Pular para o conteúdo principal

Morre professor comunicólogo Flávio Porcello

É com grande pesar que as pesquisadoras e pesquisadores do Grupo de Pesquisa (GP) em Telejornalismo e a Intercom comunicam o falecimento de um de seus integrantes, o jornalista e professor Flávio Antônio Camargo Porcello, de 70 anos, que ocorreu na noite deste sábado (6 de novembro de 2021) por complicações decorrentes da Covid-19. Demonstramos nossa gratidão por termos convivido com Flávio, e nossa solidariedade aos familiares e amigos nesse momento de despedidas.

Profissional e pesquisador na área de Telejornalismo, Flávio Porcello foi um dos fundadores do GP Telejornalismo, atuando como parecerista desde a constituição do grupo, em 2009. 


Além de coordenar mesas e sessões do GP em todos os Congressos Nacionais realizados entre 2009 e 2021, Flávio atuou como vice-coordenador do GP Telejornalismo (2017-2020). Suas contribuições para o campo da pesquisa em TeleJornalismo tiveram papel importante na premiação de Grupo Inovador que o GP recebeu no último mês.

Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1977, fez Mestrado (2001) e Doutorado (2004) na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Começou a atuar como estagiário de Jornalismo no Setor de Esportes do Zero Hora em junho de 1974, foi um dos fundadores do Coojornal (Cooperativa dos Jornalistas de Porto Alegre), e trabalhou ainda na Folha da Manhã e nas sucursais de Porto Alegre de O Globo, Estado de São Paulo e Gazeta Mercantil.

No Jornalismo Audiovisual atuou como repórter especial de TV Globo, SBT, RBS TV, TV Pampa; foi diretor de Programação, de Marketing e de Relações Institucionais da TVE do Rio Grande do Sul e também diretor responsável pelas TVs universitárias da PUCRS (1998-2003) e UFRGS (2008-2012).

Como docente e pesquisador, contribuiu com a formação de centenas de jornalistas, orientou 12 dissertações de mestrado e integrou mais de 60 bancas de Mestrado e Doutorado. Foi um dos fundadores da Coleção Jornalismo Audiovisual, em parceria com a editora Insular, organizou e publicou mais de uma dezena de livros e capítulos sobre o Telejornalismo.

Respeitado e admirado pelos pares, Flávio Porcello era conhecido por sua alegria afetuosa, generosidade e gentileza. Por isso deixa já muita saudade.

A cerimônia de despedida de Flávio Porcelo ocorreu neste domingo (7 de novembro de 2021) das 10 às 15 horas, na Avenida Porto Alegre, 320, Porto Alegre (RS), seguida de sepultamento.

Com informações do GP Telejornalismo e diretoria Intercom.

Sindjors - O domingo, 7 de novembro, acordou de luto. Um dos jornalistas mais queridos e atuantes do Estado do Rio Grande do Sul (RS), morreu, vítima de complicações geradas pela Covid-19.

Flávio Porcello, doutor em jornalismo, professor e, também, advogado, lutou durante cerca de 40 dias, internado na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, mas não resistiu. Ele já havia tomado as duas doses da vacina e mantinha todos os cuidados de prevenção.

- Minha dupla imbatível, meu melhor amigo, meu grande amor. Hoje, com muita dor no coração, comunico que o meu amado pai, Flávio Porcello, perdeu a batalha para a Covid. Não sem antes lutar muito bravamente pela vida, sempre acreditando na ciência, nos médicos e na vontade de viver”, assim a filha dele, também jornalista, Paula Porcello, deu a notícia nas redes sociais, onde mantinha os amigos da família, colegas, ex-colegas e alunos, informados sobre a batalha que o pai travava contra essa doença, que já levou cerca de 280 jornalistas, em todo o País.

Porcello, que havia completado 70 anos no último dia 6 de outubro – no hospital, passou por empresas como RBS, Globo, SBT, Pampa e Estadão. É autor do livro “TV Universitária: limites e possibilidades”. Ele se formou em Direito em 1976 e em jornalismo em 1977 pela UFRGS, tinha mestrado e doutorado em Comunicação Social, pela PUCRS. Foi repórter na então TV Gaúcha, onde acompanhou a mudança para RBS, sendo repórter especial atendendo a Rede Globo, passando pelo SBT e TV Pampa. Também foi repórter e escreveu nos jornais Zero Hora, Folha da Manhã, O Globo, O Estado de São Paulo e Gazeta Mercantil. Chegou à TVE-RS como diretor de programação e, depois, como diretor de Marketing e Relações Institucionais. Atualmente, era diretor do Departamento Universitário da ARI, depois de ser professor universitário e responsável pelas TVs universitárias, na UFRGS e na PUCRS. 

No Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (Sindjors) foi membro da Comissão de Ética, em três gestões.

