auxiliar de Reportagem Claudinho

O Assistente de Estúdio e Auxiliar de Reportagem da TV Fortaleza, José Cláudio Ferreira da Costa (Claudinho) morreu neste domingo (7), de Covid 19, aos 61 anos.


Repercussão da morte de Claudinho:

Ivelise Maia - "Descanse em paz Claudinho! Sentindo-se triste".

Assis Pereira - "Anos 1970 éramos da mesma classe de Colégio, e agora na CMFor revivemos história da época, futebol, namoradas de colégio, às cachaças, os amigos, professores e tantas lembranças da época agente comentava. Triste notícia. Deus o tenha eternamente e a família enlutada o meu sentimento de muita tristeza".
Edson Cunha - "Triste demais, saudades vai ficar pra sempre amigo Claudinho".

Demóstenes Batalha - "Trabalhamos juntos na TV Fortaleza por anos, assistente de estúdio e auxiliar da reportagem, sempre prestativo, calado, mas observador. Brincávamos muito, pois era assistente quando era repórter do plenário da câmara. E tínhamos uma piada interna, “cadê o Kid”. Infelizmente vítima de Cov…

Morre o sonoplasta Diocrim

Morreu neste domingo (14), o radialista Carlos Alberto de Oliveira, o Diocrim. Ele foi operador de áudio e divulgador de discos. Diocrim que iniciou sua carreira no Maranhão transferiu-se para o Rádio de Fortaleza no final da década de 1960.


Trabalhou nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube, Verdes Mares, Cidade AM e rádios no Maranhão; alem de ter sido membro da equipe de produção do show do também já falecido comunicador Bezerra de Menezes (Bezerrão). Diocrim foi divulgador da RGE e empresário de muito artistas cearenses. 
Durante muitos anos foi o operador do Clube dos Tetéus comandado pelo comunicador Colombo Sá, que fazia literalmente eco nos rádios espalhados pelos lares, bares e táxis de Fortaleza com o slogan "Não dorme ninguém, Diocrim", por causa do par de óculos (ocrim) que Carlos Alberto usava, enquanto cuidava do roteiro musical e da sonoplastia do programa, na mesa de áudio da Rádio Clube e depois na Verdes Mares.
Diocrim deixa viúva dona Nailde e órfão as fi…

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

O vereador Michel Lins (Cidadania) e integrantes da sua assessoria estiveram no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), em Fortaleza, para doar sangue.

Segundo Michel Lins, a ação foi idealizada com objetivo de chamar atenção para a importância de doar e consequentemente salvar vidas.
- Neste domingo (14) é o Dia Mundial do Doador de Sangue", lembra o vereador.

“Um gesto simples! Um ato de amor que precisa ainda ser melhor desmistificado para que mais e mais pessoas possam ser encorajadas a doarem vida! Quem doa sangue, doa vida! Quem puder, procure um local de coleta e concretize esse ato de amor ao próximo. É rápido, fácil e não dói nada”, afirma Michel.

A campanha deste ano enaltece a doação de sangue como estratégia para contribuição na redução da mortalidade materna.

Em Fortaleza, o principal posto de coleta de sangue é o Hemoce, na Avenida José Bastos, 3390 (Rodolfo Teófilo), que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 horas às 18h30; e aos sábados, de 7 horas às…

Conquistas marcam primeiro ano da nova gestão da CDC

O alinhamento com o Governo Federal, além do estreitamento da relação com o Executivo estadual e municipal, fez com que o primeiro ano da nova gestão da Companhia Docas do Ceará fosse marcado por importantes avanços e conquistas. 

Escolhida pelo perfil técnico, a engenheira Mayhara Chaves assumiu a presidência da CDC no dia 24 de junho de 2019, tendo ao seu lado na tomada de decisões os diretores Humberto Castelo Branco (Administração e Finanças), Miguel Andrade (Infraestrutura e Gestão Portuária) e Mário Jorge Cavalcanti (Comercial), além do suporte de todos os colaboradores. Hoje, é possível afirmar que a companhia está saudável financeiramente com base no EBITDA, que apresentou crescimento superior a 180% no período de 12 meses.

Embora adiada temporariamente devido à Pandemia da Covid-19, a concessão do Terminal Marítimo de Passageiros foi considerada como prioridade pelo Governo Federal, o que possibilitará uma nova receita para investimentos no Porto de Fortaleza.
O arrendamento do …