Alegre, exímio contador de histórias, otimista por natureza, Porcello era tranquilo, costumava ver o lado bom das pessoas, fazia amigos por onde passava. No Instagram, um grupo de ex-colegas da TV Gaúcha fazia orações diárias, sempre no mesmo horário, durante a internação de Flávio. Apesar de todos os cuidados, das duas doses da vacina, bactérias resistentes impediram a recuperação do jornalista. Ele ficará não apenas na memória do Jornalismo Gaúcho, mas na de todos os colegas, alunos e amigos.

Nas redes sociais, Paula Porcello finalizou assim:

- O pai está eternamente representado por mim, pela nossa família, pela vó (do alto da sabedoria e da coragem dos seus 93 anos), pelos amigos, alunos, colegas e por todos que, de alguma forma, foram tocados por ele. Eu só tenho orgulho e amor no meu coração”.

Flávio Porcello foi velado na Avenida Porto Alegre, 320, Capela 2, bairro Medianeira, até às 15 horas. O Sindjors se coloca ao lado de Paula e da família do jornalista neste momento de tristeza profunda.

Com informações de Carla Seabra/Diretoria Sindjors.

Comentários


Comentários

Para comentários públicos, favor utilizar campo ao final da notícia, logo acima da publicidade.
O campo abaixo é apenas para comentários particulares, e somente os editores do blog terão acesso a eles.

Alguma sugestão ou comentário particular?

Nome

E-mail *

Mensagem *

Notícias mais acessadas do mês

Cantora Marília Mendonça é sepultada no Parque Memorial de Goiânia

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu, na tarde desta sexta-feira (5 de novembro), após a acidente com um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma Cachoeira na Serra de Caratinga (Minas Gerais). Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê. Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê Velório  - O Velório de Marília Mendonça, Abicieli Silveira Dias e Henrique Ribeiro começou, às 13 horas deste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena, na entrada de Goiânia/GO. Mais de 100 mil pessoas passou pelo Velório, que foi aberto ao público de 13h40 às 17 horas. Os corpos de Marília Mendonça, Abicieli Dias e Henrique Ribeiro foram liberados do Instituto Médico Legal (IML-Piedade de Caratinga), na madrugada deste sábado (6). Já os corpos de Geraldo Medeiros e Tarcísio Pessoa Viana foram liberados na tarde deste sábado (6). Sepultamento - O corpo de Marília Mendonça foi sepultado,

Morre padre Edilberto Reis

- É com profundo pesar que a Diocese de Quixadá informa o falecimento de padre Edilberto Cavalcante Reis (foto), sacerdote pertencente ao clero de nossa Diocese. Confiantes na fé da ressurreição alcançada para nós por Cristo Jesus, pedimos ao Senhor que o receba no lugar preparado para os justos. Aos familiares e amigos nossos mais sinceros sentimentos.", informa a Diocese de  Quixadá. Padre Edilberto Reis morreu nesta quinta-feira (25 de novembro de 2021), aos 53 anos, em Fortaleza. Padre Edilberto era: Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1994). Graduação em Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza(2014). Graduação em Filosofia pelo Instituto Teológico Pastoral do Ceará (1990). Professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Professor de História Eclesiástica no Curso de Teologia do Centr

Morre jornalista Cristiana Lôbo

Morreu nesta quinta-feira (11 de novembro de 2021), aos 64 anos, a jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um Mieloma Múltiplo, que acabou se agravando com uma Pneumonia. Cristiana dos Santos Mendes Lôbo nasceu em Goiânia (Goiás), em 18 de agosto de 1957.  Cristiana Lôbo (foto Zé Paulo Cardeal-O Globo) começou sua carreira jornalística cobrindo Política em Goiás. Depois se transferiu para Brasília, onde em 1997 estreou na Globo News. Ficou na Globo News até agora 2021, quando se afastou para tratar do Câncer. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. No O Globo escreveu a Coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no O Globo, passou a assinar uma Coluna Política no jornal O Estado de S. Paulo. Na Globo News desde março de 1997 integrou o time de comentaristas do Jornal das Dez, analisando os fatos e bastidores do Poder Central. Manteve o quadro

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Caucaia informatiza agendamento para emissão de Identidade

A Prefeitura de Caucaia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), promove a partir desta quarta-feira (11) agendamentos informatizados para emissão de RG. Eles são feitos de forma presencial, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sede. Para agendar, os interessados devem comparecer ao posto de identificação da unidade portando documentação original e cópia. Os agendamentos ocorrem de segunda a sexta-feira, de 10 às 11 horas. A emissão do documento também acontece no Cras Sede. Estão isentos de pagamento da taxa para emissão de segunda via do RG: quem está recebendo seguro desemprego, quem tem RG com até nove dígitos e quem dispõe de declaração de inscrição no Cadastro Único. Além disso, menores de 16 anos devem comparecer acompanhados do responsável (pais, avós, tios de primeiro grau ou irmãos maiores de 18 anos munidos de RG original e cópia para cada menor). Ao longo deste ano, segundo a secretária-adjunta da SDS, Telma Diógenes, foram

Postagens mais visitadas deste blog

Cantora Marília Mendonça é sepultada no Parque Memorial de Goiânia

A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu, na tarde desta sexta-feira (5 de novembro), após a acidente com um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma Cachoeira na Serra de Caratinga (Minas Gerais). Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê. Para Marilia Mendonça. Aquela estrelinha lá no céu brilha mais toda vez que te vê Velório  - O Velório de Marília Mendonça, Abicieli Silveira Dias e Henrique Ribeiro começou, às 13 horas deste sábado (6), no Ginásio Goiânia Arena, na entrada de Goiânia/GO. Mais de 100 mil pessoas passou pelo Velório, que foi aberto ao público de 13h40 às 17 horas. Os corpos de Marília Mendonça, Abicieli Dias e Henrique Ribeiro foram liberados do Instituto Médico Legal (IML-Piedade de Caratinga), na madrugada deste sábado (6). Já os corpos de Geraldo Medeiros e Tarcísio Pessoa Viana foram liberados na tarde deste sábado (6). Sepultamento - O corpo de Marília Mendonça foi sepultado,

Morre padre Edilberto Reis

- É com profundo pesar que a Diocese de Quixadá informa o falecimento de padre Edilberto Cavalcante Reis (foto), sacerdote pertencente ao clero de nossa Diocese. Confiantes na fé da ressurreição alcançada para nós por Cristo Jesus, pedimos ao Senhor que o receba no lugar preparado para os justos. Aos familiares e amigos nossos mais sinceros sentimentos.", informa a Diocese de  Quixadá. Padre Edilberto Reis morreu nesta quinta-feira (25 de novembro de 2021), aos 53 anos, em Fortaleza. Padre Edilberto era: Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1994). Graduação em Teologia pela Faculdade Católica de Fortaleza(2014). Graduação em Filosofia pelo Instituto Teológico Pastoral do Ceará (1990). Professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Professor de História Eclesiástica no Curso de Teologia do Centr

Morre jornalista Cristiana Lôbo

Morreu nesta quinta-feira (11 de novembro de 2021), aos 64 anos, a jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de um Mieloma Múltiplo, que acabou se agravando com uma Pneumonia. Cristiana dos Santos Mendes Lôbo nasceu em Goiânia (Goiás), em 18 de agosto de 1957.  Cristiana Lôbo (foto Zé Paulo Cardeal-O Globo) começou sua carreira jornalística cobrindo Política em Goiás. Depois se transferiu para Brasília, onde em 1997 estreou na Globo News. Ficou na Globo News até agora 2021, quando se afastou para tratar do Câncer. Trabalhou no jornal O Globo, onde foi setorista do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. No O Globo escreveu a Coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no O Globo, passou a assinar uma Coluna Política no jornal O Estado de S. Paulo. Na Globo News desde março de 1997 integrou o time de comentaristas do Jornal das Dez, analisando os fatos e bastidores do Poder Central. Manteve o quadro

Morre produtora Luanna Gondim

Informa o jornalista e professor Eduardo Freire, a morte nesta sexta-feira (8 de outubro), aos 27 anos, da produtora  do Sistema Verdes Mares (SVM), Luanna Gondim Freire. Luanna Gondim ingressou na TV Verdes Mares, em 3 de janeiro de 2014. - Minha sobrinha, linda, amada, talentosa, gaiata… obrigado por ter existido. Veio aqui só pra nos trazer momentos felizes, amor e luz. Queríamos muito mais, mas não deu. Mas fique tranquila, você fez a sua parte e deixou o mundo melhor do que o que o encontrou. Nossa missão agora é tentar fazer o que você faria, distribuir amor, paz e alegria, mesmo que no momento isso seja praticamente impossível, mas, pensando em ti, faremos. Beijos Lu!  Sabrina Rolim - O pouco que convivi com ela me faz ter a certeza de que ela estará sempre presente em ótimas memórias no coração de todos que a conheceram. Sinto muito pela partida repentina e entrego meus mais sinceros sentimentos a ti e à toda família. Espero que encontrem conforto mesmo neste momento difícil&q

Caucaia informatiza agendamento para emissão de Identidade

A Prefeitura de Caucaia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), promove a partir desta quarta-feira (11) agendamentos informatizados para emissão de RG. Eles são feitos de forma presencial, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Sede. Para agendar, os interessados devem comparecer ao posto de identificação da unidade portando documentação original e cópia. Os agendamentos ocorrem de segunda a sexta-feira, de 10 às 11 horas. A emissão do documento também acontece no Cras Sede. Estão isentos de pagamento da taxa para emissão de segunda via do RG: quem está recebendo seguro desemprego, quem tem RG com até nove dígitos e quem dispõe de declaração de inscrição no Cadastro Único. Além disso, menores de 16 anos devem comparecer acompanhados do responsável (pais, avós, tios de primeiro grau ou irmãos maiores de 18 anos munidos de RG original e cópia para cada menor). Ao longo deste ano, segundo a secretária-adjunta da SDS, Telma Diógenes, foram